terça-feira, janeiro 31, 2012

Dica de vídeo: imagens do Super Kart Brasil 05, disputado em Interlagos (SP) nos dias 28 e 29 de janeiro

F-Truck: único a vencer com três marcas, Monteiro destaca estar "em casa" na Scuderia Iveco‏


Campeão de 2004 destaca progresso da equipe na última temporada e inclui seu nome na lista de favoritos ao topo do pódio

Desde que chegou à Fórmula Truck em 1999, para uma participação pontual na etapa de Pernambuco, sua terra natal, Beto Monteiro passou por um processo de ambientação que o consolidou, rapidamente, entre os principais nomes da categoria. Natural de Recife, o piloto cumprirá em 2012 sua quarta temporada como piloto da Scuderia Iveco e admite que uma das metas para os próximos anos é não ampliar um de seus recordes.

Monteiro é o único piloto da F-Truck que conquistou vitórias pilotando caminhões de três marcas. As quatro primeiras foram pela Ford, nas etapas de Brasília e Curitiba, em 2002, e de Caruaru e Goiânia em 2004, ano em que foi campeão brasileiro. Ele voltaria ao degrau mais alto do pódio em Guaporé, na abertura do campeonato de 2008, com um Scania, e na oitava corrida de 2010, no Velopark, confirmando o primeiro triunfo da Iveco.

Outra estatística comandada por Beto Monteiro, atrelada à diversidade de marcas, está na frequência no pódio. Além de Ford, Scania e Iveco, o único representante nordestino nas pistas da F-Truck também já esteve no pódio de corridas que disputou com um caminhão Volvo. “Nenhum piloto conseguiu ganhar corridas com três marcas, fui o único, mas essa é uma marca em que eu não quero mexer, não. Está bom assim”, comenta.

O piloto manifesta sua identificação com a marca e com a equipe. “No que depender de mim, vou continuar correndo pela Scuderia Iveco pelo resto da vida”, assegura Monteiro. “Aqui eu estou absolutamente em casa. Existe um envolvimento muito grande da Iveco, da engenharia, da diretoria nacional, de todos, eles vestem a camisa, mesmo. A dedicação e a vontade de trabalhar da equipe também enchem a gente de motivação”, continua.

O piloto pernambucano destaca o cronograma de desenvolvimento do caminhão. “É um planejamento muito bacana, que foi implantado pela própria fábrica e que tem dado um resultado fantástico. Existe um envolvimento de 100%. Nossa equipe cresceu muito no ano passado, até porque nós temos trabalhado duro. A segunda metade do campeonato foi fantástica, houve duas corridas em que a gente de vitória era real”, lembra.

O que eu pretendo aumentar é meu número de vitórias, e neste ano eu estou sentindo que a gente vai estar ali para brigar pelo título”, ele avisa. “Não estou dizendo que vá ser fácil. Pelo contrário, 2012 vai ser um dos anos mais difíceis para ganhar corridas. Eu posso enumerar facilmente aqui uns 10 pilotos que têm chances reais de vencer”, propôs. Ao listar seus favoritos a vitórias, incluindo seu próprio nome, chegou a 14 nomes.

CALENDÁRIO

O Brasileiro de F-Truck terá 10 etapas: 4 de março – Velopark (RS); 1º de abril – Jacarepaguá (RJ); 6 de maio – Caruaru (PE); 3 de junho – Goiânia (GO); 8 de julho – Interlagos (SP); 5 de agosto – a definir; 9 de setembro – Córdoba (ARG); 14 de outubro– Guaporé (RS); 11 de novembro – Curitiba (PR); 9 de dezembro – Brasília (DF). As etapas do Velopark, de Caruaru, de Interlagos e de Córdoba vão valer, também, pelo Campeonato Sul-Americano.

Fonte: Grelak Comunicação
Foto: Orlei Silva

Fernando Bueno deu seus primeiros passos na Júnior disputando Super Kart Brasil


Paranaense mostrou boa adaptação ao novo equipamento

A primeira competição do ano em âmbito nacional é sempre momento para estreias. No último final de semana, dias 28 e 29, em Interlagos (SP), a etapa de abertura do Campeonato Paulista e a 5ª edição do Super Kart Brasil proporcionaram aos pilotos e às fábricas momentos como este, o de competir pela primeira vez em uma nova categoria, em um novo kartódromo ou de mostrar ao mercado seus novos equipamentos.

O paranaense Fernando Bueno (Agro Amanda | Bueno Advogados Associados) é um dos que se encaixam na primeira situação, a de ter estreado em uma nova categoria, a Júnior. Vindo da Júnior Menor, Bueno disputou as quatro baterias válidas pelo SKB, sendo as duas primeiras com validade para o Campeonato Paulista.

Fernando foi destaque na competição, sempre posicionando-se bem nos treinos, a maioria deles realizado sob chuva, principalmente os de sexta-feira, quando a pista esteve praticamente encharcada. No sábado e domingo, já com pista seca, a situação mudou para os competidores e todos, junto com suas equipes, tiveram que buscar um novo acerto de equipamento para a nova condição climática.

O principal destaque na participação de Fernando Bueno (Agro Amanda | Bueno Advogados Associados) na competição foi na quarta bateria, quando o paranaense largou em 6º em um grid composto por 20 pilotos. Uma boa largada o posicionou bem na disputa pela liderança, mas uma batida de um concorrente jogou por terra todas as expectativas de fechar a competição com um resultado melhor.

"Foi apenas o primeiro compromisso do Fernando na nova categoria, bem mais rápida que a anterior, a Júnior Menor", avalia Luis Moro, da Moro Competições, equipe do paranaense. "Ele esteve bem, já se mostrou adaptado ao equipamento, lutou muito pelas melhores posições e certamente em breve estará comemorando ótimos resultados", encerra o preparador e chefe de equipe.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

Confira o vídeo de lançamento do XRC - Xtreme Rally Car

segunda-feira, janeiro 30, 2012

Tuka Rocha destaca participação no Super Kart Brasil


Piloto da equipe BMC Racing andou no top-5 em todas as etapas deste final de semana em Interlagos

Ansioso pelo início da temporada 2012 da Stock Car, o piloto Tuka Rocha, da equipe BMC Racing, destacou a participação no Super Kart Brasil, disputado ontem e anteontem no Kartódromo de Interlagos, em São Paulo.

Depois de ter sido o melhor estreante do ano na Stock, Tuka espera que nesta temporada, que começa no dia 25 de março, em Interlagos, seja o ano de sua consolidação na categoria mais competitiva do Brasil.

Como não há testes particulares - deve haver uma sessão coletiva no final de fevereiro ou começo de março, o piloto da BMC Racing aproveitou as competições de kart do SKB para por os reflexos em dia. Competindo na Graduados/Sudam (a mesma das estrelas atuais do kartismo nacional e mesmo pilotos de categorias internacionais como Nelsinho Piquet), Tuka andou sempre no top-5 nas corridas disputadas em Interlagos. Na soma das quatro baterias, terminou em décimo, avaliando como positiva sua participação.

"Foi muito importante para mim esta preparação. O kart ajuda muito, mesmo sendo tão diferente de um Stock Car. Andei com os melhores pilotos do Brasil e sempre competitivo, terminando corridas entre os primeiros e tendo bons duelos, inclusive com o Nelsinho (Piquet)", diz Tuka, citando o amigo que está na Nascar Truck Series e com quem poucas vezes duelou nas pistas na época do kart (eram de categorias diferentes, devido a idade).

Tricampeão brasileiro de kart, o piloto da BMC Racing espera bons resultados neste ano na Stock Car, agora na Full Time, time comandado por Maurício Ferreira. "Estamos nos preparando bem. Visito direto a oficina e confio bastante no trabalho do Maurício. Com certeza espero um ano ainda melhor que o de 2011, quando fui o estreante do ano", diz Tuka.

Texto: RF1 Jornalismo Ltda
Foto: Luca Bassani

Temporada brasileira de João Pedro Custódio começou com vitória no Super Kart Brasil


Goiano dominou segundo dia de competições, com pole e duas vitórias

O piloto goiano João Pedro Custódio (Pivot Máquinas Agrícolas e Sistemas de Irrigação | Ford - Navesa | AGEL - Governo de Goiás | Kart Mini | Sport Wear by ULV | Mittag Competições) começou a temporada 2012 do kartismo brasileiro no mais alto estilo, vencendo a 5ª edição do Super Kart Brasil, que reuniu mais de 170 pilotos em suas seis categorias.

Piloto da Super Cadete, João Pedro e sua equipe, a MO Racing, viveram uma semana de muito trabalho em Interlagos, zona sul de São Paulo. A preparação para enfrentar o grande desafio começou na quarta-feira (25), quando Custódio foi à pista sob sol forte e realizou duas boas sessões de treinos livres, mostrando-se concorrente ao título entre pilotos de vários estados brasileiros e até mesmo do exterior, como o paraguaio Eugen Gotze.

Os dois dias seguintes foram de muita chuva em Interlagos, mas João Pedro continuou imprimindo um ritmo bastante forte e liderou boa parte dos treinos. Na tomada de tempos do sábado, válida pelas duas primeiras baterias, o goiano liderou, mas em uma falta de atenção se atrasou atrás de um piloto mais lento e perdeu a pole, ficando em 7º.

Na primeira corrida do sábado, com uma largada conservadora, João Pedro recebeu um toque na primeira curva e perdeu várias posições, recuperando algumas na sequência para terminar em 5º. Outro pequeno incidente, agora na largada da 2ª bateria, fez com que o goiano buscasse recuperação novamente para terminar em 4º, dono da segunda melhor volta.

Uma bela tomada de tempos no domingo garantiu a João Pedro Custódio (Pivot Máquinas Agrícolas e Sistemas de Irrigação | Ford - Navesa | AGEL - Governo de Goiás | Kart Mini | Sport Wear by ULV | Mittag Competições) a pole para as duas corridas do dia. Largando na frente, ele manteve a ponta, imprimiu forte ritmo e foi imbatível do início ao fim.

Partindo da pole na última prova, João Pedro recebeu forte pressão de Eugen Gotze, mas o goiano suportou bem os ataques do paraguaio e, mais tarde, abriu boa vantagem para conquistar o título de campeão do Super Kart Brasil, com 70 pontos, 16 a mais que o segundo colocado, João Pedro Correa.

"Não há o que dizer, apenas comemorar e agradecer a todos por tudo ter dado certo. Foram dias de intenso trabalho, recompensados por esta bela vitória, conquistada pelo João Pedro e pelo Miguel de Oliveira e Ivonício, da nossa valorosa MO Racing", vibrava Geovane Gonçalves, pai de João Pedro, piloto que ficou extremamente orgulhoso, feliz e agradecido pelo troféu e premiação recebidos dos organizadores do SKB, através das mãos de Dennis Dirani.

Acompanhado diariamente pelo personal-trainer Eric Cordeiro, João Pedro mostra-se muito bem condicionado fisicamente. "Tem sido um trabalho muito bem elaborado, o que deixou nosso piloto muito bem fisicamente. Isto é importante, pois teremos muitos compromissos pela frente", aponta Gonçalves. Nas duas próximas semanas João Pedro se dedicará a exercícios físicos e a treinos no Kartódromo Ricardo Santos, em Goiânia, e principalmente às atividades escolares. Na sequência, viajará aos Estados Unidos para disputar a segunda etapa do Florida Winter Tour, em Homestead, na Flórida.

Confira os cinco primeiros colocados na 5ª edição do SKB, categoria Super Cadete:

1 João Pedro Custódio (GO) - 70 pontos
2 João Pedro Correa (SP) - 54
3 Eugen Gotze (PY) - 48
4 Edgar Bueno Neto (PR) - 47
5 Gabriel Paturle (MG) - 47

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Luca Bassani

domingo, janeiro 29, 2012

Imagem do dia: Oswaldo Negri, John Pew, AJ Allmendinger e Justin Wilson vencem as 24 Horas de Daytona


A bordo de um protótipo Ford Riley, a equipe Michael Shank Racing do quarteto completou 761 voltas, cruzando a linha de chegada da 50ª edição das 24 Horas de Daytona com uma vantagem de apenas 5s198 para o segundo colocado, o time da Starworks Motorsport, formado pelo pilotos Ryan Dalziel, Lucas Luhr, Allan McNish e Alex Popow, a bordo de outro Ford Riley.

Confira os 10 primeiros colocados:

1º. Michael Shank Racing (AJ Allmendinger, Oswaldo Negri, John Pew e Justin Wilson)/Riley-Ford, 761 voltas
2º. Starworks Motorsport (Ryan Dalziel, Lucas Luhr, Allan McNish e Alex Popow)/Riley-Ford
3º. Michael Shank Racing (Jorge Gonzalez, Michael McDowell, Felipe Nasr e Gustavo Yacaman)/Riley-Ford
4º. Chip Ganassi Racing (Scott Dixon, Dario Franchitti, Jamie McMurray, J.P. Montoya)/Riley-BMW
5º. Action Express Racing (David Donohue. Chistian Fittipaldi, Darren Law)/Chevrolet
6º. Chip Ganassi (Joey Hand. Scott Pruet, Graham Rahal, Memo Rojas)/Riley-BMW
7º. Doran Racing (Bruan Frisselle, Burt Frisselle, Jim Lowe, Paul Tracy)/Dallara-Ford
8º. Spirit of Daytona Racing (Antônio Garcia, Oliver Gavin, Jan Magnussen. R. Westbrook)/Chevrolet
9º. Action Express Racing (João Barbosa, Terry Borcheller, JC France, Max Papis)/Chevrolet
10º. Magnus Racing (Andy Lally, Richard Lietz, John Potter e René Rast)/Porsche


Fonte: Tazio
Foto: grand-am.com

Super Kart Brasil consagra campeões de edição com recorde de inscritos


SKB 05 recebeu mais de 160 pilotos nos dois dias de provas no kartódromo de Interlagos

Bruno Grigatti, André Nicastro, Renato Russo, João Pedro Custódio, Vinícius Paparelli e Antonio Ventre. Estes são os campeões da maior edição do Super Kart Brasil realizada até hoje. O SKB 05, que dividiu a pista com a primeira etapa do Campeonato Paulista de Kart em Interlagos neste fim de semana, recebeu mais de 160 pilotos no mais tradicional kartódromo do país.

Dentro da pista, foram disputas intensas que apresentaram novos nomes no mercado do kart nacional. O Super Kart Brasil foi palco da estreia de novas marcas de chassi homologadas pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). As italianas Energy, CRG e Intrepid foram representadas na pista por nomes importantes do automobilismo brasileiro como Renato Russo (CRG), César Ramos (Intrepid) e Tuka Rocha (Energy). Nelsinho Piquet, piloto da Nascar Truck Series e campeão do SKB-02, correu novamente no torneio utilizando chassis Intrepid e Energy.

"Só tenho a agradecer a todos os pilotos que vieram e acreditaram no nosso projeto. No começo da semana nós estávamos um pouco apreensivos por causa da chuva. Não sabíamos se os pilotos iam topar correr. Felizmente a chuva parou e pudemos ter um fim de semana muito bom. As corridas foram muito competitivas e a pista de Interlagos favorece as trocas de posição. É por isso que trazemos esse evento para cá", comentou Ruben Carrapatoso, promotor do SKB ao lado de André Nicastro, Danilo Dirani, Dennis Dirani, Paulo Carcasci, Renato Russo e Sérgio Jimenez.

"O recorde de pilotos eu considero como uma consequência do nosso trabalho de oferecer um evento diferente. Nosso projeto do SKB é ter um sistema de final de semana no qual o piloto aprenda, fazendo duas tomadas de tempo, correndo provas curtas e longas. São quatro provas em que o piloto pode aprender muito", completou Carrapatoso.

Uma das categorias mais esperadas do final de semana, a Graduados reuniu o maior grid do SKB-05. 29 pilotos entre nomes experientes do esporte e jovens talentos, como Olin Galli e Victor Franzoni - que figuraram entre os protagonistas do final de semana. O título ficou nas mãos de André Nicastro, vencedor de três das quatro corridas do evento.

"Interlagos é minha casa. Sou carioca, mas fui criado aqui. O primeiro campeonato paulista que eu corri em Interlagos foi em 1991, quando eu fui campeão da Júnior Menor. De lá para cá, ganhei sete vezes o Paulista nessa pista. Então eu a conheço muito bem e fico sempre feliz de andar no mesmo ritmo de pilotos jovens como o Olin (Galli) e o Victor (Franzoni). É o primeiro SKB que eu ganho. Estou orgulhoso por isso", disse Nicastro.

Na categoria que deu origem ao Super Kart Brasil, a Shifter, a decisão foi eletrizante e só aconteceu na última volta da corrida. Vencedor da primeira prova, Dennis Dirani acabou abandonando as corridas de domingo com problemas mecânicos. Assim, a disputa pelo título se restringiu a Bruno Grigatti e Danilo Dirani.

Os dois chegaram à bateria final dependendo de combinações de resultado. Danilo Dirani precisava vencer e torcer para Bruno Grigatti não terminar em segundo. Com um kart mais rápido na segunda metade da prova, Danilo faturou a vitória, enquanto Grigatti se defendia dos ataques de André Nicastro e César Ramos para se manter em segundo.

Na última volta, Ramos e Grigatti se tocaram tirando o paulista da segunda posição. Logo depois da bandeirada, porém, os comissários desportivos puniram César Ramos, devolvendo o segundo lugar de pista para Grigatti - que comemorou seu primeiro título no SKB.

"Tivemos uma corrida mais emocionante que a outra. A disputa da Shifter, como sempre, foi muito equilibrada e agora com o fator extra da participação das novas fábricas de kart, que elevaram ainda mais o nível. Na última prova eu tive um problema no radiador que comprometeu meu rendimento. Foi difícil me manter em segundo lugar na disputa com o André (Nicastro) e o César (Ramos)", contou Bruno Grigatti.

Na categoria Júnior, o paulista Vinícius Paparelli faturou o SKB na mesma pista em que, no ano passado, venceu o Campeonato Brasileiro de Kart. "As corridas foram muito interessantes, com pilotos muito bons. Foi difícil, principalmente por causa do calor no domingo, mas muito recompensador poder ser campeão em um grid tão competitivo", comentou o piloto.

Entre os pilotos da Sênior, Antonio Ventre venceu a última corrida e se aproveitou do abandono de Diogo Zucarelli para assegurar o título. Na categoria mais jovem do evento, a Super Cadete, João Pedro Custódio foi o grande destaque do domingo, vencendo as duas corridas finais e faturando o Super Kart Brasil pela primeira vez.

O SKB-05 teve, ainda, a estreia de uma nova categoria. A Endurance, que propõe uma corrida de longa duração (50 minutos) utilizando motores Fireball 125cc para duplas de pilotos. Nela, os vencedores foram Rogério Werlang na Master e a dupla Petry/Fritsch na Sênior.

O evento deste final de semana homenageou um dos maiores nomes do kart no Brasil. Walter Travagilini está envolvido com a modalidade desde a década de 1960. Ele se tornou um ícone do esporte nos anos 80 pelas disputas contra Ayrton Senna e Mário Sérgio de Carvalho.

"Para mim é uma honra essa homenagem, principalmente por partir de sete pilotos tão especiais como são esses organizadores do SKB. O trabalho que eles estão fazendo nesse evento é algo muito importante para o nosso esporte e eu só posso agradecer pelo reconhecimento", comentou Travaglini, que acompanhou o SKB-05 como chefe de equipe e pai do piloto Luca Travaglini, da Graduados.

Confira como ficou a classificação final do SKB-05:

Shifter
1 Bruno Grigatti, 75 pontos
2 Danilo Dirani, 72
3 Guilherme Salas, 37
4 Dennis Dirani, 35
5 André Nicastro, 34
6 César Ramos, 33

Graduados
1 André Nicastro, 81 pontos
2 Olin Galli, 66
3 Alain Sisdeli, 34
4 Victor Franzoni, 31
5 Renato Júnior, 29
6 Victor Caliman, 29

Shifter Sênior
1 Renato Russo, 87 pontos
2 Fernando Penna, 51
3 Guilherme Jacob, 39
4 Thomaz Soubihe, 33
5 Jorge Borelli, 0

Super Cadete
1 João Pedro Custódio, 70 pontos
2 João Pedro Correa, 54
3 Eugen Gotze, 48
4 Edgar Bueno Neto, 47
5 Gabriel Paturle, 47
6 Gianluca Petecof, 44

Júnior
1 Vinícius Paparelli, 65 pontos
2 Leonardo Gimenes, 54
3 Vítor Baptista, 49
4 Giuliano Raucci, 45
5 Pietro Rimbano, 38
6 Yurik Carvalho, 33

Sênior
1 Antonio Ventre, 70 pontos
2 Diogo Zucarelli, 47
3 Fernando Croce, 46
4 Renato Russo, 41
5 Raphael Martim, 39
6 Jorge Borelli, 31

Fonte: Inova Comunicação - Rafael Durante

Mais de 1,4 mil quilômetros do Transparaná 2012 foram completados em Caiobá


Campeões do maior rali de regularidade das Américas foram premiados na noite deste sábado (28), no litoral do estado

O 18º Transparaná - Troller 2012 terminou na praia de Caiobá, em Matinhos, na tarde deste sábado (28). Competidores de todo o Brasil percorreram 1.497 quilômetros por trilhas e estradas do Paraná, do oeste ao leste do estado, antes de finalizarem a última etapa do considerado maior rali de regularidade das Américas, totalizando mais de 45 horas de prova. O desafio para chegar à vitória foi estabelecer a melhor regularidade ao longo do percurso, cumprindo as médias de velocidade determinadas pela organização, em um itinerário totalmente desconhecido.

A maioria das 61 duplas que largou de Guaira, na última segunda-feira (23), além das 14 duplas que entraram na disputa da última etapa, na categoria Series, conseguiram completar o percurso até Caiobá. "O Transparaná é uma prova longa, meio imprevisível, porque podem surgir vários problemas ao longo dos seis dias de prova. Independentemente de quem seja o campeão, acredito que a grande vitória de quem participa é chegar ao final da prova", opina o navegador Marcos Vinicius Nunes, bicampeão da categoria Jeep.

A largada da 11ª e última etapa da competição foi dada em Curitiba, na manhã deste sábado. Pilotos e navegadores enfrentaram 171 quilômetros de prova, em 4h45min de duração, na descida sinuosa da serra em direção ao litoral paranaense. Na chegada a Caiobá, foram definidos os campeões nas quatro categorias: Master, Graduados, Júnior e Jeep, além do vencedor do trajeto Curitiba - Matinhos na categoria Series.

Na Master, a principal da competição, a dupla Daniel Maffi e Enedir S. Júnior (Bolacha), de Chapecó, foi a melhor. Mesmo sendo seguida de perto pelos adversários, sempre manteve a liderança da categoria, terminando o rali campeã com 206 pontos. A dupla Victor Pudell e Roberto L. Spessatto, de Toledo, sobrou na categoria Graduados, vencendo sete das 11 etapas disputadas. A dupla terminou o Transparaná 2012 em primeiro lugar, com 227 pontos.

Na Júnior, disparados na frente, a dupla Carlos A. M. Guto e André F. Mocelin, de Campo Largo, levou o título, somando 218 pontos. Na categoria Jeep, o título foi confirmado pela dupla do pai, Marcos Osires Nunes, e do filho, Marcos Vinicius Nunes, que ganharam 10 das 11 etapas, chegando ao final do rali com 250 pontos.

CLASSIFICAÇÃO FINAL POR CATEGORIAS

Master
1º - Carro 11 - Daniel Maffi e Enedir S. Junior (Bolacha) - Chapecó/SC - 206 ptos
2º - Carro 06 - Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowski - Blumenau/SC - 189 ptos
3º - Carro 01 - Otávio Enz (Marreco) e Allan Enz - Apucarana/PR - 178 ptos

Graduados
1º - Carro 118 - Victor Pudell e Roberto L. Spessatto - Toledo/PR - 227 ptos
2º - Carro 107 - Vinicius Polati e Marcos F. Evangelista - Curitiba/PR - 157 ptos
3º - Carro 114 - José Carlos da Silva e Victor Medina - Cuiabá/MT - 132 ptos

Júnior
1º - Carro 208 - Carlos A. M. Guto e André F. Mocelin - Campo Largo/PR - 218 ptos
2º - Carro 202 - André L. Pinto e Fabio Dutra - Blumenau/SC - 184 ptos
3º - Carro 218 - Alessandro Weirich e Fabiano A. Bianchinho - Curitiba/PR - 155 ptos

Jeep
1º - Carro 303 - Marcos O. Nunes e Marcos V. Nunes - Curitiba/PR - 250 ptos
2º - Carro 301 - Rafael A. A. Pinto e Robson F. T. Osório - Curitiba/PR - 194 ptos
3º - Carro 304 - Rafael A. Alves e Ricardo A. Alves - Campo Largo - 187 ptos

CLASSIFICAÇÃO GERAL TRANSPARANÁ 2012
1º - Carro 011 - Master - Daniel Maffi e Enedir S. Junior (Bolacha) - Chapecó/SC - 200 ptos
2º - Carro 006 - Master - Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowski - Blumenau/SC - 157 ptos
3º - Carro 001 - Master - Otávio Enz (Marreco) e Allan Enz - Apucarana/PR - 152 ptos
4º - Carro 004 - Master - Hamilton Medeiros e Theo A. Guardiano - Curitiba/PR - 148 ptos
5º - Carro 118 - Graduados - Victor Pudell e Roberto L. Spessatto - Toledo/PR - 144 ptos


Fonte: NCA Comunicação - Bebel Ritzmann

Super Kart Brasil: Cesar Ramos conquista mais um 4º lugar neste domingo

Na última corrida do dia, piloto terminou em segundo, mas foi desclassificado após acidente

O kartódromo de Interlagos teve a presença de mais de 160 pilotos neste final de semana nas disputas do Super Kart Brasil (SKB) e Campeonato Paulista de Kart.

Entre as feras que participaram da 5ª edição do SKB, o gaúcho Cesar Ramos finalizou a 3ª prova da categoria Shifter neste domingo (29) em quarto lugar, repetindo o resultado das duas corridas de sábado (28). Na 4ª e última disputa do dia, o piloto fez uma corrida fantástica, mas acabou desclassificado após um acidente com André Nicastro. O paulista Danilo Dirani venceu as duas provas, mas o título ficou com Bruno Grigatti, vencedor de uma das baterias de sábado.

"Na 3ª prova, larguei em segundo, cheguei a ultrapassar o primeiro colocado na 1ª volta, mas ele me passou novamente e, no final, levei uma batida do Nicastro e cai pra quarto", contou Ramos, que foi o campeão da 1ª edição do SKB, realizada em 2010, no Velopark, em Nova Santa Rita (RS).

"Na 4ª prova, larguei em sexto, cai para 11º e fui pra cima, passando todo mundo. Acabei me enroscando com o Nicastro e terminei em segundo. Mas, no final da prova, fomos punidos em virtude do acidente. Foi uma pena, pois fiz uma corrida muito legal", lamentou Ramos, campeão da F-3 Italiana em 2010 e piloto da World Series by Renault.

Idealizado pelos setes maiores kartistas em atividade no país (André Nicastro, Danilo Dirani, Dennis Dirani, Paulo Carcasci, Renato Russo, Ruben Carrapatoso e Sérgio Jimenez), o SKB tem movimentado os kartódromos do Brasil e reunido um grande número de pilotos nas disputas.

"Foi minha terceira participação no SKB e o evento é muito legal. Muito bem organizado, com um nível muito alto e fico feliz por conseguir andar entre os primeiros. Principalmente, porque a maioria dos pilotos que compete está sempre treinando e eu chego direto para a corrida. Então, fico satisfeito por competir de igual com todos eles", completou o gaúcho de 22 anos, que coleciona títulos no kart (Campeão Sul-americano, Bicampeão Brasileiro, Campeão Paulista, entre outros).

Confira os resultados na categoria Shifter neste domingo:

3ª Prova
1) 28-Danilo Dirani, (12 voltas) 9:20.944
2) 3-André Nicastro, a 3.663
3) 107-Bruno Grigatti, a 3.933
4) 101-Cesar Ramos, a 4.369
5) 17-Guilherme Salas, a 4.522
6) 43-Gabriel Dias, a 5.694
7) 33-Nelson Piquet, a 5.980
8) 26-Leonardo Cordeiro, a 7.425
9) 62-Renato Russo (S), a 14.153
10) 77-Bruno Melo, a 14.690
11) 27-Fernando Penna Filho (S), a 16.533
12) 231-Gustavo Lima, a 17.357
13) 22-Eduardo Banzolli, a 18.549
14) 88-Guilherme Jacob (S), a 22.330
15) 79-Thomaz Soubihe (S), a 27.429
16) 2-André Pedralli, a 39.586
17) 128-Dennis Dirani, a 5 voltas
18) 93-Lucas Biagioni, a 6 voltas
19) 31-Mitsui Duzanowski, a 8 voltas
20) 56-Jean Aguiar, a 11 voltas

4ª Prova
1) 28-Danilo Dirani, (22 voltas) 18:44.583
2) 101-Cesar Ramos, a 6.348 *
3) 107-Bruno Grigatti, a 7.047
4) 3-André Nicastro, a 7.342 **
5) 33-Nelson Piquet, a 7.656
6) 26-Leonardo Cordeiro, a 8.037
7) 31-Mitsui Duzanowski, a 11.103
8) 93-Lucas Biagioni, a 11.723
9) 62-Renato Russo (S), a 12.484
10) 77-Bruno Melo, a 13.515
11) 17-Guilherme Salas, a 13.672
12) 56-Jean Aguiar, a 4 voltas
13) 27-Fernando Penna Filho (S), a 8 voltas
14) 2-André Pedralli, a 11 voltas
15) 43-Gabriel Dias, a 12 voltas
16) 128-Dennis Dirani, a 21 voltas
17) 79-Thomaz Soubihe (S), a 21 voltas
18) 22-Eduardo Banzolli, a 21 voltas
* Desclassificados ao final da prova
** Punido com 10 segundos

Classificação final
1- Bruno Grigatti, 75 pontos
2- Danilo Dirani, 72
3- Guilherme Salas, 37
4- Dennis Dirani, 35
5- André Nicastro, 34
6- César Ramos, 33

Para saber mais sobre o piloto, acesse o site oficial: www.cesarramosracing.com

Informações sobre a carreira de Cesar Ramos:
GP Management - www.gpmanagement.com.br

Fonte: FGCom - Fernanda Gonçalves
Foto: Paolo Pellegrini

24 Horas de Daytona: Fittipaldi, Law e Donohue são 5º e conquistam melhor resultado pela Corvette

Carro número 5 da equipe Action Express teve problemas no motor e na troca de freios

Mais uma prova emocionante marcou neste domingo (dia 29) os 50 anos da tradicional 24 Horas de Daytona, prova de endurance que abre a temporada da categoria Grand-Am nos Estados Unidos. Cinquenta e oito carros - nas categorias DP e GT - participaram da disputa no circuito misto de Daytona Beach, na Flórida. Nas 24 horas, a corrida teve o total de 761 voltas, com 14 bandeiras amarelas.

Correndo a prova pela sétima vez, o brasileiro Christian Fittipaldi e os companheiros Darren Law e David Donohue terminaram na quinta posição, com o protótipo Chevrolet / Corvette de número 5 da equipe Action Express Racing (categoria DP).

A vitória ficou com os pilotos AJ Allmendinger, Oswaldo Negri, John Pew e Justin Wilson, da equipe Michael Shank Racing. Os protótipos Ford / Riley mostraram-se imbatíveis e, além do primeiro lugar, também conquistaram a segunda e a terceira posição.

Fittipaldi e os companheiros tiveram problemas desde os treinos de quinta-feira, quando uma quebra do motor impediu a equipe de participar do treino de classificação. Largando em último lugar, Law parou logo na primeira volta da corrida com o motor falhando. A equipe aguardou a primeira bandeira amarela para solucionar o problema, que só foi totalmente superado após seis horas de disputas.

Na metade da prova, o carro chegou a estar na terceira posição. Mas um problema na troca do freio fez o time cair duas colocações. Apesar disso, a equipe conquistou o melhor resultado a bordo de um Corvette, que foi a grande sensação dos treinos.

"Considerando todos os problemas que tivemos, estou contente com este quinto lugar. Nas seis primeiras horas, o motor estava falhando, mas quando resolvemos, o carro estava bem competitivo. Na metade da prova, quando paramos para realizar uma troca normal da pastilha e disco de freio, o disco da roda traseira externa ficou preso e perdemos umas três voltas nos boxes para arrumar", contou Fittipaldi.

"Quando amanheceu, estava bem quente, e o carro piorou muito. Ficou difícil de guiar. Éramos um segundo, um segundo e meio mais lento. Mas, no geral, estou feliz. Fomos o melhor Corvette na prova e, sem dúvida, os carros da Ford dominaram a corrida. Eles tinham muita potência e uma vantagem, principalmente na reta. Fizeram a lição de casa direitinho e estão de parabéns, mas com certeza estavam em um estágio bem diferente dos demais", finalizou o brasileiro, que foi campeão das 24 Horas de Daytona em 2004 e terceiro colocado no ano passado.

Confira os 10 primeiros nas 24 Horas de Daytona de 2012:

1 Allmendinger / Negri / Pew / Wilson Michael Shank Racing with Curb-Agajanian / Ford Riley 761 voltas
2 Dalziel / Luhr / McNish / Popow / Potolicchio Starworks Motorsport / Ford Riley 761
3 Goncalvez / McDowell / Nasr / Yacaman Michael Shank Racing with Curb-Agajanian / Ford Riley 761
4 Dixon / Franchitti / McMurray / Montoya Chip Ganassi Racing with Felix Sabates / BMW Riley 760
5 Donohue / Fittipaldi / Law Action Express Racing / Corvette DP 758
6 Hand / Pruett / Rahal / Rojas Chip Ganassi Racing with Felix Sabates / BMW Riley 757
7 Frisselle / Frisselle / Lowe / Tracy Doran Racing / Ford Dallara 748
8 Garcia / Gavin / Magnussen / Westbrook Spirit of Daytona / Corvette DP 746
9 Barbosa / Borcheller / France / Papis Action Express Racing / Corvette DP 739
10 Hunter-Reay / Mayer / Potolicchio / Potolicchio / Valiante Starworks Motorsport / Ford Riley 736


Acompanhe o piloto Christian Fittipaldi pelo twitter: @fittitweet

Fonte: FGCom - Fernanda Gonçalves / Andre Stepan
Foto: Chris Ladouceur

sábado, janeiro 28, 2012

Bruno Bertoncello estreia chassi Tech2 e nova categoria no Super Kart Brasil


Categoria Júnior não é total novidade para o piloto gaúcho

Ainda jovem, mas já dono de um bom currículo, o gaúcho Bruno Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed | Sport Wear by ULV) fará neste final de semana, 28 e 29 de janeiro, sua estreia em uma nova categoria, a Júnior. E a estreia chega recheada de desafios pela boa qualidade dos adversários.

"Alguns pilotos da Júnior de 2011 permaneceram na categoria, enquanto outros bons nomes subiram comigo da Júnior Menor. Então é certo que teremos ótimas disputas e vencer será uma tarefa muito difícil", avalia o jovem piloto de Passo Fundo (RS), que está em Interlagos, zona sul de São Paulo, participando da 5ª edição do Super Kart Brasil e da abertura do Campeonato Paulista.

Competir na categoria Júnior não será totalmente novidade para Bertoncello, campeão sul-americano e sul-brasileiro em 2010 pela Cadete. No ano passado, também em Interlagos, o piloto disputou a terceira edição do SKB na Júnior, quando saiu-se vencedor e comemorou seus primeiros triunfos com um motor de 125cc.

"Já conheço a categoria, pois andei no SKB com um kart com as mesmas configurações que estou utilizando nesta temporada", lembra Bruno. "Então, no que diz respeito a adaptação ao equipamento, está tudo certo", continua.

Esta será também a estreia de Bruno Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed | Sport Wear by ULV) com o novo chassi da Techspeed, o Tech2. Os treinos realizados nos últimos dias permitem a Bruno pensar em estrear o novo equipamento e na nova categoria com pódio. "O chassi é muito rápido e eficiente e as expectativas remetem a brigar pelo pódio, o que estaria de bom tamanho para a estreia", aponta o piloto.

Piloto que integra a equipe comandada pelo preparador "Zé Bolão", a Quake2, Bertoncello utiliza motores preparados por Renato Tibola. "O conjunto chassi / motor/ equipe é vencedor e estamos todos muito confiantes", elogia Bertoncello. "Quero aproveitar também para elogiar meu novo companheiro de equipe e de categoria, o Vitor Baptista, e dar a ele as boas-vindas", finaliza.

A programação do final de semana prevê a disputa de quatro baterias, duas delas no sábado válidas pelo Paulista e pelo SKB, e duas no domingo, com validade apenas pelo SKB.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

sexta-feira, janeiro 27, 2012

Nelsinho Piquet disputa prova de kart em São Paulo


"Além de correr duas categorias e permanecer em atividade, é legal acompanhar na pista o desenvolvimento do Pedro, meu irmão mais novo"

Nelsinho Piquet aproveita seus últimos dias de férias no Brasil para retornar a um dos palcos de seus primeiros passos no automobilismo. Neste final de semana, o piloto disputa a quinta edição do Super Kart Brasil, no kartódromo de Interlagos.

"Além de correr duas categorias e permanecer em atividade, é legal acompanhar na pista o desenvolvimento do Pedro, meu irmão mais novo", afirma Piquet Jr., que retorna aos EUA logo após as baterias do domingo.

Nelsinho e Pedro passaram as duas últimas semanas em São Paulo e treinaram quase diariamente. "Não é fácil chegar depois de 12 meses e andar de igual para igual com os meninos que estão totalmente focados no kart, correndo quase todo dia. É necessário um período de adaptação e foi isso que fiz nos últimos dias", conta o piloto da Nascar Truck Series.

Nos últimos dias, os irmãos treinaram tanto com pista seca quanto sob chuva forte. "Na chuva fica um pouco mais complicado, porque tem alguma confusão nos boxes, o que acaba perturbando um pouco. O ritmo da prova obviamente fica mais lento, mas isso não compromete tanto. Meu objetivo principal aqui é a diversão de correr de kart, então não estou tão preocupado assim com a previsão do tempo", diz Nelsinho, inscrito nas categorias Shifter e Graduados.

Estão previstas duas baterias de cada uma das classes no sábado e mais duas no domingo.

"Estou contente de estrear nessa competição com a presença do Nelsinho. No começo do ano ele me levou para correr de kart na Flórida e foi uma experiência muito boa. Espero andar bem também aqui", conta Pedro, 13.

"Nesse evento dos EUA, tive que me preocupar muito com o acerto mecânico do meu equipamento e do kart do Pedro, pois eram diferentes do que normalmente corremos. Aqui no Brasil, ele tem a equipe dele trabalhando normalmente. Claro que vou passar o final de semana de olho na pista o tempo todo enquanto ele estiver correndo, mas sei que terei mais tempo também para cuidar dos meus karts e das minhas provas", finaliza Nelsinho.

Fonte: RF1 Jornalismo Ltda

Daytona: Problema com motor faz "maratona" das 24 horas começar mais cedo para a Action Express

Carro do brasileiro Christian Fittipaldi apresenta falha no motor, mas todos estão confiantes para a corrida, que terá sua largada neste sábado

Depois da quebra do motor nos treinos livres de quinta-feira (26), que impediu a equipe Action Express de participar do classificatório para as 24 Horas de Daytona, o Chevrolet / Corvette de número 5, que será pilotado pelo brasileiro Christian Fittipaldi e os norte-americanos David Donohue e Darren Law, continuou com problemas em seu propulsor.

A equipe mal participou dos últimos treinos livres, nesta sexta (27), e a "maratona" das 24 horas teve início bem antes para a Action Express. Todos trabalham incessantemente para que o carro esteja perfeito para a largada, que será às 18h30 deste sábado (horário de Brasília, 15h30 local).

"No treino desta sexta-feira, colocamos o motor da corrida e ele está falhando. Ontem, quando o motor quebrou, alguns fios ficaram queimados e a equipe trabalhou cerca de oito horas no carro, tentando resolver o problema. Estamos olhando toda a telemetria, todos os cabos possíveis e imagináveis do carro e, se não for encontrado nada grande, a equipe vai trocar tudo, para que este problema não nos atrapalhe na corrida", contou Fittipaldi, vencedor das 24 Horas de Daytona em 2004 e terceiro colocado em 2011.

A corrida terá sessenta carros (divididos nas categorias DP e GT). A pole positon ficou com a equipe Starworks (Ford / Riley), formada pelos pilotos Ryan Dalziel, Allan McNish, Lucas Luhr, Alex Popow e Enzo Potolicchio.

"Apesar dos problemas e de largarmos em último, estamos confiantes. Temos um carro bom e em 24 horas tudo pode acontecer", finalizou Fittipaldi, que faz sua sétima participação na prova.

O canal Speed vai transmitir as oito primeiras horas das 24 Horas de Daytona e as oito horas finais ao vivo para o Brasil.

Acompanhe o piloto Christian Fittipaldi pelo twitter: @fittitweet

Fonte: FGCom - Fernanda Gonçalves / Andre Stepan
Foto: Action Express

Fernando Bueno estreia pela Júnior competindo no SKB e Paulista em Interlagos


Paranaense se considera em condições de fazer boas corridas em sua estreia na nova categoria

A temporada 2012 do kartismo brasileiro começará em grande estilo neste final de semana, dias 28 e 29, no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, zona sul de São Paulo. Mais de 150 pilotos deverão disputar a etapa de abertura do Campeonato Paulista e a 5ª edição do Super Kart Brasil, em quatro baterias a serem realizadas neste sábado e domingo.

O paranaense Fernando Bueno (Agro Amanda | Bueno Advogados Associados), que compete pela equipe chefiada pelo preparador Luis Moro e utiliza motores preparados pela mineira RBC, fará suas primeiras corridas pela Júnior, sua nova categoria. E mostra-se bastante animado para sua estreia.

"Treinamos muito bem ontem e também na manhã desta sexta-feira, sempre com pista molhada", aponta Fernando Bueno, que em 2010 foi campeão sul-brasileiro. "Tivemos um pequeno problemas de carburação, já resolvido, e tanto eu como toda minha equipe estamos muito confiantes de que poderei lutar por bons resultados", completou.

As duas primeiras corridas, marcadas para o sábado, terão validade pelo Paulista e pelo SKB. Já as duas corridas do domingo valerão somente pela disputa pelo título da 5ª edição do Super Kart Brasil. "Serão quatro corridas muito disputadas, pois terei como adversários pilotos que estão chegando à categoria este ano, como eu, e também pilotos que andaram na Júnior no ano passado, mais experientes", avalia o jovem piloto. "Mas, a julgar pelos treinos, me considero em condições de fazer boas apresentações e me colocar entre os que poderão vencer", emenda Fernando Bueno (Agro Amanda | Bueno Advogados Associados), 2º colocado no treino desta manhã.

A tarde desta sexta-feira reserva treinos oficiais em Interlagos e o sábado começará com a realização da tomada de tempos e continuará com a disputa das duas primeiras baterias para cada categoria. O domingo encerrará as atividades com a realização de mais duas baterias.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Mario Ferreira

Transparaná 2012: Pai e filho chegam a Curitiba praticamente bicampeões da categoria Jeep


Transparaná 2012 chegou à capital nesta sexta-feira (27). Disputa da última etapa do rali de regularidade segue até o litoral do estado neste sábado (28)

O penúltimo dia do 18º Transparaná - Troller 2012 terminou no Parque Barigui, em Curitiba, na tarde desta sexta-feira (27). De Ponta Grossa à capital, com passagem em Campo Largo, foram 222 quilômetros e 7h20 minutos de prova, correspondentes as etapas 9 e 10 do rali de regularidade. Os vencedores do quinto dia de competição serão anunciados e premiados pelo Jeep Clube de Curitiba nesta noite, durante jantar no Restaurante Dom Antônio.

No trajeto Ponta Grossa - Curitiba, pilotos e navegadores tiveram uma etapa emocionante, com muita lama, atoleiros, derrapagens e passagem em uma fazenda com vários tipos de terremos e muitos laços. Na chegada à capital, estradas de ligação e várias trilhas completaram o percurso.

Mesmo sem a divulgação oficial dos resultados de hoje, os curitibanos Marcos Osires e Marcos Vinícius Nunes estão comemorando o título na categoria Jeep. Na classificação da competição até o quarto dia de disputa, sem o descarte do pior resultado entre as 11 etapas, pai e filho estão com 192 pontos, 41 a mais que os adversários que ocupam a segunda posição.

"Precisávamos apenas de mais um quarto lugar. Conseguimos completar as duas etapas de hoje e vamos somar mais pontos. Com a diferença que abrimos durante a competição, não poderemos mais ser alcançados. Temos sete primeiros lugares e um terceiro. Mesmo se quebrarmos na última etapa, temos um descarte a fazer. Nas minhas contas o título está garantido", dispara o filho Marcos Vinícius.

Se a matemática do navegador estiver certa, pai e filho já são campeões da categoria em 2012 por antecipação. Campeões não, bicampeões, uma vez que a dupla detém o título de 2011, além da conquista de dois vice-campeonatos consecutivos, em 2009 e 2010. "Com os erros de outros campeonatos a gente vai aprendendo. Nesses dois últimos anos não tivemos problemas mecânicos e nem batidas leves que danificassem o veículo. São fatores que contribuem muito para obter bons resultados durante a competição", opina o pai Marcos Osires.

Neste sábado (28), acontece a disputa da última etapa do Transparaná 2012. A largada, que acontece a partir das 9 horas, será dada em frente a Loja Mamute Off-road (Rua Victor Ferreira do Amaral, 4518, no Tarumã), num circuito indoor montado especialmente para o início da 11ª etapa. Depois o rali segue para o litoral do estado, percorrendo 171 quilômetros e 4h45 de duração até a praia de Caiobá, em Matinhos, onde os competidores começam a chegar a partir das 13h45.

Festa de premiação

Em Matinhos, o Jeep Clube de Curitiba promove uma grande festa de encerramento do 18º Transparaná - Troller 2012. Diversas atrações serão realizadas na Praia de Caiobá, como a picape com pneus big foot, balão, tendas, loaud, som, open bar, coquetel e sorteios. No litoral do estado também serão divulgados os resultados finais do rali off-road, com premiação para os primeiros colocados em todas as categorias.

Fonte: NCA Comunicação - Bebel Ritzmann

Cesar Ramos tenta bicampeonato no Super Kart Brasil em Interlagos

Piloto gaúcho venceu a 1ª edição no Velopark na categoria Shifter

O gaúcho Cesar Ramos, de 22 anos, é uma das atrações na 5ª edição do Super Kart Brasil, que acontece neste final de semana (dias 28 e 29) no kartódromo de Interlagos, em São Paulo.

Campeão da Fórmula 3 Italiana, em 2010, e piloto da Word Series by Renault no ano passado, Ramos já venceu a 1ª edição do SKB, realizada há dois anos, no Velopark, em Nova Santa Rita (RS). Com vários títulos no kartismo, o piloto também chega embalado pela vitória nas 500 Milhas de Kart Beto Carrero, em dezembro passado.

Nesta quinta e sexta-feira, os pilotos participaram de treinos livres. A partir de amanhã, começam as provas. Serão duas baterias no sábado e duas no domingo.

"Infelizmente, a chuva atrapalhou bastante os treinos e não deu para testar muita coisa, mas espero que pare e que possamos ter boas disputas no final de semana", comentou Ramos, que novamente correrá na categoria Shifter.

Idealizado pelos setes maiores kartistas em atividade no país (André Nicastro, Danilo Dirani, Dennis Dirani, Paulo Carcasci, Renato Russo, Ruben Carrapatoso e Sérgio Jimenez), o SKB espera cerca de 150 pilotos na disputa da sua 5ª edição.

Veja a programação do Super Kart Brasil:

Sábado - 28/1
1ª prova
Júnior - 10h50
Graduados - 11h15
Sênior - 11h40
Shifter Kart - 12h30
Super Cadete - 12h55

2ª prova
Júnior - 14h30
Graduados - 15h
Sênior - 15h30
Shifter Kart - 16h30
Super Cadete - 17h

Domingo - 29/1
3ª prova
Júnior - 10h40
Graduados - 11h05
Sênior - 11h30
Shifter Kart - 11h55
Super Cadete - 12h20

4ª prova
Júnior - 13h10
Graduados - 13h35
Sênior - 14h
Shifter Kart - 14h30
Super Cadete - 15h
Endurance - 15h30

Para saber mais sobre o piloto, acesse o site oficial: www.cesarramosracing.com

Informações sobre a carreira de Cesar Ramos:
GP Management - www.gpmanagement.com.br

Fonte: FGCom / Fernanda Gonçalves

quinta-feira, janeiro 26, 2012

Copa Classic já trabalha pela temporada 2012


O ano mal começou e a Copa Classic, categoria de velocidade de carros antigos com mais de 30 anos e cuja fabricação do modelo tenha sido iniciada até os anos 70, já está movimentando os preparativos para a temporada 2012 da categoria dos "vovôs" mais rápidos do estado.

O calendário inicial já foi definido, faltando, ainda, a homologação final pela Federação Gaúcha de Automobilismo, que só pode fazê-lo após a definição de todos os calendários nacionais, que tem prioridade nas datas.

Os coordenadores da categoria, Fabiano Zanon, Niltão Amaral e Sérgio Aguinsky já estão em negociações com apoiadores que deverão garantir chamadas em grandes meios de comunicação nas semanas de prova, possibilitando um melhor comparecimento do público e, por conseguinte, maior visualização para a categoria, aumentando as chances das equipes de proporcionares um retorno cada vez maior aos seus patrocinadores .

Já o regulamento deverá ser apresentado à FGA na semana que vem, devendo estar homologado logo após, proporcionando mais tranquilidade para as equipes na preparação dos carros para a temporada. A única modificação a ser introduzida é a divisão da categoria FL por cilindrada, até 2000cc, e acima, proporcionando, assim, mais equilíbrio na disputa.

A previsão do grid, que firmou-se em torno de 25 carros na temporada 2011 (batendo quase 30 com a participação de carros da Copa Fusca), deverá chegar ao patamar de 30 carros, tendo em vista o número de carros que estão em construção para aderir ao certame.


Confira o pré-calendário de 5 etapas (mais uma extra-campeonato) da Copa Classic, que mais uma vez dividirá as etapas com o Gaúcho de Endurance, excelente parceria que vem desde 2010:

06/05 - Tarumã
03/06 - Guaporé
08/07 - Velopark
26/08 - Tarumã
14/10 - Guaporé
01/12 - Tarumã Pré-12h (extra)

Fonte: Divulgação/Copa Classic

Transparaná 2012 completa metade do percurso na chegada a Guarapuava

Dia mais longo do rali de regularidade, com 310 quilômetros e 8h45 de duração, começou em Campo Mourão e fez pit stop em Pitanga antes de chegar à região centro-oeste do Paraná

O terceiro dia de disputa do 18º Transparaná - Troller 2012 terminou na tarde desta quarta-feira (25), em Guarapuava. Na chegada a região centro-oeste do estado, os competidores completaram a metade do percurso do considerado maior rali de regularidade das Américas, que terá ainda mais três dias de prova e termina somente no próximo sábado (28), em Matinhos, no litoral paranaense.

Para completar o dia mais longo do rali off-road, com 310 km e 8h45 de duração, os transparanaenses passaram por trilhas mais pesadas e escorregadias no trajeto Campo Mourão a Pitanga, devido a chuva que caiu ontem na região. Enfrentaram 40 quilômetros de reflorestamentos e encararam passagem de três rios antes de chegar a Guarapuava, em uma prova que exigiu entrosamento entre piloto e navegador.

"A chuva que caiu ontem deu mais emoção à etapa disputada pela manhã, em um terreno bastante escorregadio. Na parte da tarde, as médias de velocidades foram altas, com os carros saindo de lado nas curvas. Foi a melhor prova até agora e a mais técnica", opina o piloto Carlos Augusto Moreira Guto, que forma dupla com o navegador André Fernando Mocelin.

Sem contabilizar os resultados da quarta-feira, a dupla de Campo Largo/PR está na liderança da categoria Junior. "Apesar das derrapagens que davam diferença no hodômetro, acredito que fomos bem na etapa e esperamos manter a liderança, mas o resultado é sempre uma incógnita, precisamos esperar a apuração final", diz o navegador André Mocelin.

Na categoria Master, os líderes são os catarinenses Daniel Maffi e Enedir da Silva Junior, de Chapecó/SC. Na categoria Graduados, a ponta da tabela de classificação está sendo ocupada pela dupla de Toledo/PR, Victor Pudell e Roberto Spessatto. Na Jeep, a liderança é do pai e filho, os paranaenses Marcos Osires Nunes e Marcos Vinicius Nunes, de Curitiba/PR.

Na manhã desta quinta-feira (26), o Transparaná 2012 deixa Guarapuava e segue com destino a Ponta Grossa. A largada será dada na praça Cleve, a partir das 8 horas. O pit stop do almoço acontece no Centro de Eventos de Prudentópolis, a partir das 12h15. O ponto de chegada em Ponta Grossa será o Parque Ambiental Governador Manoel Ribas, a partir das 16 horas. O quarto dia de competição, referente as etapas 7 e 8, terá 256 quilômetros e aproximadamente 8h30 de duração.

Fonte: NCA Comunicação - Bebel Ritzmann

terça-feira, janeiro 24, 2012

BMW confirma equipe oficial e carros nas categorias GT3 e GT4 do GT Brasil em 2012


Marca chega ao campeonato com os modelos Z4 e M3 e terá o suporte da equipe campeã da GT3 – comandada por Antonio Hermann

A temporada só começa daqui a quase dois meses, mas aos poucos surgem novidades que aumentam a expectativa para o campeonato, nas categorias GT3 e GT4. Uma das notícias mais aguardadas desta pré-temporada veio nesta segunda-feira (23), com a confirmação da presença da BMW na categoria, com quatro carros em 2012. Este foi o primeiro de uma série de anúncios importantes que serão feitos até o início da temporada, marcado para os dias 17 e 18 de março, em São Paulo (SP).

O BMW Team Brasil estará nas categorias GT3, com duas unidades do modelo Z4, e GT4, com outras duas M3, todos preparados pela equipe campeã da GT3, de propriedade de Antonio Hermann. “Para nós, é uma grande honra fazer parte da família BMW. Ficamos muito impressionados com a seriedade e o profissionalismo com que fomos recebidos”, afirma Antonio Hermann, que neste mês esteve em Munique, na Alemanha, acertando detalhes na BMW Motorsport.

Nas reuniões, ele e o chefe de equipe, Washington Bezerra, foram recebidos pelo diretor de competições da BMW Motorsport, Jens Marquardt, e por Daniel Schmidt (General Manager Sports and Business Management), Woalfgang Broesel (Head of Customer Racing Departament), Jórn Geermann (Sports and Business Management) e Sebastian Golz (Cheif Race Operations, que esteve envolvido diretamente no projeto da BMW na Formula 1).

Na verdade, a BMW Motorsport vai apoiar cinco times no mundo e nós estamos entre eles. Os carros são maravilhosos e mesmo respeitando nossos concorrentes, que estarão muitos fortes neste ano, acredito que estamos no caminho certo para mais um título. Os pilotos, que serão anunciados em breve, também serão de primeiríssima linha e estamos investindo para fazer o melhor time possível”, acrescenta Antonio Hermann.

Os carros chegarão ao Brasil no final de fevereiro, já preparados para competir e com todas as novidades técnicas desenvolvidas pela montadora e aprovadas pela Federação Internacional de Automobilismo, a FIA. Com a chegada da BMW confirmada, o campeonato demonstra mais uma vez seu crescimento e dá sequência à renovação técnica iniciada ainda em 2011. Além das quatro unidades da BMW, ainda são esperados outros cinco novos carros de outras montadoras para 2012.

Para o presidente do BMW Group Brasil, Henning Dornbusch, a estreia oficial da BMW na categoria será importante para comprovar a esportividade dos modelos e realçar a participação que a marca tem nas competições. “As provas de automobilismo são verdadeiros laboratórios para as marcas. Com o BMW Team Brasil teremos mais uma forma de mostrar a qualidade dos nossos produtos, especialmente os da linha M (Motorsport), além de trazer toda a tradição da marca em um campeonato importante e conhecido”.

Fonte: Dinho Leme Comunicação

Mega Kart comemora dois campeões com o novo chassi MX em Guaratinguetá


MX chegou para confirmar histórico de vitórias da empresa

Recém homologado e lançado, o novo chassi da Mega Kart está seguindo o caminho de seu antecessor e continua, assim, colecionando vitórias para a fábrica paulista de equipamentos para a prática do kartismo no Brasil.

A mais nova vitória do chassi MX, que sucede ao também vencedor Mega X, aconteceu no último final de semana em Guaratinguetá (SP), no Campeonato de Verão, que abriu a temporada no interior paulista. Dividida em duas categorias, a competição, na verdade, teve duas vitórias do MX, na F4 e na Força Livre, categorias que reuniram 36 pilotos na pista.

Na divisão F4 o domínio do MX foi completo e Oscar Alves foi o autor da pole e vencedor da corrida, seguido por Nelsinho Stanisci e por Cuca, os três com o novo chassi da Mega Kart. Na Força Livre, outra vitória do MX, agora conduzido pelo piloto Juninho.

"Começamos o ano e a trajetória do MX de uma forma muito positiva, inicialmente com a vitória e o título do Matheus Santana em Volta Redonda", lembram Waldíbio Ferraz e Marcos Ferreira, diretores da Mega Kart, referindo-se à conquista do Campeonato F400. "Agora, apenas uma semana depois, já comemoramos mais duas vitórias e dois títulos, o que confirma que o MX veio para dar continuidade à nossa história de vitórias", completam.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Copa Montana: Hot Car terá Geronimi e Cavaleiro na temporada 2012

Amadeu Rodrigues, chefe da equipe, acredita em mais um ano de muitas disputas na principal categoria de acesso para a Stock Car

A equipe Hot Car Racing, comandada por Amadeu Rodrigues na Copa Chevrolet Montana, terá os paulistas Tiago Geronimi e Beto Cavaleiro na temporada 2012, marcada para começar no dia 25 de março, em Interlagos, São Paulo (SP). Serão oito etapas ao longo do ano, cinco delas com transmissão pela Rede TV!. A abertura do campeonato e as últimas quatro provas serão exibidas ao vivo pela emissora.

Geronimi e Cavaleiro partem para o segundo ano na principal categoria de acesso para a Stock Car. Geronimi já era piloto da Hot Car em 2011 e Cavaleiro chega ao time para unir forças.

"Com certeza, será mais um ano emocionante. As provas da Copa Montana são disputadas do começo ao final, com pilotos de alto nível e muita competitividade. Estamos muito felizes por ter o Tiago novamente na equipe e com a chegada do Beto. Vai ser um ano de muito trabalho, mas vamos fazer de tudo para brigar sempre por pódios e vitórias", comenta o chefe da equipe, Amadeu Rodrigues.

Geronimi, que teve passagem pelo automobilismo Europeu, antes de regressar ao Brasil, também comemorou o novo acordo. "Estou muito contente por continuar na equipe. Quero lutar para terminar bem em todas as corridas e encerrar a temporada entre os melhores", afirma o piloto de 22 anos, que em sua estreia em 2011 conquistou um pódio, o terceiro lugar em Santa Cruz do Sul (RS).

"O Tiago teve um ano muito bom. Com performance constante e boas atuações, terminou a temporada de estreia entre os seis melhores e acreditamos muito na sua evolução em 2012", destaca Rodrigues.

Cavaleiro também estreou na Copa Montana em 2011. Apesar de alguns problemas, foi um ano de muito aprendizado para o piloto.

"Tivemos muitas quebras no ano passado, mas agora estou muito animado com a minha nova equipe e a expectativa é a melhor possível. A Hot Car foi vice-campeão há dois anos com o Eduardo Leite, sempre esteve entre as cinco melhores no ano passado, então acredito que será um ano de evolução", diz Cavaleiro. "Estou andando de kart e tenho me preparado bastante para começar o ano bem", conclui.

O piloto terá o patrocínio da empresa Hanier Especialidades Químicas, que também vai apoiar a equipe Hot Car na Stock principal, com sua marca nos carros de Eduardo Leite e Diego Nunes.

"Sem dúvida, essa parceria da Hanier e a chegada do Beto também são especiais e vão somar muito para o crescimento da equipe ao longo do ano", frisa Rodrigues.

Para encerrar, o chefe da equipe agradeceu ao piloto goiano Wellington Justino, que esteve no time nos últimos anos. "O Justino teve uma parceria muito importante conosco na Copa Montana. Agradecemos por tudo e desejamos muita sorte para ele em seu novo desafio", finaliza Rodrigues.

Confira o calendário 2012 da Copa Chevrolet Montana:

1ª etapa, 25 de março - Autódromo José Carlos Pace, São Paulo (SP)
2ª etapa, 15 de abril - Autódromo Internacional de Curitiba-Pinhais (PR)
3ª etapa, 20 de maio - Autódromo Internacional Velopark, Nova Santa Rita (RS)
4ª etapa, 15 de julho - Autódromo Internacional Nelson Piquet, Rio de Janeiro (RJ)
5ª etapa, 5 de agosto - Autódromo José Carlos Pace, São Paulo (SP)
6ª etapa, 30 de setembro - Autódromo Internacional de Tarumã, Viamão (RS) / alternativo
7ª etapa, 21 de outubro - Autódromo Internacional de Curitiba-Pinhais (PR)
8ª etapa, 11 de novembro - Autódromo Internacional Nelson Piquet, Brasília (DF) / alternativo

Fonte: FGCom / Fernanda Gonçalves
Foto: Fabio Oliveira

Força renovada para 2012


Ainda longe das pistas pela Mini Challenge, dupla Norte Catarinense composta pelos pilotos Kreis Jr. de Jaraguá do Sul e Cristian Mohr de Blumenau, aguardam com ansiedade e preparam-se para a temporada 2012 da categoria mais charmosa da Stock Car

Um piloto à espera para voltar a acelerar um carro de corridas sente-se tão ansioso ou até mais que o craque sedento por gols antes do clássico no futebol. Se por um lado a cobrança pessoal por resultados é grande, por outro, o desejo e a satisfação de poder tentar fazer a sua parte é igualmente prazerosa. É assim que a dupla Norte Catarinense da Mini Challenge Brasil, composta pelos experientes pilotos Kreis Jr., de Jaraguá do Sul, e Cristian Mohr, de Blumenau, sente-se há aproximadamente dois meses antes do inicio das corridas, com um misto de ansiedade pelo apagar das luzes vermelhas, e desejo em trazer o melhor resultado para Santa Catarina.

Agora conhecendo melhor a categoria e o carro, depois de ter participado de toda a temporada 2011 com os pequenos ferozes da Mini Challenge Brasil, conquistando cinco pódios nas sete corrida que esteve no grid, dentre estes a espetacular vitória em uma das duas corridas preliminares da Corrida do Milhão, evento diferenciado da Stock Car, Kreis Jr. fala da real possibilidade de evoluir na categoria como piloto e da capacidade da nova dupla.

Espero estar ainda melhor neste ano e competir ainda mais entre os primeiros colocados das corridas, pois estou mais adaptado ao carro e se tudo estiver conforme, é possível sim brigarmos à frente”, relatou o experiente piloto jaraguaense, que completou: “Vale lembrar que vou contar com o Cristian Mohr como novo integrante da dupla, um piloto com longa experiência e capacidade. Esperamos agora brigar pelo título dentro das três provas do final de semana, sabemos que teremos fortes adversários, mas será ainda mais divertido e prazeroso”, reforçou Kreis Jr.

O piloto Jaraguaense sabe da importância de competir em cada corrida como se fosse decisão de um título. “A Mini Challenge Brasil, embora incorpore vários 'gentleman drivers' [pilotos que não fazem das corridas uma profissão ou atividade principal] é composta por muito talento arrojo e determinação. Quem entra nesta disputa entra para vencer ou vencer, assim, engana-se quem pensa que é uma 'brincadeira'. É preciso muita dedicação, conhecimento, evolução e empenho em cada prova até porque um bom resultado nas três disputas de cada final de semana será essencial para a melhor colocação no campeonato”, informou Kreis Jr., que finalizou agradecendo aos patrocinadores e apoiadores: “Quero agradecer a Raumak Maquinas e a SMC, junto com o apoio da Onron, Cosmos Turismo, General Belt e Studio FM que estão viabilizando minha participação nesta temporada, bem como toda minha família e amigos que sempre me motivam no inicio de mais uma caminhada”, lembrou o piloto.

CRISTIAN MOHR É A NOVA FORÇA DA DUPLA

Nesta nova temporada, o piloto jaraguaense Kreis Jr. terá novo parceiro na pilotagem do Mini Challenge de corridas de numeral 71, e o nome da nova “fera” é Cristian Mohr, piloto blumenauense de 29 anos que começou a competir no Kart em 1998 obtendo bons resultados e títulos em várias competições nos últimos anos, entre estes, vice-campeão no Sul-Brasileiro de Kart (2002), Campeão Paranaense de Marcas GNV (2004), além do vice-campeonato no Paulista de Marcas & Pilotos (2011), este, o principal campeonato de Marcas em pista de asfalto do Brasil. Além destes títulos, Cristian também fez excelente participações com vários bons resultados no Campeonato Brasileiro de Marcas e na extinta Copa Renault Clio Brasil, além de ter conquistado a quinta posição final em sua prova de estreia na Mini Challenge em 2011, onde competiu por duas oportunidades. Cristian Mohr é filho do conhecido multi-campeão piloto catarinense de Marcas, o empresário Max Mohr e certamente é um nome de capacidade que chega para reforçar ainda mais as chances da dupla na temporada.

Quero inicialmente agradecer ao convite do Kreis Jr. para competir em parceria nesta temporada, e agradecer assim a confiança depositada em mim, fiquei realmente muito contente com a possibilidade”, lembrou Cristian Mohr. Sobre a Mini Challenge, o piloto blumenauense relatou: “Quanto a categoria gostei muito de ter participado de duas etapas no último ano na Mini Challenge, pois é uma categoria que tem um belo carro, está dentro de um grande evento, tem excelente público e um nível de competitividade bastante elevado, mesmo não sendo uma categoria profissional, isto motiva a pilotos como eu, que sou administrador de empresas e não tem tempo para se dedicar muito”, lembrou o jovem piloto sobre a importância de um campeonato nacional para pilotos que não fazem das corridas sua principal atividade, e reforçou: “O meu parceiro também está na mesma situação e também a grande maioria dos nossos adversários. Hoje, Stock Car, Copa Petrobras de Marcas e Copa Línea são categorias que tem pilotos profissionais e são extremamente caras. Outra vantagem da Mini é poder dividir o carro para baratear estes custos. O carro é muito bom de guiar tem um bom motor, um ótimo chão e um excelente freio; realmente é muito prazeroso e competitivo”, frisou Cristian.

Sobre suas chances na nova temporada que se inicia nos dias 24 e 25 de março em Interlagos, SP, Cristian Mohr tem um bom prognóstico: “Tenho boas expectativas para 2012, pois tenho como parceiro um piloto rápido, experiente e que já está dentro da categoria obtendo excelentes resultados. Eu pessoalmente espero aprender bastante com o Kreis Jr. e assim somarmos juntos grandes conquistas. Acredito que temos condições de andar no pelotão da frente e terminarmos bem o campeonato”, reforçou o blumenauense.

Para finalizar, o novo parceiro de corridas de Kreis Jr. agradeceu a todos que o apoiaram nas pistas. “Para finalizar, gostaria de agradecer sempre o apoio do meu pai que foi o meu principal incentivador desde o meu início no Kart, da minha esposa que sempre me ajuda muito, do meu sogro que sempre foi uma força, de toda família e amigos, além dos meus principais patrocinadores Max Mohr Grupo, Taschibra e Sistema Mormix”, finalizou Cristian Mohr.

Fonte: Ponto de Fuga Editora Ltda ME. / Claudio Hreczuck

segunda-feira, janeiro 23, 2012

Faleceu Tibiriçá de los Santos, piloto do Renault "Rabo Quente" 1948 da Copa Classic


A família da Copa Classic está de luto, faleceu neste domingo, às 19h, o nosso valente Mário Tibiriçá de los Santos, piloto do Renault 4cv "Rabo Quente" #34

Tibiriçá lutava há oito meses contra um câncer no esôfago. Sua última participação em corridas foi na 2ª etapa 2011 da Copa Classic, em Guaporé, chegando em 2º na categoria A. Foi vice-campeão da categoria e chegou a receber seu troféu, levado por Fabiano Zanon, coordenador da categoria.

Os coordenadores da Copa Classic, em nome da categoria, de seus pilotos e amigos, lamentam a perda deste grande ser humano.

Fonte: Niltão Amaral - Divulgação/Copa Classic RS

24 Horas de Daytona: Fittipaldi inicia luta pelo bicampeonato na 50ª edição da prova


Brasileiro disputa corrida pela sétima vez e estará a bordo do Chevrolet / Corvette de número 5 da equipe Action Express. Canal Speed transmite a prova para o Brasil

A 50ª edição das 24 Horas de Daytona começa a ser disputada a partir desta quinta-feira (26), em Daytona Beach, na Flórida (EUA). Com 60 carros inscritos (nas categorias DP e GT), a tradicional prova de endurance terá sua largada no sábado (28), às 18h30 (de Brasília - 15h30 no horário local).

O brasileiro Christian Fittipaldi, que já foi campeão das 24 Horas de Daytona em 2004 e terminou em terceiro no ano passado, estará na disputa, em busca de seu bicampeonato. O piloto vai guiar o Chevrolet Corvette de número 5 e terá como companheiros na equipe Action Express os norte-americanos David Donohue e Darren Law na categoria DP (Daytona Prototype).

Nesta segunda-feira (23), todos estiveram reunidos na sede da equipe, em Charlotte, onde treinaram as trocas de pilotos, antes de partirem para Daytona.

Os treinos no circuito começam na quinta-feira. Serão realizadas três sessões de treinos livres e já haverá a definição do grid de largada.

Nos treinos coletivos, no início do mês, Fittipaldi, Donohue e Law andaram muito bem, finalizando três das oito sessões de testes na liderança, além de estarem sempre entre os quatro mais rápidos.

"Estamos bastante animados e a equipe vem bem preparada para essa disputa. Sem dúvida, vai ser uma prova emocionante como sempre, mas ainda mais especial em virtude das 50 edições da corrida. Acredito que temos boas chances de largar entre os cinco primeiros. Na corrida, conta a estratégia e a consistência do carro para agüentar uma maratona de 24 horas", comenta Fittipaldi, único brasileiro a ter competido nas três principais categorias do automobilismo internacional (F-1, F-Indy e NASCAR).

Em 2011, o piloto chegou perto do bicampeonato, também defendendo a Action Express, a bordo de um Porsche/Rilley. "Acredito que a equipe evoluiu ainda mais este ano. Estão todos muito focados no objetivo de sairmos da prova com o melhor resultado possível e vamos fazer de tudo para isso", completou o brasileiro.

A prova abre o calendário da categoria Grand-Am nos Estados Unidos. O canal Speed transmite as oito primeiras horas da disputa e as oito horas finais ao vivo para o Brasil.

Confira a programação para as 24 Horas de Daytona (horários de Brasília):

Quinta, dia 26
13h00 às 14h30 - Treinos Livres
16h30 às 17h30 - Treinos Livres
18h45 às 19h00 - Classificatório DP
21h30 às 23h30 - Treinos Livres

Sexta, dia 27
12 às 12h45 - Treinos Livres
14 às 15h00 - Treinos Livres

Sábado, dia 28
18h30 - Largada

Domingo, dia 29
18h30 - Chegada

Acompanhe o piloto Christian Fittipaldi pelo twitter: @fittitweet

Fonte: FGCom - Fernanda Gonçalves / Andre Stepan
Foto: Chris Ladouceur - Action Express / Christian Fittipaldi

Dica de vídeo: Copa Pinhais de Marcas e Pilotos



Enquanto aguardamos o início da temporada 2012 da Copa Pinhais de Marcas e Pilotos, cuja primeira etapa acontecerá nos dias 10 e 11 de março, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), que tal rever este vídeo divulgado pela Associação de Pilotos do Paraná e Santa Catarina, com um resumo sobre as disputas durante a oitava etapa do certame de 2011.

domingo, janeiro 22, 2012

"Coelhos" largam primeiro no Transparaná 2012


Equipe da organização já pegou a estrada para checar rota do rali de regularidade que começa nesta segunda-feira (23)

Enquanto competidores do Transparaná 2012 ainda estão em Guaíra para participar, neste domingo (22), da abertura oficial do evento e do super prime, que vai definir a ordem de largada do 18º Transparaná - Troller 2012, um grupo de três "coelhos", como são chamados, saiu neste domingo de Guaira para fazer o trajeto da prova com a importante missão de verificar as condições de trilhas e estradas para resolver eventuais problemas que surgiram após a realização da prova experimental.

Pela rapidez que precisam ter para deixar o caminho livre e sem problemas para os competidores, é que esses integrantes da organização são conhecidos como "coelhos". "Eles precisam checar se não houveram eventuais deslizamentos de terra, árvores caídas no meio do caminho e outros problemas que possam atrapalhar o andamento da competição", explica o presidente do Jeep Clube de Curitiba, Odair de Oliveira.

O 18º Transparaná - Troller 2012 começa nesta segunda-feira (23), largando de Guaíra, no oeste do Paraná. Depois de passar por diversas cidades do estado, finaliza o percurso no sábado (28), na praia de Caiobá, em Matinhos, no litoral do estado, após seis dias de prova em meio a lama e poeira de trilhas e estradas do Paraná.

Texto: NCA Comunicação - Bebel Ritzmann
Foto: Mary Derosso

Irmãos Fernandes e CF Motorsport colhem primeiros frutos em seu início de carreira

Boa performance já rendeu apoio da Vagabond´s a Guilherme e Miguel

Nascida da necessidade de gerenciar a carreira dos jovens irmãos Miguel e Guilherme Fernandes (Vagabond´s), a CF Motorsport - assim como seus pupilos - começam a colher os primeiros resultados efetivos dentro da pista. Depois de iniciarem a prática do kartismo no ano passado, com apenas cinco anos, os meninos tiveram seu processo de aprendizado antecipado nos primeiros dias de 2012.

E, participando da 1ª etapa da Copa Verão de Aldeia da Serra, em Barueri (SP), os meninos ficaram com o 4º e 5º lugar na tomada de tempos e terminaram sua primeira corrida na 5º e 6ª posição. O principal detalhe, no entanto, ficou por conta do fato de eles terem sido os únicos pilotos da Mirim em meio a adversários de uma categoria acima, a Cadete.

"Eles superaram nossas expectativas, tanto nesta primeira fase de aprendizado quanto em sua estreia em corridas", diz Claudio Fernandes, da CF Motorsport, criada para dar aos meninos a completa infra-estrutura para a prática do esporte a motor, gerenciando, planejando, monitorando e administrando todos seus passos neste início de carreira.

Em 2012 Miguel e Guilherme Fernandes participarão de algumas provas específicas de campeonatos pré-definidos. Elas servirão como "provas-treino", para que os pequenos pilotos tenham seu processo de aprendizado reforçado.

O sucesso de suas carreiras é tido como certo. No Kartódromo Aldeia da Serra, onde a equipe dos meninos, a Ribeiro Competições, tem sua sede, Guilherme e Miguel já são pilotos conhecidos por seu bom desempenho. "Os meninos são muito dedicados nos treinos e a cada atividade comprovamos um desenvolvimento muito rápido", garante Toninho, o chefe de equipe da Ribeiro Competições.

A própria Ribeiro Competições é uma das apostas da CF Motorsport para o bom desenvolvimento de Guilherme e Miguel Fernandes (Vagabond´s). "A equipe está inserida no kartismo brasileiro há mais de 10 anos. E tem inúmeras conquistas neste período, como três títulos brasileiros, um título no Paulista, cinco no Light e, mais recentemente, a vitória nas 6 Horas de Aldeia da Serra", elogia Claudio Fernandes.

As boas performances dos irmãos Fernandes já garantiram para a dupla o apoio da respeitada Vagabond´s, que atua na venda de pneus e rodas esportivas e mantém um centro automotivo.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer