quinta-feira, março 31, 2011

Campeonato Nova Schin chega à terceira etapa


Neste domingo, dia 03 de abril, o Kartódromo Arena Schincariol receberá mais uma vez pilotos e equipes para a disputa da terceira etapa do Campeonato Nova Schin de Kart. A exemplo do que aconteceu nas etapas de fevereiro e março a corrida deste domingo deverá movimentar bastante a cidade de Itu, distante cerca de 90 km da capital São Paulo.

Nas duas rodadas iniciais a competição contou com a participação das categorias Cadete e Stock 125. Neste domingo, entretanto, deverão retornar ao Certame as classes F-250, com seus karts carenados e motores de motocicleta e, também, F-4 que utiliza os motores Honda de quatro tempos.

Assim como anunciado na última semana esta etapa contará também com o sorteio de dois motores entre as categorias Cadete e Stock 125. Entre os garotos da categoria Cadete será sorteado um motor Honda, modelo GX-160, igual ao utilizado nas provas da categoria. E, entre os pilotos maiores, da categoria Stock 125, será sorteado um propulsor KTT, refrigerado à água.

A programação desta terceira etapa do Campeonato Nova Schin será iniciada neste sábado, dia dois, com duas sessões de treinos livres para todas as categorias. No domingo a programação começa cedo com um rápido treino de aquecimento seguido das tomadas de tempo e, finalmente, as corridas. Vale lembrar que a categoria Stock 125 tem duas corridas e, as demais, apenas uma.

Todas as notícias do Kartódromo Arena Schincariol podem ser acompanhadas no site da pista. Lá também é possível acessar os regulamentos, adendos, calendários, resultados, classificação e todas as informações do Campeonato Nova Schin.
Acesse: www.kartodromoschincariol.com.br.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

Copa Chevrolet Montana: Marcelo Tomasoni animado com as novidades para 2011


Interlagos será palco do início da temporada 2011

No próximo domingo dia 03/03, terá início mais uma temporada da Copa Chevrolet Montana, que será realizada no Autódromo José Carlos Pace em Interlagos, categoria que vem recheada de novidades, como a nova carenagem mais brava e muito mais bonita.

Os motores V8 também terão grandes mudanças, como utilização da injeção eletrônica, que já estava presente na categoria principal e o recurso do "push-to-pass", no sentido de aumentar a potência para facilitar as ultrapassagens.

Outra importante alteração para 2011 é a substituição da gasolina pelo etanol, o que sem dúvida nenhuma deixa a categoria muito mais sintonizada com as atuais perspectivas ambientais.

A Copa Chevrolet Montana desde o seu início, sempre foi uma categoria extremamente competitiva, e agora com esses novos recursos tecnológicos tem tudo para ficar ainda mais interessante, tanto para o público quanto para os pilotos.

Para o paulistano Marcelo Tomasoni (CM Capital Markets/SPFITCLUB), piloto da Carlos Alves Competition Team, que está muito feliz por ter renovado o seu contrato de patrocínio por mais uma temporada, todas essas mudanças são muito bem vindas.

"Estou muito satisfeito por ter renovado pela terceira temporada consecutiva, com a CM Capital Markets e com a equipe do Carlão Alves. Penso que essa continuidade demonstra que estamos no caminho certo no automobilismo profissional", contou Tomasoni.

"Fico orgulhoso de representar a Capital Markets nas pistas todos esses anos, e tenho certeza que este será o meu melhor ano na Copa Montana. Acredito na minha equipe e no trabalho que estamos desenvolvendo. Tenho treinado de kart praticamente toda a semana e sei que isso vai me ajudar para recuperar o ritmo depois de 110 dias sem corridas", concluiu Marcelo Tomasoni.

Carlão Alves, titular da equipe, concorda que esse será o ano de Tomasoni. "Essa será a terceira temporada que estamos juntos e acho que chegou à hora do Marcelo colher os frutos do que plantamos. Ele está pronto para vencer corridas e ter bons resultados", afirmou Carlão Alves. "Este ano já fomos três vezes com os dois carros para o banco da ZF (preparadora dos motores), e estamos no mesmo nível dos melhores concorrentes", completou Carlão.

Marcelo Tomasoni terá o piloto Galid Osman (Tecnisa) como seu companheiro de equipe por mais uma temporada, o que sem dúvida reforça o projeto do time em busca de vitórias, uma vez que ambos têm um ótimo entrosamento como foi demonstrado na temporada anterior.

A prova inaugural da temporada 2011 da Copa Chevrolet Montana, terá transmissão ao vivo da REDETV!

Fonte: Paulo Valiengo Comunicação e Marketing

Eduardo Souto comemora primeira vitória e vice-liderança da Super Cadete no Light


O catarinense Eduardo Souto (JS Prime) tem dois bons motivos para comemorações. No último sábado (26), disputando a 2ª etapa da Copa São Paulo Light em Aldeia da Serra (SP), o jovem piloto venceu pela primeira vez na Super Cadete e, de quebra, garantiu a vice-liderança na tabela de pontos da categoria.

Souto liderou boa parte dos treinos livres com motores próprios e, quando os motores foram entregues pelos organizadores através de sorteio, o catarinense não foi contemplado pela sorte. O desempenho de seu motor ficou abaixo do satisfatório e sua equipe optou pela troca, ainda que o piloto fosse punido com a perda de posições no grid de largada.

Eduardo Souto partiu animado para a tomada de tempos e sua animação se mostrou plenamente justificada ao garantir a pole position. No entanto, a punição pela troca de motor o fez largar da 5ª posição.

Uma bela largada, acompanhada de ótima atuação, garantiu a Eduardo Souto (JS Prime) o primeiro lugar na corrida, com praticamente um segundo de vantagem para Yanni Fontana, o segundo colocado.

Esta foi apenas a terceira corrida do Dudu na Super Cadete e já conseguimos comemorar a primeira vitória”, vibra Carlos Souto, pai de Eduardo. “Na primeira prova do Light ele terminou em segundo e agora, com esta vitória, assumimos a vice-liderança do campeonato. Quero agradecer ao nosso preparador Clóvis Calliari e também à Katroque, que atuou muito bem na preparação de nosso carburador”, finaliza.

Fonte: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer
Foto: Fabiola Cadar

quarta-feira, março 30, 2011

João Pedro Guim voltará à Interlagos neste sábado


João Pedro conta com o auxílio do experiente piloto João Cunha, como seu “coach”

Neste sábado, dia dois de abril, o Campeonato Paulista de Kart voltará à cena para a sua segunda etapa. Assim como aconteceu no mês de janeiro as disputas serão sediadas no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, zona sul da capital. Como no mês de julho o Brasileiro das categorias menores será disputado naquela pista a expectativa de participação é muito grande.

O piloto mineiro João Pedro Guim (Techspeed | Camargo Racing), atual Campeão Paulista da categoria Mirim, estará na pista mais uma vez e seu desejo é de ampliar sua vantagem na competição. Com o apoio técnico da Camargo Racing, Guim irá competir nas categorias Cadete e Super Cadete e espera, assim como fez na etapa inaugural, vencer as provas.

A primeira corrida do Campeonato Paulista foi disputada junto à programação do Super Kart Brasil. Na classe Super Cadete Guim não deu a menor chance para seus concorrentes e, com as duas vitórias, já soma 33 pontos. Na Cadete, por sua vez, João Pedro é o terceiro colocado na classificação atrás apenas de Gregory Diegues e Juan Crespi. De qualquer forma, a diferença de pontos ele e o líder é de apenas dois pontos.

Com vistas à sua preparação para a etapa, Guim chegará na noite desta quarta-feira à São Paulo. Nesta quinta e sexta ele irá participar dos treinos livres nas duas classes. Serão ao todo quatro treinos por dia em que, certamente, darão ao pequeno atleta uma excelente noção do equipamento e do traçado sorteado para a corrida. No sábado a categoria Cadete fará sua tomada de tempos e as duas baterias na parte da manhã e, a Super Cadete, à tarde.

Teremos que fazer bons treinos na quinta e sexta. O João Pedro está fazendo um trabalho especial de preparação física com muitos exercícios para manter a forma, pois, no sábado ele fará quatro corridas, além das tomadas de tempo, no seletivo circuito de Interlagos. Ele adora aquela pista e tenho certeza que nossas chances de vitória nas duas categorias são muito grandes. Vamos torcer muito!”, explicou Claufer Machado, pai do piloto.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

Mini Challenge: Objetivo da dupla Kreis Jr e Fortunato é evoluir em Interlagos


Depois de uma prova problemática na estreia, Kreis Jr e Leonardo Fortunato correm em São Paulo na expectativa de reais, e bons, resultados

Não é preciso entender de automobilismo para avaliar que ter problemas na primeira rodada dupla do ano não é um resultado pretendido por piloto algum. Se assim desenhou-se a primeira etapa da Mini Challenge Brasil em Curitiba para os pilotos Leonardo Fortunato e Kreis Jr, não é esta a expectativa para a segunda prova da temporada que será realizada nos dias 02 e 03 de abril, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O campeonato que integra o evento da divisão principal, a Copa Caixa Stock Car, tem todas as oito etapas realizadas em rodada dupla e transmitidas pelo canal por assinatura Band Sports.

Para a prova de Interlagos, a dupla que acelera o Mini Cooper Challenge de número 71, patrocinado pela SMC Pneumática e Raumak Máquinas espera um resultado dentro da realidade tanto da capacidade de ambos como piloto de corridas, quanto de uma prova sem os problemas enfrentados na etapa de abertura. Em Curitiba Fortunato acabou sendo envolvido em um acidente ocasionado por outros dois pilotos e Kreis Jr, além de sofrer problemas mecânicos, foi prejudicado por desconhecer uma regra referente ao exato alinhamento de largada.

Nesta segunda rodada o objetivo não poderia ser outro que não fosse evoluir e esta tendência é natural já que ambos os pilotos agora conhecem o carro e terão dois treinos de 45 minutos completos para melhorar o acerto da máquina. Esta evolução porem, não é vista pelos próprios pilotos como capaz de converter-se em um grande resultado com facilidade. Se por um lado ambos possuem capacidade para vencer, pelo outro, a tamanha competitividade da categoria cria inúmeras variáveis ao desempenho de qualquer piloto na pista. Além da competência e de um bom acerto de calibragem de pneus, automobilismo se faz também com sorte, ou no mínimo, ausência do se pode ser denominado, azar.

Ciente de que tudo pode acontecer na pista, Kreis Jr acredita que terá um bom final de semana em Interlagos, mas mantém-se com os pés no chão mesmo quando acelerando forte. "Estou ansioso para voltar a pista, mesmo com os problemas que tive em Curitiba, pude aprender muito, já conheci os limites do carro e o que podemos mexer para melhorar o desempenho, durante a prova de Curitiba sempre andei junto com os ponteiros e acredito que em Interlagos irei largar mais na frente”, declarou o piloto Jaraguaense, porém, ciente de que sua corrida começa muito antes do apagar das luzes vermelhas de largada. “Em uma categoria monomarca tão equilibrada, 50% da corrida você já conquista durante o classificatório, então é preciso estar em um bom lugar do grid e torcer para não envolver-se em problemas, de resto é fazermos a nossa parte,” completou o piloto.

E o Joinvilense Leonardo Fortunato compartilha da mesma opinião de Kreis e reforça que o tempo vai provar a real capacidade da dupla. “Minha expectativa é que com mais treino eu possa dar continuidade a adaptação ao carro e assim me aproximar mais do pelotão da frente, já que em Curitiba foram poucos minutos na pista durante os treinos”, salientou Fortunato. “Já na prova, corrida é corrida, em uma categoria tão competitiva é fazer a minha parte pelo melhor resultado possível e ver o que acontece", finalizou o piloto que estreia este ano em competições de nível nacional.

Uma dupla de futuro, mas que precisa de tempo em pista para construir melhores resultados e Kreis Jr, com maior experiência em eventos nacionais de automobilismo, sabe que divide o cockpit com um bom nome. “Também fiquei feliz em fazer a dupla com o Leonardo que se mostrou calmo e concentrado no acerto do carro, a nossa troca de informação nos ajudará a chegar a um acerto ideal o mais rápido possível. A partir desta corrida de São Paulo, com os dois treinos de 45 minutos, teremos como evoluir no conhecimento referente ao comportamento do carro. Eles [os carros] são todos iguais para os pilotos sim, mas como toda máquina são os pequenos ajustes que proporcionam um melhor funcionamento, sem falar que, o que pode ficar bom em um chassi, pode não ser ideal a outro. É tudo uma questão de tempo, trabalho e acerto fino”, finalizou Kreis Jr.

A primeira corrida da segunda etapa da Mini Challenge Brasil acontece no sábado e a segunda no domingo. São esperadas mais de trinta mil pessoas em Interlagos neste que é o maior evento de automobilismo do Brasil.

Texto: Ponto de Fuga Editora Ltda ME – Assessoria de Imprensa
Foto: Ingo Hofmann

Retardatário tira pódio de Doglas Pierosan no Light


No último sábado (26) o piloto paranaense Doglas Pierosan (Transfera | Birel) , da categoria Super Sênior, disputou no Kartódromo Aldeia da Serra, na cidade de Barueri - SP, a segunda etapa da Copa São Paulo Light de Kart.

O evento, uma das maiores competições regionais do país, contou com a participação de mais de 150 pilotos e teve grande competitividade desde os treinos livres. Doglas, com novo kart e um apetite enorme para a vitória se dedicou como poucos para esta etapa.

A tomada de tempos para a corrida foi disputada no início da tarde e mostrou a grande competitividade que o paranaense encontraria pela frente. Após os cinco minutos da classificação Doglas ficou com a nona posição, com um tempo pouco mais de dois décimos mais lento que o estabelecido pelo pole-position.

Animado a fazer uma grande corrida, Fera, como é conhecido nos kartódromos, fez uma grande largada e avançou sobre seus adversários em busca das primeiras posições. Em uma corrida de recuperação foi, volta a volta, superando seus concorrentes até na metade da prova, quando chegou à segunda posição. Faltando oito voltas para o final, quando já tinha em sua mira o então líder da prova, Pierosan foi ultrapassar o retardatário José Augusto Dias que, em uma manobra sem sentido, acabou tocando com Pierosan e fazendo o seu kart rodar. Doglas ainda tentou voltar à pista, mas, sem tempo de recuperação, recebeu a bandeirada apenas na 12ª posição.

Não tem nem o que dizer. Estou realmente indignado com o que aconteceu. Um retardatário receber a bandeira azul por cinco vezes e não sair da frente é, no mínimo, um caso para punição. Agora, se este piloto além disso tira o kart mais rápido da pista, não tem nem o que dizer né... Foi uma atitude antidesportiva e uma falta de critério total dos comissários da Federação Paulista. Este piloto tinha que, no mínimo, receber uma bandeira preta. Eu tinha equipamento para ganhar e, simplesmente, fui tirado da corrida. Este retardatário não tem consideração alguma por nenhum dos pilotos que estavam competindo. Ele ficou atrapalhando os ponteiros, me tirou da pista e acabou por alterar todo o resultado da prova. Lastimável esta situação”, encerrou desapontado Doglas.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Fabíola Cadar

Henry Grosskopf e Gunnar Dums prontos para abertura da Mitsubishi Cup 2011


Atual campeão da TR4R Light sobe de categoria e terá novo navegador para a temporada

No próximo sábado equipes, pilotos e navegadores do maior campeonato monomarcas de rali cross country do país a Mitsubishi Cup, estarão reunidos em Paulínia (SP) para o início da 12ª edição do certame organizado pela montadora japonesa.

Para o atual campeão da categoria Pajero TR4R Light, Henry Grosskopf, o ano estará cheio de desafios e novidades. Henry disputará a recém criada categoria Pajero TR4 ER, movida a etanol e terá a companhia de um novo navegador. Gunnar Dums de apenas 16 anos, assume o posto deixado por André Lucas Munhoz. A pouca idade de Gunnar não representa pouca experiência, visto que o jovem navegador já participou de dois Transparaná (maior raid do país) e com frequência participa de campeonatos de rali de regularidade no estado de Santa Catarina.

São estes novos desafios que me motivam ainda mais”, desabafa o piloto da Tuper. Henry não teve muito tempo para treinar com o novo carro, visto que a Chico Racing recebeu a unidade apenas duas semanas antes da prova. “Não tive muito tempo para me acostumar com o carro, consegui treinar apenas uma vez, mas deu para sentir que ele é mais rápido e dócil. Vai ser com o cronômetro aberto em Paulínia que vou sentir bem as reações da nova Pajero TR4 ER”, finaliza o piloto.

Henry Grosskopf e Gunnar Dums contam com patrocínio da Tuper, uma das maiores transformadoras de aço do país, a 5ª maior pelo ranking do INDA-2010, e líder em diversos segmentos de mercado. A empresa detém 38% do mercado de reposição de escapamentos automotivos, o que a consagra como líder neste segmento, sendo a maior fabricante da América Latina. A Tuper também atua de forma expressiva, com 48% de market share no mercado de veículos comerciais, fornecendo sistemas de exaustão para as montadoras através da Tuper Exhaust Systems. O grupo Tuper é formado por sete unidades de negócios, que juntas processaram mais de 240 mil toneladas de aço no ano de 2010.

Programação - 1ª Etapa Mitsubishi Cup 2011- Paulínia

Data 01 de abril – sexta-feira
Vistoria das categorias - Pajero TR4 ER , Pajero TR4 R L200 RS
Local : Praça Brasil 500 anos - Paulínia -SP
Horário : das 09h00 ás 17h00 -
Briefing para os Competidores
Local : Sala de Imprensa - Paço Municipal da prefeitura de Paulínia
Horário : 19h00

Data 02 de abril - Largada - sábado
Local : Praça Brasil 500 anos - Paulínia
Horário :
08h00 - 1ª Largada da 1ª prova
11h00 - 2ª Largada da 2ª prova
14h00 - 3ª Largada da 3ª prova
17h00 - Premiação

Fonte: GP News Assessoria e Comunicação

terça-feira, março 29, 2011

Mauro Auricchio volta da Itália com bom desempenho na 2ª etapa do Light


Depois de passar uma pequena temporada na Itália, onde disputou etapas do Easy Kart e do WSK, o piloto Mauro Auricchio (La Bufalina) competiu no último sábado (26) na 2ª etapa da Copa São Paulo Light, que foi realizada no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP).

Mauro competiu pela categoria Júnior Menor e, depois de treinar desde a última quarta-feira, obteve belo desempenho durante toda a competição. Como esta era sua primeira corrida em 2011 no Light, Mauro sofreu acréscimo de tempos na tomada e na corrida por usar pneus novos, enquanto seus concorrentes utilizavam pneus usados. Na pista ele ficou com a pole
position, mas após o acréscimo de meio segundo acabou largando da 8ª posição dentre 19 concorrentes.

Durante a corrida Mauro Auricchio mostrou bom desempenho outra vez e logo recuperou as posições perdidas em função do regulamento. Ao fim de 28 disputadas voltas, Mauro Auricchio recebia a bandeirada na 2ª posição. No entanto, novo acréscimo a seu tempo final fizeram com que Auricchio fosse o 6º colocado na corrida.

Foi um bom retorno do Mauro às competições no Brasil”, atesta Nelsinho, seu preparador e chefe de equipe. “Treinamos desde a última quarta-feira para que ele tivesse um bom equipamento e obtivesse boa adaptação ao circuito. Deu certo e o Mauro fez uma ótima apresentação”, aponta chefe da equipe Nelsinho Racing.

O ano de 2011 tem sido de intensos compromissos para Mauro Auricchio (La Bufalina). Além das disputas no Brasil, Mauro deverá competir em diversas oportunidades na Itália, onde nasceu. “O Mauro praticamente não fica em casa, sempre envolvido com os treinos e corridas. Mas isto, e os ensinamentos que ele tem recebido do Alain Sisdeli, seu ‘coach’, tem feito ele evoluir muito”, finaliza Nelsinho.

No próximo final de semana Mauro Auricchio já terá novo compromisso: em Pinhais (PR), no Kartódromo Raceland Internacional, ele disputará a etapa de abertura do Campeonato Sul-Brasileiro de Kart, que terá mais duas etapas, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Fonte: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

Yago Cesário foi o pole-position da Copa Sorriso Campeão


Neste sábado, dia 26, o Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, região metropolitana paulista, recebeu as atividades da segunda etapa da Copa São Paulo Light de Kart. Na ocasião os pilotos da classe Graduados puderam disputar também a Copa Petrobras Sorriso Campeão, evento paralelo realizado na mesma pista e que contou com a participação de 32 competidores.

Vencedor da corrida da abertura do Light na Graduados Yago Cesário e seu irmão gêmeo Yuri (Gráfica Conceito / Vizzon Jeans / Techspeed / MZ Racing) estiveram mais uma vez na pista em busca da vitória e, também, da primeira classificação da carreira para a Seletiva de Kart Petrobras.

Após várias sessões de treinos na quinta e sexta-feira os irmãos se juntaram aos outros 30 pilotos para a disputa das duas corridas classificatórias e a final da Copa Sorriso Campeão além, da disputa da etapa do Light, propriamente dita.

Com um kart muito bem acertado Yago mostrou que realmente se encontra em excelente fase e diante de pilotos com vários anos de experiência como Felipe Guimarães, Felipe Fraga, Jonathan Louis, Johilton Filho, Guilherme Salas dentre outros ele cravou a pole-position da Copa Sorriso com o tempo de 37s754. A competitividade estava tão grande que Yuri, com um tempo apenas 143 milésimos mais lento, foi apenas o 20º colocado no grid de largada.

Pela Copa Sorriso foram três corridas muito disputadas em que, exatamente a bagagem dos concorrentes fez grande diferença perante a ousadia e arrojo dos irmãos de Goiânia. Yago permaneceu competitivo durante todas as três corridas. A primeira prova ele finalizou na segunda posição, a segunda em sexto e, a final, ficou com a sétima posição. Yuri, por sua vez, não conseguiu grande destaque. Envolto às batalhas do pelotão intermediário sofreu muito com as batidas, mas, de qualquer maneira, conseguiu finalizar as três corridas e, na final, recebeu a bandeirada no 16º lugar.

Para nós foi uma grande realização a performance dos meninos na Copa Sorriso. Não encaro como surpresa, pois estamos nos dedicando muito e conhecemos o talento deles mesmo sob condições de pressão. Mas é bastante gratificante ver os pilotos que acompanhamos desde a Cadete se destacando na principal categoria do kart. O resultado, propriamente dito, não reflete em si a grande evolução que conseguimos no equipamento e na técnica dos meninos nestes dois últimos meses”, explicou Mazinho Oliveira, chefe da equipe MZ Racing.

Light também foi muito acirrado

Praticamente todos os competidores que estiveram na batalha da Copa Sorriso Campeão também disputaram o Light. Mais uma vez Yago e Yuri se desdobraram para manter a competitividade e, acima de tudo, somarem importantes pontos para o Campeonato.

Porém, com todos os karts equipados com motores sorteados e equalizados, ficou muito difícil para os irmãos escalarem o pelotão. Após conquistarem a nona (Yago) e 11ª (Yuri) posição no grid de largada ambos partiram para a longa prova de 31 voltas de duração. Yago conseguiu se manter no nono lugar enquanto que Yuri pulou para a décima posição. Juntos na pista, ambos tentaram buscar as melhores posições do extenso grid de 28 karts. Porém, com todos os lideres tendo seus karts com rendimento praticamente iguais, os irmãos acabaram se mantendo na nona e décima posições até a bandeirada final. Felipe Guimarães, de Brasília, venceu a prova.

Apesar de não termos conseguido as vagas para a Seletiva Petrobras acreditamos que foi muito boa a nossa participação nesta rodada. Estamos nos dedicando muito e, diante de tantos concorrentes, pudemos ver como está realmente o nosso desenvolvimento. Vamos continuar batalhando muito pelos pontos e vitórias no Light e, sobre a Seletiva, ainda existem nove vagas para serem conquistadas. Certamente vamos a outro lugar do país para, novamente, tentarmos esta classificação”, encerraram os irmãos que representam a Gráfica Conceito / Vizzon Jeans / Techspeed.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Fabíola Cadar

segunda-feira, março 28, 2011

Gaúcho de Fórmula 1.6: kartista Pedro Castro subiu no pódio em sua estreia no automobilismo


O kartista Pedro Castro (Ville House Hotel Canoas | Agropecuária Real) honrou o nome de sua família e fez excelente estreia nos autódromos gaúchos no último final de semana, quando disputou a etapa de abertura do Campeonato Gaúcho de Fórmula 1.6. A competição foi realizada no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), e os 17 pilotos da categoria foram à pista para a disputa de duas baterias.

Filho de Vitor Hugo Castro e sobrinho de Luis Alberto Castro, nomes históricos do automobilismo gaúcho, Pedro enfrentou condições climáticas adversas, ainda mais para um piloto que pela primeira vez competia em autódromos, especialmente no Velopark, pista onde sequer havia treinado anteriormente.

Nos treinos de sexta-feira (25) um problema com a bobina de seu carro o impediu de ir à pista com condições razoáveis de desempenho. A primeira ida “de verdade” ao traçado de 2.278 metros do Velopark foi no sábado e Pedro Castro teve que enfrentar a pista molhada. “Tive apenas dois pequenos treinos para me adaptar ao circuito e ver as reações do carro. E os dois foram com chuva”, lembra Pedro. “Mas consegui me sair bem e me adaptei bem àquelas condições”, completa.

A tomada de tempos foi no domingo pela manhã, também com chuva e pista molhada, e Pedro Castro, comprovando sua adaptação ao carro e às condições climáticas, obteve um ótimo 4º lugar no grid de largada dentre os 17 competidores.

Pedro Castro, agora com pista seca, fez uma boa primeira bateria e manteve-se no pelotão dianteiro, terminando-a na 5ª posição. A largada da segunda bateria não foi boa para Pedro Castro, que caiu para as últimas posições. “Consegui me recuperar com calma e tranquilidade e com a entrada do safety car acabei me beneficiando para vir para frente”, lembra Castro, que recebeu a bandeirada mais uma vez em 5º, mesma posição em que subiu no pódio após a soma das duas baterias.

O balanço da corrida foi muito positivo. Nesta estreia em autódromos consegui cumprir minhas metas, que era terminar as duas baterias e conseguir um lugar ao pódio”, afirma Pedro Castro, cujos primos Christian, Matheus e Paulo também competem nos autódromos, respectivamente na Copa Montana, Mini Challenge e Gaúcho de Marcas e Pilotos. “Quero agradecer a toda minha equipe, a Kartsul, pelo excelente equipamento que me proporcionou; ao Alexandre Rheinlander, o ‘Bujão’, da Autotech Motorport, pelo forte motor que ele preparou; e ao Victor, da Kartshop, pelo auxílio e manejo de toda linha do Alfano em nosso carro”, agradece Pedro Castro (Ville House Hotel Canoas | Agropecuária Real).

Texto: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer
Foto: Erno Drehmer

Programa Competição, do dia 25 de março





Bruno Bertoncello fez linda prova de recuperação em sua estreia na Quake2


A estreia de Bruno Bertoncello Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed) na Quake2, uma das equipes mais vitoriosas do kartismo brasileiro, aconteceu no último sábado (26) em corrida válida pela 2ª etapa da Copa São Paulo Light, disputada em Aldeia da Serra (SP).

Bruno, que é o atual campeão sul-americano da Cadete e hoje compete na Júnior Menor, fez uma boa corrida mesmo tendo feito uma largada conservadora. Na tomada de tempos, por força do regulamento, Bertoncello ficou com uma posição – 10º – localizada mais no meio do grid, onde normalmente acontecem os acidentes em largadas.

A largada conservadora fez com que Bruno perdesse algumas posições – na primeira volta passou em 14º –, que ele passou a recuperar a partir das primeiras voltas de corrida. Com boas e decididas ultrapassagens, Bruno foi galgando posições até receber a bandeirada em 3º lugar dentre 19 competidores. No entanto, por força do regulamento, Bruno sofreu acréscimo
de tempo, tanto na tomada quanto na corrida, e terminou a etapa em 5º.

É que, como eu não corri a primeira etapa, larguei com pneus novos, enquanto que os outros pilotos largavam com pneus usados. E o regulamento diz que, nesses casos, o piloto deve sofrer um acréscimo a seu tempo na tomada e na corrida. Foi o que aconteceu comigo”, esclarece o jovem Bruno Bertoncello Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed). “Mas, na verdade, o pneu que usamos, de tarja vermelha, faz a diferença quando novo apenas na tomada de tempos. Na corrida, a partir de um determinado momento, essa diferença é mínima”, emenda o piloto, que reside em Passo Fundo (RS).

Sua bela atuação e recuperação, somadas ao bom resultado obtido, deixaram Bruno Bertoncello extremamente contente com sua estreia na Quake2, comandada pelo preparador Luis Sérgio Santos, o Zé Bolão. “Quero agradecer ao Beto, da Targh 400, por ter me colocado em uma equipe de ponta como a Quake2. Vou dar o máximo de mim para obter bons resultados”, promete Bertoncello. “É muito legal ter o Felipe Fraga como companheiro, ele é um vencedor, e assim estou sempre aprendendo, pois meu coach Dudu não pode vir em todas as provas”, finaliza o piloto.

A vitória na 2ª etapa da Copa São Paulo Light ficou com o paulista Igor Melo.

Fonte: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer

Copa Classic dá show na sua primeira etapa


A primeira etapa da Copa Classic RS foi marcada por muitos pegas, como vêm sendo as últimas etapas da categoria

Apesar do ínicio adiantado da temporada, no mês de março, que ainda teve um feriadão de carnaval, que atrasou muitos carros que estão ficando prontos, alinhou 12 carros no grid. Número razoável para uma categoria de carros antigos, em comparação, se contarmos que a Fórmula 3 teve 8 carros, Fórmula 1.6 com 15 e Gaúcho de Endurance com 18.

A primeira bateria foi disputada sob forte chuva, ainda assim, sem qualquer incidente considerável. Jorge Krug (Passat #47) largou na pole, mas o Fusca Hotcar #31 de Paulo Fontes assumiu a ponta na freada da reta oposta, na 2ª volta, seguidos, um pouco mais atrás, por Rogério Franz (Fiat 147) e Rogério Bareta Xavier (Fusca), e de um pelotão intermediário com pegas entre o Maverick #302 de Leovaldo (que a chuva não deixa transmitir toda sua potência), o Fiat #999 de Roberto Krug.

Já na 2ª bateria, com pista seca mas tempo bastante nublado, alguns carros da categoria FL arriscaram e optaram pelo pneu slick. Com isso, o Maverick de Leovaldo Petry, aproveitando toda a força do motor 302 V8, assumiu a ponta na primeira volta, antes da freada da curva 1, e nesta posição permaneceu até o final. Ainda logo após a largada houve um toque entre Roberto Krug e Bareta, na entrada da curva 1, fazendo com que Bareta rodasse. Niltão Amaral saiu de 7º lugar e veio fazendo uma corrida de recuperação, buscando e ultrapassando todos os adversários até assumir a 2ª colocação na freada da reta oposta, numa bonita disputa de freada com o Fusca #31, tocado por Luís Fontes. Bareta, apesar da rodada, fez espetacular recuperação e acabou em 4º na bateria.

A prova contou ainda com a participação da belíssima Carretera Chevrolet 1936 de Carlos Eugênio Leonardo (vulgo "Ratão"), um dos carros mais antigos em atividades de pista no Brasil.

Foi feita, ainda, homenagem à memória do piloto Paulo Bertuol, morto em janeiro último, mediante entrega de troféu ao filho, Felipe, e ao parceiro de muitos anos de pilotagem, Darci Marini. A emoção tomou conta dos presentes.


Os resultados por categoria, na soma das baterias, foram os seguintes:

Cat. A:
1º - Carlos Eugênio Leonardo - Carretera Chevrolet 1936 #1

Cat. B:
1º - Rogério Franz - Fiat 147 #147
2º - Rogério "Bareta" Xavier - Fusca
3º - Fábio Mincarone - Chevette #12
4º - Fernando Leke - Corcel I #74
5º - Roberto Krug - Fiat 147 #999

Cat. C:
1º - Jorge Krug - Passat #47

Cat. FL:
1º - Leovaldo Petry - Maverick V8 #302
2º - Niltão Amaral / Leonardo Tumelero - Passat #8
3º - Moisés Rosemberg - Puma #73
4º - Luciano Fossá / H. Ott Jr. - Fusca Hot #00

Cat. ESP:
1º - Paulo e Luís Fontes - Fusca Hot #31

Texto e fotos: Divulgação/Copa Classic RS

domingo, março 27, 2011

Fórmula 3 Sul-Americana: primeira rodada encerra com três vitórias da Hitech Racing


Foi, efetivamente, o melhor começo de temporada possível. A Hitech Racing, com mais uma vitória de Guilherme Silva e outro pódio de João Leme, dominou a etapa de abertura do Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3, que iniciou o ano no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), com a realização de sua primeira rodada tripla.

E as três vitórias foram de Guilherme Silva, que neste domingo repetiu o ótimo desempenho obtido nas duas corridas de sábado. Desta vez, porém, a corrida teve pista seca em toda sua duração. “Foi um final de semana inesquecível. Três vitórias, obtidas em pista molhada e pista seca, mostram a competência do Guilherme e da Hitech e projetam uma temporada muito boa daqui para frente”, festeja Rodrigo Contin, engenheiro da Hitech Racing, braço sul-americano da Hitech inglesa, que elogiou a linda ultrapassagem de Guilherme sobre Bruno Bonifácio na parte mais lenta do circuito. Naquele momento Guilherme assumia a liderança da prova, que manteve até o final, com uma vantagem de mais de 7 segundos sobre o segundo colocado, o próprio Bonifácio, da divisão Light.

João Leme, que na primeira corrida chegara em terceiro, repetiu o resultado, depois de ficar um pouco mais distante do primeiro pelotão após a largada. “O João ainda não tem tanta experiência na largada, mas depois imprimiu um bom ritmo e foi se recuperando na corrida”, avalia Contin. “O mais importante foi ele ter terminado a corrida e, assim, ter somado mais pontos para o campeonato”, completa.

A melhor volta da prova foi estabelecida por Guilherme Silva, com o tempo de 50.834, cerca de 1,2 segundos mais rápido que o recorde anterior, de Pietro Fantin, também da Hitech Racing., estabelecido em uma tomada de tempos no ano passado. “Sabíamos que o recorde seria batido, em razão dos novos pneus da Pirelli, mas de qualquer forma é mais uma alegria para a Hitech, que detinha o recorde anterior e agora é dona do novo”, ressalta o engenheiro da Hitech Racing.

Motivada, a Hitech Racing projeta a luta pelo título. “Dominamos aqui no Velopark, com um passo à frente de todos, mas sabemos da qualidade das outras equipes e seus pilotos. Em automobilismo não se domina o ano todo e poderemos ter altos e baixos pela frente, mas não resta dúvida de que nossa motivação e confiança aumentaram ainda mais nesta luta pelo título”, salienta Rodrigo Contin.

Confira o resultado da terceira corrida:

FÓRMULA 3
1 Guilherme Silva
2 Fernando Kid
3 João Leme
4 Fabiano Machado
5 Leonardo de Souza
6 Ronaldo Freitas
7 Roberto Savério

FÓRMULA 3 LIGHT
1 Bruno Bonifácio
2 Matheus Stumpf
3 Ricardo Landi
4 Jonathan Mello

Texto: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer
Foto: Paulo Torino

Dica de vídeo: onboard com Rodrigo Bmikossiski na Copa Amigos do Central Kart


No final do mês de fevereiro, o Kartódromo Osternack, em São José dos Pinhais (PR), foi o palco da 1ª Copa Amigos do Central Kart, evento promovido para celebrar os 9 anos de existência do site Central Kart. A competição reuniu 25 pilotos, divididos nas categorias 13HP e RD135.

Para quem ainda não assistiu, vai a dica: confira essa câmera onboard com o piloto Rodrigo Bmikossiski, que largou da 13ª colocação e finalizou a bateria na 3ª posição, numa excelente prova, com belas ultrapassagens! Ao final das duas baterias programadas, Rodrigo sagrou-se o vencedor da Copa Amigos do Central Kart, na categoria RD135.

Festival de Velocidade no Velopark, conheça os grandes vencedores






Depois de um final de semana de muita velocidade (e chuva), tudo terminou em festa!

A abertura dos Campeonatos Gaúchos de Fórmula 1.6, Copa Classic e Endurance enfrentou a imprevisibilidade do tempo. As oscilações entre muita chuva a até um pouco de sol dificultaram sobremaneira o trabalho das equipes e pilos no final de semana que marcou o inicio das comemorações do cinquentenário da Federação Gaúcha de Automobilismo.

A Copa Classic disputou suas baterias na manhã de domingo, ainda com pista úmida, sendo que algumas equipes arriscaram utilizar pneus slick em condições não muito favoráveis. Quem se arriscou acabou levando vantagem. A vitória na 1ª bateria no geral ficou com o VW Fusca # 31 de Paulo Fontes. Na classe C, vitória do Passat #47 de Jorge Krug, com o segundo posto. No terceiro posto e 1º da classe B, Rogério Franz (Fiat 147 #147), seguido de Rogério Baretta Xavier (Fusca #12), também concorrendo na classe B. Na Força Livre vitória do Maverick V8 #302 de Leovaldo Petry. A segunda bateria aconteceu com pista menos úmida, fazendo com que carros mais pesados e potentes conseguissem um melhor desempenho. A vitória ficou com Leovaldo Petry (Maverick #302), seguido de Nilton Amaral (Passat #8) e Jorge Krug (Passat #47).

A Fórmula 1.6, com 17 carros na pista úmida, teve a vitória na classe A de Ismael Torezan (Novosul #1), seguido de Cali Crestani (Gecel #3) e do estreante Alexandre Bragnolo (#96). Na classe Light, vitória do fluminense Gustavo Camilo (Novosul #55), seguido de Eduardo Satti (#10) e Dudu Moraes (#92). A segunda bateria teve novamente Ismael Torezan na primeira posição, com Gustavo Camilo no segundo posto, vencendo também a classe Light. O terceiro posto ficou com Antonio Grasseli (#6) seguido de Marcelo Giacomello (Benoit #7) e do estreante Pedro Castro (#12).

Já a Endurance enfrentou muita chuva, fazendo com que a pilotagem dos potentes protótipos fosse ainda mais complicada. Quem teve uma prova sem grandes problemas e se impôs foi a dupla Tiel de Andrade / Bruno Justo, com o MCR Tubarão #5. A dupla conseguiu abrir uma volta de vantagem sobre a dupla segunda colocada, Gustavo Frey / Sergio Cardoso, com o VBS Dallara #2, que foi seguido do MCR 46 de Vitor Genz/ Carlos Kray e Christian Castro. Na classe Turismo, vitória do Volvo C30 de Daniel Landi/ Carlinhos de Andrade.

Agora todas as atenções se voltam para a abertura do Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos e Copa Fusca, no próximo dia 10 de abril, em Tarumã.

Texto: Erlon Radl
Fotos: Dudu Leal/ Velopark

Fernando Kid conquista dois pódios na abertura do Sul-Americano de F-3


Piloto mineiro fez um quarto e dois segundos lugares e termina primeira rodada com a vice-liderança do Campeonato

O piloto mineiro Fernando Resende - Kid (BMG | Magnetti Marelli | GK Industrial) disputou neste final de semana, dias 25, 26 e 27 de março, a rodada tripla que marcou a abertura do 25º Campeonato Sul-Americano de F-3. As provas foram realizadas no autódromo Velopark, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul.

Após ter tido problemas na tomada de tempos, Kid teve de se contentar apenas com a sexta posição no grid de largada da primeira e terceira corridas. Assim, consciente de que teria muito trabalho pela frente, Kid se preparou muito para as três provas que estavam por vir.

A primeira corrida foi disputada no final da manhã de sábado. Após uma boa largada o mineiro passou a travar uma acirrada batalha com Leonardo de Souza, Fabiano Machado e João Leme pela segunda posição. Porém, com quatro voltas de corrida, começou a chover e as condições do traçado ficaram muito ruins. Com muito cuidado Kid se manteve competitivo e, ao final da prova, recebeu a bandeirada na quarta posição. Guilherme Silva, também de BH, venceu.

Completando a programação de sábado foi disputada a segunda corrida do final de semana. Partindo da segunda posição, Kid fez uma bela corrida. Com o piso molhado, desta vez todos os pilotos com pneus de chuva, Kid conseguiu assumir a liderança no começo da disputa. Ele seguiu no primeiro posto até que, após seu carro aquaplanar, caiu para o terceiro lugar, atrás de Silva e Fabiano Machado. Algumas voltas depois ele conseguiu superar Machado, que passou a fazer muita pressão sobre ele. Com determinação Kid conseguiu levar seu carro sob grande pressão até a bandeirada final e encerrar a corrida no segundo lugar. Silva venceu novamente.

A terceira e última corrida do final de semana foi disputada na manhã de hoje. Kid, assim como na primeira prova, partiu do sexto lugar. Com o piso seco foi a primeira oportunidade que ele teve de realmente andar com os novos pneus da categoria. Em uma corrida de recuperação ele impôs um forte ritmo e foi superando fortes concorrentes como Leonardo de Souza, João Leme e Ronaldo Freitas. A cinco voltas para o final ele conseguiu superar Machado, seu companheiro de equipe, e assim finalizou a corrida novamente na segunda posição. Com o resultado ele assumiu a segunda posição do Campeonato atrás apenas do líder, Guilherme Silva.

Apesar de não ter conseguido ganhar nenhuma das três provas estou satisfeito com meu desempenho no final de semana. Tinha treinado apenas cinco dias com o carro da categoria principal e nunca havia andado com estes novos pneus. Acho que a corrida mais difícil foi, realmente, a de hoje. Foi muito cansativa. Os pneus aderem demais e realmente cansa bastante. Saio daqui com a segunda posição no Campeonato e, agora, é me preparar para buscar meu amigo Guilherme, que já conseguiu abrir uma significativa vantagem. Quero agradecer também ao apoio primordial do Banco BMG, da Magnetti Marelli e da GK Industrial”, encerrou o piloto de 17 anos.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Crédito da Foto: Flávio Quick

sábado, março 26, 2011

F3 Sudam: Guilherme Silva vence novamente no Velopark

Em mais uma corrida em condições adversas o piloto superou cinco concorrentes para vencer

Após a euforia da primeira vitória logo em sua estreia no Campeonato Sul-Americano de F-3 o piloto mineiro Guilherme Silva (Memory One | FACILPC.com.br | Mymax), da equipe HiTech Racing Brasil, assumiu novamente o cockpit de seu Dallara F-309 para a segunda etapa da competição.

A prova, que inicialmente teria sua largada às 3:15h da tarde, teve seu início adiado em 30 minutos devido às condições de segurança da pista, decorrentes da forte chuva que permanecia no circuito. Assim, a largada foi autorizada pouco antes das quatro da tarde, com os carros em fila indiana atrás do carro de segurança.

O grid de largada desta prova foi determinado pelas posições de chegada da primeira corrida invertidas até o sexto lugar, ou seja, Guilherme partiu do sexto posto. Com três voltas realizadas, então, o "safety-car" deixou a pista e a corrida começou para valer. Silva, em uma boa largada, logo partiu para cima de seus concorrentes. Com duas voltas realizadas ele já aparecia na terceira posição. Com a pista ainda bastante molhada, porém desta vez com os pneus apropriados para este tipo de piso, o mineiro novamente mostrou muita determinação para superar Fernando Kid e partir para cima de Fabiano Machado, que liderava a classe principal. Neste momento, porém, uma intervenção do "safety-car" agrupou novamente todo o pelotão. Três voltas mais tarde o carro de segurança deixou a pista e Guilherme, em uma boa relargada, partiu para cima do líder. Duas voltas depois ele já liderava e, novamente, continuou acelerando até a bandeirada final. Com quase seis segundos de vantagem Silva recebeu a bandeirada da vitória seguido pelo também mineiro Fernando kid. Fabiano Machado chegou na terceira posição.

"Eu acho que esta corrida foi ainda mais difícil que a primeira. Como largamos com o "safety-car" não deu para passar ninguém na freada da primeira curva, sem contar que a pista estava muito molhada. Outro fator que dificultou foi que todos estavam com pneus de chuva e, assim, já sabiam exatamente os limites onde poderiam chegar. Fiz o que mais gosto, acelerei e com muito determinação fui para cima dos concorrentes e consegui a vitória. Quero agradecer muito ao empenho de toda a equipe HiTech, dos meus familiares e meus patrocinadores Memory One, Info2 e Mymax", encerrou.

A terceira e última etapa desta rodada de abertura do Sul-Americano de F-3 será realizada amanhã (27). Sua largada está prevista para as 13:05h e terá transmissão, ao vivo, pela RedeTv!.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Fotos: Flávio Quick

Stock Paulista lança novo site oficial da categoria


Durante fase de testes, portal teve mais de seis mil visitantes

A Stock Paulista, principal competição regional do Brasil (que utiliza os modelos usados pela categoria nacional até 2008), inaugura nesta semana seu novo meio de contato com os fãs, pilotos e mídia: seu reformulado site, no endereço www.stockpaulista.com.br

Desenvolvido pela ArtStudium e com conteúdo editorial produzido pela RF1 Jornalismo, o site www.stockpaulista.com.br conta com as informações que o público da categoria precisa como calendário de provas, resultados das corridas, classificação do campeonato e reportagens exclusivas.

"Esta é mais uma novidade que vai marcar esta nova fase da Stock Paulista. Estamos muito otimistas com o site reformulado. Na fase de testes, tivemos um grande número de visitantes, mostrando o potencial de divulgação que esta ferramenta terá para nossa categoria", disse Ademar Ebone que, juntamente com João Ometto Neto e Roberto Rossatti, assumiu a nova gestão da Associação Paulista de Hot Car (APHC), que administra a categoria.

"Sem dúvida demos um passo importante em março, começando o mês com o nosso almoço de lançamento da Stock Paulista, que teve grande repercussão na mídia e presença importante de muitos pilotos, pessoas da imprensa e profissionais do automobilismo brasileiro como o Felipe Giaffone e o Élcio de Santiago (da FASP). Agora, fechando o mês com a inauguração do novo site, vamos seguir mostrando a força da nossa categoria", diz Ebone.

A próxima etapa da Stock Paulista está marcada para o dia 17 de abril e terá novamente o Autódromo de Interlagos como palco. Acompanhe no www.stockpaulista.com.br todas as informações da principal categoria do automobilismo regional brasileiro.

Fonte: RF1 Jornalismo

sexta-feira, março 25, 2011

Artur Fortunato parte para mais um desafio no Light após bom 2º lugar na Granja Viana


Depois de estrear em competições fora do Brasil e de ter obtido um ótimo segundo lugar na 2ª etapa da Copa São Paulo Granja Viana, o paulista Artur Fortunato (Dahruj | Brasilinvest | Jornal Todo Dia | ONS Motorsport) já está vivenciando seu próximo desafio. Neste sábado (26), no Kartódromo Aldeia da Serra, ele disputa a 2ª etapa da Copa São Paulo Light.

Piloto da categoria Júnior, Fortunato busca um resultado melhor do que a da etapa passada, quando, mesmo após ter tido excelente atuação, terminou em 8º lugar, depois de muitas idas e vindas durante a corrida. Naquela ocasião Artur foi o dono da segunda melhor volta da corrida e mostrou grande poder de decisão nas ultrapassagens.

O Artur e nossa equipe chegam muito motivados para esta segunda etapa do Light”, aponta Ernandes Onassis, da ONS Motorsport, equipe de Artur. “Sua boa estreia nas provas do Florida Winter Tour e, principalmente, o bom segundo lugar na Granja permite-nos pensar em sair de Aldeia da Serra com mais um bom resultado”, emenda.

Artur Fortunato (Dahruj | Brasilinvest | Jornal Todo Dia | ONS Motorsport) tem obtido grandes melhoras ao seu já bom desempenho a partir do momento em que pôde ter mais tempo para treinos, segundo seu chefe de equipe, Ernandes Onassis. “Treino é muito importante e agora, com mais tempo para isso, o desempenho do Artur nas pistas deverá melhorar ainda mais. Nos primeiros treinos aqui em Aldeia, ontem e hoje, já tivemos oportunidade de, mais uma vez, comprovar isso”, finaliza.

A tomada de tempos e a corrida de todas as categorias serão realizadas no sábado (26).

Texto: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

Equipes catarinenses estão prontas para a 5ª edição do Rally de Barretos

Primeira etapa do Brasileiro de Rally Cross Country contará com a presença das equipes Chico Racing e Frantz Rally Team

A abertura da temporada 2011 para equipes, pilotos e navegadores de rally cross country começa neste final de semana no interior paulista, com a realização do 5ª Rally de Barretos. 64 motos, 15 quadriciclos, 35 carros e 4 caminhões terão pela frente dois dias de competição, totalizando 300 quilômetros de trechos cronometrados.

O estado de Santa Catarina contará com duas das mais gabaritadas equipes do país nesta modalidade, trata-se da Chico Racing e Frantz Rally Team sediadas em São Bento do Sul. As duas equipe são parceiras e realizam suas atividades em conjunto. Em 2010 conquistaram o título e vice do Brasileiro de Rally Cross Country, na categoria Production T2; venceram o Rally dos Sertões na categoria T2 FIA e o título de equipe e piloto/navegador de duas categoria da Mitsubishi Cup.

A Chico Racing será representada pela dupla Sven Fischer e João Stal a bordo de um Mitsubishi Pajero Full, e a Frantz Rally Team por Ivan Terni e Fausto Dallape a bordo de um Mitsubishi Pajero TR4R, ambos competirão na categoria Production T2.

"Todo mundo gosta de competir em Barretos, o nível técnico daqui é muito alto. A organização sempre capricha nos trechos e faz deste rally um dos mais disputados do campeonato", afirma o chefe de equipe, Marcelo "Chico" Bayer. Quando questionado sobre as condições da pista para a prova, Chico afirma: "Não temos informações nenhuma sobre os trechos cronometrados, não sabemos qual piso nosso carros entrentarão, só que passarão por canaviais, seringais, pastagens e só, mas rally é isso aí mesmo".

"Ano passado não tivemos um bom começo de temporada aqui, um carro quebrou e outro capotou. Esperamos ventos melhores neste final de semana. Nossas duplas são as mesmas do ano passado e isto ajuda muito no entrosamento dentro do carro. Agora é esperar e colocar 'as crianças' para acelerar", finaliza o experiente piloto e consultor de pista Luis Carlos Frantz.

Confira a programação oficial para os carros e caminhões:

Sexta-feira, dia 25
09:30 hs. - Abertura da Secretaria de Prova
13:00 hs. - Apresentação para vistoria Cat. Production T2
14:00 hs. - Apresentação para vistoria Cat. Super Production
15:00 hs. - Apresentação para vistoria Cat. Protótipo T1 e T1 4x2
16:00 hs. - Apresentação para vistoria Cat. Pró Etanol
17:00 hs. - Apresentação para vistoria Cat. Caminhões
17:30 hs. - Apresentação para 2ª vistoria (com multa)
20:00 hs. - Atividade promocional e briefing

Sábado, dia 26
08:00 às 09:00 hs. - Reconhecimento do Prólogo
10:00 hs. - Prólogo
13:30 hs. - Prova Especial - 160 km + 30 km de deslocamento
19:30 hs. - Briefing

Domingo, dia 27
10:30 hs. - Prova Especial - 120 km + 30 km de deslocamento
13:30 hs. - Super Prime e Premiação no local
15:30 hs. - Show de encerramento

Fonte: GP News Assessoria e Comunicação

A Waf Racing esteve presente no 2º Endurance AMILKS


O trio de pilotos formado por Guto Germano, Roberta Fleck e Jorge Sander, disputou a 2ª edição do Endurance AMILKS, prova que aconteceu no último domingo (20), no Speed Kart Indoor, em Porto Alegre (RS). O time, que levou as cores e o nome da Waf Racing ao evento, alinhou no grid de largada na quarta colocação. Com um bom início de prova, chegou a ocupar o segundo lugar, mas por conta da perda de rendimento do kart no trecho final, o trio acabou fora do pódio, com o quarto lugar na classificação final.

A vitória foi da equipe Power Racing Team, dos pilotos Luciano Gomes, Maurício David e Eduardo Rayn, seguida pela Oxide Race Team. A CBC Racing completou o pódio. O resultado completo do 2º Endurance AMILKS está aqui.


Gabriela Stork e Roberta Fleck, com as cores da Waf Racing no Speed Kart Indoor!

quinta-feira, março 24, 2011

Campeonato Nova Schin irá sortear motores entre os pilotos


Edson Packer e Gabriel Donsé disputam o Campeonato Nova Shin na Cadete

Na próxima semana, no dia 03 de abril, o Kartódromo Arena Schincariol receberá pilotos e equipes de kart de todo o estado de São Paulo para a disputa da terceira etapa do Campeonato Nova Schin de Kart.

A competição, que teve sua rodada inaugural no mês de fevereiro e o prosseguimento em março chega a esta terceira etapa com uma novidade que promete agradar aos pilotos que competem no certame. Serão sorteados dois motores entre os inscritos na etapa.

Entre os garotos da categoria Cadete será sorteado um motor Honda, modelo GX-160, igual ao utilizado nas provas da categoria. E, entre os pilotos maiores, da categoria Stock 125, será sorteado um propulsor KTT, a água.

Estamos trabalhando para conseguir alternativas que atraiam os pilotos para nosso Campeonato. Além de contarmos com a melhor infra-estrutura do estado agora, também iremos oferecer prêmios aos pilotos. Estamos buscando novas parcerias e acredito que, em breve, teremos mais novidades”, contou Eduardo Gozzano, administrador do Kartódromo Arena Schincariol.

Todas as notícias do Kartódromo Arena Schincariol podem ser acompanhadas no site da pista. Lá também é possível acessar os regulamentos, adendos, calendários, resultados, classificação e todas as informações do Campeonato Nova Schin.
Acesse: www.kartodromoschincariol.com.br.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

Marcas & Pilotos: Urbano da Silva com novo equipamento em 2011


Em 2010 Urbano dividiu um Chevrolet Celta com Christian Matuzalen

A temporada 2011 do Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos, que se inicia no próximo dia 10 de abril, traz um retorno às origens para Urbano da Silva. O piloto, que é um dos veteranos da velocidade no Rio Grande do Sul, sendo campeão da Copa Fusca em 2011, pilotará novamente um Volkswagen, após dois anos no comando de um Chevrolet.

Além do novo VW Gol que o piloto utilizará na temporada, a equipe patrocinada pelos Cosméticos Sérgio Paris tem mais novidades. O parceiro de Urbano na condução do VW Gol 54 será Leandro da Silva, filho de Urbano e piloto, com passagens vitoriosas pelo Kart Cross e velocidade em pista de terra, além de ter pilotado o segundo VW Gol da equipe nas temporadas de 2006 e 2007 do Marcas & Pilotos. O carro que será utilizado pela dupla está sendo revisado e aprontado para o início da temporada, além de estar sendo adequado ao novo regulamento 2011 da categoria.

Para 2011 a Cosméticos Sergio Paris renovou o contrato de patrocínio com Urbano, uma parceria que já conta com 14 anos ininterruptos. A empresa genuinamente gaúcha produz uma ampla linha de cosméticos e aposta no automobilismo desde o seu início.

Tenho muito o que agradecer ao apoio da Sergio Paris que me acompanha desde 1997 e que estava comigo quando fui campeão da Copa Fusca em 99, espero que em 2011 tenha melhores resultados do que as temporadas passadas, quando não consegui me dedicar a pilotagem, tendo que administrar a categoria”, comentou Urbano da Silva.

O piloto até a temporada 2010 se dividiu entre a pilotagem e a organização do Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos.

Texto e foto: Automobilismoonline Assessoria

Doglas Pierosan volta ao Light em busca de reabilitação


Neste sábado (26) o piloto paranaense Doglas Pierosan (Transfera | Birel) , da categoria Super Sênior, estará novamente na pista para a disputa da segunda etapa da Copa São Paulo Light de Kart. A prova será disputada no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, região metropolitana paulista, e esta classe deverá ter um grid de cerca de 20 competidores.

Fera, como é conhecido nas pistas, não teve uma atuação muito boa na abertura do Light, uma vez que, com problemas, terminou na nona posição. Depois disso, de volta a Curitiba, cidade onde mora, o piloto treinou muito e se preparou como poucos para a continuação do Campeonato.

Para a competição deste sábado Doglas chega a São Paulo na noite desta quinta-feira. Amanhã ele participará de duas sessões de treinos livres onde pretende acertar todos os detalhes de seu novo chassis Birel que terá, como sempre, estampadas as cores da empresa Transfera. No sábado a programação da Super Sênior será toda desenvolvida no período da tarde. A tomada de tempos está prevista para às 13h45min e, a corrida, às 15h45.

Estou muito animado para esta corrida. Treinamos muito no Raceland e fizemos vários ajustes em nosso kart visando deixar o carro perfeito para a etapa. Amanhã nosso objetivo é acertar os últimos detalhes de carburação com o motor sorteado e deixar tudo pronto para a corrida do sábado”, explicou o piloto.


Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

Gaúcho de Fórmula 1.6: Pedro Castro é mais um piloto do clã Castro que estreará nos autódromos gaúchos


Depois da chegada de Christian e Matheus já há algum tempo, mais um piloto do clã Castro fará sua estreia nos autódromos gaúchos. Falamos do mais jovem representante da família, o kartista Pedro Castro, que no próximo final de semana (25 a 27) competirá pela primeira vez em autódromos, disputando a etapa de abertura do Campeonato Gaúcho de Fórmula 1.6.

A abertura da competição será realizada com a disputa de duas baterias de 25 minutos cada no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), e Pedro Castro competirá com chassi Techspeed e motor AP 1.6.

Os primeiros contatos de Pedro Castro (Ville House Hotel Canoas | Agropecuária Real) com o carro da Fórmula 1.6 foi em treinos realizados no Autódromo de Tarumã, juntamente com sua equipe, a Kartsul Competições, chefiada pelo preparador Neco Fornari. “Os treinos em Tarumã foram para adaptação ao novo equipamento, bastante diferente do kart, ao qual estou mais acostumado. Mas foi algo sensacional, pois eu sabia que estava dando os primeiros passos nos monopostos na mesma pista que minha família construiu um império de títulos em diversas categorias”, revela Pedro Castro, filho de Vitor Hugo e sobrinho de Luis Alberto, grandes nomes da história do automobilismo gaúcho. “Tentei me adaptar o mais rápido possível ao carro, já que era tudo novidade para mim. Depois de algumas voltas já consegui adquirir certa confiança no carro e aprender um pouco mais com tudo aquilo”, completa o jovem piloto.

Pedro Castro dará suas primeiras voltas no Autódromo do Velopark, palco de sua estreia, quando iniciarem-se os treinos oficiais. “Ainda não andei no Velopark e vou ter que usar os treinos de sexta para me adaptar o melhor possível”, aponta Castro, que terá seu motor preparado pela Autotech Motorsport, comandada pelo preparador Alexandre Rheinlander, o popular “Bujão”. “Todos estão trabalhando muito para termos um equipamento 100% para minha estreia”, conta o piloto, que reside em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre (RS).

As expectativas de Pedro Castro (Ville House Hotel Canoas | Agropecuária Real) são muito boas. “Estou bastante ansioso, o que considero natural para quem fará uma estreia, e minha meta é terminar a corrida entre os cinco primeiros, sempre reconhecendo e respeitando o alto nível dos pilotos que integram a categoria”, salienta Pedro Castro, que tem mais motivos para demonstrar satisfação e alegria. “Estou muito feliz também por toda nossa família, que em 2011 tem mais três pilotos competindo. O Christian disputará a Copa Montana, o Matheus já estreou no Mini Challenge e o Paulo correrá no Gaúcho de Marcas e Pilotos”, encerra o mais jovem piloto do vitorioso clã Castro.

Fonte: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer

quarta-feira, março 23, 2011

Sábado tem Light e Copa Sorriso na Aldeia da Serra


Assim como no ano passado as disputas da categoria Graduados prometem ser de arrepiar

Após pouco mais de um mês de descanso, os portões do Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, região metropolitana paulista, estarão novamente abertos para pilotos e equipes que disputam a Copa São Paulo Light de Kart.

Neste sábado, dia 26, a pista sediará a segunda etapa da Copa São Paulo LIGHT de Kart. Assim como aconteceu na primeira prova, disputada no início de fevereiro, a expectativa dos organizadores é bastante positiva e estão sendo esperados cerca de 150 pilotos para esta rodada.

Baseado em alta competitividade, proporcionada através dos motores sorteados e preço justo, o LIGHT tem em 2011 a sua nona temporada. Pela competição já passaram todas as atuais estrelas do automobilismo brasileiro que brilham nas mais variadas competições no Brasil e exterior como GP2, GP3, F-3 Inglesa, World Series, dentre vários outros campeonatos.

A programação oficial de treinos, já no traçado original da competição, será iniciada nesta quinta-feira (24), com duas sessões livres para cada uma das 10 classes do torneio. Fazem parte da programação do LIGHT as classes Mirim, Cadete, Super Cadete, Júnior Menor, Júnior, Sprinter, Graduados, Master “A”, Master “B” e Super Sênior. Na tarde de sexta-feira os pilotos já recebem da organização os motores oficiais da prova e poderão, inclusive, participar do treino livre daquele horário já com este propulsor.

Especificamente para a categoria Graduados, esta prova terá um incentivo a mais. O vencedor da corrida desta etapa estará, automaticamente, classificado para a final da Seletiva de Kart Petrobras. A competição, realizada anualmente pela estatal petrolífera, oferecerá em 2011 um prêmio de R$ 120 mil para o seu vencedor.

No sábado acontecem as tomadas de tempo e as baterias. Assim como já está consolidado os horários das atividades estarão divididos em dois turnos. Na manhã andam Mirim, Cadete, Júnior Menor e Júnior. Na parte da tarde, Master “A”, Master “B”, Super Sênior, Sprinter, Graduados e Super Cadete.

Copa Sorriso Campeão fará parte da programação

Assim como já acontece há alguns anos a Petrobras irá realizar junto a programação desta etapa do Light a competição denominada Copa Petrobras Sorriso Campeão. Este evento acontece sempre como abertura da temporada da Seletiva Petrobras e, nesta temporada, irá classificar dois pilotos para a final da premiação.

Vale lembrar que cada piloto inscrito pode indicar até dois mecânicos para o projeto Sorriso Campeão - ação social que oferece um ano de assistência odontológica básica gratuita para os profissionais do kart.

A prova da Copa Petrobras Sorriso Campeão vai oferecer também premiação em dinheiro. Qualquer piloto Graduado pode participar, porém, só terão direito a se classificar aqueles que tenham entre 14 e 20 anos de idade.

Os horários completos da etapa assim como regulamentos desportivo, técnico e adendos da competição já estão disponíveis para consulta e download no site da RBC Preparações através do endereço www.rbcpreparacoes.com.br, na sessão específica da Copa São Paulo Light.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

SR Racing conquista segunda vitória e pole-position na Granja Viana


Branquinho venceu para a SR Racing na categoria Super Cadete

Neste sábado (19) quase 300 pilotos de kart de praticamente todos os estados do país estiveram no Kartódromo Granja Viana, na cidade de Cotia, região metropolitana paulista, para participarem da segunda etapa da Copa São Paulo de Kart.

Partindo da cidade de Goiânia - GO a equipe SR Racing, comandada pelo experiente preparador “Secreta”, participou do evento com os pilotos Luiz Felipe Branquinho e João Vitor Rosate, na categoria Super Cadete e Luiz Vinícius Rosate, na Mirim.

Com Luiz Vinícius, após a vitória na primeira etapa, a SR Racing conseguiu a segunda posição no grid de largada com apenas dois décimos de diferença para o pole-position Paulo Coelho. Na corrida, porém, Vinícius, não conseguiu acompanhar o ritmo de Coelho e Arthur Andrade e, com isso, preferiu se garantir no terceiro posto somando importantes pontos na classificação do Campeonato.

Domínio total na Super Cadete

Na classe Super Cadete a SR Racing não deu chance para as outras equipes. Desde os treinos livres o time já demonstrava sua superioridade diante dos demais e, na tomada de tempos, isto se confirmou com os dois primeiros lugares do grid de largada com João Vitor Rosate fazendo a pole-position e Luiz Felipe Branquinho, o segundo lugar.

Após uma largada perfeita Branquinho pulou na ponta enquanto que, no segundo lugar, Rosate passou a ser pressionado por João Pedro Guim. Enquanto os dois duelavam pela segunda posição, lentamente Branquinho ia se distanciando no primeiro lugar. A três voltas para o final, porém, Rosate e Guim se enroscaram e o piloto da SR Racing acabou abandonando a corrida. Branquinho venceu de forma espetacular.

Estamos muito felizes com o desempenho dos meninos nesta corrida. Nossos três pilotos largaram da primeira fila em suas respectivas categorias e se não fossem as condições da pista conseguiríamos brigar mais uma vez pela vitória, também na Mirim. O Luiz Felipe conseguiu a sua primeira vitória na Super Cadete e, o João Vitor, a primeira pole-position de sua carreira. Continuamos trabalhando muito no desenvolvimento dos equipamentos e no treinamento dos garotos para que possamos manter os bons resultados durante toda a temporada. Estamos de portas abertas para novos pilotos que, assim como estes, queiram fazer parte de um time vencedor”, encerrou o preparador Secreta.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

MINI inicia calendário de competições mundiais no Brasil


A etapa de abertura do MINI Challenge Cup, ocorrida neste final de semana no Autódromo Internacional de Curitiba, não só abriu o calendário nacional da competição, mas também o calendário global da MINI em competições esportivas. Além do Brasil o MINI Challenge Cup é disputado em países da América Latina, Europa e Oceania. Este ano a marca também fará sua reestreia no Campeonato Mundial de Rali, o WRC, no mês de maio em Portugal.

A prova de Curitiba deixou claro de como será a temporada de 2011: competitiva e emocionante. Os carros – o modelo MINI Cooper S Jonh Cooper Works - são preparados de forma igual, por uma empresa especializada, onde o que faz a diferença é o desempenho do piloto, por isso, proporciona muitos pegas e disputas emocionantes.

1ª Bateria

A primeira corrida da rodada dupla, aconteceu no sábado (19/3), tendo como pole position o paulista Rodrigo Hanaschiro, com o tempo de 1min32seg699. Logo na primeira volta, Hanaschiro travou um duelo com o campeão de 2010, o baiano Patrick Gonçalves, onde os dois acabaram prejudicados. O paulista saiu da pista e acabou batendo forte na barreira de pneus, enquanto o baiano caiu para quinta colocação. Apesar da gravidade o acidente foi encarado com naturalidade pelos pilotos. Após 19 voltas a vitória ficou com Claudio Daruhj seguido por Patrick Gonçalves, que recuperou posições e acabou a prova em segundo lugar. O estreante Matheus Castro completou o pódio na terceira colocação.

2ª Bateria

No domingo pela manhã os MINI já estavam novamente alinhados para a segunda corrida do fim de semana. A pole foi conquistada pelo estreante Felipe Tozzo que registrou tempo de 1min32seg978..

Os pilotos mais uma vez deram show de competitividade. Desde a largada até a bandeirada quadriculada, não teria como saber quem seria o vencedor da prova. A primeira colocação à todo momento era disputada por pelo menos cinco concorrentes.

Felipe Tozzo conseguiu segurar a pressão de quem vinha logo atrás e venceu de ponta à ponta. O pódio ainda foi composto por Patrick Gonçalves em segundo e Vitor Genz na terceira colocação.

A etapa de Curitiba contou com a participação do ex-piloto da Fórmula Indy, Mario Moraes, à convite do BMW Group do Brasil. Moraes teve bom desempenho no sábado, quando acabou a corrida na sétima posição. Já no domingo, seu carro apresentou superaquecimento, o que causou o abandono da prova.

A próxima etapa do MINI Challenge Cup será nos dias 2 e 3 de abril , no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Confira os resultados de Curitiba:

1ª Bateria

1) Cláudio Dahruj – 27min00s370
2) Patrick Gonçalves – 27min01s433
3) Matheus Castro – 27min03s528
4) Rolf Gemperli – 27min06s387
5) Pedro Ernest o Barreto – 27min06s630
6) Franco Giaffone – 27min06s934
7) Mario Moraes – 27min11s219
8) Bruno Henriques – 27min11s771
9) Mauricio Gallian – 27min11s949
10) José Ricardo Viana – 27min28s616
11) Zeca Feffer Mini – 27min28s760
12) Raphael Abbate – 27min40s187
13) Osvaldo Sheer Mini – 26min05s715
14) Leonardo Fortunato – 27min45s042
15) Davi Dal Pizzol – 14min47s464
16) Rodrigo Hanashiro – não completou

2ª Bateria

1) Felipe Tozzo – 26min37s914
2) Patrick Gonçalves – a 1s576
3) Vitor Genz – a 2s052
4) Raphael Abbate – a 2s391
5) José Mario de Castilho – a 2s397
6) Rolf Gemperli – a 9s022
7) Eduardo Sheer – a 10s906
8) Pedro Ernesto Barreto – a 11s649
9) Aleandro Fortunato – a 17s087
10) Zeca Feffer – a 19s178
11) Rogerio Nassralla – a 26s103
12) Adriano Amaral – a 33s149
13) Mario Moraes – a 3 voltas
14) Kreis Jr. – excluído
15) Franco Giaffone – não completou

Fonte: Visar Planejamento - Arthur Lustosa
Foto: Eduardo Ribeiro

terça-feira, março 22, 2011

Mega Kart garante duas dobradinhas na Super F4 na 2ª etapa da Copa São Paulo Granja Viana


Pódio da Super F4, com Yuri Alves em 1º e Nelsinho Stanisci em 2º

Dona de diversas vitórias e títulos nas últimas temporadas, a Mega Kart começa a encaminhar a conquista de mais campeonatos na atual temporada. A constatação é baseada em novos ótimos resultados conquistados pelos pilotos que competem com o chassi da fábrica paulista na Copa São Paulo Granja Viana.

Na 2ª etapa da competição, disputada no último sábado (19) no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), a Mega Kart – que fabrica também outros componentes para o kartismo nacional – comemorou duas dobradinhas, ambas na categoria Super F4, justamente a que reuniu o maior grid da etapa, com 43 concorrentes.

Yuri Alves e Nelsinho Stanisci garantiram para a Mega Kart os dois primeiros lugares no resultado geral, enquanto que Marcelo Manna e Oscar Alves também terminaram em 1º e 2º lugar, respectivamente, na divisão Sênior da Super F4.

Queremos mais uma vez agradecer a confiança dos pilotos que competem com nosso chassi”, dizem Marcos Ferreira e Waldíbio Ferraz, diretores da Mega Kart. “Os resultados das últimas temporadas têm sido extremamente positivos para a Mega Kart, e seguramente estamos seguindo o mesmo caminho em 2011”, encerram os empresários.

Fonte: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer

Dica de vídeo: programa Velocidade, do dia 19/03, falando da Copa Pinhais

No Mineiro de Kart BF Racing estreou com pódio


Num sábado (19) de muito calor e sol durante todo o dia teve início no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, Grande BH, o Campeonato Mineiro de Kart 2011. Mais de 40 competidores estiveram na pista buscando as vitórias na primeira rodada da competição mais importante do estado.

Pela primeira vez em sua história a equipe BF Racing (Usiminas | BMG | FIRB | Revista RI | IBRI | BH Run | Locarcity) participou do evento representada em duas classes. Na Super Sênior o experiente Bruno Fusaro representou as cores do time e, na Júnior Menor, o jovem Gabriel Santana fez a primeira corrida de sua carreira.

Ambos os pilotos trabalharam bastante durante os treinos preparatórios em busca dos acertos ideais. Com o apoio técnico da Center Kart Competições os dois atletas testaram vários equipamentos e acertos nos chassis já que, os motores, seriam sorteados pela organização no dia da corrida.

No sábado, então, ambos os pilotos chegaram dispostos a brigar pelas melhores posições na pista e, após um rápido treino de aquecimento, partiram para as tomadas de tempo. Na Júnior Menor, Gabriel mostrou que está em franco desenvolvimento e conseguiu registrar a terceira melhor marca. Bruno, por sua vez, com problemas de carburação, também ficou com o terceiro melhor tempo para a primeira corrida.

As corridas foram disputadas no início da tarde. Pela Júnior Menor Gabriel cumpriu seu objetivo que foi o de terminar a prova. Mesmo não conseguindo brigar com seus concorrentes pelo primeiro lugar ele se manteve na pista e, volta após volta, ia melhorando sua marca. Ao final das 20 voltas Santana conseguiu receber a bandeirada final na terceira posição e comemorou bastante o pódio em sua corrida de estreia.

Fusaro, por sua vez, teve um sábado com alguns problemas. Na primeira corrida ele caiu para último na largada, após receber um toque. Determinado em se recuperar o piloto não desanimou e passou a fazer uma corrida de recuperação. Com várias ultrapassagens ele conseguiu chegar até a terceira posição. Porém, na última volta, o cabo do acelerador do seu kart se rompeu e, guiando com uma das mãos e acelerando com a outra ele conseguiu receber a bandeirada em terceiro. Na segunda corrida, novamente com problemas de carburação, seu kart não conseguia acompanhar o rendimento de seus principais concorrentes e, com isso, mesmo com sua determinação, Bruno não conseguiu chegar ao pódio da segunda etapa, finalizando a corrida na quarta posição.

Infelizmente não conseguimos finalizar esta primeira rodada do mineiro como havíamos planejado. Tivemos alguns problemas de acerto e a quebra do cabo de acelerador na primeira corrida nos impossibilitou de brigar por uma posição melhor na Super Sênior. Já na Júnior Menor acredito que o Gabriel fez o seu melhor e, com o tempo, irá adquirir a experiência necessária para buscar os melhores resultados na sua categoria”, encerrou Fusaro.

Não deixe de acompanhar todas as atividades da BF Racing. Acesse sua agenda de competições, notícias e galerias no site do time através endereço www.bfracing.com.br.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

Artur Fortunato comemora bom 2º lugar na 2ª etapa da Copa São Paulo Granja Viana


O sábado (19) foi de boa atuação e bom resultado para o paulista Artur Fortunato (Dahruj/ Brasilinvest/ Jornal Todo Dia/ ONS Motorsport), que na disputa da 2ª etapa da Copa São Paulo Granja Viana saiu da cidade de Cotia (SP) comemorando a conquista da segunda posição na disputada categoria Júnior.

Artur, que compete pela ONS Motorsport, obteve um lugar na primeira fila do grid de largada, ao lado do pole position Vitor Baptista, seu companheiro de equipe. Largando por fora, um toque ainda na primeira curva, impediu que Fortunato pudesse “entrar” na fila e, com isso, ele acabou “espalhando” e caindo para a 6ª posição.

Com boa recuperação e um equipamento bem acertado, Fortunato tratou de buscar o prejuízo. Aos poucos o piloto de Americana, interior de São Paulo, foi recuperando as posições perdidas e recebeu a bandeirada na segunda posição. O vencedor da prova foi Vitor Baptista.

O Artur, mais uma vez, esteve muito bem e se não fosse o toque certamente teria tido condições de brigar pela vitória com o Vitor”, aposta Ernandes Onassis, chefe de equipe de Artur Fortunato.

O jovem piloto tem crescido a cada competição e isto se deve a muitas razões, segundo Onassis. “Ele tem chegado mais cedo aos kartódromos e isto lhe possibilita ter mais tempo para treinar. Assim, ele tem se mostrado mais tranqüilo a cada corrida e, guiando sem pressão, tem seu desempenho melhorado a cada dia”, elogia o preparador.

Texto: Kart Gaúcho Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela