quarta-feira, novembro 30, 2011

Equipe Central Kart marcou presença no I Vintage Kart Race, no Raceland


Para quem ainda não leu esse excelente relato publicado no site Central Kart, vale muito a pena!

O amigo Rodrigo Bmikossiski conta em detalhes o trabalho de recuperação de um Kart Mini SS 1977, realizado pelos irmãos Ico e Darci Bmikossiski, para participar da primeira edição do Vintage Kart Race, que aconteceu no kartódromo Raceland, em Pinhais (PR), região metropolitana de Curitiba, no último dia 19 de novembro, e reuniu um grupo de pilotos e seus karts clássicos.

Aqui um aperitivo para a leitura, o vídeo onboard com Darci Bmikossiski durante a prova:



Fonte: Central Kart

James Ramos participa do Festival Brasileiro de Marcas neste final de semana em Curitiba


O piloto blumenauense James Ramos recebeu o convite para participar neste próximo final de semana, dias 3 e 4 de dezembro, do Festival Brasileiro de Marcas no Autódromo Internacional de Curitiba.

Sendo uma competição nacional e realizada em um único final de semana, James destaca a importância do acerto do carro nos treinos. “Teremos três treinos livres no sábado e após isso o classificatório, e temos que buscar o melhor acerto possível para o carro, principalmente porque o regulamento é diferente do qual estamos habituados na Copa Pinhais, então muda rodas e pneus, o câmbio é livre e o motor é um pouco menos potente no Festival Brasileiro”, destaca James.

Para esta competição, a equipe chefiada pelo preparador José Ramos, pai de James, vem trabalhando no carro há mais de 10 dias no intuito de evitar qualquer possível problema e chegar na pista com um acerto prévio próximo do ideal.

Será uma competição de ‘tiro curto’, realizada em 2 dias e com apenas 2 baterias, sendo que o resultado final será a somatória destas provas, e desta forma temos um caminho longo a percorrer para sonharmos com o título, porém temos a grande vantagem de estarmos acostumados a andar naquela pista, e isso pode ser o nosso trunfo para a conquista”, finaliza James Ramos, que tem o patrocínio da The Philippines.

O campeão receberá um prêmio de 5 mil reais, enquanto o segundo colocado receberá 3 mil e o terceiro 2 mil reais.

Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Foto: Ingo Hofmann (www.fotolog.com/barulho_de_motor)

Mais imagens do Rei das Pistas KartPel 2011









Pietro Fittipaldi corre no Desafio Internacional das Estrelas com número da sorte


Caçula do grid, com apenas 15 anos, neto de Emerson é o único piloto nascido na década de 90

Campeão em seu ano de estreia em uma categoria sancionada pela Nascar nos Estados Unidos, o brasileiro Pietro Fittipaldi é um dos destaques do Desafio Internacional das Estrelas, prova promovida por Felipe Massa e que terá sua sexta edição realizada no fim de semana no Kartódromo Arena Sapiens em Florianópolis. Aos 15 anos de idade, o neto de Emerson Fittipaldi será o mais jovem entre os 29 pilotos das mais importantes séries do automobilismo mundial.

Pietro venceu a Limited Late Model no circuito de Hickory, no estado da Carolina do Norte, e se tornou o primeiro brasileiro a conquistar o título em uma modalidade da Nascar, além de levar para casa também o prêmio de "Estreante do Ano". Agora no Desafio Internacional das Estrelas, o mais novo representante do clã Fittipaldi volta ao kart depois de uma temporada acelerando os carrões equipados com motor V8 tão populares da terra do "Tio Sam". "Foi minha primeira experiência em carros, depois dos karts. Eu queria só aprender e chegar ao final do campeonato em condições de brigar por vitórias. Minha equipe me ensinou muito, minha família me apoiou tanto que se mudou para a Carolina do Norte. As coisas foram acontecendo, fui melhorando e no final do ano andava sempre na frente. Ganhei quatro corridas e o campeonato. Agora, o objetivo é continuar evoluindo até chegar à Cup, a principal divisão da Nascar", contou Pietro.

Um dos estreantes da prova, Pietro está animado por correr contra nomes de destaque no automobilismo nacional e internacional, como o primo Christian. "Fiquei muito contente com o convite do Felipe. Estou meio "enferrujado" nos karts, na Nascar tem muitas corridas e não dá tempo de fazer mais nada. Tive que faltar à escola para treinar um pouco antes do Desafio com o Nelsinho aqui no Brasil. O Christian também estava treinando, vai ser engraçado correr com ele. Sou o mais novinho do Desafio, e a experiência sempre conta. Mas vou me esforçar para ir bem e ser convidado todos os anos para aprender e ganhar a prova um dia".

O fato de ser o caçula foi fundamental na escolha do número do kart. "Vou correr com o 90, o mesmo que usei na Limited Late Model. Nos Estados Unidos este número homenageou meu patrocinador. Aqui, acho que tem tudo a ver porque sou o único piloto nascido na década passada", concluiu.

A edição 2011 do Desafio Internacional das Estrelas tem patrocínio de Fusion Energy Drink, do Governo do Estado de Santa Catarina, da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e Fesporte, co-patrocínio Fiat, Shell, Costão do Santinho e Honda.

Fonte: MF2 - Serviços Jornalísticos Ltda. / Rodrigo Favoretto e Márcio Fonseca

Pierre Sabbagh defende o título nacional no Festival Brasileiro de Marcas


O piloto de Blumenau Pierre Sabbagh disputará neste final de semana, dias 3 e 4 de dezembro, o Festival Brasileiro de Marcas no Autódromo Internacional de Curitiba, onde defende o título conquistado em 2010.

A competição é de âmbito nacional e reúne pilotos do Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Distrito Federal, e a premiação para o campeão será de 5 mil reais, enquanto o segundo colocado receberá 3 mil e o terceiro 2 mil reais.

A premiação em dinheiro é um incentivo, mas queremos mesmo defender o título conquistado em 2010 e trazer novamente para Blumenau e para Santa Catarina mais um título nacional, mesmo sabendo que nossos adversários são muito fortes e todos tem o mesmo objetivo”.

Participando regulamente da Copa Pinhais nos últimos anos, disputada no Autódromo de Curitiba, Pierre crê que isto poderá ser um diferencial a seu favor.

“O regulamento do Festival Brasileiro de Marcas é diferente do regulamento da Copa Pinhais e já fizemos as adequações necessárias no carro, e creio que o conhecimento que temos naquela pista é um fator positivo e que poderá fazer a diferença a nosso favor. Buscaremos o acerto ideal do carro e lutaremos pela conquista deste título”, encerrou Pierre Sabbagh, que tem o patrocínio da The Philippines e Quimby.

Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Fotos: Ingo Hofmann (www.fotolog.com.br/barulho_de_motor)

terça-feira, novembro 29, 2011

Imagens do Rei das Pistas KartPel 2011







Passat Canhão #8 confirma participação nas 12 Horas de Tarumã - Troféu José Asmuz 52


Disputa de 52 minutos ocorrerá juntamente com a prova principal

Foi confirmada hoje a participação do Passat Canhão #8 nas 12 Horas de Taruma, na disputa do Troféu José Asmuz 52. Niltão Amaral disputará a Copa Classic preliminar, às 19h, e os primeiros 52 minutos das 12 Horas, desta vez sem contar com a parceria de Leonardo Tumelero, que não participará por motivos pessoais.

O Troféu José Asmuz 52 é uma disputa independente promovida pelo Automóvel Clube do Rio Grande do Sul, que será realizada juntamente com as 12 Horas, nos primeiros 52 minutos de prova, com classificação separada da prova normal. O nome da prova é uma alusão ao tempo de 52min obtido por José Asmuz quando venceu a prova Antoninho Burlamaque (Porto Alegre-Tramandaí) em 1961, 50 anos atrás, com a Carretera Ford nº32.

A Mecânica Sabiá, preparadora do Passat #8, já está trabalhando nos preparativos para a prova noturna, instalando os faróis principais e auxiliares que iluminarão a madrugada nas coxilhas do autódromo viamonense. Já a MK Mekânica está finalizando alguns ajustes de suspensão e freio.

Niltão Amaral vê nesta disputa uma boa oportunidade de adquirir experiência de largada e de negociação com o tráfego, que é intenso nas primeiras horas de prova: "Será a minha primeira experiência efetiva nas 12 Horas de Tarumã, visto que ano passado fiz inscrição com o Gol #88 dos irmãos Terres, mas não consegui participar efetivamente, devido a um acidente com o carro na curva 1 antes do meu turno de pilotagem (seria o terceiro). Será importante esta participação para acostumar com a largada e o tráfego intenso das primeiras voltas de prova, visando futura participação na prova integral. Além disso, será um teste de resistência para o Passat, e muito interessante ver os clássicos andando no meio dos carros modernos, visto que há muitos anos não se vê um exemplar deste carro nas 12 Horas", afirmou Niltão.

A festa está programada para às 19h, com a Copa Classic (campeonato de carros de corrida clássicos), que fará preliminar da prova principal, que largará à meia-noite de sábado para domingo, dia 10 para 11 de dezembro próximos, com o tradicional show de fogos nos momentos que antecedem a largada. Os ingressos antecipados estão à venda nas lojas Excelsior Pneus, ou na hora, na bilheteria do autódromo.

Fonte: Divulgação/Passat Canhão #8
Foto: Fernando Nunes

Mega Kart garantiu os três primeiros lugares no pódio do Campeonato Catarinense


Nova conquista e grande domínio aconteceram na categoria Super F4

Depois de dominar a categoria F4 na primeira fase do Campeonato Catarinense em outubro, a Mega Kart voltou a fazer história no kartismo de Santa Catarina - e do Brasil. No último final de semana (26 e 27), em Indaial, a fábrica de chassis e equipamentos sediada em São Paulo mais uma vez dominou, agora na categoria Super F4.

Ao fim de três disputadas baterias, que reuniram doze pilotos, a Mega Kart comemorava a conquista de mais um título e dos três primeiros lugares no pódio.

Pedro Barreto, de Timbó, foi o campeão após dominar todos os treinos e as três corridas, realizadas no sábado e domingo. A seu lado no pódio estavam Ângelo Chiarelli, de Ascurra, e Rolf Pantzier, de Blumenau, os três utilizando-se dos vencedores chassis Mega X.

"Estamos nos despedindo de um ano extremamente positivo para a Mega Kart, um ano em que fincamos ainda mais nossas raízes entre os vitoriosos do kartismo brasileiro", dizem Waldíbio Ferraz e Marcos Ferreira, diretores da Mega Kart. "Conquistamos muitas vitórias e títulos em 2011 e já estamos trabalhando para temos um ano de novos sucessos na próxima temporada. Agradecemos mais uma a todos os pilotos por terem confiado em nosso equipamento e em nosso trabalho", finalizam.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Programa Velocidade, com destaque para a Copa Pinhais

segunda-feira, novembro 28, 2011

Rei das Pistas KartPel movimentou a APA






Vinte e cinco pilotos, correndo em duplas ou individualmente, estiveram presentes no último sábado (26) no kartódromo da APA (Associação Pelotense de Automobilismo) para a disputa do Rei das Pistas KartPel, a prova festiva de encerramento da temporada 2011 do kartismo na cidade.

Ao todo, foram 18 karts alinhados no grid, sob um forte calor, para enfrentar a tomada de tempos e as quatro baterias programadas para o evento, cada uma em um traçado diferente do kartódromo. Outro diferencial previsto no regulamento da corrida foi a inversão de 50% do grid a cada bateria. Com todos esses ingredientes, o que se viu foi muita disputa por posições, muitas ultrapassagens, alguns toques e acidentes.

Gabriel Robe 100%

Além dos pilotos que atualmente disputam o Campeonato Pelotense de Kart F4, a primeira edição do Rei das Pistas KartPel contou com a presença de outros bons pilotos, como os campeões pelotenses Vanio Valente (campeão de 2002 a 2005) e Thiago Jouglard (2006). Também marcou presença na prova o piloto da Kart Mini, Gabriel Robe, campeão sul-americano de 2010.

Com um equipamento muito bem acertado e atuação impecável, Gabriel Robe não deu chances a ninguém, cravando a pole position com boa vantagem e vencendo as quatro baterias, mesmo com a inversão do grid, que o colocava largando da 9ª posição na bateria seguinte, ou diante do problema ocorrido na terceira bateria do dia, quando o piloto da Kart Mini precisou reparar o kart enquanto se dirigia para o alinhamento do grid e com isso largou de último. Campeão com 100% dos pontos.

Pilotos da categoria F4 Light do Campeonato Pelotense foram destaque

O segundo lugar da prova ficou com o piloto Lucas Meurer, atual campeão pelotense da categoria F4 Light. Lucas apostou na regularidade e consistência de resultados nas baterias, e mesmo sem aparecer entre os três primeiros em cada prova, somou pontos importantes para conquistar o vice. Com um 6º lugar na primeira bateria e repetindo o 4º lugar nas outras três baterias, Lucas Meurer somou 58 pontos.

No terceiro lugar do Rei das Pistas KartPel aparece a dupla Alexandre Conti / Filipe Macedo, que também disputaram a categoria F4 Light do Pelotense de Kart 2011 - além de estrear na Light na última etapa do ano, Filipe Macedo sagrou-se campeão na categoria F4 Novatos por antecipação. A dupla somou 56 pontos, com bom desempenho nas baterias.

O quarto lugar ficou com o vice-campeão da F4 Super de 2011, o piloto Eduardo Yunnes Filho. Com um começo de competição muito forte, Eduardo Yunnes cravou o 2º melhor tempo no Classificatório, atrás apenas de Gabriel Robe, e garantiu o segundo lugar na primeira bateria. Na segunda bateria, porém, um princípio de incêndio em seu equipamento o tirou da prova, a duas voltas do final. Sem pontuar nesta bateria, e largando no fim do pelotão, Eduardo Yunnes buscou provas de recuperação nas duas baterias restantes. Ao cabo das quatro baterias, Yunnes somou 50 pontos.

Fechando o pódio do Rei das Pistas KartPel 2011, com 49 pontos somados, vem o piloto Carlos Izkovitz, atual campeão da F4 Super do pelotense de kart. Outro candidato ao título da prova festiva, Carlos fez o 3º melhor tempo da Tomada, apenas 4 centésimos de segundo atrás de Yunnes, mostrando o equilíbrio do grid. Mas um problema logo na largada o tirou da primeira bateria. Sem pontuar na bateria inicial, e largando no final do pelotão, Izkovitz fez excelente prova de recuperação e conquistou um 2º lugar na bateria seguinte. Mas problemas na terceira bateria o tiraram definitivamente da disputa pelo título. Restou outra excelente atuação na bateria final, coroada com um segundo lugar.

Temporada 2012 promete agitar o kartismo pelotense

Com o fim da temporada 2011 do kartismo pelotense, após o sucesso da primeira edição do Rei das Pistas KartPel e a tradicional confraternização entre pilotos e equipes, além do excelente campeonato disputado no correr do ano, que reuniu mais de 30 pilotos em seus grids e trabalhou na formação de novos adeptos ao esporte, o saldo é bastante promissor e anuncia uma temporada 2012 mais forte, mais competitiva.

Tomada de Tempos - Resultado:

1 35 Gabriel Robe - 31s07
2 1 Eduardo Yunnes - 31s45
3 90 Carlos Izkovitz - 31s49
4 89 Marco Freitas / Rodrigo de Freitas - 31s53
5 7 André / Pablo Mendes - 31s61
6 116 Fabrício Canalli - 31s67
7 10 Alexandre Conti / Filipe Macedo - 31s75
8 81 Micael Marum - 31s75
9 27 Lucas Meurer - 31s75
10 62 Marcel Marum - 31s87
11 182 Thiago Jouglard / Vânio Valente - 31s90
12 44 Cristiano Monteiro - 32s17
13 54 Cacá Braga / Luis Castilhos - 32s18
14 43 Antonio / Francisco Mesquita - 32s21
15 37 Felipe Dolzan - 32s32
16 04 Valdomiro - 33s45
17 14 Juliano - 35s62
18 05 Fabio Vieira - sem tempo

Resultado Final (após a soma dos pontos das 4 baterias):

1 35 Gabriel Robe - 100 pontos
2 27 Lucas Meurer - 58
3 10 Alexandre Conti / Filipe Macedo - 56
4 1 Eduardo Yunnes - 50
5 90 Carlos Izkovitz - 49
6 182 Thiago Jouglard / Vânio Valente - 49
7 44 Cristiano Monteiro - 45
8 116 Fabrício Canalli - 43
9 89 Marco Freitas / Rodrigo de Freitas - 39
10 62 Marcel Marum - 37
11 54 Cacá Braga / Luis Castilhos - 28
12 43 Antonio / Francisco Mesquita - 28
13 37 Felipe Dolzan - 23
14 7 André / Pablo Mendes - 20
15 04 Valdomiro - 7
Não pontuaram
Micael Marum
Fabio Vieira
Juliano

sábado, novembro 26, 2011

Cacá Braga e Luis Castilhos disputam o Rei das Pistas KartPel


Neste sábado (26) o kartódromo da APA (Associação Pelotense de Automobilismo) será o palco da competição que marcará o encerramento da temporada 2011 do kartismo na cidade de Pelotas. Trata-se do Rei das Pistas KartPel, evento que utilizará cinco opções diferentes de traçados da pista pelotense - uma para a tomada de tempos e as outras para as quatro baterias de 25 voltas programadas para o dia.

A dupla Cacá Braga e Luis Castilhos (Mecânica de Vidros / Waf rent a car / Waf Racing) está confirmada no grid da prova, que deverá alinhar um bom número de pilotos, entre os quais Gabriel Robe, campeão Sul-Americano 2010, Vanio Valente, tetra campeão pelotense em 2002, 2003, 2004 e 2005, Thiago Jouglard, campeão pelotense em 2006, Fabrício Canali, campeão gaúcho em 2006, Carlos Izkowitz, tricampeão pelotense em 2009, 2010 e 2011, além de Lucas Meurer e Pablo Mendes, respectivamente campeão e vice da categoria F4 Light em 2011.

Os treinos livres iniciam às oito horas. A tomada de tempos, dividida em dois grupos, acontece a partir das 9h30min. As quatro baterias previstas estão programadas para às 10h30, 11h30, 12h30 e 13h30. A cerimônia de pódio ocorre às 15hs.

sexta-feira, novembro 25, 2011

Copa Classic fará exposição no Gasômetro chamando para 12 Horas de Tarumã






Em reunião realizada na Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), em Porto Alegre, com a presença de Sérgio Aguinsky e Fabiano Zanon, representantes da Copa Classic, foi definida a realização de uma exposição de carros da categoria, a ser realizada uma semana antes da prova preliminar das 12 Horas de Tarumã (que será realizada às 19h do sábado, 10/12), com o intuito de chamar a atenção do público para o evento.

A exposição acontecerá no sábado, dia 03/12, das 8 às 12h, no estacionamento ao lado da Usina do Gasômetro, e contará com a presença de carros que competem na Copa Classic, e a possibilidade da presença da Simca com a qual Breno Fornari ganhou a I edição das 12 Horas de Porto Alegre (1962) e da Lamborghini Gallardo de Fernando Poeta, que está caracterizada com propaganda das 12 Horas de Tarumã, tendo participado da última etapa da GT Brasil, realizada recentemente no Velopark.

A Copa Classic confirma-se como a categoria gaúcha de automobilismo que mais aproxima-se do público, levando o automobilismo às ruas, tendo participado, somente neste ano, de duas exposições (Encontro de Carros Antigos de Cachoeirinha e Expoclassic 2011 em Novo Hamburgo), chamando a atenção de milhares de pessoas que passaram por estes eventos.

Fonte: Niltão Amaral - Assessoria Copa Classic

João Pedro Custódio disputou primeiro Skusa e aprendizado projeta bela participação em 2012


No Brasil, vaga na Copa das Federações já está garantida

Maior campeonato do kartismo americano, a 15ª edição do Super Karts USA - o Skusa - foi disputada na última semana em Las Vegas e reuniu 550 pilotos de todo o mundo, 46 deles brasileiros. O goiano João Pedro Custódio (Pivot Máquinas Agrícolas e Sistemas de Irrigação | Ford - Navesa | AGEL - Governo de Goiás | Kart Mini | Sport Wear by ULV | Mittag Competições), que competiu na categoria TaG Cadete, foi um destes brasileiros.

Apenas em sua categoria mais de 80 pilotos estavam inscritos e João Pedro viveu experiências inéditas, desde disputar seu primeiro evento fora do Brasil até utilizar um equipamento em muitos detalhes diferentes do usado em seu país de origem. "Da roda ao motor, passando pelo modelo do kart e terminando no tamanho do banco, tudo foi diferente e novidade para o João Pedro", atesta Miguel de Oliveira, preparador e treinador do jovem piloto goiano, de apenas 11 anos.

João Pedro Custódio voltou dos Estados Unidos extremamente feliz por sua participação na competição. "Competimos em uma pista montada no estacionamento do Hotel Rio de uma forma muito profissional. E recebemos uma atenção mais do que perfeita da equipe Tony Kart West, comandada pelo Buddy Rice, piloto que venceu as 500 Milhas de Indianápolis de 2004", lembra Geovane Gonçalves, pai de João Pedro. "O time era muito bem estruturado, com engenheiros e mecânicos, estrutura física organizada e bem instalada e estoque completo de peças a serem usadas nos karts", emenda.

Durante os treinos, sempre curtos - em média sete minutos cada -, João Pedro foi se adaptando ao novo equipamento e ao difícil traçado. E foi bravo nesta busca por adaptação. João Pedro não conseguiu classificação para as finais, que reuniam apenas 34 dos mais de 80 inscritos, mas foi o melhor brasileiro na prova de repescagem e o aprendizado que recebeu permite ao piloto e sua equipe projetar uma bela participação no Skusa em 2012.

Competir no Skusa significou também conhecer seu 23º kartódromo diferente e ter dado sua 199ª largada em 93 corridas disputadas. No primeiro final de semana de dezembro João Pedro Custódio (Pivot Máquinas Agrícolas e Sistemas de Irrigação | Ford - Navesa | AGEL - Governo de Goiás | Kart Mini | Sport Wear by ULV | Mittag Competições) estará no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP), onde disputará, pela Cadete, a última etapa do Light e o Grande Prêmio RBC, que oferece mais de R$ 200 mil em prêmios.

E, em sua volta ao Brasil, o jovem goiano foi comunicado de que a Copa Centro-Oeste foi declarada como encerrada, o que significou a conquista de seu terceiro título no campeonato e seu segundo pela categoria Super Cadete. Além disso, Custódio também garantiu uma vaga na Cadete na Copa das Federações, evento que será disputado em março.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Flávio Quick

Taquara recebe prova noturna neste sábado


Autódromo de Taquara recebe Turismo 1600 e Mini Fórmula Tubular

A tradição de provas noturnas no final de ano do Rio Grande do Sul se extende à velocidade em pista de terra. Tudo começa no próximo sábado, dia 26 de novembro com o encerramento da Copa Taquara de Velocidade, com uma prova de duas horas para a categoria Turismo 1600 e uma prova de trinta minutos para a Mini Fórmula Tubular. As provas iniciam no cair da noite de sábado. Os ingressos custam R$ 10,00 e haverá sorteio de brindes. O autódromo Municipal de Taquara fica localizado na RS 115, no KM 2.

Programação - Sábado (26/11)

14h00 - Treino livre Turismo 1600 ( 30 minutos )
14h30 - Treino livre moto velocidade ( 30 minutos )
15h00 - Treino livre Kart Cross ( 30 minutos )
14h30 às 15h30 - Vistoria Técnica

15h30 – Classificação Turismo
16h00 – Classificação Moto velocidade
16h30 – Classificação Kart Cross

17h00 – 1ª Bateria Moto velocidade A ( 12 voltas )
17h20 – 1ª Bateria Moto velocidade B ( 12 voltas )
18h30 – 2ª Bateria Moto velocidade A ( 12 voltas )
18h50 – 2ª Bateria Moto velocidade B ( 12 voltas )
19h30 – Briefing obrigatório com Pilotos.

20h00 - Largada Kart Cross prova de 30 minutos.
22h00 - Largada Turismo prova de 2 horas.

Fonte: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

Mauro Auricchio teve participação positiva na 15ª edição do Skusa


Ítalo-brasileiro foi às finais e terminou evento com uma das melhores voltas da decisão

Mais importante campeonato da atualidade no kartismo americano, o Super Karts USA - ou Skusa - teve sua 15ª edição disputada na semana passada em Las Vegas, no Estado de Nevada. Por sua pista, montada no estacionamento do Hotel Rio, passaram cerca de 550 pilotos de várias partes do mundo, dentre eles o ítalo-brasileiro Mauro Auricchio (La Bufalina), que competiu na TaG Junior, categoria que reuniu cerca de 80 concorrentes.

Mauro, que nasceu na Itália e reside em Guaratinguetá (SP), fez treinos ótimos e aproveitou bem o pouco tempo oferecido em cada apronto, em média sete minutos a cada ida à pista. Em um deles, por exemplo, Auricchio foi o sexto colocado, o que comprovava que seu chassi Top Kart estava bem acertado.

Depois de diversas provas classificatórias, Mauro Auricchio - que teve a seu lado seu coach, Alain Sisdeli - garantiu sua passagem para a fase final da competição e na última corrida largou em 12º em meio aos 34 pilotos classificados e aptos a disputar o título. Na largada o piloto apoiado pela empresa La Bufalina acabou envolvido em um acidente e perdeu várias posições, recuperando muitas delas durante a prova. Ao fim da corrida final ele recebia a bandeirada em 21º, dono de uma das melhores voltas da corrida.

"O evento é fantástico, muito bem organizado e foi ótimo ter participado do Skusa", avalia Davide Auricchio, pai de Mauro. "São corridas difíceis, bem disputadas e nem sempre se consegue escapar dos muitos acidentes e rodadas que acontecem a sua frente. O Mauro aprendeu muito e queremos estar no Skusa novamente em 2012. Uma pena o acidente na largada, senão certamente o Mauro teria tido chances der subir no pódio", lamenta.

Mauro Auricchio (La Bufalina) é o atual campeão da Copa Codasur na categoria Pré-Júnior e campeão sul-brasileiro da Júnior Menor.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Flávio Quick

terça-feira, novembro 22, 2011

Copa Pinhais: James Ramos vai ao pódio nas duas baterias e termina o campeonato na 4ª posição

O piloto blumenauense James Ramos participou no último final de semana da 8ª e última etapa da Copa Pinhais no Autódromo Internacional de Curitiba e conseguiu subir no pódio nas duas baterias da Marcas “A”
Após enfrentar problemas no início do treino classificatório com a quebra da terceira marcha, James largou na 7ª posição do grid na primeira bateria e fez uma excelente prova de recuperação, finalizando a corrida na 2ª colocação. Na segunda bateria James assumiu a ponta no início da prova e conseguiu se defender dos ataques dos adversários durante grande parte da corrida, mas sem o acerto ideal na traseira do carro acabou perdendo posições e caiu para a 4ª posição.
“Infelizmente tivemos a quebra do câmbio logo no início do treino classificatório, mas ainda assim deu para fazer uma volta rápida e marcar o sétimo tempo. Na primeira bateria fizemos uma boa corrida de recuperação e terminamos na segunda posição, e na segunda prova conseguimos assumir a ponta logo no início, mas o carro foi piorando ao longo da corrida e passou a escapar muito de traseira, e dessa forma tornou-se muito difícil segurar o adversários”, disse James.
O piloto terminou na 4ª posição na classificação geral da categoria Marcas “A”, após ter sido campeão em 2008 e 2010.“Esse ano o campeonato foi muito disputado e o nível estava altíssimo, e pra complicar a nossa situação nós não participamos da primeira etapa, disputada em março, quando as chuvas praticamente isolaram todas as rodovias que ligam Santa Catarina ao Paraná, e temos certeza que isso também pesou, mas o mais importante de tudo é que foi um campeonato limpo e muito disputado, e todos estão de parabéns pelo show que deram na pista”, declarou James, que fez questão de agradecer pelo apoio que recebeu.
Quero agradecer aos meus familiares, em especial meu pai, que além de todo o apoio é meu preparador também, aos amigos e patrocinadores que nos incentivaram este ano”, finalizou James Ramos, que tem o patrocínio da The Philippines.
Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Imagem: Ingo Hofmann - Barulho de Motor

Programa Velocidade, sobre a final do Catarinense de Automobilismo

Pierre Sabbagh vence em Curitiba e conquista vaga para o Brasileiro de Marcas

O piloto de Blumenau Pierre Sabbagh venceu no último domingo a 3ª etapa do Campeonato Paranaense de Marcas no Autódromo Internacional de Curitiba e conquistou a vaga para disputar a final do Brasileiro de Marcas no mês que vem, nos dias 3 e 4 de dezembro, também em Curitiba.
Depois de largar na terceira posição na 1ª bateria, Pierre conseguiu finalizar a corrida em segundo, posição que largou na 2ª bateria, disputada na manhã de domingo. Com o propósito de vencer, Pierre acelerou fundo e já na largada assumiu a ponta, vencendo a prova. “Conseguimos um excelente acerto do carro e sabíamos que tínhamos condições de conquistar essa vaga, e com o empenho de todos isso foi possível”, falou Pierre.
Depois de ter conquistado o título em 2010, Pierre Sabbagh busca repetir o feito mês que vem. “A grande final será em Curitiba, e temos a nosso favor o acerto do carro lá, então vamos tentar melhorar ainda mais e entrar na pista com o objetivo de trazer mais um título para Blumenau e para Santa Catarina”, finalizou Pierre Sabbagh, que tem o patrocínio da The Philippines e Quimby.
Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Imagem: Ingo Hofmann - Barulho de Motor

segunda-feira, novembro 21, 2011

Quebra de motor tira Miguel Paludo de prova final da Nascar Truck Series


Piloto gaúcho lamentou a repetição de um problema mecânico que pela sexta vez o tirou de uma corrida da Truck Series

O piloto brasileiro Miguel Paludo, da equipe Duroline, queria fechar com chave de ouro a temporada 2011 da Nascar Truck Series, que marcou seu primeiro ano completo em uma divisão nacional da Stock Car norte-americana. Mas uma quebra de motor logo no início da prova tirou o gaúcho da 25ª e última etapa do campeonato deste ano, disputada na noite desta sexta-feira, em Homestead, Flórida.

"É muito frustrante terminar a temporada assim. É a sexta ou sétima vez que um problema de motor me tira da corrida, e o pior é que isso tem acontecido em pistas onde justamente a gente tinha um grande potencial de conquistar bons resultados, como em Bristol e Miami", diz Paludo, citando as corridas onde ele, em 2010, chegou no top-10 na Nascar Truck Series mesmo sendo suas primeiras provas na categoria.

Apesar de não ter atingido o objetivo de completar a temporada com um bom resultado em Homestead, o gaúcho da equipe Duroline fez um saldo positivo da temporada 2011.

"Foi um ano de altos e baixos e sinceramente esperava resultados melhores, especialmente na segunda metade da temporada. Em todo caso, conseguimos boas provas em diversas ocasiões, como em Michigan, Indianápolis e Daytona, onde ficamos no top-5 e andamos constantemente nas primeiras colocações", diz Paludo, citando o terceiro e o quarto lugares nestas corridas, seus melhores resultados no ano.

"Sofremos muito com problemas mecânicos e também falta de performance na classificação e isso nos deixou fora do objetivo de ser o estreante do ano e de terminar o ano no top-10. Ainda assim, é importante destacar que tive um grande aprendizado neste meu primeiro ano completo na Nascar Truck Series e com certeza todas estas lições serão fundamentais para dar um passo à frente na próxima temporada", diz Paludo.

O site www.miguelpaludo.com.br traz mais informações, fotos e vídeos das corridas de Paludo. Para acompanhar notícias em tempo real, siga no twitter @MPaludolive e @miguelpaludo (o oficial do piloto).

Fonte: RF1 Jornalismo Ltda
Foto: Rodrigo França/RF1

Marcas: Dobradinha da Carlos Alves em Londrina - Thiago Camilo em primeiro e Julio Campos em segundo


Camilo venceu pela sexta vez e Julio Campos chegou em segundo na estreia

O time oficial Chevrolet, Carlos Alves Competition Team, dos pilotos Thiago Camilo Astra 21 e Julio Campos Astra 44, dominou de ponta a ponta a segunda corrida do dia e seus dois carros receberam a bandeirada em primeiro e segundo lugares, na sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Marcas, que aconteceu neste domingo, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR).

Na primeira corrida deste domingo, Thiago Camilo largou na quarta posição e já estava em segundo logo na primeira volta, quando foi tocado por um concorrente no curvão no final da reta oposta, escapou da pista e voltou nas últimas posições do pelotão.

Com o carro muito pesado, por causa do "lastro de sucesso" de cinqüenta quilos, em função de ocupar o primeiro lugar no torneio, Camilo aos poucos foi fazendo importantes e difíceis ultrapassagens, até encostar no vice-líder do torneio, o paulistano Daniel Serra. Travaram uma férrea disputa que foi assim até a bandeirada final, com Serra em sétimo e Camilo em oitavo. A vitória foi de Valdeno Brito.

Na segunda corrida, em função do sistema de inversão do grid, Camilo ocupou a primeira posição, ao lado de Daniel Serra, com Ricardo Maurício em terceiro e o paranaense Julio Campos em quarto. Camilo largou muito bem e manteve a ponta, sendo bastante pressionado por Ricardinho que não dava sossego ao líder do campeonato. Até que numa espetacular manobra, o terceiro colocado Julio Campos, deu um mergulho sobre Maurício e conquistou a segunda colocação da prova.

Os ponteiros continuaram assim até a bandeirada final, com mais uma vitória de Camilo e com Julio Campos em segundo e Maurício em terceiro. Camilo ainda conquistou a melhor volta da segunda corrida.

"Eu já estava em segundo na primeira corrida, quando fui tocado na traseira do meu Astra por outro concorrente e acabei saindo da pista no fim da reta oposta. Voltei no fim do pelotão e tive que lutar muito para conseguir chegar em oitavo, o que foi fundamental para largar em primeiro na segunda corrida", contou Camilo

"Fiquei muito feliz com mais esta vitória que foi muito importante para abrirmos distância no campeonato (55 pontos de Daniel Serra). O meu carro está muito pesado por causa do lastro e eu tinha que aproveitar as descidas e as freadas. Quero agradecer ao Julio Campos que me ajudou muito nessa corrida. Quero também agradecer a todos da equipe e mandar um abraço ao meu companheiro Galid Osman que está em casa vendo a corrida", finalizou Thiago Camilo.

Para o paranaense Julio Campos, que nunca havia pilotado um carro de tração traseira, o resultado do fim de semana foi muito animador e de certo modo surpreendente, porque além de ter liderado o segundo treino no sábado, chegou na quinta colocação na primeira corrida e ainda fez a melhor volta da prova.

Como se não bastasse, Campos largou em quarto na segunda corrida e logo na primeira freada ultrapassou Daniel Serra e "colou" em Ricardo Maurício. Algumas voltas depois, fez uma belíssima ultrapassagem por fora em Maurício e conquistou a segunda colocação da corrida, logo atrás de Thiago Camilo, posição que soube manter até a bandeirada final.

"Eu nunca tinha pilotado um carro de tração dianteira, então foi uma experiência muito diferente para mim. Foi bom ter terminado a primeira corrida em quinto, porque pude largar em quarto na segunda corrida e acompanhar o ponteiro que era o meu companheiro Thiago Camilo", disse Campos.

"O meu carro estava muito bom, e andava bem, mas foi esquentando um pouco no meio da segunda corrida. Como eu não conheço nada desse carro, fiquei preocupado e pensei que não iria conseguir chegar ao final. Mas felizmente deu tudo certo e pude terminar em segundo", finalizou Julio Campos.

Quem ficou extremamente satisfeito com o resultado desta sétima etapa, foi o ex-piloto de Stock Car Carlão Alves, o titular da equipe responsável pela preparação dos dois Chevrolet Astra 21 e 44.

"O nosso fim de semana não começou bem, porque o Galid Osman não pode participar, por causa da garganta inflamada e teve que ir embora. Chamei as pressas o Julio Campos, que vai pilotar o nosso Stock Car na próxima temporada, que veio na hora para correr com o Astra 28 do Galid", disse Carlão.

"O Julinho me disse que nunca tinha pilotado um carro de corridas com tração dianteira, mas não me importei porque acredito no seu talento. Não me enganei, ele fez duas ótimas provas, ajudou muito no nosso acerto com boas informações e colaborou para a vitória do Thiago Camilo na segunda corrida", contou Carlão Alves.

"Quanto ao Camilo, não tenho muito que falar, porque ele é um piloto espetacular que a gente pode confiar. Ele não decepciona, sabe o que faz e nunca desiste de lutar por uma vitória. Já conquistou seis vitórias nesta temporada e é favorito ao título de campeão. Também estou muito alegre porque os nossos carros fizeram as duas melhores voltas do dia, isto é, o Julinho ficou com a melhor volta na primeira prova e o Thiago Camilo fez a melhor volta na segunda corrida", concluiu o sorridente Carlão Alves.

O time liderado por Carlão Alves, vai revisar totalmente os dois Astra para a etapa derradeira do torneio, que será realizada no autódromo de Curitiba no dia 04 de dezembro e aguardar e torcer pela plena recuperação do seu piloto, o paulistano Galid Osman.

Resultado da primeira corrida:
1 77 Valdeno Brito XCMG Astra
2 10 Alceu Feldmann Fertipar Civic
3 20 Fabio Carbone Full Time Sports Civic
4 6 Juliano Moro Auto Racing Civic
5 44 Julio Campos Carlos Alves Competições Astra
6 90 Ricardo Mauricio Officer ProGP Focus
7 29 Daniel Serra Serra Motorsport Civic
8 21 Thiago Camilo Carlos Alves Competições Astra
9 1 Thiago Marques Navegador 4 Rodas Astra
10 9 Giuliano Losacco Bassani Racing Corolla
11 37 Lorenzo Varassin AMG Motorsport Astra
12 47 Claudio Caparelli Amir Nasr Racing Focus
13 82 Willian Freire Bassani Marcas Corolla
14 12 Carlos Eduardo Padovan Serra Motorsport Civic
15 05 Wilson Pinheiro Auto Racing Civic
16 71 Marcelo Lins Amir Nasr Racing Focus
17 3 Denis Navarro Bassani Racing Corolla
18 23 Duda Pamplona Officer ProGP Focus
Melhor volta da prova: Julio Campos Astra 44 - Carlos Alves Competition 1:17.811

Resultado da segunda corrida:
1 21 Thiago Camilo Carlos Alves Competições Astra
2 44 Julio Campos Carlos Alves Competições Astra
3 90 Ricardo Mauricio Officer ProGP Focus
4 20 Fabio Carbone Full Time Sports Civic
5 29 Daniel Serra Serra Motorsport Civic
6 9 Giuliano Losacco Bassani Racing Corolla
7 37 Lorenzo Varassin AMG Motorsport Astra
8 10 Alceu Feldmann Fertipar Civic
9 77 Valdeno Brito XCMG Astra
10 3 Denis Navarro Bassani Racing Corolla
11 82 Willian Freire Bassani Marcas Corolla
12 1 Thiago Marques Navegador 4 Rodas Astra
13 47 Claudio Caparelli Amir Nasr Racing Focus
14 12 Carlos Eduardo Padovan Serra Motorsport Civic
15 05 Wilson Pinheiro Auto Racing Civic
16 71 Marcelo Lins Amir Nasr Racing Focus
17 6 Juliano Moro Auto Racing Civic
18 23 Duda Pamplona Officer ProGP Focus
Melhor volta: Thiago Camilo Astra 21 - Carlos Alves Competition

Os 10 primeiros colocados no campeonato de pilotos
1 21 Thiago Camilo Astra 225
2 29 Daniel Serra Civic 170
3 1 Thiago Marques Astra 155
4 77 Valdeno Brito Astra 153
5 10 Alceu Feldmann Civic 139
6 20 Fabio Carbone Civic 126
7 26 Juliano Moro Civic 122
8 28 Galid Osman Astra 77
9 72 Fábio Fogaça Focus 70
10 52 Átila Abreu Astra 67

Os 10 primeiros colocados no campeonato de equipes:
1 Carlos Alves Competition Team 334
2 AMG Motorsport 272
3 Full Time Sports 265
4 Serra Motorsport 222
5 Mico’s Racing 182
6 Auto Racing 175
7 Amir Nasr Racing 155
8 Officer ProGP 117
9 Bassani Racing 108
10 Bassani Marcas 104

Resultado do campeonato de Marcas:
1 Chevrolet 546
2 Honda 435
3 Ford 238

Fonte: PAULO VALIENGO comunicação e marketing

sexta-feira, novembro 18, 2011

Carlos Maciel venceu em Venâncio Aires e garantiu vice na Copa Fruki


Em um final de semana nublado na belíssima cidade de Venâncio Aires (RS), o piloto da categoria Matsuyama, Carlos Maciel (Triativa Soluções | Mega X | Pablo Racing) venceu a etapa final da Copa Fruki | Marisul | Super Lenz | Terra FM realizada no último domingo (14).

Largando na 4ª posição, o piloto da Pablo Racing partiu para uma corrida agressiva e logo na primeira curva já assumia o 2º posto e junto com o então líder Bayard de Oliveira abriu vantagem segura em relação ao resto do pelotão. Porém, a segunda colocação não era suficiente para as pretensões de Maciel, que precisava da vitória para garantir o vice-campeonato.

Fizemos uma largada muito boa. Pude saltar da quarta colocação e me posicionar em um lugar onde não correria riscos. Passado o ‘terror’ da curva dois, onde eu sempre me envolvia em acidentes, a tática passou a ser atacar e atacar e tiramos a diferença para o líder, mas na última volta tentei a ultrapassagem em um local de pouco espaço e acabamos nos tocando. Mesmo assim o 2º lugar estava de bom tamanho”, conta o piloto.

Na segunda bateria Maciel fez uma largada conservadora, inclusive perdendo a 2ª colocação, que foi reconquistada duas voltas depois, e com pista limpa, pode encostar novamente no líder. Porém, desta vez o piloto de Campo Bom não esperou muito e logo assumiu a liderança da corrida. “Larguei evitando problemas e acabei sendo ultrapassado pelo Luciano Tavares, mas como meu kart estava praticamente perfeito, logo recuperei a posição e rapidamente encostei no Bayard, que não estava muito longe. Quando entramos na reta oposta, já garanti o vácuo e pude mergulhar pra assumir a liderança e vencer”, lembra Maciel.

Com a vitória na segunda bateria, Maciel pode comemorar também a vitória da etapa e o vice-campeonato da Copa Fruki | Marisul | Super Lenz | Terra FM, já que, com o 3º lugar no resultado geral, o piloto e companheiro de equipe Felipe Betti, atual campeão brasileiro da categoria, garantiu mais este título em 2011 e o tricampeonato citadino.

Esta vitória teve um gosto todo especial, pois foi minha primeira pela Pablo Racing e com o novo chassi Mega, e também a primeira na pista de Venâncio Aires. Fico muito feliz também por esta dobradinha com o Felipe, que merece, juntamente com a equipe, todo esse sucesso e vitórias no kartismo gaúcho e brasileiro. Estes importantes resultados são mais do que merecidos por todos”, comemora o piloto.

Quero muito agradecer a todos da Pablo Racing pela dedicação e empenho na pista. Ao Felipe Betti que, além de companheiro de equipe é vice-presidente do VKC, e juntamente com sua equipe e apoiadores tornou esse campeonato possível”, encerra.

Fonte: Kart Motor
Foto: Idalício Umpierre | IR Criações

Pierre Sabbagh disputa última etapa do Paranaense de Automobilismo de olho em vaga no Brasileiro de Marcas


O piloto blumenauense Pierre Sabbagh disputará neste final de semana a última etapa do Campeonato Paranaense de Marcas, no Autódromo Internacional de Curitiba, visando uma vaga para o Brasileiro de Marcas.

Acostumado a competir na categoria Marcas “A”, Pierre correrá na Marcas “B” neste final de semana. “Não temos mais chances de brigar pelo título na Marcas “A” da Copa Pinhais, optamos em fazer esta corrida disputando o Paranaense na Marcas “B”, pois temos grandes chances de conquistar a vaga para o Brasileiro”, disse Pierre, que em 2010 conquistou o título de Campeão Brasileiro de Marcas.

Para este ano a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) destinou 10 vagas para cada estado, sendo eles: Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Distrito Federal. “Como essas vagas valem somente para os estaduais, não correremos pela Copa Pinhais, mas sim pelo Paranaense, onde não temos pretensões de título, até porque participamos apenas de uma etapa, mas queremos mesmo a vaga para o Brasileiro, que seria muito importante para nós, e para isso já deixamos o carro revisado e acertado para a prova”, encerrou Pierre Sabbagh, que tem o patrocínio da The Philippines e Quimby.

Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Foto: Ingo Hofmann (www.fotolog.com.br/barulho_de_motor)

Fórmula 1.6: Marco Túlio fez pole e liderou na última etapa em Tarumã (RS)


Final da temporada marcou estreia do tocantinense no automobilismo. Balanço é mais que positivo

O tocantinense Marco Túlio (MGB Construtora | Economic Logística | NovoSul Power) repetiu as boas atuações que teve em seus dois primeiros compromissos no automobilismo, desta vez pela última etapa do Campeonato Gaúcho de Fórmula 1.6, disputada no último final de semana (12 e 13) no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão (RS).

Em setembro, no Velopark, Marco Tulio estreou no automobilismo marcando a pole e vencendo na divisão Light da competição. Na prova seguinte, desta vez em Guaporé, interior do Rio Grande do Sul, os resultados foram ainda melhores e Marco Tulio, sempre com um carro da divisão Light, venceu também na geral.

E no último final de semana o jovem tocantinense, de apenas 16 anos, voltou a "mostrar serviço" e marcou a pole na geral, liderando a primeira bateria até que abandonou por quebra. Largando de último na segunda bateria, Marco Túlio era líder novamente - e 4º na geral - quando uma nova quebra causou outro abandono.

"Estou muito feliz com este final de temporada, mesmo que tenham acontecido estes dois abandonos", avalia Marco Túlio, que é o novo recordista de Tarumã na divisão Light do Gaúcho de Fórmula 1.6. "De setembro até aqui obtive ótimos resultados no automobilismo e em pouco tempo fiz poles e conquistei vitórias que eu, sinceramente, não esperava que chegassem tão cedo", admite o jovem piloto apoiado pela MGB Construtora, Economic Logística e NovoSul Power.

Com sua temporada já encerrada, Marco Túlio agora está nos Estados Unidos, analisando e conhecendo categorias onde poderá competir em 2012.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Dudu Leal

James Ramos disputa a última etapa da Copa Pinhais com a calculadora na mão


O piloto de Blumenau James Ramos disputará neste final de semana a 8ª e última etapa da Copa Pinhais no Autódromo Internacional de Curitiba, correndo pela categoria Marcas “A”

Mesmo com chances remotas de conquistar o título, pois para isso precisa de uma grande combinação de resultados, James buscará a vitória para terminar entre os melhores do campeonato. “Sabemos que a luta pelo título neste ano é árdua e não dependemos somente de nós, mas também não é impossível, então faremos a nossa parte buscando o melhor acerto possível para o carro e tentaremos vencer as duas baterias. Fazendo isso já é uma grande coisa, e a partir daí deixaremos nas mãos dos ‘deuses’ da velocidade”, disse James.

Tendo conquistado o título da Copa Pinhais em 2008 e 2010, James ocupa atualmente a 4ª posição na classificação geral da Marcas “A”, com 156 pontos, contra 234 do líder Felipe Lobo, de Florianópolis.

O campeonato este ano foi de altíssimo nível, com muitos pilotos de ponta lutando por vitórias, e nós fizemos a nossa parte vencendo provas e conquistando pontos importantes, porém também tivemos situações em que os resultados não foram aqueles que nós esperávamos e isso dificultou um pouco as nossas pretensões de conquistarmos o título, mas independente da posição que terminarmos no campeonato sabemos que fizemos o nosso melhor, e gostaria desde já de agradecer a dedicação do meu preparador, meu pai José Ramos, e dos meus patrocinadores e apoiadores”, finalizou James Ramos, que tem o patrocínio da The Philippines.

Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Foto: Ingo Hofmann (www.fotolog.com/barulho_de_motor)

Bruno Bertoncello "ganhou mas não levou" na Copa São Paulo Granja Viana


Gaúcho lamenta punição por queima de largada: "lamentável e inaceitável"

A etapa decisiva da Copa São Paulo, disputada no último sábado (12) no Kartódromo Granja Viana, teve um andamento perfeito para o gaúcho Bruno Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed | Sport Wear by ULV) praticamente até seu final.

Bruno, que precisava da vitória na Júnior Menor para garantir mais um título em sua carreira, fez o "dever de casa" e, depois de bons treinos, fez a pole e venceu de ponta a ponta, deixando seu principal concorrente, o carioca Zaiya Fontana, na segunda posição. A vitória garantia o título, mas uma punição acabou com as alegrias de Bruno Bertoncello e de sua equipe, a vitoriosa Quake2, comandada pelo preparador Luís Sérgio Santos, o "Zé Bolão".

Segundo a direção de prova, Bruno Bertoncello teria ultrapassado o limite de 50 km/h e queimado a largada e, por esta infração, o gaúcho de Passo Fundo foi punido com o acréscimo de 10 segundos a seu tempo final de prova. A punição colocou Bruno na 9ª posição, o que acabou por lhe tirar o título de campeão da Copa São Paulo.

"Recentemente a Granja adotou radar para monitorar a velocidade de largada. Até aí concordo e elogio. O problema é que tem dois pontos para coletar a velocidade. No primeiro passamos a 41 km/h e antes de chegarmos no segundo ponto, embaixo da sinaleira, o farol foi apagado, dando a largada. A luz apagou e todos nós pilotos aceleramos e largamos absolutamente juntos. Em toda e qualquer competição automobilística, luz apagada, pé no fundo. Foi uma largada praticamente perfeita de todo pelotão, todos nós estávamos colados um no outro", lembra Bruno Bertoncello.

"A alegação foi de que excedi o limite máximo de velocidade para a largada, isto é lamentável e inaceitável. Isto certamente terá que ser revisto pela direção para 2012, só que eu perdi o campeonato e um ano de muito trabalho e dedicação. O que me conforta um pouco é que o título ficou em boas mãos. O Zaiya é muito bom piloto e também merecia o título, parabéns amigo", elogia Bertoncello.

O novo resultado colocou Bruno Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed | Sport Wear by ULV) na terceira posição na tabela final de pontos do campeonato entre 34 competidores. "Foi uma boa temporada, onde aprendi muito em minha nova categoria", diz Bruno, que até 2010 competia na Cadete, categoria onde conquistou seu maior título, o de campeão sul-americano.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

Em Miami, Miguel Paludo busca fechar temporada da Nascar Truck Series com chave de ouro


Piloto brasileiro já ficou entre os 10 primeiros em sete corridas do seu primeiro ano completo na categoria

É na mais brasileira das cidades americanas que Miguel Paludo encerrará sua primeira temporada completa na Nascar Truck Series. O piloto da equipe Duroline encara neste final de semana a última corrida do ano, em Miami, com o objetivo de chegar entre os 10 primeiros pela oitava vez em 2011. O oval de 1,5 milha é um dos favoritos do brasileiro.

"O que mais gosto neste autódromo é que você consegue ser rápido em qualquer uma das linhas do traçado, tanto na de cima quanto na de baixo", disse o piloto, que fez em 2010, justamente em Miami, a sua segunda corrida pela equipe Duroline. "Aprendi muito lá no ano passado e acredito que hoje, com mais bagagem na categoria, farei uma boa corrida", completou.

Paludo ocupa hoje a 17ª posição da tabela de classificação e quer somar o maior número de pontos possíveis para fechar o ano entre os 15 primeiros. Depois disso, férias no Brasil: "Quero ir para casa aproveitar o verão com minha família e amigos. Além de, claro, me preparar para 2012".

A corrida que fecha a temporada 2011 da Nascar Truck Series está marcada para as 23h (horário de Brasília) desta sexta-feira. A prova conta com transmissão ao vivo do Speed Channel.

Fonte: RF1 Jornalismo Ltda
Foto: Red Horse Racing

quinta-feira, novembro 17, 2011

Mega Kart encerrou participação na Copa São Paulo comemorando a conquista de mais um título


Nova comemoração da fábrica veio com título de Oscar Alves na Super Fórmula 4 Sênior

E a Mega Kart, que está fazendo uma temporada extremamente vitoriosa com seu chassi Mega X, conquistou mais um título, agora no campeonato estadual mais importante do kartismo brasileiro. Fábrica de chassi e componentes para o esporte no Brasil, a Mega Kart fechou sua participação na Copa São Paulo comemorando o título na categoria Super Fórmula 4 Sênior.

O mais novo título da Mega Kart veio com o paulista Oscar Alves, que já comemorou muitas vitórias e conquistas com a empresa paulista. Alves foi o vencedor da última etapa da competição, disputada neste sábado (12) no Kartódromo Granja Viana, resultado que lhe permitiu - e à fábrica - iniciar uma grande comemoração.

Entre outubro e novembro, por exemplo, a Mega Kart teve vários momentos de alegrias. Foi com seu chassi Mega X que Yuri Alves, Jorge Mortara e Gaetano Di Mauro conquistaram vagas para a final mundial do Rotax Max Challenge, que será disputada nos Emirados Árabes. Além disso, a empresa conquistou o tricampeonato das 3 Horas de Guaratinguetá e também o Campeonato Catarinense.

"Estamos até sendo repetitivos, mas não há como falar de uma forma diferente: é um dos anos mais vitoriosos de nossa história e devemos isso a um trabalho muito sério e dedicado de todos dentro da Mega Kart", afirmam Waldíbio Ferraz e Marcos Ferreira, diretores da empresa. "E, claro, devemos estas vitórias e títulos aos pilotos que acreditaram na qualidade do nosso equipamento. E é a eles que agradecemos, pela confiança depositada no trabalho da Mega Kart", finalizam.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

João Pedro Custódio está nos Estados Unidos para sua estreia no kartismo internacional


Goiano disputa o Skusa, que reúne mais de 400 pilotos de todo o mundo

Com praticamente todos seus compromissos no kartismo brasileiro já cumpridos na atual temporada - faltam apenas o Grande Prêmio RBC e a preliminar das 500 Milhas - o goiano João Pedro Custódio (Pivot Máquinas Agrícolas e Sistemas de Irrigação | Ford - Navesa | AGEL - Governo de Goiás | Kart Mini | Sport Wear by ULV | Mittag Competições) embarcou no último domingo (13) para Las Vegas, nos Estados Unidos.

João Pedro começará uma nova fase em sua carreira, iniciada em 2006 na Mirim, passando a disputar corridas de alto nível no mundo todo e também no Brasil. A primeira delas é o Skusa, uma das maiores competições do kartismo americano, que a cada ano reúne mais de 400 pilotos de diversas partes do mundo e que é disputada em um circuito montado no estacionamento do Hotel Rio, em Las Vegas, no Estado de Nevada. Com 100 eventos disputados e 195 largadas oficiais, João Pedro fará parte da equipe Tony Kart West, na qual utilizará equipamento e estrutura de ponta no kartismo americano.

"Nosso objetivo número 1 é adaptar o João Pedro aos grandes eventos internacionais, onde muitos itens são diferentes do kartismo brasileiro", afirma Geovane Gonçalves, pai do piloto goiano. João Pedro competirá na categoria TaG Cadete, para pilotos com idade entre 9 e 12 anos. "Acreditamos que o João Pedro fará belas corridas, com a proteção de Deus, e buscaremos o melhor resultado possível contra os quase 80 concorrentes. Queremos que ele aprenda o máximo possível para que em 2012 possa participar novamente, com grande evolução", completa.

A estreia de João Pedro Custódio no kartismo internacional está cercada de grandes expectativas não só quanto à sua própria participação, mas também em relação ao evento que o espera nos Estados Unidos. "O Skusa está em sua 15ª edição e a cada ano vem crescendo de uma forma incrível. Sempre ouvimos falar muito bem do evento, que todos os anos leva um número maior de brasileiro à suas disputas", elogia Geovane Gonçalves. "Este ano cerca de 30 pilotos brasileiros estão aqui e o João Pedro é um deles. Estamos conferindo de perto este grande evento e queremos também aprender mais um pouco, aprendizado que certamente será muito importante para os próximos passos do João Pedro", completa.

A próxima temporada de João Pedro Custódio (Pivot Máquinas Agrícolas e Sistemas de Irrigação | Ford - Navesa | AGEL - Governo de Goiás | Kart Mini | Sport Wear by ULV | Mittag Competições) será iniciada por outro evento de alto nível, também nos Estados Unidos, o Flórida Winter Tour. E, em sua preparação para 2012, o jovem goiano já tem programado seu primeiro contato com os chassis "grandes", os que são utilizados a partir da categoria Júnior Menor. "Em 2012 o João Pedro terá cédula desportiva de Júnior Menor, mas vamos continuar priorizando as corridas com chassi Cadete e motores dois tempos, tanto no Brasil quanto no exterior. Mas ele também treinará com os karts ‘grandes’ para estar pronto para correr na Júnior em 2013", encerra Geovane Gonçalves.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Terceiro lugar na Granja se juntou a quatro títulos nacionais de Felipe Drugovich em 2011


Paranaense foi campeão da Copa Brasil em duas categorias em 2011, além de vencer o Sul-Brasileiro e o Brasileiro

Um terceiro lugar na última etapa da Copa São Paulo garantiu ao paranaense Felipe Drugovich (Drugovich | Diesel Technic) mais uma excelente colocação final em um campeonato no kartismo brasileiro. A 11 ª etapa da competição foi disputada no último sábado (12) no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), e o piloto de Maringá, interior do Paraná, terminou com a 3ª posição na tabela de classificação entre os 18 participantes da categoria Super Cadete.

O ótimo resultado neste que é considerado o mais importante campeonato em nível estadual do Brasil - em determinadas etapas a Copa São Paulo reuniu mais de 300 pilotos em suas diversas categorias - juntou-se a outras quatro conquistas importantes durante a temporada. Competindo pela categoria Cadete, Drugovich foi campeão brasileiro e da Copa Brasil, ao passo que pela Super Cadete ele venceu o Campeonato Sul-Brasileiro e também a Copa Brasil.

"Foi uma excelente temporada do Felipe, que em 2011 confirmou o que se via nele em 2010: um piloto com enorme potencial para ser campeão", afirma Claudio Drugovich, tio de Felipe. "Ele fez grandes corridas, foi rápido sempre e, quando não venceu, teve belas atuações", continua.

Felipe Drugovich (Drugovich | Diesel Technic), que compete pela MZ Racing, do preparador Mazinho, conquistou vitórias também na Granja Viana, resultados que lhe permitiram classificar-se aos playoffs finais, onde apenas os dez primeiros da fase classificatória poderiam lutar pelo título. E, na fase final, o paranaense repetiu a dose, conquistando vitórias e, assim, esteve entre os que se destacaram na luta pelo título. "A Copa São Paulo é uma competição muito difícil e, principalmente, longa. Terminar entre os três primeiros é um resultado muito positivo, exatamente pelas dificuldades que um campeonato neste formato proporciona, e também pela qualidade dos adversários", finaliza Claudio Drugovich.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Luiz Pinheiro

quarta-feira, novembro 16, 2011

Racing Festival confirma calendário e vai a Vitória em 2012


Copa Fiat e Fórmula Futuro correrão nas ruas da capital capixaba

A inclusão de um circuito de rua é a principal novidade do calendário do Racing Festival em 2012. Depois da Fórmula Ford na década de 80 e da Fórmula Renault de 2002 a 2005, o traçado urbano de Vitória receberá a Copa Fiat (nova denominação do Trofeo Linea) e a Fórmula Futuro na próxima temporada. Os dois campeonatos serão abertos nos dias 13, 14 e 15 de abril em Curitiba.

O Racing Festival manterá o mesmo número de datas - seis - e formato - rodadas duplas - dos dois primeiros anos. A capital capixaba sediará a quinta e penúltima etapa, no período de 7 a 9 de setembro. "A data foi sugestão da própria prefeitura da cidade, que aproveitará não apenas o fim de semana prolongado do Dia da Independência como também incluirá o Racing Festival nas comemorações oficiais do aniversário da cidade", disse Titonio Massa, da RM Racing Events, empresa organizadora do Racing Festival. Em 2012, Vitória completará 461 anos.

Segundo Titonio, a Confederação Brasileira de Automobilismo já enviou representantes para vistoriar o local onde será montado o circuito. Os carros percorrerão as ruas e avenidas da Enseada do Suá, um dos mais belos cartões postais do município, mas o traçado deverá ser ligeiramente alterado em relação ao desenho anterior. "A cidade passou por algumas mudanças urbanísticas que exigirão uma readequação na pista, mas o restante será aquela já conhecida", explicou.

O Racing Festival entrará em seu terceiro ano em 2012. Na série de turismo, inspirada no modelo Linea da Fiat, Cacá Bueno conquistou os dois títulos. Na categoria-escola idealizada por Felipe Massa, o carioca Nicolas Costa foi o primeiro campeão e o mineiro Guilherme Silva o sucedeu no final do mês passado no Velopark.

O calendário completo:

13/14/15-04 - Curitiba
01/02/03-06 - Londrina
06/07/08-07 - Brasília
17/18/19-08 - São Paulo
07/08/09-09 - Vitória
02/03/04-11 - Velopark (RS)

Fonte: MF2 - Serviços Jornalísticos Ltda. / Márcio Fonseca
Foto: Carsten Horst / MF2

Copa São Paulo de Kart tem campeões de 2011 definidos


Última corrida do ano teve 245 inscritos em 17 categorias

A 11ª etapa da Copa São Paulo de Kart da Granja Viana, realizada no último sábado, decidiu os campeões das 17 categorias que compõe o principal evento do kartismo paulista. No total, foram 245 inscritos no último dia de competições em Cotia, região metropolitana de São Paulo.

Paulo Coelho comemorou com vitória na última bateria o título da categoria Mirim. Feito idêntico ao de Yanni Fontana na Cadete e Pedro Cardoso na Super Cadete. Já na Junior Menor quem venceu a corrida foi Bruno Bertoncello, mas o título ficou nas mãos de Zaiya Fontana, que chegou em terceiro.

Na Junior, vitória e título para Vitor Batista. Lukas Moraes também ganhou a corrida e o campeonato ao cruzar em primeiro na Shifter Junior. Na Sudam/Graduados, Felipe Guimarães ficou com o título cruzando a linha na quarta colocação. A vitória foi de Victor Fanzoni.

Danilo Dirani, na Shifter Graduados, Renato Russo, na Shifter Sênior, Fernando Guzzi, na Executive, foram outros que selaram a conquista do campeonato com vitória. Roberto Azana levou na Super Sênior.

Na Super F4 o título foi de Bruno Milone e na Super F4 Sênior o campeão foi Oscar Alves. Pedro Sanchez foi campeão na Pró 500 com vitória no sábado. E no parakart, mesmo chegando em décimo, Rafael Rodrigues foi o campeão. A categoria Stock 125 está sub júdice.

Texto: RF1 Jornalismo Ltda
Foto: Bruno Terena

Gregory Diegues disputa Skusa e espera fazer boa estreia no kartismo americano


Prova reúne mais de 400 pilotos de todo mundo em Las Vegas

Chegou o momento do grande desafio para muitos pilotos brasileiros. A partir desta quarta-feira (16) cerca de 30 representantes do nosso kartismo começaram a disputa de uma das mais importantes competições de kart nos Estados Unidos. Em uma pista montada no estacionamento do Hotel Rio, em Las Vegas, nos Estados Unidos, será disputada a 15ª edição do Super Nationals, mais conhecido como Skusa, que reúne mais de 400 pilotos de várias partes do mundo.

O paulista Gregory Diegues (Bad Boy | Banco Rendimento | V!be Energy Drink | Chilli Beans | Hinkel | Ecko Unltd.) é um dos representantes do Brasil, competindo pela categoria TaG Cadete, para pilotos com idade entre 9 e 12 anos. Junto com ele estão outros brasileiros, como João Pedro Custódio, Juan Crespi Neto, Gianluca Petecof, Luís Felipe Branquinho, Pedro Cardoso e Matheus Leist.

"Será a estreia do Gregory em competições internacionais fora do Brasil", lembra Maurício Diegues, pai de Gregory. "Temos a pretensão de aprender o máximo possível e pretendemos fazer uma boa participação. Esperamos que o Gregory se classifique para as finais", continua Maurício, citando o fato de que apenas 34 pilotos disputam as fases finais da competição, dentre os 80 pilotos inscritos na categoria.

Gregory Diegues (Bad Boy | Banco Rendimento | V!be Energy Drink | Chilli Beans | Hinkel | Ecko Unltd.) representa a equipe Italian Motors, muito conceituada nos Estados Unidos. "O Gregory utilizará chassis e motores Italkart. A Italian Motors é uma equipe com grandes resultados no kartismo americano, tendo conquistado várias vitórias, até mesmo com o nosso multicampeão brasileiro André Nicastro", explica Maurício Diegues.

"Estamos em Las Vegas com nosso preparador Evandro Camargo e nosso mecânico Dennis, que junto com o mecânico Galo nos ajudou na conquista do Brasileiro deste ano e, por isso, nossa confiança e otimismo crescem bastante", elogia Maurício, referindo-se aos integrantes da Camargo Racing, equipe de Gregory Diegues no Brasil.

As expectativas de Gregory e Maurício Diegues são as melhores possíveis quanto ao evento que encontrarão nos Estados Unidos. "É uma competição muito bem organizada, que oferece milhares de dólares em prêmios e reúne pilotos de diversos lugares do mundo. Estamos ansiosos para que tudo comece", dizem.

Bicampeão brasileiro em 2009 e 2011 pela Mirim e Super Cadete, Gregory Diegues - de apenas 11 anos - está próximo de completar 150 largadas. Também campeão na Granja Viana e vice no Paulista e Copa Codasur, Diegues já foi finalista do Capacete de Ouro, prêmio instituído pela Revista Racing para premiar os melhores do automobilismo brasileiro.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Rodrigo Maitan

terça-feira, novembro 15, 2011

Dudu de Moraes garante título da Fórmula 1.6 Light


No último domingo (13), o Autódromo de Tarumã recebeu as emoções da oitava e decisiva etapa do campeonato gaúcho de velocidade no asfalto. Mesmo com tempo nublado e fortes ventos, as arquibancadas estiveram com um ótimo público que pôde conferir a decisão das categorias do regional. Na categoria Fórmula 1.6 Light, líder absoluto desde a segunda etapa, Dudu de Moraes (Proesporte / Solidus Corretora / Ralf Beer / Porto Chopp) garantiu um segundo lugar na etapa e sagrou-se campeão gaúcho da temporada. Detentor de diversos títulos no kartismo, com destaque ao campeonato brasileiro Sênior B em 2010, soma agora seu primeiro título nos autódromos.

Estou muito contente com esta conquista, era nosso objetivo e foi alcançado. A categoria se apresentou muito competitiva e com média de grid excelente em todas etapas, assim como foi invadida por kartistas que buscam uma categoria escola para seguir no automobilismo, isto valoriza bastante esta nova conquista”, comentou Dudu de Moraes.

O retrospecto ao longo do campeonato e a regularidade do piloto foram fatores decisivos para a conquista. “Começamos o campeonato muito bem, obtivemos pole position, vitória, mas nas últimas etapas tivemos uma queda significativa de rendimento e diversas adversidades, trabalhamos forte para solucionar os problemas e felizmente conseguimos”, finaliza o campeão.

A conquista do piloto gaúcho registra mais um título na categoria Fórmula para sua tradicional família de pilotos, onde Clóvis de Moraes, Tri-Campeão Brasileiro e Tetra-Campeão Gaúcho de Fórmula Ford na década de 70, se destaca por sua vitoriosa carreira. E também de seu irmão Fábio, que saindo do kart conquistou o campeonato regional de Fórmula-Ford em 1995 com equipe própria comandada pelo experiente pai dos pilotos, Téco de Moraes.

Finalizada a temporada 2011, o piloto faz planos para continuar na Fórmula 1.6 em 2012. Ótimas novidades estão em negociação pela categoria em termos de pacote técnico e mídia, que este ano teve ótimo retorno através da transmissão de matérias das provas pelo canal Speed Channel, o que garantirá a repetição do sucesso alcançado neste ano.

Fonte: De Moraes Competições

Bravo, Fuscas!




Copa Fusca foi o show do dia

A Copa Fusca em sua etapa final da temporada 2011 mostrou porque há exatos 22 anos é a categoria preferida do público. O Carro do Povo, que nasceu dos esboços de Ferdinand Porsche ainda na primeira metade do século 20, continua fascinando e mostrando que definitivamente é imortal. A categoria, que passou por vários anos com grid minguado e dificuldades encerrou o ano com chave de ouro, com 19 carros no grid e uma etapa inesquecível.

O trabalho de reestruturação da Copa Fusca, liderado por um grupo de pilotos e simpatizantes, foi acompanhada na temporada pela Federação Gaúcha de Automobilismo, através de seu presidente, Carlos de Deus e do diretor de asfalto da entidade, Urbano da Silva, piloto que esteve presente na Copa Fusca entre 1989 e 2001. O trabalho de reestruturação buscou os pilotos novatos, que buscam uma alternativa mais barata para entrar no automobilismo de asfalto. Com o apoio da Excelsior/ Pirelli no fornecimento dos pneus Cinturato P4 e com alguns acertos no regulamento, a categoria se torna novamente a porta de entrada do Automobilismo Gaúcho e para 2012 novidades já estão sendo estudadas pela FGA.

A prova deste domingo foi um verdadeiro show, tanto dos novatos quanto dos veteranos da velocidade. O pole position foi Everson Melo (#26), com o tempo de 1:23s192, apenas 3 centésimos a mais que Moacir Fighera (#8). Mas quem acabou vencendo a primeira bateria, após uma prova eletrizante, foi Joel Iuchno (#0), seguido de Everson, Fighera e Daniel Oliveira (#42). Na classe B a vitória foi de Vanderlei Pires (#20), que liderou um pelotão de nada menos que 7 carros.

A segunda bateria iniciou movimentada como a primeira, com Iuchno na ponta, seguido de Fighera, Everson e Daniel. Iuchno acabou enfrentando problemas de câmbio e fez um pit stop, caindo para as últimas posições. Fighera passou a liderar, enquanto Daniel superou Everson. Na classe B, Norberto Correa venceu após superar Fabrício Fraga (#44) e Carlos Guizzo (#12). A prova foi marcada por várias estreias, como Betinho Martins (#72), que dividiu a pista com seu pai, Norberto Martins (#9); a dupla Noli Ferreira/ Sérgio Rocha (#22), pilotos do Gaúcho de Mini Fórmula Tubular, Paulo Fontes (#14), piloto que competia no Gaúcho de Endurance; além dos retornos de Diego Feron (#6) e Cássio Grupe/ Henrich Ott (#19).

Com o resultado, Everson Melo alcança o campeonato na classe A. Já na classe B, Carlos Guizzo confirma seu título, embora os resultados ainda dependam das análises técnicas da Federação Gaúcha de Automobilismo.

Resultado extra-oficial da etapa:
1 8 Moacir Fighera (A) Super Gas Bras/Expresso Medianeira/A - Santa Maria
2 26 Everson Melo (A) Mecanica Melo / Gufar Auto Peças - Porto Alegre
3 42 Daniel Gustavo Oliveira (B) Auto System Estética Automotiva / Trans - Porto Alegre
4 79 Norberto Correa (B) Prêmio Car Santa Maria - Santa Maria
5 12 Carlos Guizzo (B) CPR Rodas e Pneus / Mecanica Guizzo - Caxias do Sul
6 9 Norberto Martins (B) Afceee / Solder Sul - Gravatai
7 20 Vanderlei Pires (B) Van Motoboys - Porto Alegre
8 0 Joel Iuchno (A) MAXIPLASTICA / MARECHAL CENTE - Porto Alegre
9 6 Diego Feron (B) Rubão Racing / Retificadora Tuiuti - Santa Maria
10 27 Gilvan Dalloglio (B) Parizi Veículos / Real Acessorias - Bento Gonçalves
11 22 Sérgi Rocha / Noli Ferreira (B) Breads / Jet Performace
12 72 Betinho Martins (B) Afceee / Solder Sul - Porto Alegre
13 44 Fabricio Silva Fraga (B) Ta no sangue Transportes Irmão Imiballi - Tapes
14 65 Eduardo Tomedi (B) Van Motoboys / Auto System / Velocidad - Porto Alegre
15 10 Diego de Azevedo Siqueira (B) Fiz Tintas / Radiante Recarga - Cachoeirinha
16 19 Heinrich Ott Jr / Cassio Grupe (B) Ottima Imoveis / Red Bull / Nextel Prospe - Porto Alegre
17 14 Paulo Fontes (B) Porto Alegre
18 40 Anderson Grupe (A) Hot Rod - Porto Alegre
19 3 Juarez Paim (A) Map Car / Baita Kão / Corpo Nú - Caxias do Sul


Fonte: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo