sexta-feira, novembro 29, 2013

Campeonato Pelotense de Kart em clima de decisão






No próximo sábado (30), a partir das nove horas da manhã, serão conhecidos os campeões de mais uma edição do Campeonato Pelotense de Kart, com a realização da 6ª e decisiva etapa da temporada 2013, do certame que reúne pilotos das categorias F4 Super, F4 Sênior e F4 Novatos, como também a categoria Indoor.

Foram disputadas cinco etapas no decorrer do ano até chegar a esta final, sempre utilizando um traçado diferente dentre os disponíveis do kartódromo da APA (Associação Pelotense de Automobilismo), e todas conduzidas com maestria pelos envolvidos na realização das corridas. Destaques para o incansável Adilson na direção de prova, o Sr. Paulo Crispim e seu filho, Filipe Macedo, ambos atuando como comissários de pista, além de Lucas Meurer Cardoso na cronometragem.

Por fim, é impossível falar do Campeonato Pelotense de Kart sem reconhecer o significativo trabalho realizado por Rogério Paiva - presidente da APA e promotor do campeonato ao longo dos últimos anos - visando o desenvolvimento do kartismo local e a constante formação de novos pilotos. Ele, juntamente com sua equipe de mecânicos, é também o responsável por colocar todos os karts na pista, em nivel de competição. 

O Campeonato Pelotense de Kart tem o patrocínio da Uvel Veículos, é promovido pela APA e conta com a supervisão da Federação Gaúcha de Automobilismo. As provas são realizadas no Kartódromo da APA (Associação Pelotense de Automobilismo), localizado na Av. Leopoldo Brod, 4901, em Pelotas (RS). A entrada é gratuita.

Classificação do Campeonato Pelotense de Kart 2013, após a disputa de cinco etapas:

Categoria F4 Super
1) 90 - Carlos Izkovitz - com 113 pontos
2)  0 - Alexandre Conti - 102
3) 55 - Rafael Vogel - 70
4) 53 - Tiaqo Martins - 61
5)  1 - Eduardo Yunes - 56
6) 78 - Cássio / Henrique Karam / Pablo Mendes - 49
7) 11 - André Ludke - 42
8) 33 - Vitor - 7

Categoria F4 Sênior
1) 37 - Leandro Steinmetz - 128 pontos
2) 52 - Jader Ruivo - 103
3) 15 - Josenildo Borges - 81
4) 68 - Luis Castilhos - 78
5) 25 - Fábio Vieira - 59

Categoria F4 Novatos
1) 14 - Jordy Vaniel - 79
2)  3 - Álvaro Nieto / Luis Lufe - 78 pontos
3) 182 - Júnior Gil - 72
4) 71 - Fernando Ramos - 56
5) 74 - Nathaniel - 13
6) 54 - Pedro Ávila / Vinícius Ávila - 11
7)  6 - Vinícius Martins - 9

Categoria Indoor
1) Gustavo Manke - 75 pontos
2) Rafael Tavares - 64
3) Diogo Waldzek - 54
4) Fábio Krause - 52
5) Dinarte Oliveira - 42
6) Granada - 35
7) Henrique Karam - 31
8) Rafael Prestes - 31
9) Luciano Vieira - 26
10) Flávio Martins - 18
11) Leandro Baldez - 14
12) Vinicius Martins - 13
13) Luis Rosa Jr - 10
14) Paulo - 9
15) Yuri - 8
16) Humberto Santos - 6
17) Antonio - 6
18) Marcus Santos - 4
19) Tiago Vargas - 3

quinta-feira, novembro 28, 2013

Santa Cecília recebe Catarinense de Automobilismo e Turismo Clássico Catarinense


Mega Kart tem mais seis vitórias e cinco títulos para comemorar

Conquistas aconteceram em três kartódromos do interior paulista

Seis vitórias. E mais cinco títulos. Este foi o final de semana da fabricante de chassis Mega Kart, que chega ao final de mais uma temporada comemorando o sucesso e ótimo desempenho de seus produtos. As comemorações desta vez foram em três kartódromos do interior paulista, em Paulínia, Atibaia e Praia Grande.

Em Paulínia, no Kartódromo San Marino, foram quatro vitórias e quatro títulos da Mega Kart. O primeiro deles foi com Marcelo Arruda, que venceu a rodada na categoria F4 Novatos e comemorou a conquista do campeonato. Toni Cardia repetiu o feito de Arruda e foi o primeiro colocado na F4 Super Sênior, resultado que lhe deu o título.

Marcello Valle também venceu, mas na F4 Sênior, e garantiu para si e para a Mega Kart mais um título. Por fim, Lucas Barbieri foi o vencedor da rodada em Paulínia e foi o campeão daF4 Graduados.

Em Atibaia o piloto Luciano Taue sagrou-se campeão da categoria Força Livre, garantindo o quinto título da Mega Kart no final de semana.

E, fechando mais um ótimo final de semana, a Mega Kart comemorou as vitórias de Yuri Bustamante na F4 Graduados e de Fernando Cunha na F4 Sênior em provas válidas pela 4ª etapa do Campeonato Praiano, no Kartódromo de Praia Grande.

"Temos vivido uma ótima temporada. Começamos vencendo corridas em várias partes do Brasil e as campanhas positivas de nossos pilotos foram se intensificando", lembram Waldíbio Ferraz e Marcos Ferreira, diretores da Mega Kart. "E agora, com o encerramento dos campeonatos, os títulos vêm chegando em profusão. São os frutos de um trabalho intenso e dedicado dentro da Mega Kart e da confiança de nossos clientes", finalizam.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Bruno Gorski

Programa Competição

Matheus Leist disputa sua segunda 500 Milhas e integra equipe oficial da Techspeed

Tradicional prova de final de ano terá sua largada às 11 horas da manhã deste sábado (30) no Beto Carrero

Tradicional ao final de cada temporada, a 500 Milhas de Kart Beto Carrero volta à cena do kartismo brasileiro neste sábado (30) em Penha (SC) e reunirá pilotos de várias categorias do automobilismo nacional e mundial, como Rubens Barrichello, Tony Kannan, Felipe Nasr, Christian Fittipaldi e Felipe Giaffone, entre outros.

Pela segunda vez competindo na prova, o gaúcho Matheus Leist (TMA Competições) integrará a equipe oficial da fabricante de chassis Techspeed e dividirá a condução dos dois karts do time com André Nicastro, Bruno Bertoncello, Dudu Dieter, Francesco Ventre e Pedro Cardoso. "O time é forte, somos todos pilotos com muitas vitórias e títulos, então estamos bastante confiantes", resume Leist. "Mas, sabemos que a prova é de longa duração, então a ‘tocada’ é outra, muito mais conservadora e buscando não nos envolvermos em acidentes", adverte.

No ano passado, em sua estreia em provas de longa duração e pela primeira vez utilizando os motores de 4 tempos, Matheus Leist e sua equipe terminaram em 4º após quase doze horas de corrida e cerca de 800 quilômetros percorridos. Antes disso, porém, a equipe esteve entre os primeiros colocados durante toda a prova e por muito pouco não se sagrou vencedora.

"Foi muito divertido, é uma prova totalmente diferente do que estamos acostumados e é realmente muito legal dividir a pista com pilotos famosos", conta Matheus Leist (TMA Competições). "Assim como no ano passado vamos em busca da vitória e estamos bem preparados para isso. Os treinos começaram nesta quarta e assim vamos dando início ao trabalho de acerto do equipamento. Será uma longa e gratificante maratona, não importa o resultado. Mas uma vitória cairia muito bem", finaliza Leist.

A largada das 500 Milhas Beto Carrero será dada às 11 horas da manhã deste sábado (30) no Kartódromo Beto Carrero.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

quarta-feira, novembro 27, 2013

Festival Brasileiro de Marcas 1600: Tudo pronto para a festa em Guaporé

Serão três provas no final de semana em Guaporé

O Autódromo de Guaporé recebe no próximo final de semana o Festival Brasileiro de Marcas 1600, prova que reúne os melhores pilotos do país se enfrentando em três provas que definirão o grande Campeão Brasileiro de Marcas 1600.

Após ter sido realizado por dois anos consecutivos em Curitiba, O desafio retorna ao Rio Grande do Sul com novo formato, sendo disputado apenas em um final de semana. O atual Campeão é o cascavelense Luiz Fernando Pielak, que já confirmou sua participação, bem como o vice, o também cascavelense Edoli Caus Jr.

No momento a lista já conta com 40 inscritos confirmados, sendo que a lista ainda conta com mais 4 carros ainda a confirmar, prevendo um grid que pode alcançar os 50 carros.

A festa inicia-se ainda na sexta-feira, 29 de novembro, com os primeiros treinos livres. No sábado, acontecem mais treinos livres além das vistorias, classificatória e primeira prova no fim de tarde. 

Após esta primeira prova, ainda no sábado, acontece uma confraternização entre todos os pilotos e equipes, com os representantes da Confederação Brasileira de Automobilismo, Federação Gaúcha e Associação Guaporense de Automobilismo.

No domingo, acontecem as duas últimas provas do Festival, quando será conhecido o grande Campeão Brasileiro de 1600. Mais informações estão disponíveis pelo telefone (54) 3443.1110.

Fonte: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

José Muggiati Neto conquistou 2º lugar em prova preparatória para a Copa das Federações

Paranaense conquistou vaga para o último nacional do ano ao vencer o Campeonato Sul-Brasileiro

Campeão Sul-Brasileiro e, por consequência, dono de uma vaga na 3ª Copa das Federações, o paranaense José Muggiati Neto esteve no último final de semana em Penha (SC), mais exatamente no Kartódromo Beto Carrero, disputando o Open. O objetivo era justamente aproveitar para preparar-se para a disputa do último evento nacional do ano, promovido pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), a Copa das Federações, que será disputado na segunda semana de dezembro.

"Como a Copa das Federações vai ser disputada no Beto Carrero, aproveitamos a oportunidade para treinar e trabalhar no acerto do kart do Zezinho", justifica Irineu Rosa, da I R Competições, equipe de Muggiati. "Obtivemos um bom resultado, o trabalho foi positivo e acredito que, mais uma vez, chegaremos competitivos a um grande evento", emenda.

José Muggiati Neto fez bons treinos, liderou e na tomada de tempos obteve o 2º lugar, com um tempo apenas 44 milésimos de segundo mais lento que o pole, Stefano Marins. Depois, nas duas baterias programadas, foi protagonista de belas disputas com seus adversários e terminou em 3º na primeira bateria e venceu a segunda, subindo no pódio da Cadete em 2º lugar.

"Foi um bom treino para a Copa das Federações", resume o pequeno piloto. "O resultado não era tão importante quanto nos prepararmos e acho que conseguimos um bom acerto para o kart. Estou bastante otimista, acho que vou brigar pelo título e certamente vamos ter boas corridas na Cadete outra vez, como foi durante todos os nacionais este ano", finaliza José Muggiati Neto.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Mario Ferreira

50 times já entraram na pista no primeiro dia de treinos das 500 Milhas de Kart Beto Carrero

Pilotos como Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet, Felipe Nasr, Felipe Giaffone, Beto Monteiro, Bia Figueiredo, entre outros, já estão treinando na pista situada dentro o Parque Beto Carrero World

Os treinos para as 500 Milhas de Kart Beto Carrero, edição 2013, já começaram hoje (quarta-feira, 27/11), no kartódromo do parque localizado em Penha, Santa Catarina. Muitas estrelas estão presentes para acelerar na mais moderna instalação para o kartismo do país.

Na edição deste ano, 53 karts estão inscritos para a prova que marca a 17ª edição do evento, que terá participação de pilotos de experiência internacional, como Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet, Christian Fittipaldi, Tony Kanaan, Felipe Nasr, Felipe Giaffone, Beto Monteiro, Bia Figueiredo, entre outros.

Essa é a terceira vez consecutiva que a prova das 500 Milhas de Kart é disputada no Kartódromo Beto Carrero. Ela é a mais tradicional prova do kartismo nacional, que também marca o final do ano como um grande evento de confraternização do automobilismo brasileiro.

O formato de disputa deste ano será o mesmo consagrado nos anteriores, com a extensão das 500 milhas (cerca de 800 km) sendo percorrida em aproximadamente 12 horas com os karts de motor de 13 HP. Os times contam com número variado de pilotos (de 3 a 10).

Até a quarta hora do primeiro treino livre, o kart #1 da equipe Fittipaldi liderava a tabela, com o tempo de 59s039, melhor tempo entre os 50 karts que registraram tempo. Os treinos podem ser acompanhados pelo site da Cronoelo no site a seguir: cronoelo.com.br.

Fonte: RF1 Jornalismo
Foto: Rian Assis/RF1

Bruno Bertoncello defende equipe oficial da Techspeed em sua segunda 500 Milhas Beto Carrero

Time terá dois karts e seis pilotos quem mesclam experiência e juventude

Pela segunda vez em sua carreira o gaúcho Bruno Bertoncello (Techspeed | Iame | MG Pneus) participará de uma das provas de longa duração mais famosas do kartismo mundial, a 500 Milhas Beto Carrero, frequentada anualmente por grandes nomes do automobilismo, como Rubens Barrichello, Felipe Nasr, Felipe Giaffone, Tony Kanaan, Christian Fittipaldi, Augusto Farfus e Bia Figueiredo.

Bertoncello defenderá, também pela segunda vez, as cores da equipe oficial da fabricante de chassis Techspeed. E terá como companheiros os pilotos André Nicastro, Dudu Dieter, Francesco Ventre, Matheus Leist e Pedro Cardoso, uma mescla de experiência e juventude. "É um time bastante homogêneo, com pilotos rápidos e metade deles muito experientes. Nós, os jovens, já sabemos que não basta ser rápido em uma prova como essa, é preciso também ser regular, saber poupar equipamento e não se envolver em acidentes que necessitem paradas extras nos boxes", emenda, referindo-se a ele, Leist e Cardoso, os mais jovens da equipe.

A equipe terá dois karts e, logicamente, lutará pela vitória, assim como na edição passada, quando esteve muito perto do objetivo, mas finalizou a prova em 4º, ainda no pódio. "É uma prova longa, com quase 12 horas de duração, então é preciso uma estratégia eficaz. Hoje, a partir do início dos treinos, começamos a trabalhar no acerto do equipamento para esta maratona", diz Bruno Bertoncello (Techspeed | Iame | MG Pneus). "O certo é que temos equipamento, pilotos e estrutura para tentar vencer e é para isso que estamos no Beto Carrero. Mas, independente do que acontecer, será uma bela diversão e confraternização de final de ano", finaliza.

A largada das 500 Milhas Beto Carrero, que terá cerca de 12 horas de duração e um percurso de pouco mais de 800 quilômetros, está marcada para 11 horas da manhã deste sábado (30).

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

segunda-feira, novembro 25, 2013

Etapa final do Regional da Serra de Kart revelará campeões e sorteará R$ 35 mil em produtos

Sem campeões antecipados, competição terá rodada decisiva com 60 pontos em jogo em Farroupilha (RS)

Uma grande festa do kartismo gaúcho deverá encerrar a 3ª edição do Campeonato Regional da Serra de Kart no próximo final de semana em Farroupilha (RS). Com os títulos "em aberto" nas oito categorias em disputa - e o sorteio e distribuição de mais de R$ 35 mil em prêmios - a expectativa é que mais de 70 pilotos compareçam no Kartódromo Cesar Francischini para a disputa da 5ª e última etapa.

"Estamos encerrando a primeira edição do Regional da Serra sob nossa direção e acredito que oferecemos ao longo da temporada um evento à altura do que merecem os kartistas do Rio Grande do Sul, bem organizado e com ótima estrutura", analisa Erno Drehmer, que em 2013 assumiu a organização e promoção do Regional da Serra depois de dois anos sob a tutela dos competentes Carlos Giacomello e Bepi, criadores da competição.

Apoiado por grande parte das empresas e fabricantes que atuam no kartismo brasileiro, o Regional da Serra distribuirá nesta última etapa prêmios que vão desde bolsa para capacete e adesivos para carenagens até chassis completos, passando, por exemplo, por macacões, pneus, carburadores, filtros e motores. O total da premiação este ano passou de R$ 45 mil, "Distribuímos em torno de R$ 10 mil durante as etapas, mas a maior parte dos prêmios obtidos com nossos parceiros será entregue neste domingo", explica o promotor do evento. "Mas apenas participará do sorteio quem estiver presente e inscrito na etapa, valendo, é claro, todos os tickets entregues ao longo das quatro etapas anteriores", ressalta.

Com 60 pontos em jogo nesta última rodada dupla do ano, diversos pilotos lutarão pelo título em Farroupilha. A Cadete tem liderança de Augusto Rotta, seguido por Henrique Vieira e Gabriel Pires, empatados em segundo, e por Jean Vitor Boniatti e Breno Rubin.

Claudio de Moraes lidera em duas categorias, na Fórmula Graduados e na Fórmula Sênior. Rodrigo Gonzalez, Pedro Goulart, Guto Fontanella e Renan Busse fecham os cinco primeiros na Graduados, enquanto que Marcelo de Moraes, Dirceu Thomé, Silvano Fernandes e Fernando Wortmann aparecem na pontuação do campeonato da 2ª até a 5ª posição na Sênior.

A TaG é dividida em TaG Super e TaG, e Milton Zili é o líder da TaG Super, seguido por Claudir Binsfeld, Luciano Tavares, Giovani Dalmina e Saulo Rudeck. Na TaG o líder é Francesco Ventre, que tem Jeferson Abel, Fernando Pastro, Marlo Binsfeld e Nando Trevisan fechando os cinco primeiros.

Separados por apenas dois pontos, Jairo Kobe e Francisco Souza são os dois primeiros colocados na Fireball Master. Ricardo Audino, Rafael Mohr e Cezar Cauduro aparecem logo a seguir, enquanto que Arthur Metzdorf aparece na ponta da Fireball Sprinter. Cleiton Zimmermann, Carlos Duarte, Rômulo Nascimento e Matheus Castro completam os cinco primeiros.

Por fim, a Speed Kart mostra Maurício Stapassola e Rafael Moreira muito próximos, em 1º e 2º. Camila Valduga, Rogério Daltoé e Juliano Sebben aparecem em 3º, 4º e 5º na classificação do campeonato.

"Certamente teremos um final de semana de muita competição e adrenalina. Final de campeonato é sempre muito interessante e de muita adrenalina, e no Regional, especialmente, temos muitas categorias com muitos pilotos com condições de serem campeões", resume Erno Drehmer. "E já estamos trabalhando para a próxima temporada, quando teremos um campeonato ainda mais atraente", avisa.

O Regional da Serra tem uma página exclusiva dentro do Portal Kart Motor (http://www.kartmotor.com.br/web/index.php?menu=RegionalDaSerra), onde podem ser acessados diversos documentos, como o regulamento do campeonato e da etapa, hotel conveniado e pontuação, além do formulário para inscrição antecipada - apenas para os pilotos que ainda não correram nenhuma etapa.

A sexta-feira e o sábado estão reservados para os treinos livres e oficiais e no domingo serão realizadas as tomadas de tempos e as duas baterias da programação.

O Regional da Serra tem o apoio da Birel Sudam, Ciabe, Estúdio Pixel, Grupo Uniserv, IR Criações, JB Parts (Ibea, JB Righetti e Ital Sistem), Kart Mini, Mega Kart, Megstar, MG Pneus, NA Carrera, Pablo Racing, Paralego, P Racing, RBC Preparações, Speed Pneus, Techspeed, Thunder, Tecnokart e ULV.

KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Idalicio Umpierre | IR Criações

Programa Competição

Fernando Bueno volta às pistas integrando time de estrelas da CRG Brasil nas 500 Milhas

Prova terá largada às 11 horas da manhã deste sábado (30) no Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC)

Assim como no ano passado, o paranaense Fernando Bueno integrará um time de estrelas em sua segunda participação nas 500 Milhas Beto Carrero, prova marcada para este sábado (30) no Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC). Ao lado de pilotos brasileiros e europeus, ele integrará a equipe oficial da fabricante de chassis CRG Brasil e buscará a vitória - ou pelo menos mais um pódio - na competição.

Bueno, que em 2013 subiu no pódio da categoria B em 5º lugar, competirá ao lado do italiano pentacampeão mundial de kart Davide Forè, do inglês Jordon Lennox-Lamb, do polonês Bartosz Idzkowiski e dos brasileiros Gabriel Dias, Cesar Ramos, Roberto Wuthstrack Junior, Manoel Queiroz, Rafael Magno, Rafael Smaniotto, Renan Buscke, Ronaldo de Oliveira e Thiago Santos. O time será chefiado pelo experiente Roberto Margeon.

"Vou ainda mais experiente este ano, já que uma competição como esta é totalmente diferente das provas curtas de kart que eu disputava até o início do ano", explica Fernando Bueno, que não competiu em 2013 e optou por se manter em atividade com muitos treinos. "A tocada é diferente, sempre pensando que a prova tem quase 12 horas de duração e que não podemos nos envolver em acidentes que provoquem paradas extras nos boxes", ressalta.

A CRG Brasil competirá com três karts e as expectativas de todos na equipe passam muito profundamente por lutar pela vitória. "O equipamento é ótimo, temos um chassi extremamente competitivo, além, é claro, de pilotos excepcionais e uma bela estrutura", avalia Fernando Bueno. "Então, certamente vamos estar entre os que vão brigar pela vitória", completa.

A largada das 500 Milhas Beto Carrero deste ano está marcada para 11 horas da manhã de sábado, dia 30.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Mario Ferreira

Gianluca Petecof vai à final em Las Vegas e fecha Skusa SuperNationals no top-10 entre 85 pilotos

Comprovando a grande fase vivida em 2013, o campeão brasileiro conquistou outro importante resultado na temporada ao terminar sua participação nos Estados Unidos em sétimo na categoria TaG Cadet

Definitivamente, 2013 será um ano inesquecível na carreira de Gianluca Petecof. Nesta temporada, o paulista de 11 anos obteve os dois principais títulos disputados em sua categoria no Brasil, a Júnior Menor, conquistando o Campeonato Brasileiro e a Copa Brasil. No último fim de semana, entre 20 e 24 de novembro, em Las Vegas, o piloto se superou e entregou outro bom resultado depois de enfrentar a 17ª edição do tradicional e extremamente competitivo Skusa SuperNationals, correndo contra nada menos que 84 adversários, muitos deles campeões nos Estados Unidos e na Europa. Mesmo com um kart ao qual não estava acostumado e enfrentando condições críticas de clima — muita chuva — durante os treinos, Gianluca cumpriu com seu objetivo de representar seu país na grande final da competição, o Super Sunday, e foi além: cruzou a linha de chegada em sétimo lugar em sua categoria, a TaG Cadet, reservada a pilotos entre 8 e 12 anos.

Esta foi a terceira participação de Petecof no Skusa SuperNationals e, comprovando a evolução obtida ao longo de sua ainda curta carreira no automobilismo, alcançou seu melhor resultado em Las Vegas, no circuito montado no estacionamento do Rio All-Suites Hotel e Casino. Mas desta vez, diferente dos anos anteriores, Gianluca teve de se readaptar à condução de um chassi com o qual não competia há tempos. Para isso, o piloto, que correu pela equipe A.m. Engines, passou por um período de adaptação antes de embarcar para os Estados Unidos.

A categoria disputada por Petecof contava previamente com 88 pilotos inscritos, dos quais 85 compareceram a Las Vegas. Por conta do grid muito grande, os competidores foram divididos em dois grupos para a execução dos treinos livres. Ao todo, foram oito sessões divididas entre quarta (20) e quinta-feira. A forte chuva que castigou a cidade de Nevada e o curto período à disposição para acertar o kart na pista (apenas sete minutos por treino) deixaram muito mais difícil a jornada de Gianluca nos Estados Unidos. Mas mesmo assim, o brasileiro seguiu evoluindo, e isso era nítido nos seus tempos de volta e em suas colocações.

Depois de ter disputado a tomada de tempos (nono colocado no Grupo A) e ter obtido bons resultados nas três corridas classificatórias — fechando as provas em 6º, 11º e 4º, respectivamente, Petecof alcançou pontuação suficiente para largar em 12º, carimbando com folga sua ida ao ‘Super Sunday’, que teve um grid formado por 45 pilotos.

Diferente das atividades preliminares do Skusa SuperNationals até então, o domingo amanheceu com o tempo bom e pista seca em Las Vegas. E com as condições mais favoráveis, Petecof teve plenas chances de mostrar seu talento. No treino de aquecimento, pela manhã, o brasileiro foi o mais rápido com uma performance que lhe deu confiança para a finalíssima.

Gianluca estava mais do que preparado para encarar a bateria final do Skusa, que, em sua categoria, teve duração de 15 voltas. Desde o começo, o brasileiro mostrou boa performance e logo foi conquistando importantes posições. Depois de uma dura batalha em meio a um grid bastante competitivo, Petecof cruzou a linha de chegada do circuito Rio Hotel em sétimo, fechando a menos de 5s em relação ao vencedor, o italiano Leonardo Marseglia. Um resultado para coroar a grande temporada do jovem piloto paulista em 2013.

Gianluca Petecof:

"Terminar uma competição tão importante como é o Skusa entre os dez primeiros é motivo de orgulho e muita satisfação para nós. Claro que vim pensando em ganhar, mas sei que esse esporte é muito difícil e precisa de desenvolvimento, e aqui usei tudo diferente do que estou acostumado no Brasil, então fomos além do nosso objetivo traçado aqui para Las Vegas. Só posso agradecer à minha família, ao Dennis Dirani (meu coach), ao José Dias Dirani, por toda a ajuda no acerto, ao Mazinho, por ter feito meu kart, e ao Ariel Castro e à A.m. Engines por terem me recebido muito bem. Espero retornar pra cá no ano que vem. Volto para o Brasil muito feliz com o que conquistamos nesse fim de semana."

Texto: Eversports - Mariana Viegas / Fernando Silva
Foto: Flávio Quick

Líder após nova vitória, Gustavo Morales chega confiante à decisão da Copa Aldeia da Serra

Piloto de apenas 10 anos pode conquistar seu primeiro título no kartismo paulista

O jovem Gustavo Morales (Steel Blindagens | Ninim Auto-Center | Colégio Liceu Santa Cruz | Fluair Válvulas | Polytech Vedações | Maranello Kart | APKA | Garage Burger), de apenas 10 anos, deu outro passo importante rumo à conquista de seu primeiro título de campeão no kartismo paulista.

Morales venceu a penúltima etapa da Copa Aldeia da Serra de Kart, disputada no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP) e assumiu a liderança da categoria Cadete. O piloto agora soma 87 pontos, contra 83 do líder anterior, faltando apenas uma prova para o final da competição.

No próximo domingo (1º) Gustavo Morales poderá até mesmo chegar em segundo na última etapa da Copa Aldeia da Serra para ficar com a taça de campeão. A rodada terá início às 10:30 da manhã de domingo.

"Estou muito confiante e me preparando muito para a decisão. Acredito que encontramos o acerto ideal, o que me permitiu vencer as duas últimas etapas e recuperar a liderança do campeonato no momento certo. Agradeço aos meus patrocinadores, que sempre acreditaram no meu trabalho, e ao meu preparador Eduardo Teodoro, da Maranello Kart Racing, por estar sempre ao meu lado", disse Gustavo após a vitória na última prova.

E, antes mesmo do encerramento da temporada, Gustavo Morales já iniciou os treinos visando 2014, quando sairá da Cadete e passará a competir na Júnior Menor.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: TV Racing

Daniel Paludo destaca prova competitiva na Porsche Cup na preliminar da F-1 em Interlagos

Mesmo sem participar do treino livre, piloto apoiado pela hamburgeria Garage Burger termina prova preliminar do Grande Prêmio do Brasil, em Interlagos, no top-10 e segue na sétima posição no campeonato, com 117 pontos

Na prova preliminar do Grande Prêmio do Brasil, em Interlagos, o piloto apoiado pela hamburgeria Garage Burger, Daniel Paludo, terminou a corrida da Porsche GT3 Cup Brasil na nona colocação. Com o resultado, Daniel mantém a sétima posição no campeonato, agora com 117 pontos.

Punido em cinco posições no grid de largada por um incidente na prova anterior, o gaúcho, que havia conquistado o quinto melhor tempo na molhada pista de Interlagos, acabou largando na décima posição.

Paludo começou a prova fazendo uma boa largada e se posicionou na luta por um pódio durante a prova, mas no fim foi tocado e caiu para nono.

"Foi um saldo positivo para um final de semana que começou complicado, pois não consegui andar no treino na sexta-feira, indo direto para classificação. Tinha um ritmo parecido com o terceiro colocado, o que me credenciava a largar na segunda fila, porém a punição de cinco lugares me jogou para o meio do grid. Outro fator que atrapalhou foi a condição de pista, que estava bem instável no final de semana e acabou sendo seca durante a corrida. Agora é pensar na corrida final, no começo de dezembro, e buscar mais pontos no campeonato", disse Daniel Paludo.

A nona e decisiva etapa da Porsche GT3 Cup Brasil será disputada mais uma vez em Interlagos, São Paulo, dia 7 de dezembro.

Resultado final da prova da prova da Porsche Cup
1º) 0-Constantino Júnior, 16 voltas em 26:50.247, média de 154,069 km/h
2º) 88-Ricardo Rosset, a 0.377
3º) 13-Pedro Queirolo, a 12.772
4º) 52-Roberto Posses, a 14.331
5º) 15-Marcel Visconde, a 17.478
6º) 7-Clemente Lunardi, a 17.725
7º) 99-Tom Valle, a 24.752
8º) 27-Ricardo Baptista, a 25.084
9º) 89-Daniel Paludo, a 25.473
10º) 34-Maurizio Billi, a 31.405
11º) 10-Adalberto Baptista, a 37.465
12º) 5-Sylvio de Barros, a 38.738
13º) 18-Carlos Ambrósio, a 40.330
14º) 4-Gui Affonso, a 42.982
15º) 63-Sérgio Ribas, a 44.179
16º) 11-Omilton Visconde Jr., a 50.696
17º) 9-Guilherme Figueirôa, a 54.080
18º) 36-Charles Reed, a 54.354

Não classificado (menos de 75% da distância percorrida pelo vencedor):
53-Ronaldo Kastropil, a 13 voltas (acidente)

Não largou:
28-Eduardo Azevedo

Melhor volta:
Constantino Júnior, 1:39.928, média de 155,235 km/h

Classificação do campeonato após 15 corridas:
1º) Ricardo Rosset, 230 pontos
2º) Ricardo Baptista, 206
3º) Constantino Júnior, 170
4º) Pedro Queirolo, 160
5º) Marcel Visconde, 156
6º) Maurizio Billi, 133
7º) Daniel Paludo, 117
8º) Clemente Lunardi, 114
9º) Tom Valle, 106
10º) Roberto Posses, 95
11º) Guilherme Figueirôa, 95
12º) Adalberto Baptista, 93
13º) Fábio Viscardi, 76
14º) Sylvio de Barros, 71
15º) Sérgio Ribas, 64
16º) Gui Affonso, 59
17º) Marcelo Franco, 56
18º) Charles Reed, 32
19º) Omilton Visconde Jr., 24
20º) Carlos Falletti, 8
21º) Alan Turres, 8
22º) Vanuê Faria, 6
23º) Cléber Faria, 6
24º) Carlos Ambrósio, 4
25º) Valter Rossete, 3
26º) Ronaldo Kastropil e Eduardo Azevedo, sem pontos.

Fonte: RF1 Jornalismo
Foto: Chris Fabbri

Mauro Auricciio fechou participação no Skusa com bela recuperação e 11º lugar na Final

Volta ao Brasil é nesta segunda-feira para a disputa das 500 Milhas
Reunindo quase 600 pilotos em sua 17ª edição, o Super Nationals - mais conhecido como Skusa - foi disputado no último final de semana em Las Vegas, nos Estados Unidos, em uma pista montada no estacionamento do Rio All-Suites Hotel Cassino. Considerado hoje o maior evento do kartismo mundial no que tange a quantidade de inscritos, o Skusa teve também a participação do ítalo-brasileiro Mauro Auricchio (La Bufalina), que competiu contra mais de 60 pilotos na categoria TaG Júnior.

Auricchio, que não fez uma boa tomada de tempos, teve que largar em 25º nas três provas classificatórias que disputou, realizadas com pista molhada. Com um 12º, um 9º e um 10º, ele passou às finais largando mais uma vez da 25ª posição, e repetiu as belas provas de recuperação, terminando a competição com o 11º lugar, agora com pista seca.

Campeão brasileiro em 2012, Mauro Auricchio (La Bufalina) competiu com um chassi Top Kart e motor Parilla e teve como preparador o piloto Alain Sisdeli, também seu "coach". "Trabalhamos bastante e de forma muito rápida, já que no Skusa temos treinos curtos para fazer o acerto do kart", lembra Sisdeli. "A tomada de tempos atrapalhou um pouco, mas depois, especialmente na Final, consegui me recuperar bem. O Skusa é sempre muito difícil, pois reúne pilotos do mundo todo e seu formato é sempre muito ‘rápido’", finaliza.

Nesta segunda-feira Mauro Auricchio e Alain Sisdeli retornam ao Brasil e, depois de uma curta escala em São Paulo, irão à Santa Catarina para disputar a 500 Milhas Beto Carrero pela equipe Nelsinho Competições. A prova será realizada neste sábado (30) e os dois terão como companheiros de equipe os pilotos Leonardo Cordeiro e Bruno Baptista.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

quarta-feira, novembro 20, 2013

Maranhenses terão dois karts nas 500 Milhas Beto Carrero e homenagearão heróis da Liga da Justiça


Equipe será composta por oito pilotos e terá suporte da MZ Racing

Incentivada pelo crescimento da categoria F4 em seu Estado, uma equipe do Maranhão disputará a 500 Milhas Beto Carrero, tradicional prova de encerramento da temporada do kartismo brasileiro e que reúne pilotos de várias partes do mundo e de diversas categorias do automobilismo mundial. A prova terá seus treinos iniciados na próxima semana e será disputada no sábado, dia 30, com previsão de 12 horas de duração.

"Em São Luís, no Campeonato Maranhense, tivemos um largo crescimento da F4, que utiliza os mesmos motores das 500 Milhas. Isto gerou a revelação de diversos bons pilotos e alguns deles se juntaram para montar esta equipe", conta Marcos Regadas Filho, um dos pilotos que competirá no Kartódromo Beto Carrero.

A formação maranhense utilizará chassis da Art Grand Prix e competirá com dois karts, levando o nome da equipe que cuidará de toda a preparação do equipamento para a disputa, a MZ Racing, time comandado pelo renomado preparador Mazinho. "Será a segunda vez que o Maranhão terá uma equipe nas 500 Milhas. A primeira foi em 2005, ainda na Granja Viana, e conseguimos largar em 10º. Mas tivemos problemas na corrida", lembra Marcos.

A MZ Racing será formada pelos maranhenses Bruno Martins, Bruno Max, Daniel Correa, Felipe Marinho, Geoberg Abdalla, Júnior Pinto, Lauro Marinho e Marcos Regadas. "Poucos de nós conhecemos o traçado da corrida. Eu estive lá a cerca de dois meses, participei de uma prova do estadual de F4 e ganhei. O Júnior Pinto correu as 500 Milhas do ano passado pela equipe Insano, junto com o Ruben Carrapatoso", conta Regadas. "Mas estamos otimistas, não vemos isso como um problema. O formato da prova exige uma ‘tocada’ tranquila, sem se envolver em acidentes, e nem sempre é necessário ser o mais veloz", aposta.

Além de buscar um ótimo resultado, os maranhenses prometem marcar sua participação na competição de outra forma. "Cada um de nós correrá com um macacão que imitará o uniforme de um membro da Liga da Justiça", diz Marcos Regadas, referindo-se aos "super-heróis" dos filmes e das histórias em quadrinhos.

Os macacões estão sendo produzidos pela ULV. "Não temos um grande patrocinador, quem está bancando as despesas somos nós mesmos. E também não temos um piloto de renome nacional na equipe. Optamos por destacar a equipe desta forma. E esperamos que também com um desempenho que pelo menos nos coloque no pódio", finaliza Regadas.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Fórmula Júnior: Franco Pasquale conquista o pódio na última etapa, em Tarumã


Realizada no último domingo (17), no Autódromo Internacional de Tarumã, a última etapa da Fórmula Júnior, categoria-escola do automobilismo gaúcho, destinada a jovens entre 15 e 21 anos saídos do kart, sem experiência em pista, coroou a evolução do desempenho do piloto gramadense Franco Pasquale durante a temporada.

Na primeira bateria, o piloto, que largou na 9ª colocação, foi conquistando posições, chegando na 6ª colocação, posição que defendeu dos ataques de Bruna Tomaselli, ficando próximo de mais um pódio.
 
Na segunda bateria, após duelar durante o tempo todo, mais uma vez, com Bruna Tomaselli, o piloto cruzou a linha de chegada na quinta colocação, alcançando seu segundo pódio na competição, nas duas últimas etapas temporada de estréia.
 
A evolução do piloto da equipe MC Tubarão foi constante durante o ano, tendo completado todas as baterias da metade da temporada em diante na zona de pontuação, com resultados expressivos nas últimas duas etapas. Franco conta sempre com o apoio do seu pai, André, ex-piloto de kart e turismo, na assessoria direta, inclusive na comunicação via rádio.
 
O piloto, que tem o patrocínio de Chocolates Lugano, parte em busca de novos apoiadores para a próxima temporada.
 
Abaixo, os resultados:
 
1ª Prova
1 34 Rodrigo Elger
2 35 Gabriel Robe
3 18 Lucas Alves
4 31 Matheus Rouver
5 12 Rafael Smaniotto
6 78 Franco Pasquale
7 97 Bruna Tomaselli
8 85 Lucas Villela
9 10 Victor Matzembaker
10 5 Palomma Clesia
11 7 Guilherme Samaia
 
2ª Prova
1 34 Rodrigo Elger
2 35 Gabriel Robe
3 18 Lucas Alves
4 7 Guilherme Samaia
5 78 Franco Pasquale
6 97 Bruna Tomaselli
7 12 Rafael Smaniotto
8 5  Palomma Clesia
9 85 Lucas Villela
10 10 Victor Matzembaker
11 31 Matheus Rouver
 
Texto/Fotos: Niltão Amaral/Divulgação

Fórmula Júnior tem novo vice-campeão de sua primeira temporada

Mudança foi determinada após reunião na Federação Gaúcha de Automobilismo

E a Fórmula Júnior tem um novo vice-campeão. O fato foi revelado na tarde da última terça-feira (19) após reunião para fechamento da documentação da 8ª e última etapa da categoria na Federação Gaúcha de Automobilismo.

Inicialmente, após o descarte regulamentar dos dois piores resultados obtidos em 16 baterias, houve o empate entre dois competidores, os gaúchos Gabriel Robe e Lucas Alves, e Robe foi declarado o vice-campeão.

Entretanto, após analisar o regulamento e ser remetida ao Código Desportivo do Automobilismo (CDA), a Federação Gaúcha de Automobilismo aplicou o que determina o artigo 64.4 do documento, que diz: "No caso do regulamento de um certame ou prova não prever critério de desempate, este será estabelecido na seguinte ordem: I - Maior número de pontos sem considerar os descartes".

Portanto, após a aplicação do referido artigo, Lucas Alves passou a ser o novo vice-campeão, uma vez que, ao longo do campeonato, ele somou 159 pontos brutos, um a mais que Robe, exatamente o seu descarte.

Texto e foto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Scuderia-PCR Jornalistas encara desafio das 500 Milhas de Kart com Felipe Nasr como professor

Enfrentando pilotos com experiência na F-1, Indy, Stock Car, Truck, GP2, DTM entre outras categorias, os profissionais da imprensa esperam repetir a performance de edições passadas
Disputar uma corrida de 800 km de extensão contra alguns dos melhores pilotos do mundo será mais uma vez o desafio de uma equipe de jornalistas que vai cobrir e correr a tradicional 500 Milhas de Kart, que pelo terceiro ano será disputada na pista do Beto Carrero World, na cidade de Penha (SC).

"Esta é uma iniciativa que sempre dá bom resultado. De aprendizado, claro, porque na pista até nossos patrocinadores são bem realistas", diz Rodrigo França, um dos jornalistas que acelera o kart 18 da Scuderia PCR ao lado dos colegas de profissão Leonardo Murgel, Cassio Cortes, Adriano Griecco e Alexander Grunwald.

"É a sexta vez que os jornalistas integram uma equipe completa formada por profissionais da imprensa, que é uma boa maneira de aprenderem a parte prática do automobilismo, ajudando a compreender melhor o esporte que estão cobrindo", diz Felipe Giaffone, que organiza a prova e compete junto com a equipe de Rubens Barrichello, Augusto Farfus Jr, Rafael Suzuki, Tony Kanaan, Bia Figueiredo e Carlos Alberto Barrichello Jr.

Repetindo a parceria de 2012 o "professor" da equipe será mais uma vez Felipe Nasr, promessa do automobilismo brasileiro que disputa a GP2, categoria de acesso à F-1. "É um trabalho diferente. A gente sempre tenta melhorar, pesquisando peças, coisas diferentes no kart, e ao mesmo tempo estou dando uma força aos jornalistas, tentando passar um pouco de informação. É até divertido, são dois lados da profissão, um de piloto e outro de professor", diz Nasr, que também integra a equipe que corre com o chassi italiano PCR.

Além de Nasr e da equipe dos jornalistas, outras estrelas integram o time da PCR, como Beto Monteiro (F-Truck), Sergio Ramalho e Ernani Kuhn (vencedor das 500 Milhas em 2013).

"Estamos trazendo o chassi PCR pelo segundo ano consecutivo nas 500 Milhas. Temos uma equipe forte, divulgando a Nascarland (programa de desenvolvimento de pilotos brasileiros rumo à Nascar) e o KantanKart, copa que lançamos em 2013 para molecada de 11 a 16 anos para se preparar para o Mundial, e parceiros que nos apoiam aqui no Brasil", diz Walter Savaglia, manager da Scuderia PCR Brasil.

A largada será sábado, 30, às 11h, com transmissão ao vivo da Record News e transmissão completa no site www.kartodromogranjaviana.com.br.

Fonte: RF1 Jornalismo
Foto: Bruno Terena/RF1

Felipe Drugovich disputa a última etapa do Campeonato Mundial no Bahrain

Paranaense competirá na categoria KF Júnior

Desde a última semana presente na região dos Emirados Árabes, o paranaense Felipe Drugovich (Diesel Technic | Drugovich | Mahle | Noma) tem difícil e importante compromisso nesta semana. Enfrentando mais de 80 competidores de todo o mundo, ele disputa a 2ª e última etapa do Campeonato Mundial de Kart na categoria KF Júnior, que está sendo disputada no Bahrain International Kart Circuit, em Sakhir, Bahrain.

A chegada aos Emirados Árabes foi durante o último final de semana e até que as atividades fossem iniciadas no kartódromo, Felipe Drugovich aproveitou para conhecer Abu Dhabi e o Ferrari World, o parque temático da equipe de Fórmula 1, e também Dubai.

Os primeiros treinos no Bahrain International Kart Circuit mostraram uma grande evolução de Felipe Drugovich, que utiliza chassis da Art Grand Prix e motores TM, além dos pneus Le Cont, comum a todos os competidores, que representam cerca de 20 países. "No primeiro treino cheguei a ‘tomar’ cerca de 1 segundo para o piloto mais rápido, mas já consegui diminuir esta diferença para cerca de dois décimos", revela Drugovich, dono de sete títulos nacionais no Brasil.

Em um dos treinos, realizado na chuva, Felipe Drugovich destacou-se bastante e foi um dos mais rápidos dentre os mais de 80 pilotos do mais alto nível. "Por enquanto está tudo ótimo, mas prevejo que assim que a pista ficar mais emborrachada eu passe a ficar mais lento", afirma o paranaense de Maringá. "Temos poucas situações semelhantes no kartismo brasileiro e quando nos deparamos com a pista emborrachada enfrentamos mais dificuldade que os kartistas europeus, mais acostumados à borracha", continua.

O principal objetivo de Felipe Drugovich (Diesel Technic | Drugovich | Mahle | Noma), assim como na 1ª etapa na Itália, será obter classificação para a fase final da rodada, que reunirá apenas 34 pilotos. "Estou em meu primeiro ano de competições fora do Brasil, enfrentando pilotos e o kartismo da Europa. Então a ideia é aprender o máximo possível e me adaptar às dificuldades para chegar na próxima temporada em condições de vencer, o que hoje é muito difícil ainda", finaliza.

As atividades principais da decisão do Campeonato Mundial, as corridas - divididas em classificatórias e finais -, serão realizadas durante o sábado e o domingo, quando será conhecido o novo campeão mundial da categoria KF Júnior.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Luiz Pinheiro

terça-feira, novembro 19, 2013

Fórmula 1.6: Problemas de câmbio complicam final de temporada de Vinícius Schüler

Aconteceu neste domingo, no Autódromo Internacional de Tarumã, a última etapa da Fórmula 1.6, campeonato gaúcho de velocidade de monopostos. Final de temporada que temporada que mostrou-se complicado para o piloto hamburguense Vinícius Schüler (MC Tubarão/Noko Química/Hoff)

Após largar na posição, o piloto enfrentou desde cedo problemas na caixa de câmbio do seu carro, tendo ficado sem poder utilizar a quarta marcha, o que prejudicou bastante o desempenho do piloto na primeira bateria. Mesmo assim, ainda foi possível cruzar a linha de chegada em 6o lugar na categoria A, 10o geral.

Devido ao problema ocorrido no câmbio do seu monoposto, que mostrou-se insanável no intervalo entre as baterias, Schüler acabou abandonando a etapa, não alinhando no grid para a segunda bateria, que foi vencida por Fernando Stédile.

Confira, abaixo, o resultado das provas:
 
1a Prova Formula 1.6
Pos. No. Nome Classe
1 9 Fernando Stédile A
2 0 Ismael Toresan A
3 3 Cali Crestani A
4 96 Alexandre Bragnanolo A
5 10 Lucas Toresan Light
6 40 Romulo Escouto Light
7 33 Wagner Rouver A
8 12 Leandro Guedes Light
9 61 Antonio Gallo 1.8
10 35 Vinicius Schüler A
11 51 Gabriel Kenji 1.8
12 27 Flávio Rodrigues Light
13 5 Carlos Lazzari A
14 62 Tiago Muriel 1.8
 
2a Prova Formula 1.6
Pos. No. Nome Classe
1 9 Fernando Stédile A
2 3 Cali Crestani A
3 10 Lucas Toresan Light
4 33 Wagner Rouver A
5 40 Romulo Escouto Light
6 6 Antonio Grasseli A
7 96 Alexandre Bragnanolo A
8 61 Antonio Gallo 1.8
9 51 Gabriel Kenji 1.8
10 5 Carlos Lazzari A
11 27 Flávio Rodrigues Light
12 62 Tiago Muriel 1.8
13 12 Leandro Guedes Light
14 0 Ismael Toresan A
 
Texto/Fotos: Niltão Amaral/Divulgação

sábado, novembro 16, 2013

Artur Fortunato estreia em Cascavel e busca vitórias para se aproximar da liderança na F3 Light

Piloto é finalista do Capacete de Ouro pela primeira vez

Finalista do Capacete de Ouro, o paulista Artur Fortunato (Dahruj | Brasilinvest | Jornal Todo Dia) tem novo compromisso pela Fórmula 3 Sul-Americana neste final de semana, dias 16 e 17, agora em Cascavel (PR), em provas válidas pela 8ª etapa. A nova rodada dupla da competição poderá colocar o piloto da Cesário Fórmula na liderança da divisão Light.

Vice-líder após 14 provas realizadas, Fortunato terá desafio semelhante ao da etapa anterior, disputada no Rio Grande do Sul, em Tarumã. "É uma pista nova para mim, bastante rápida e desafiadora", afirma o piloto de Americana, interior de São Paulo. "Em Tarumã me adaptei bem e certamente repetirei isto em Cascavel", completa.

O principal objetivo de Artur Fortunato, além do natural foco nas vitórias, é diminuir a diferença para o líder na classificação, o argentino Bruno Etman, seu companheiro de equipe na Cesário Fórmula. "Em Tarumã o Bruno teve uma quebra na primeira bateria e eu venci, então consegui diminuir bastante a diferença. Espero poder diminuí-la ainda mais para chegar à última etapa, em Curitiba, com ainda melhores condições de lutar pelo título", aposta Fortunato, que disputa sua primeira temporada no automobilismo.

Na próxima quarta-feira, dia 20, em São Paulo, Artur Fortunato (Dahruj | Brasilinvest | Jornal Todo Dia) terá outro desafio inédito, este fora das pistas. Pela primeira vez entre os finalistas, ele espera conquistar o Capacete de Ouro, premiação instituída há 17 anos pela Revista Racing e considerada o "Oscar" do automobilismo brasileiro. Fortunato concorre pela categoria Fórmula 3.

"É totalmente inédito e gratificante para mim estar entre os três finalistas do Capacete de Ouro. Quero ser o mais votado entre os três e levar o prêmio, claro, mas não posso negar que só estar nesta disputa já é uma vitória e um reconhecimento ao trabalho que estamos fazendo na atual temporada", finaliza.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Mega Kart faz ótima temporada e conquista mais dois títulos e vitórias no kartismo paulista

Comemorações aconteceram em três kartódromos diferentes

A cada final de semana de competições a Mega Kart, fabricante de chassis e componentes para o kartismo brasileiro, tem comemorado vitórias. E, com a chegada do final da temporada, as comemorações passaram a ser também em função da conquista de mais títulos para a já rica galeria da fábrica.

No último final de semana, em três campeonatos diferentes dentro do kartismo paulista, a Mega Kart conquistou dois títulos, um vice e um terceiro lugar, além de diversas vitórias.

Os títulos de campeã vieram com Oscar Alves, na categoria Executive, e com Nelsinho Stanisci, na DD2, ambos válidos pela Copa São Paulo Granja Viana. André Salmoria, na Raptor, foi vice-campeão, e Guilherme Oliva, da Cadete, terminou a competição com o 3º lugar.

Em Caraguatatuba, litoral paulista, a Mega Kart venceu em duas categorias, na RD "A" e RD "B", com Celso Papaleo e com Renato Pereira. Por fim, em Itu, no Campeonato Nova Schin, Márcio Ocanha foi o vencedor na categoria F4 Sênior.

"Estamos nos aproximando do final da temporada e, por consequência, do encerramento de diversos campeonatos. No último final de semana dois pilotos que competem com nosso chassi garantiram títulos, que se juntam a muitos outros já conquistados em nossa história, especialmente este ano", apontam Waldíbio Ferraz e Marcos Ferreira, diretores da Mega Kart. "E muito mais virão até que a temporada se encerre", finalizam.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela