sexta-feira, maio 31, 2013

Seletiva para o KWC movimenta o Velopark no fim de semana

Desde quinta-feira, os pilotos participantes da Seletiva Velopark ao KWC puderam sentir um pouco do que vem pela frente na competição. Com a liberação do novo traçado da pista VP1500 para os treinos, kartistas de várias partes do país já chegaram à Nova Santa Rita.

“É um traçado bastante desafiador, que exige muita habilidade dos pilotos no contorno do miolo”, explica Mauro Bala, diretor do kartódromo. Fábio Konrad, campeão do Red Bull Kart Fight 2012, deu suas primeiras voltas no kartódromo e aprovou a qualidade da pista.

“Eu estou acostumado a correr em pistas com desníveis, subidas e descidas. É muito bom poder correr em uma pista lisa como essa aqui”, conta ele. Os novos karts também já foram testados e estão preparados para a competição. Serão 25 novos karts, frutos da parceria com a Metalmoro e a Similar Equipamentos. As primeiras baterias da competição acontecem a parir das 9h deste sábado.

A Seletiva Velopark tem patrocínio da Ipiranga e Corsa Racing, com o apoio da Red Bull, Claro, Metalmoro e Similar Equipamentos.

Fonte: Velopark

quinta-feira, maio 30, 2013

Matheus Leist é campeão na categoria mais importante do GP Nacional

Título rendeu participação no Mundial X30 na França e teste com Fórmula 3 da equipe Cesário

Foi um final de semana perfeito para Matheus Leist (TMA Competições), um final de semana de conquista de título nacional e de dois prêmios extremamente significativos. A festa do piloto gaúcho foi em Vespasiano, na grande Belo Horizonte (MG), onde foi disputado o GP Nacional, principal evento brasileiro do primeiro semestre do kartismo brasileiro.

Leist competiu na principal categoria do evento, a Sudam, que reuniu 20 dos principais pilotos brasileiros. E mostrou uma pilotagem impecável e, especialmente na Final, uma estratégia cerebral para conquistar o título. Até chegar à Final, Matheus Leist já havia mostrado que era um dos candidatos ao título com dois resultados interessantes, que o colocaram na primeira fila do grid de largada da decisão, em segundo.

Dada a largada para a Final, Matheus Leist "comboiou" o líder André Nicastro, um dos maiores vencedores do kartismo brasileiro, por muitas voltas e o superou quando faltava pouco para o encerramento. "O Matheus andou junto com o Nicastro, sem atacá-lo, até perceber que o tempo do líder se estabilizou, ou seja, que o rendimento do adversário havia chegado ao limite. E aí, mais rápido, deu o ‘bote’, passou e abriu", resumiu José Carlos Spier, o Nico, responsável pela logística de Matheus e de seu irmão Arthur. 

Arthur Leist, por sua vez, competiu na categoria Júnior Menor, e obteve um 6º lugar depois de mostrar muita combatividade e recuperação. O piloto de Novo Hamburgo (RS) bateu na primeira bateria e teve que imprimir um bom ritmo na segunda prova para poder largar em 6º na Final. Na largada da prova decisiva Arthur Leist (TMA Competições) perdeu diversas posições e figurou entre os últimos colocados nas primeiras voltas. Com um ritmo intenso, o piloto recuperou várias posições perdidas e terminou na 6ª colocação. 

"O Arthur também teve um belo desempenho, mas foi prejudicado por algumas situações nas provas, o que não invalida seu ótimo momento, pois ele vem conquistando ótimos resultados e vitórias na Júnior Menor", avalia Spier.

O ótimo momento de Matheus e Arthur Leist se deve a vários fatores, mas o principal deles é o trabalho de diversos profissionais. "Temos que agradecer a muitos, pois todos ‘deram as mãos’ e se uniram em torno de um objetivo, que vem sendo alcançado a cada evento. Agradecemos a Techspeed, na pessoa de Rogério Naspolini e Neco, aos preparadores Wendell e Ricardo pelo ótimo acerto do chassi, ao Dudu Dieter pelo motor de ótimo desempenho. Graças a eles o time se tornou forte e as vitórias chegaram", finaliza Spier.

Pela conquista do GP Nacional, Matheus Leist recebeu como prêmio a participação no Mundial X30, que será disputado na França em outubro, e um teste com um carro da Fórmula 3, da equipe Cesário Fórmula.

No próximo sábado (1º de junho) Arthur e Matheus Leist estarão em Interlagos, São Paulo, para a disputa da 5ª etapa da Copa São Paulo Light.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Flávio Quick

quarta-feira, maio 29, 2013

Equipe joaçabense é destaque na Turismo Clássico Catarinense


Com sede em Joaçaba, a BRUNO RACING vem se destacando nos últimos anos no Automobilismo Catarinense, e nesta temporada 2013 a equipe acumula 4 vitórias e 2 pole positions nas duas etapas realizadas na categoria “A” da TCC (Turismo Clássico Catarinense)

Sob o comando do experiente preparador Bruno Rossa, os pilotos Társis Hildebrando, de Herval Velho, e Francis Trennepohl, de Florianópolis, venceram as provas realizadas em São Bento do Sul e Lontras, respectivamente.

Na 1ª etapa Társis fez a pole e venceu de ponta a ponta, enquanto na 2ª etapa o feito foi repetido por Francis no último final de semana em Lontras.

Com os resultados, a BRUNO RACING aparece nas duas primeiras colocações na classificação geral da TCC “A”, com a liderança de Francis Trennepohl, com 90 pontos, seguido por Társis Hildebrando com 86,5 pontos.

Para o preparador Bruno Rossa, este resultado é fruto de muita dedicação e empenho nos carros. “Trabalhamos exaustivamente para que nossos pilotos tenham as melhores condições para buscar as vitórias, mesmo tendo uma estrutura enxuta e com poucos recursos, e acima de tudo, sempre respeitando nossos adversários, que muito antes de serem adversários são companheiros de pista”, destaca Bruno.

Ainda nesta temporada a TCC desembarca em Joaçaba, e Bruno quer buscar a vitória “em casa”. “Procuramos deixar os carros em condições iguais e dentro da pista os pilotos fazem a sua parte com muita responsabilidade e competência, então vamos buscar em casa repetir o “1-2” (1º e 2º lugares) que fizemos em São Bento do Sul e em Lontras”, finaliza o preparador Bruno Rossa.

Texto: F2 Assessoria & Comunicação
Imagens: Jimmi Torres - Barulho de Motor

Fábrica de chassis Thunder conquistou o GP Nacional na categoria Super Master

Mineiro Fernando Buzollo partiu da 10ª posição para sagrar-se campeão

A Thunder Racing, equipe oficial da fabricante de chassis Thunder, e o piloto mineiro Fernando Buzollo conquistaram no último sábado (25) o título do GP Nacional, competição disputada por mais de 100 pilotos no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte (MG). 

Buzollo, que competiu na categoria Super Master, dominou os treinos oficiais e também a tomada de tempos, garantindo o primeiro lugar no grid de largada da primeira bateria classificatória. Porém, o que poderia se encaminhar de forma positiva, deu-se justamente ao contrário na primeira e na segunda classificatória.

Ainda nos primeiros momentos após a largada, na primeira curva do circuito, Buzollo foi tocado por um concorrente e caiu para a última posição. Porém, com ótima recuperação e volta mais rápida da prova, o mineiro ainda terminaria a prova em 11º. A segunda classificatória também foi acidentada para Buzollo, que teve a frente de seu kart danificada em uma batida, mas mesmo assim recebeu a bandeirada em 9º.

A soma dos pontos obtidos nas duas provas classificatórias colocaram Fernando Buzollo, que integra a equipe BF Racing, na 10ª posição do grid de largada da Final, cujo vencedor seria o campeão do GP Nacional 2013. E foi aí que tudo mudou.

Em uma corrida impecável e sem erros, Fernando Buzollo foi conquistando posições até chegar ao primeiro lugar, e depois à vitória e ao título, com direito a marcar a volta mais rápida da prova.

O balanço é positivo: competindo com o chassi Thunder, Fernando Buzollo conquistou três títulos mineiros, um vice na Copa das Federações, um 3º lugar na Fórmula Minas e agora o titulo do GP Nacional. "Isso mostra o bom trabalho que piloto e fábrica estão realizando juntos", comemorou Jamil Correa, da Thunder Racing.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Flávio Quick

Mário Diego Broering vence em Lontras e assume a vice liderança da Stock Car Opala “A”

O piloto Mário Diego Broering, de Palhoça, venceu a 3ª etapa do Campeonato Catarinense de Automobilismo realizada em Lontras no último final de semana

Com a vitória o piloto soma agora 74 pontos e é o vice líder da categoria Stock Car Opala “A”, apenas 4 pontos atrás do blumenauense Elton Sewald, que soma 78 pontos. “Conseguimos um excelente acerto no carro e fizemos uma prova consistente, mantendo um ritmo forte, e com isso alcançamos nosso objetivo que era a vitória”, disse Mário Diego.

Com este resultado, Mário Diego também assumiu a liderança do Interestadual Paraná/Santa Catarina. “Estamos muito satisfeito com estes dois resultados e vamos lutar pelos dois títulos, mesmo sabendo que temos adversários muito fortes”, finalizou o piloto, que tem o patrocínio do Feirão de Móveis, Artely, Colchões Ortobom, Fabone Móveis Tubulares, Meyer Móveis, Nova Era Representações, Fogões Braslar e Seriplot Impressão Digital.

Texto: F2 Assessoria & Comunicação
Foto: Ingo Hofmann

José Muggiati Neto reafirma ótima temporada e vence 3ª etapa da Copa Sul no Beto Carrero

Paranaense cumpriu boa estratégia comandada pelo preparador Irineu Rosa

Mostrando que sua primeira temporada no kartismo rendeu ótimos ensinamentos, o paranaense José Muggiati Neto conquistou mais uma vitória na Cadete. O triunfo da vez foi no último sábado (25) em Santa Catarina, no Kartódromo Beto Carrero, em prova válida pela 3ª etapa da Copa Sul de Kart.

Tudo começou por bons treinos na sexta-feira, primeiro dia em que Zezinho e sua equipe I R Competições, comandada pelo preparador Irineu Rosa, foram à pista. O bom rendimento do piloto e de seu equipamento seguiu no treino de aquecimento no sábado pela manhã e na tomada de tempos, quando o paranaense conquistou a pole position.

A primeira bateria foi de muitas disputas e trocas de posição entre Muggiati e o catarinense João Vitor Barcelos, que resultou em um 2º lugar para o paranaense. "O Irineu traçou uma estratégia de decidir tudo apenas na segunda bateria, ‘esconder o jogo’, na verdade", lembra José Muggiati, pai de Zezinho.

Largando por fora na segunda bateria, José Muggiati Neto - que tem como "coach" o multicampeão André Nicastro - logo conseguiu se colocar na fila de dentro e passou a acompanhar Barcelos, que vencera a primeira prova do dia. Os dois novamente fizeram ótimos e limpos duelos, quando chegaram a trocar de posição por cerca de quatro vezes. Na penúltima curva da última volta Muggiati deu o bote, passou Barcelos e venceu a bateria e, por consequência, a etapa.

"Cumprimos mais uma missão, desta vez com uma importante vitória e uma briga bonita e limpa", comemorou o pai de Zezinho. "Ele seguiu os conselhos do nosso ‘estrategista’ e preparador Irineu Rosa e deu tudo certo. É muito legal ver a comunicação entre o Zezinho e o Irineu dentro da pista e esta integração piloto / equipe tem se traduzido nestas ótimas conquistas", finaliza Muggiati.

O próximo compromisso de José Muggiati Neto está por ser definido e as opções são a terceira etapa da Copa Paraná, em Foz do Iguaçu, ou o Open do Brasileiro, em Vitória (ES), nos dias 8 e 9 de junho.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Mario Ferreira

segunda-feira, maio 27, 2013

Regional da Serra repetiu sucesso e levou 68 pilotos à Farroupilha (RS) para sua 2ª etapa

Campeonato faz pausa de dois meses e volta com força total no início de agosto

Foi, novamente, uma grande festa para o kartismo gaúcho. Com tempo firme, sol e pista seca, o Regional da Serra confirmou sua força e, apesar de não ter batido o recorde de inscritos, reuniu 68 pilotos em cinco categorias para a disputa de sua 2ª etapa no último domingo (26) em Farroupilha (RS).

"Gostaríamos de ter alcançado os 80 inscritos que pretendíamos, mas alguns pilotos não puderam comparecer pelos motivos mais diversos", avalia Erno Drehmer, o promotor do evento. "Isso, no entanto, não impediu que repetíssemos o sucesso da 1ª etapa em todos os sentidos. Tudo correu bem, dentro e fora da pista, e o Regional da Serra mantém sua tradição de ótimos grids, iniciada pelas mãos do Carlos Giacomello e do Bepi", continua, referindo-se aos criadores da competição.

Na pista, como não poderia deixar de ser, ótimas disputas - especialmente na Fireball, que reuniu 25 karts em suas duas divisões -, e nas outras quatro categorias, que igualmente mostraram sua força e belas "brigas" pela vitória.

A Fireball teve vencedores diferentes da primeira etapa e desta vez quem levou o primeiro lugar para casa foram Cleiton Zimmermann - que venceu as duas baterias em sua classe e na geral - e Jairo Kobe. Zimmermann, inclusive, assumiu a liderança na Sprinter, enquanto que Francisco Souza, vencedor da 1ª etapa, se manteve líder na Master. Carlos Duarte e Arthur Metzdorf, vencedor na 1ª etapa, fecharam os três primeiros na Sprinter, enquanto que Souza e Ricardo Audino foram o 2º e 3º na Master.

Mauricio Stapassola também venceu as duas baterias, mas na Speed Kart, que teve Rafael Moreira em segundo, mantendo a liderança do Regional da Serra. A Speed Kart, assim como a Fireball, teve novos pilotos no grid, mas também viu alguns dos participantes da abertura não repetindo sua participação. Nos dois casos, a expectativa é de que o número cresça na próxima etapa, com a volta de alguns competidores.

A Cadete, com oito pilotos na pista, teve a vitória geral de Augusto Rotta, em dobradinha com o amigo e companheiro de equipe Gabriel Pires. Rotta venceu a segunda bateria, enquanto que Henrique Vieira - o 3º na etapa - ganhou a primeira prova do dia. Pires, regular com seus dois segundos lugares, foi o 2º no pódio. A liderança, no entanto, se manteve nas mãos de Henrique Vieira.

Dividida em duas, a TaG teve vitórias de Júlio Pires e Francesco Ventre, que empataram em pontos, já que obtiveram também um segundo lugar. No desempate, vitória de Ventre na etapa, que agora assumiu a liderança isolada em sua categoria. A TaG Super teve domínio de piloto estreante na categoria: Saulo Rudeck, que na abertura correu na Fórmula Sênior, foi o primeiro após vencer as duas baterias. O líder, entretanto, permanece sendo Milton Zili, que vê a perigosa aproximação de Claudir Binsfeld e Alexandre Steffenon, apenas um ponto atrás.

Outro estreante no campeonato foi o vencedor das duas baterias, agora na Fórmula Graduados. André Vollmer, que não correu na abertura em março, não deu chances aos adversários e dominou as provas, sempre com Renan Busse - o novo líder do campeonato - em segundo. Na Fórmula Sênior Cláudio de Moraes manteve a regularidade e se tornou o único que venceu as quatro baterias até aqui. Com isto, ele disparou na liderança e tem atrás de si Dirceu Thomé, 3º colocado na etapa. Fernando Wortmann, que também estreava, foi o 2º.

O Regional da Serra agora terá um intervalo de pouco mais de dois meses e volta à cena em agosto, nos dias 3 e 4, novamente em Farroupilha (RS). O Regional da Serra tem o apoio da Birel Sudam, Ciabe, Grupo Uniserv, IR Criações, JB Parts (Ibea, JB Righetti e Ital Sistem), Kart Mini, Mega Kart, Megstar, MG Pneus, NA Carrera, Pablo Racing, Paralego, P Racing, RBC Preparações, Speed Pneus, Techspeed, Thunder, Tecnokart e ULV.

"Quero agradecer, mais uma vez, aos pilotos que estiveram em Farroupilha e que acreditam no Regional da Serra, e às empresas que apoiam a realização deste campeonato", diz Erno Drehmer. "E um agradecimento especial aos pilotos que estiveram um dia antes em outro campeonato, em Santa Catarina, e que fizeram um esforço muito grande para chegar no domingo a tempo de disputar mais esta etapa", finaliza.

Confira o resultado da etapa após a soma dos pontos das duas baterias:

FIREBALL SPRINTER
1 Cleiton Zimmermann - 30 pontos
2 Carlos Duarte - 24
3 Arthur Metzdorf - 18
4 Flávio Azevedo - 11
5 Saulo Ramos Filho - 10
6 Daniel Claudino - 10
7 Eduardo Ryan / Nicola Guerrieri - 6
8 Rômulo Nascimento - 5
9 Sérgio Schunck - 4
10 Alessandro Clezar - 4
11 Daniel Prado - 3
12 Lucas Girotto - 3
13 Edilvano Paes - 2
14 Matheus Castro - 2
15 Vilson Viapiana - 0

FIREBALL MASTER
1 Jairo Kobe - 25 pontos
2 Francisco Souza - 24
3 Ricardo Audino - 16
4 Felippe Almeida - 15
5 Beto Bandeira - 14
6 Cezar Cauduro - 12
7 Emilio Otto - 9
8 Conrado e Nicolas Freitag - 7
9 Davi Oliveira - 6

SPEED KART
1 Mauricio Stapassola - 30 pontos
2 Rafael Moreira - 24
3 Juliano Sebben - 16
4 Rogério Daltoé - 16
5 José Augusto Braga - 10
6 Wagner Casagrande - 9
7 Evangelo Antunes - 7
8 Maurício Martins - 6
9 Camila Valduga - 5

CADETE
1 Augusto Rotta - 25 pontos
2 Gabriel Pires - 24
3 Henrique Vieira - 20
4 Jean Vitor Boniatti - 16
5 Filipi da Cás - 14
6 Breno Rubin - 12
7 Eduardo Lazzari - 9
8 Artur Cousseau - 6

TaG SUPER
1 Saulo Rudeck - 30 pontos
2 Alexandre Steffenon - 20
3 Saulo Ramos - 16
4 Giovani Dalmina - 12
5 Claudir Binsfeld - 10
6 Milton Zili - 5
7 Rui Perin - 0

TaG
1 Francesco Ventre - 27 pontos
2 Julio Pires - 27
3 Jeferson Abel - 18
4 Fernando Pastro - 16
5 Marlo Binsfeld - 14
6 Leonardo Freire - 10
7 Paulo Braga - 0

FÓRMULA GRADUADOS
1 André Vollmer - 30 pontos
2 Renan Busse - 24
3 Cláudio de Moraes - 16
4 Pedro Marques - 15
5 Franco Pasquale - 14
6 Saulo Ramos Filho - 13
7 Wagner Jacovenko - 8

FÓRMULA SÊNIOR
1 Cláudio de Moraes - 30 pontos
2 Fernando Wortmann - 24
3 Dirceu Thomé 20
4 Marcelo Moraes - 8
5 Silvano Fernandes - 8

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Idalicio Umpierre | IR Criações

sexta-feira, maio 24, 2013

Guaporé recebe Gaúcho de Endurance e Copa Classic


Regional da Serra chega à sua 2ª etapa com expectativa de quebra de recorde de inscritos

Prova será em Farroupilha, no Rio Grande do Sul, e promotor espera 85 pilotos

É com expectativa de quebra de recorde que se aproxima a 2ª etapa do Campeonato Regional da Serra, criado e administrado com maestria pela dupla Carlos Giacomello e Bepi em 2011 e agora organizado por um novo promotor, Erno Drehmer. A etapa está marcada para o próximo final de semana, dias 25 e 26, e são esperados cerca de 85 pilotos em Farroupilha (RS).

A primeira rodada teve 71 pilotos e chegou próximo ao recorde de 79 competidores, estabelecido em 2012 quando da etapa que antecedeu o Sul-Brasileiro. "Temos todos os motivos do mundo para estarmos otimistas quanto a chegar a 85 pilotos neste final de semana", aposta Erno Drehmer. "A primeira etapa foi bem organizada, tudo deu certo e o campeonato tem um forte atrativo, que são os R$ 45 mil em prêmios oferecidos pelas principais fábricas do kartismo nacional, além do baixo custo para os pilotos", continua.

Outra forte expectativa diz respeito à Fireball. Na primeira etapa foram 27 karts na pista, número que pode se aproximar de 35, segundo a própria categoria. "Os 27 pilotos da primeira etapa já elevaram a Fireball a uma categoria singular em termos estaduais quando se fala em quantidade de karts na pista. Chegarmos a mais de 30 será algo praticamente inédito em um campeonato de porte modesto como o nosso, realizado longe dos grandes centros", avalia o promotor.

O Regional da Serra 2013, assim como em seus primeiros dois anos, tem como base o baixo custo. As inscrições custam apenas R$ 230,00 e o combustível e pneus são por conta dos pilotos, exceção feita à TaG, que utiliza um jogo de pneus novos a cada duas etapas e tem um controle mais rigoroso no combustível. A Cadete paga R$ 50,00 de inscrição e R$ 150,00 pelo aluguel do motor.

Depois de uma etapa - e duas baterias disputadas - Henrique Vieira lidera na Cadete, enquanto Augusto Fontanella é o primeiro colocado na Fórmula Graduados. Os demais líderes são Claudio de Moraes (Fórmula Sênior), Milton Zili (TaG Super), Jeferson Abel (TaG), Rafael Moreira (Speed Kart), Francisco Souza (Fireball Master) e Arthur Metzdorf (Fireball Sprinter).

A programação do final de semana prevê treinos durante todo o sábado (25) e a realização de um curto aquecimento no domingo pela manhã. Após, os pilotos disputarão a tomada de tempos e as duas baterias para cada categoria. Na página especial criada para o Regional da Serra (http://www.kartmotor.com.br/web/index.php?menu=RegionalDaSerra) é possível acessar diversas informações, como regulamentos, horários, premiação completa, hotel oficial e pontuação, bem como encaminhar a inscrição antecipada e verificar a lista de inscritos para a 2ª etapa.

O Regional da Serra tem o apoio da Birel Sudam, Ciabe, Grupo Uniserv, IR Criações, JB Parts (Ibea, JB Righetti e Ital Sistem), Kart Mini, Mega Kart, Megstar, MG Pneus, NA Carrera, Pablo Racing, Paralego, P Racing, RBC Preparações, Speed Pneus, Techspeed, Thunder, Tecnokart e ULV.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Idalicio Umpierre | IR Criações

Mário Diego Broering de olho em vitória e na liderança da Stock Car Opala “A” em Lontras

O piloto de Palhoça Mário Diego Broering entrará na pista no próximo final de semana para disputar a 2ª e 3ª etapas do Campeonato Catarinense de Automobilismo em Lontras.

O objetivo do piloto é lutar pela vitória nas duas provas e com isso sair de Lontras com a liderança na categoria Stock Car Opala “A”. “No final de março, quando estávamos alinhando os carros para realizar a nossa bateria a chuva veio e acabou cancelando a prova, então neste final de semana iremos disputar uma prova válida pela 2ª etapa e outra pela 3ª, e nosso objetivo é buscar pontos e lutar por vitórias”, disse Mário Diego.

Juntamente com a 3ª etapa do Campeonato Catarinense será realizada a 1ª etapa do Interestadual PR/SC, e o piloto também quer se destacar neste certame. “O Interestadual não era realizado a 22 anos, então há muita expectativa por parte de todos e sabemos que além dos nossos tradicionais adversários que temos em Santa Catarina enfrentaremos excelentes pilotos do Paraná, mas vamos buscar um acerto bom pro carro e tentar vencer pela primeira vez em Lontras”, encerrou o piloto, que tem o patrocínio do Feirão de Móveis, Artely, Colchões Ortobom, Fabone Móveis Tubulares, Meyer Móveis, Nova Era Representações, Fogões Braslar e Seriplot Impressão Digital.

A programação inicia neste sábado, dia 25, a partir das 08:30 horas da manhã.

Texto: F2 Assessoria & Comunicação
Foto: Jimmi Torres (www.barulhodemotor.com.br)

Victor Miranda venceu e comemorou final de semana excepcional na 3ª etapa da Fórmula Júnior

Paulista marcou 28 pontos no Velopark e reaproximou-se dos primeiros colocados 

Uma vitória, 28 pontos e uma recuperação excepcional na tabela de classificação. Assim foi o final de semana da 3ª etapa da Fórmula Júnior para o paulista Victor Miranda (Medabil | Cimax | Sanhidrel | Terram | Anglo | Olhadela | Alma Lavada), que disputou a rodada no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS) entre os dias 24 e 26 de maio.

Piloto da Nafta Motorsport, equipe comandada pelo preparador Noel Teixeira, o "Paulista", Miranda - pole position da 1ª etapa em Tarumã - esteve rápido durante todos os treinos e confirmou seu desempenho na tomada de tempos, quando no final da tarde de sábado obteve um lugar na segunda fila do grid de largada, em quarto. 

No domingo, com pista molhada para a 1ª bateria, as duas primeiras voltas foram dadas com o safety car puxando o pelotão. Assim que liberada a pista, Victor Miranda aproveitou a primeira volta para assumir a liderança da competição, extremamente disputada entre os cinco primeiros colocados. Um incidente obrigou uma nova intervenção do carro de segurança, que acabou reagrupando todos os competidores mais uma vez.

Na relargada Victor Miranda caiu para a 4ª posição, mas, com muita prudência e segurança e ao mesmo tempo uma boa dose de arrojo no piso molhado, o paulista ultrapassou dois adversários e contou com o abandono do líder para mais uma vez assumir a liderança, agora em definitivo. Com tempos rápidos e constantes, Miranda se distanciou do segundo e venceu a primeira prova do dia, tornando-se o único pole a conquistar uma vitória até aqui.

A segunda bateria foi disputada no início da tarde e foi marcada por muita chuva, a ponto de ser encerrada com a presença do safety-car na pista. Nesta, depois de lutar pelas primeiras posições, Victor Miranda (Medabil | Cimax | Sanhidrel | Terram | Anglo | Olhadela | Alma Lavada) terminou em 5º lugar, somando mais oito pontos aos 20 conquistados com a vitória na primeira prova.

"Foi um ótimo final de semana, para me recuperar bem no campeonato. Fui pole em Tarumã e cheguei aqui no Velopark com 12 pontos, em 10º lugar na classificação", lembra Victor Miranda, dono de ótimos resultados em sua carreira no kartismo brasileiro. "Agora somo 40 pontos e subi para o 6º lugar, mas mais do que isso, me aproximei muito dos primeiros colocados. Agradeço à Nafta e agora o foco é total na próxima etapa, no final de junho em Tarumã. Quero mais uma pole, mas desta vez quero também afastar a falta de sorte que tive na primeira etapa. Gostei de vencer e agora quero mais", brinca o jovem piloto, de apenas 15 anos.

Texto e foto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Fórmula 1.6 RS: de carona com Marcelo Giacomello, enfrentando o aguaceiro no Velopark

quinta-feira, maio 23, 2013

Mega Kart teve seis vitórias e dois campeões em três competições do kartismo paulista

Eventos foram disputados nos dois últimos finais de semana, em Aldeia da Serra, Granja Viana e Itu

Dona de um currículo de muitas vitórias nas últimas temporadas, a Mega Kart comemorou nos dois últimos finais de semana excelentes resultados e importantes conquistas em três significativos eventos do kartismo paulista. Vitórias, dobradinhas e conquista de título fizeram parte das alegrias da fábrica de chassis e componentes comandada pelos empresários Waldíbio Ferraz e Marcos Ferreira.

Na Copa São Paulo Light, que teve sua 4ª etapa disputada no dia 11, a Mega Kart viu um de pilotos repetir suas ótimas atuações das etapas anteriores e, assim, Diego Ramos terminou a rodada em segundo lugar. Com o resultado, Ramos conquistou para si e para a Mega Kart o título de campeões do 1º turno do Light na categoria Super Cadete.

No último final de semana, dias 18 e 19, a Mega Kart esteve presente na Granja Viana e em Itu e nestes dois kartódromos mostrou mais uma vez todo o potencial de seus chassis MX. Na Copa São Paulo Granja Viana Nelsinho Stanisci foi o vencedor na categoria DD2, enquanto que Oscar Alves foi o autor da pole e da melhor volta na categoria Executive, saindo da rodada como líder do campeonato e campeão do primeiro turno.

Em Itu, pelo Campeonato Nova Schin, a Mega Kart comemorou cinco vitórias e uma dobradinha, esta na F4 Graduados, com Bruno Lima e André Salmoria. Na F4 Sênior a vitória também coube a um chassi Mega MX, com Gregório Cerveira, fato repetido por Marcelo Arruda na F4 Iniciantes. O jovem Bruno Possenti foi o vencedor na Cadete e, por fim, na Stock Sênior - que compete com motores 2 Tempos - Bruno Lima repetiu a dose e foi o dono da vitória.

"A Mega Kart se sente muito orgulhosa pelos resultados obtidos por nossos representantes nos dois últimos finais de semana em difíceis e equilibradas competições", dizem Marcos Ferreira e Waldíbio Ferraz. "Com isso, a Mega Kart se fortalece cada vez mais, conquistando títulos em todas as categorias de motorização", encerram.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer (MTb/RS 14.706)
Foto: Maurício Villela

terça-feira, maio 21, 2013

Boné da Waf Racing recém saído do forno...

Novo boné da Waf Racing, à venda nas melhores casas do ramo!

Fórmula Júnior teve vitórias de Victor Miranda e Mateus Rouver no Velopark

Provas da quarta etapa foram disputadas sob chuva

Como previsto, a terceira etapa da Fórmula Júnior, disputada neste domingo (19) no Velopark, em Nova Santa Rita (RS), teve duas baterias bastante equilibradas. Mas desta vez, diferente das duas rodadas anteriores, um novo ingrediente na categoria fez com que o campeonato ganhasse novos contornos em sua tabela de classificação, que manteve Victor Matzenbacker na liderança, mas viu diversas mudanças nas posições seguintes.

Prevista para domingo, a chuva realmente apareceu e tornou-se a grande preocupação da direção de provas e do quadro diretivo da Federação Gaúcha de Automobilismo, mentora e criadora da Fórmula Júnior. "Direcionamos o briefing praticamente todo no sentido de que os pilotos realmente tivessem cuidado com o que iriam enfrentar, ou seja, a pista molhada, algo inédito até então na Fórmula Júnior", lembra Antonio Gomes, o Diretor de Prova. "Eles nunca tinham dado sequer uma volta nestas condições e salientamos muito este fato, lembrando-os da diferença de andar no seco e na chuva e de como é diferente guiar na chuva com um fórmula e com um kart", continuou.

As duas provas foram disputadas com pista molhada, especialmente a segunda, quando a chuva foi mais pronunciada e se manteve até o final das demais provas previstas para o final de semana de velocidade no Rio Grande do Sul. A largada da primeira bateria foi com safety-car e quem largou na pole foi a catarinense Bruna Tomaselli, que manteve a ponta por quase uma volta, até rodar na pista molhada. A disputa pela vitória foi intensa, com diversos competidores lutando pela primeira posição, finalmente definida a favor de Victor Miranda, que chegou a cair para o 4º lugar após uma nova entrada do safety-car. A prova teve, inclusive, um terceiro líder, Gabriel Robe, que abandonou após um problema técnico.

"Me classifiquei em 4º na tomada de tempos e a prova foi com pista molhada desde o início. Consegui uma boa adaptação ao traçado molhado, que conhecemos apenas 10 minutos antes da largada, e com um carro muito bom que minha equipe Nascar me entregou, consegui brigar pela vitória", relembra Miranda, que na primeira etapa foi o autor da pole-position. "Larguei bem e na 4ª volta eu já tinha assumido a ponta. Depois, após uma entrada do safety-car, larguei mal e caí para 4º, mas consegui recuperar o primeiro lugar. Somei 30 pontos, muito importantes para me aproximar da liderança, foi um bom crescimento e uma boa recuperação, e agora vamos para a próxima etapa, em Tarumã, onde fui o pole, mas tive falta de sorte nas provas. Vamos em busca de vitórias", completou.

Na segunda bateria a chuva chegou após a largada, quando novas e ferozes disputas foram atração e levaram o sergipano Mateus Rouver até a liderança. A chuva chegou com força e de forma definitiva e ocasionou rodadas. Uma delas gerou a necessidade da entrada do safety-car para o resgate de um dos carros e a prova foi encerrada, voltas depois, com a presença do carro de segurança na pista. Rouver, que em todas as etapas se colocara entre os que brigavam pela ponta, comemorou bastante sua primeira vitória, já que com os resultados o sergipano assumia a vice-liderança do campeonato após ser o piloto que mais somou pontos na etapa.

"É uma sensação indescritível ter vencido pela primeira vez na Fórmula Júnior, esta vitória já vinha ‘batendo na trave’ há algum tempo, pois sempre estive entre os primeiros colocados nas cinco baterias anteriores", vibrou Rouver. "Larguei em 3º e na primeira volta eu já assumi a ponta. Estou muito contente, pois sou o novo vice-líder e consegui diminuir a diferença para o líder. Minhas expectativas melhoraram, pois já vi que posso vencer e me sinto ainda mais confiante em continuar a temporada brigando pelo título", finalizou o piloto da Irineu Racing.

A partir desta etapa, a Fórmula Júnior mudou a formatação do pódio e cada bateria passou a ser premiada de forma separada, não havendo mais um vencedor geral. Assim, Victor Miranda e Mateus Rouver foram os donos do lugar mais alto dos pódios no Velopark.

A próxima etapa da Fórmula Júnior, a quarta da temporada, será disputada entre os dias 28 e 30 de junho, em Tarumã.

Confira o resultado da 1ª bateria:
1 Victor Miranda (SP) - 14 voltas - 20:40.030
2 Victor Matzenbacker (RS) - a 1.264
3 Mateus Rouver (SE) - a 3.330
4 Lucas Alves (RS) - a 4.566
5 Rafael Smaniotto (PR) - a 7.044
6 Bruna Tomaselli (SC) - a 7.564
7 Gustavo Bandeira (DF) - a 11.060
8 Lucas Balbuena (PY) - a 12.984
9 Rodrigo Elger (PR) - a 21.804
10 Bruno Lopez (PR) - a 34.175
11 Lucas Fernandes (MG) - a 1:06.043
12 Vitor Fernandes (MG) - a 1 volta
13 Franco Pasquale (RS) - a 2 voltas
14 Gabriel Robe (RS) - a 5 voltas

Confira o resultado da 2ª bateria:
1 Mateus Rouver (SE) - 12 voltas - 17:09.319
2 Lucas Alves (RS) - a .791
3 Gustavo Bandeira (DF) - a 1.405
4 Rodrigo Elger (PR) - a 2.382
5 Victor Miranda (SP) - a 2.759
6 Victor Matzenbacker (RS) - a 2.870
7 Gabriel Robe (RS) - a 3.575
8 Franco Pasquale (RS) - a 5.890
9 Bruno Lopez (PR) - a 18.305
10 Bruna Tomaselli (SC) - a 21.624
11 Lucas Fernandes (MG) - a 45.297
12 Lucas Balbuena (PY) - a 47.529
13 Vitor Fernandes (MG) - a 3 voltas
14 Rafael Smaniotto (PR) - a 6 voltas

E veja como ficou a classificação do campeonato após a disputa de três etapas duplas(extra-oficial):
1 Victor Matzenbacker (RS) - 96 pontos
2 Mateus Rouver (SE) - 65
3 Lucas Alves (RS) - 50
4 Gustavo Bandeira (DF) - 46
5 Bruna Tomaselli (SC) - 45
6 Victor Miranda (SP) - 40
7 Gabriel Robe (RS) - 39
8 Rodrigo Elger (PR) - 36
9 Rafael Smaniotto (PR) - 20
10 Bruno Lopez (PR) - 18
11 Vitor Fernandes (MG) - 10
12 Lucas Fernandes (MG) - 8
   Lucas Balbuena (PY) - 8
14 Franco Pasquale (RS) - 5

Texto e foto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Lontras recebe etapa do Catarinense de Automobilismo


Copa Fusca: Entre seco e molhado, show no Velopark

Norberto Correa e Rodrigo Dimare venceram

Secos & molhados. Este é o resumo de como ficaram os carros e pilotos da Copa Fusca nesta terceira etapa disputada neste domingo no Velopark. A primeira bateria, disputada no tempo seco e com Tiago Takagi (#54) largando da pole-position, foi vencida por Moacir Fighera (#8), após um duelo com Takagi que ergueu a todos os presentes no autódromo. A dupla ainda teve a companhia de Norberto Correa (#79) a partir da metade final da prova, que chegou a passar Fighera em alguns momentos. Na classe B, a primeira bateria foi vencida por Betinho Martins (#72) seguido de Rodrigo “Sucata” Dimare (#98).

Já a segunda prova foi o oposto. Em um verdadeiro dilúvio, a bateria foi vencida por Norberto Correa, seguido de Tiago Takagi e Fighera. Na classe B, Betinho Martins teve que fazer uma parada extra no box, abrindo caminho para a vitória de Rodrigo Dimare seguido de Paulo Fontes (#14). Na soma das baterias, vitória na classe A de Norberto Correa e na classe B de Rodrigo Dimare.

A Copa Fusca retorna às pistas no próximo dia 30 de junho em Tarumã. Abaixo segue o resultado final da prova deste domingo no Velopark:

Pos. No. Nome Classe Cidade
1 79 Norberto Correa A Santa Maria
2 54 Tiago Takagi A Gravataí
3 8 Moacir Fighera A Santa Maria
4 98 Rodrigo Dimare B Viamão
5 42 Daniel Oliveira A Porto Alegre
6 22 Sergio Rocha/ Leandro da Silva B Porto Alegre/ Gravataí
7 72 Betinho Martins B Porto Alegre
8 52 Noli Ferreira B Gravataí
9 20 Vanderlei Pires B Porto Alegre
10 74 Celso Nunes/ Roberto Souza B Porto Alegre
11 14 Paulo Fontes B Porto Alegre
12 26 Everson Melo A Porto Alegre
13 12 Carlos Guizzo A Caxias do Sul

Fonte: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

José Muggiati Neto colecionou ótimos resultados em final de semana de duplo compromisso

Paranaense competiu na Granja Viana (SP) e em Francisco Beltrão (PR)

O último final de semana foi de intensas movimentações e de duplo compromisso para o jovem José Muggiati Neto, que competiu em dois estados e eventos distintos no sábado e domingo. E foi também um final de semana de ótimos resultados, mais uma vez.

No sábado Muggiati e sua equipe I R Competições, comandada pelo preparador Irineu Rosa, competiram na 4ª etapa da Copa São Paulo, disputada regularmente no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP). Largando em 9º na primeira bateria, o piloto da Cadete fez uma bela prova, superou diversos adversários e na última volta passou Paulo Coelho para vencer a corrida.

Na segunda bateria Muggiati largou em 1º, mas usou como estratégia permanecer na segunda posição. Na penúltima curva da última volta ele tentou repetir a primeira bateria e passou o primeiro colocado, Paulo Coelho novamente. Desta vez, porém, o adversário se recuperou e os dois cruzaram a linha de chegada lado a lado, ficando a vitória com Coelho, por apenas 7 milésimos de diferença.

Às 16 horas de sábado José Muggiati Neto e sua equipe saíram de São Paulo e foram para Francisco Beltrão (PR), onde participariam da 2ª etapa da Copa Paraná, sem ter treinado antes e sem ter tido acesso ao motor da prova e a acertos no equipamento. O paranaense, que competiu também na Cadete, largou em 2º na primeira bateria e terminou-a na mesma posição.

Na segunda bateria, após uma troca de motores, Muggiati largou em 4º e terminou em 2º, mantendo-se na vice-liderança da Copa Paraná na categoria Cadete. "Aconteceram algumas barbaridades nos sorteios dos motores que acho que deveriam ser revistas pelos organizadores da Copa Paraná. Prefiro não entrar em detalhes, mas quem organiza sabe o que aconteceu", reclama José Muggiati, pai de Zezinho, como é mais conhecido o piloto paranaense.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Mario Ferreira

Marcas & Pilotos: Show de Giovani Bianchessi

Piloto retornou em grande estilo ao Marcas & Pilotos

A terceira etapa do Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos, disputada neste domingo no Velopark, foi digna de qualquer amante de velocidade do estado. Tudo começou com a tomada classificatória, disputada com tempo fechado, porém seco. Quem levou a melhor foi Giovani Bianchessi (VW Gol #10) que, retornando ao Marcas, cravou a pole com o tempo de 1.09:046, superando o segundo colocado, Rodrigo Miguel (Gm Celta #85), por apenas 0,290s. O Top 10 trouxe ainda mais novidades, como o quarto posto de Christian Matuzalém (GM Celta #52) e o décimo posto do estreante Fernando Seabra (GM Celta #00).

Pouco antes da largada da primeira bateria do Marcas uma forte chuva caiu sobre o traçado do Velopark, fazendo com que as equipes mudassem suas estratégias. Giovani Bianchessi e Christian Matuzalem foram dois que retiraram seus carros do parque fechado para mudanças de última hora o que os relegou às últimas posições do grid. Quem levou vantagem foi Rodrigo Miguel que teve pista livre à sua frente. Porém, o que se viu foi uma impressionante recuperação tanto de Bianchessi quanto de Matuzalem. Ambos iniciaram a caça à liderança da prova, sendo que Bianchessi acabou superando Rodrigo Miguel na luta pela liderança, deixando Matuzalem no terceiro posto. No quarto posto apareceu Luiz Carlos Ribeiro (Fiat Uno #44), que travou uma bela disputa pela posição com Wermuth Jr. (Celta #6) e Alexander Ce (Corsa #76). Na classe B, a vitória acabou ficando com Cé, seguido de Cadu Maciel. Na classe N, Paulo Flores (Celta #53) venceu com o oitavo posto, seguido de Fernando Seabra (Celta #00).

Já a vitória de Bianchessi na segunda bateria também foi difícil e prejudicada por muita chuva. Após largar da pole, o piloto acabou perdendo a liderança para Rodrigo Miguel, recuperando a liderança apenas no final de prova. No terceiro posto, Choka Sirtuli (Corsa #8) fez uma prova de recuperação após ter enfrentado problemas na primeira bateria, deixando o quarto posto para Christian Matuzalem, seguido na quinta posição por Roger Sandoval (Celta #99). Na classe B, Cadu Maciel venceu, com o oitavo posto da geral. Na N, Fernando Seabra carimbou o belo final de semana de estreia com a vitória na bateria.

Na soma das baterias, a vitória da etapa ficou com Giovani Bianchessi seguido de Rodrigo Miguel e Christian Matuzalem. Na classe B, vitória de Cadu Maciel, seguido de Edson Serdeira (Palio #21) e a dupla Alexander Cé/ Leandro Scherer (Corsa #76). Na N, Fernando Seabra levou a melhor, seguido de Paulo Flores e Fernando Doval Jr. (Celta #333).

Agora o campeonato gaúcho de Marcas & Pilotos tem uma pausa de 40 dias e retorna ao Autódromo de Tarumã no dia 30 de junho para a disputa da 4ª etapa da temporada. Abaixo o resultado completo da prova deste domingo no Velopark:

1 10 Giovani Bianchessi A Gol Porto Alegre
2 85 Rodrigo Miguel A Celta Porto Alegre
3 52 Christian Matuzalem A Celta Porto Alegre
4  6 Fernando Jr./ Wermuth Jr. A Celta Santa Cruz
5 99 Rodrigo Machado/ Roger Sandoval A Celta Gravataí/ Porto Alegre
6 44 Luiz Carlos Ribeiro A Uno Bom Retiro
7  8 Choka Sirtuli A Corsa Gravataí
8  4 Cadu Maciel B Corsa Viamão
9  0 Fernando Seabra N Celta Porto Alegre
10 53 Paulo Flores N Celta Cachoeirinha
11 333 Fernando Doval Jr. N Celta Cachoeirinha
12 26 Marcelo Gonçalves/ Roger Condotta N Corsa Porto Alegre
13  2 Alex Ribeiro N Celta Viamão
14 18 Rafael Schipper N Fiesta Canoas
15 70 Sérgio Manzoni/ Bruno Razia N Gol Porto Alegre
16 42 Luiz Carlos Prado N Celta Viamão
17 300 Ronaldo Auler/ Yussef Lahude N Corsa Lajeado
18 21 Edson Serdeira B Palio São Leopoldo
19 16 Eduardo Pinzetta N Celta Porto Alegre
20 177 Eduardo Glitz/ Matheus Schaumloffer N Celta Rio de Janeiro
21 76 Alexander Cé/ Leandro Scherer B Corsa Criciúma
22 317 Luciano Heinz N Corsa Santa Maria
23 77 Daniel Elias N Celta Nova Prata
24  3 Christian Petroll B Celta Porto Alegre
25 311 Juliano Salton/ Celso Schüller B Corsa Santa Cruz
26 17 Marcos Silveira N Corsa Gravataí
27 51 João Batista Rosa N Celta Gravataí

Fonte: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

sexta-feira, maio 17, 2013

Fórmula Júnior volta à região metropolitana de Porto Alegre para realizar sua terceira etapa do ano

Provas serão disputadas no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS)

Sensação deste início de temporada, a Fórmula Júnior está de volta à região metropolitana de Porto Alegre (RS) e neste final de semana, dias 17, 18 e 19, desembarca em Nova Santa Rita, mais exatamente no Autódromo do Velopark. Prometendo novas emoções, seus 14 pilotos vão disputar a terceira etapa da competição, liderada pelo gaúcho Victor Hugo Matzenbacker.

E as expectativas são as melhores possíveis, segundo Neco Fornari, um dos promotores da categoria ao lado de Claudio Fontoura. "Deveremos ter as provas mais equilibradas do ano", prevê. "O Velopark tem um autódromo curto e travado, o que certamente fará com que os tempos sejam ainda mais equilibrados e as disputas ainda mais interessantes", aposta.

As duas primeiras rodadas, apesar de vencidas pelo mesmo piloto, foram extremamente equilibradas e disputadas, transformando a categoria no principal atrativo do domingo de corridas nos autódromos gaúchos. Composta por pilotos de sete estados diferentes - e um do Paraguai -, a Fórmula Júnior deverá ter presenças diferentes no final de semana no Velopark.

"Na sexta-feira teremos dois novos pilotos testando os carros e existe a possibilidade de que eles já corram esta etapa", informa Claudio Fontoura. "Além deles, dois outros pilotos e seus pais estarão no autódromo conhecendo a categoria para talvez tentar vaga na categoria no segundo semestre. Eles vêm do interior de São Paulo e da Argentina", explica.

Com quatro autódromos em seu calendário - Guaporé, Santa Cruz do Sul, Tarumã e Velopark -, a Fórmula Júnior provavelmente oferecerá outro "atrativo", caso as previsões climáticas se confirmem. "O Rio Grande do Sul é, sabidamente, um estado em que o inverno é bastante rigoroso, às vezes se assemelhando ao frio europeu, que é onde os pilotos da Fórmula Júnior pretendem continuar sua carreira", diz Fontoura. "Então, além de oferecermos quatro pistas diferentes para o melhor aprendizado, teremos um belo frio para os pilotos irem se acostumando com a Europa", brinca, referindo-se a possibilidade de os termômetros baixarem até cerca de 4° na manhã desta sexta-feira.

Os carros - Construídos em chassi tubular, encapado em alumínio, os carros da Fórmula Júnior são equipados com motor 1.4 de 16 válvulas, câmbio Hewland e pneus slick NA Carrera. O baixo custo, R$ 55 mil para uma temporada completa com oito etapas de duas baterias de 25 minutos cada, é uma das atrações da categoria, que tem seus motores preparados por único profissional e são sorteados a cada duas etapas, assim como os amortecedores, sorteados a cada rodada.

Televisão - Assim como segunda etapa, as principais imagens do final de semana serão exibidas na próxima semana na BandSports - Programa Alto Giro - e no Curva do "S", além de outras mídias.

Pontuação - Confira a pontuação da Fórmula Júnior após duas etapas realizadas:

1 Victor Hugo Matzenbacker (RS) - 75 pontos
2 Bruna Tomaselli (SC) - 38
3 Gabriel Robe (RS) - 35
4 Matheus Rouver (SE) - 33
5 Gustavo Bandeira (DF) - 30
6 Lucas Alves (RS) - 25
7 Rodrigo Elger (PR) - 24
8 Bruno Lopes (PR) - 15
9 Rafael Smaniotto (PR) - 12
9 Victor Miranda (SP) - 12
11 Vitor Fernandes (MG) - 10
12 Lucas Fernandes (MG) - 8
13 Lucas Balbuena (PY) - 5
14 Franco Pasquale (RS) - 2

Texto e foto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

quinta-feira, maio 16, 2013

Artur Fortunato disputa 4ª etapa na Granja Viana após boas apresentações no Light

Objetivo agora é conquistar vitória na categoria mais rápida do Brasil, a Shifter

Apenas uma semana depois de ter disputado a 4ª etapa da Copa São Paulo Light de Kart, o piloto Artur Fortunato (Dahruj | Brasilinvest | Jornal Todo Dia) já está de volta às pistas e neste sábado cumprirá mais um compromisso de sua agenda esportiva. Desta vez será no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), onde ele disputará a 4ª rodada da Copa São Paulo.

No Light, que teve sua rodada disputada em Aldeia da Serra, Fortunato fez uma bela primeira bateria. Depois de largar em 13º por conta de problemas na tomada de tempos, o piloto realizou diversas ultrapassagens e recebeu a bandeirada em 6º. Na segunda prova do dia, quando já estava em 3º, recebeu um toque de um adversário, que o tirou da pista e danificou seu kart. Por esta razão, Fortunato terminou a corrida em 16º.

"Foi um dia legal, em que me mostrei competitivo novamente na equilibrada e difícil categoria Graduados. O resultado final não foi o esperado, mas gostei do rendimento, eu estava muito rápido", analisa o piloto de Americana, interior de São Paulo.

No próximo sábado (18) Artur Fortunato (Dahruj | Brasilinvest | Jornal Todo Dia) voltará à Granja Viana para disputar a etapa pela Shifter, a categoria mais rápida do kartismo brasileiro e que utiliza karts com marcha. "Vamos em busca de mais uma vitória, se possível", finaliza o piloto, que compete pela equipe D2 Motorsport.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Flavio Quick

Copa Fusca: Briga já se polariza pelo título

Fuscas desembarcam no Velopark

O Campeonato Gaúcho de Copa Fusca completa 25 anos de história ininterrupta nesta temporada, feito inédito no automobilismo gaúcho. Nas suas 25 temporadas o campeonato consagrou nomes que se destacam nas pistas não apenas do país, mas também no exterior, como é o caso do gaúcho Pierre Kleinubing, que brilha no turismo norte-americano.

E a temporada 2013 já começa a delimitar uma polaridade na luta pelo título da classe A entre Moacir Fighera, o líder com 74 pontos, e Everson Melo, o vice, com 62. Com os problemas enfrentados por Norberto Corrêa e Tiago Takagi, que seriam os principais oponentes à dupla de veteranos, os dois conseguiram uma boa vantagem sobre o terceiro colocado, no caso o caxiense Carlos Guizzo, que marca 45 pontos na classificação.

Na classe B, a liderança é de Betinho Martins, com 69 pontos, seguido de Rodrigo “Sucata” Dimare com 64 pontos. Já no terceiro posto, empate entre a dupla Sergio Rocha/ Leandro da Silva e Paulo Fontes, que marcam 46 pontos.

A etapa do Velopark da Copa Fusca acontece no próximo dia 19 de maio em conjunto com o Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos, a Fórmula 1.6 e Fórmula Júnior.

Texto: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo
Foto: Dudu Leal

Rodrigo Elger disputa primeira temporada da Fórmula Júnior e encara novos desafios em sua carreira

Kartista, piloto paranaense pretende alçar novos vôos e quer disputar Fórmula 3 ou categorias de turismo em 2014

Kartista desde 2006, quando começou a praticar o esporte por puro hobby, o paranaense Rodrigo Elger (Rede Digo´s de Postos) é um dos integrantes de uma categoria que em apenas duas etapas comprovou seu sucesso e mostrou que chegou para ficar. A Fórmula Júnior, criada pela Federação Gaúcha de Automobilismo, tem sido a sensação dos finais de semana de competição no automobilismo do Rio Grande do Sul.

"A Fórmula Júnior é ótima para se ganhar experiência em monopostos e dar continuidade na carreira", diz Elger, referindo-se a uma das razões que o levaram a competir na categoria. "Mas o primeiro motivo que me levou até ela foi o baixo custo para uma temporada quando comparamos com outras categorias de monopostos no Brasil", continua.

Elger fez sua estreia na categoria em março, na primeira etapa, disputada em Tarumã, em Viamão. Sua participação foi definida sobre a hora e o paranaense chegou ao autódromo sem ter participado de nenhum treino coletivo ou das seletivas. "Foi uma estreia bastante interessante, pois eu nunca tinha pilotado um carro de corrida em autódromos e me vali da experiência com o kart", lembra Elger, que subiu no pódio em 5º, após um 6º lugar na primeira bateria e um terceiro na segunda. "Cheguei a estar em 3º também na primeira prova, mas um toque de outro piloto me fez perder posições", conta o piloto que é apoiado também pela STP.

Em Guaporé, na segunda etapa, realizada em abril, a sorte não ajudou e Elger terminou a primeira prova em 7º depois de receber uma "pancada" que desalinhou seu carro e o fez perder muito rendimento. Na segunda corrida do dia a quebra da suspensão dianteira o fez abandonar a prova quando estava em 5º. "O nível dos pilotos está muito alto, mas posso dizer que está faltando um pouco de sorte neste início de temporada", resume Rodrigo Elger, que reside em Maringá.

A partir desta sexta-feira, dia 17, Rodrigo Elger (Rede Digo´s de Postos) estará novamente no Rio Grande do Sul, no Autódromo do Velopark, para a disputa da terceira etapa da temporada da Fórmula Júnior. "Minha expectativa é que eu não leve nenhum toque, assim como não me envolva em nenhum acidente, para ter o máximo de rendimento do carro e buscar a primeira vitória na temporada", espera Elger, que compete pela equipe MC Tubarão e espera brigar pelo título no final do ano. "O objetivo é fazer belas provas e tentar pontuar em todas, andando sempre entre os cinco primeiros colocados para somar o máximo de pontos possíveis", sintetiza.

A Fórmula Júnior é uma categoria reconhecidamente de transição entre o kartismo e o automobilismo e os planos de Rodrigo Elger incluem novos passos na próxima temporada. "Para 2014 o plano é buscar recursos para competir na Fórmula 3 ou quem sabe mudar o foco para ‘turismo’ e competir em categorias de base para chegar até a Stock Car", finaliza.

Principais títulos de Rodrigo Elger no kartismo:

Vice-campeão da Copa Paraná em 2007
4º colocado na Copa São Paulo Light em 2009
4º colocado no Campeonato Paranaense em 2010
Campeão da Taça de Prata na Copa São Paulo Granja Viana em 2011
3º colocado na Copa São Paulo Granja Viana em 2012

Texto e foto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer