sábado, julho 30, 2011

Fernando Kid buscará liderança no Sul-Americano de F-3



Após a rodada de Interlagos, há duas semanas, o Sul-Americano de F-3 desembarca neste final de semana na capital mundial do samba. No Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, os carros da F-3 mais veloz do mundo farão a sua terceira rodada da temporada.


Competindo pela equipe HiTech Racing o piloto mineiro Fernando Kid (BMG GK Industrial) fará nesta rodada a sua segunda participação por este time. Muito animado para as disputas o piloto de 17 anos espera conseguir na pista carioca a sua primeira vitória do ano. Ele, que foi campeão em 2010 pela classe Light, já foi ao pódio em quatro corridas nesta temporada e ocupa a vice-liderança do Campeonato com 81 pontos.


Kid é um dos poucos pilotos do grid que já teve contato com a pista carioca. Em duas oportunidades o piloto já participou de treinos no seletivo traçado do Autódromo Nelson Piquet o que, segundo ele, deverá fazer uma grande diferença em relação aos demais.


"É sempre bom quando temos a oportunidade de conhecer uma pista antes do final de semana da corrida. Ter treinado aqui me dá a chance de uma importante vantagem, pelo menos até a tomada de tempos. Tivemos alguns problemas na prova de São Paulo, mas, a equipe se empenhou bastante no ajuste dos carros e tenho certeza que poderemos brigar pelas vitórias aqui no Rio", encerrou o representante do BMG.


Confira a programação oficial do final de semana:


SEXTA-FEIRA - 29/07/2011
08:00h as 08:20h – Treino livre 1
09:50h as 10:35h – Treino livre 2
11:35h as 12:20h – Treino livre 3
16:30h as 17:00h – Tomada de Tempos


SÁBADO - 30/07/2011
11:00h as 11:30h - 1ª Corrida
15:15h as 16:45h - 2ª Corrida


DOMINGO - 31/07/2011
14:10h as 14:40h - 3ª Corrida (Rede TV! - Transmissão AoVivo)


Após as seis primeiras corridas do Sul-Americano de F-3 a classificação traz Fabiano Machado em primeiro com 120 pontos; Fernando KID em segundo, com 81; Guilherme Silva em terceiro, com 75; Ronaldo Freitas em quarto, com 57; Leonardo Souza em quinto, com 55 e João Leme em sexto, com 52 pontos.


Fonte: Quick Comunicação e Marketing


quinta-feira, julho 28, 2011

Velocidade em Pista de Terra: Caçapava do Sul é confirmada como sede do Brasileiro da modalidade


Interior do Rio Grande do Sul recebe importante prova do calendário nacional

Um dos mais belos traçados do Rio Grande do Sul, o autódromo Alberto Cidade, na cidade de Caçapava do Sul, a cerca de 260 km de Porto Alegre, receberá nos próximos dias 1 e 2 de outubro mais uma etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo em Pista de Terra.

A prova terá a participação das categorias Turismo 1600, Fórmula Tubular e Mini Fórmula Tubular e valerá como etapa do Campeonato Gaúcho de pista de terra.

O autódromo, mantido pelo Automóvel Clube de Caçapava do Sul, é um dos mais antigos e tradicionais do estado e recebe etapas do Campeonato Gaúcho há vários anos. O traçado é localizado nas margens da BR 392, em Caçapava do Sul.

Fonte: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

quarta-feira, julho 27, 2011

Doglas Pierosan disputa título brasileiro da Super Sênior com muito otimismo


Atual vice no Sul-Brasileiro, paranaense foi destaque nos dois últimos treinos oficiais do Brasileiro

Vice-campeão sul-brasileiro na Sênior A, o paranaense Doglas Pierosan (Transfera) está em Minas Gerais, mais exatamente em Vespasiano, onde busca conquistar seu primeiro título de campeão brasileiro de kart. Piloto da Super Sênior, Pierosan tem bons motivos para estar otimista em alcançar seu principal objetivo na atual temporada.

Nos quatro treinos oficiais, realizados nesta terça e quarta-feira no Kartódromo RBC Racing, palco da competição, Pierosan esteve sempre em destaque, principalmente nos dois últimos, quando finalizou em 4º e 7º, respectivamente. "Estamos muito otimistas. Nosso grid é grande, temos 29 pilotos na categoria, e terminar entre os primeiros nos treinos é sinal de que estamos competitivos", diz Pierosan. "Os dois últimos treinos são justamente os que se aproximam mais da verdade e isto nos deixa confiantes", emenda.

Pierosan, que compete pela Kosta Racing com chassi Birel e motor e carburador preparados pela RBC Racing, espera um bom resultado já na tomada de tempos, que será realizada nesta quinta-feira (28). "Temos um pequeno treino de aquecimento antes da tomada e aí buscaremos aquele ‘pelinho’ que falta. Espero que Deus nos ajude e proteja a todos os pilotos que estão disputando este Brasileiro", finaliza o piloto, que é apoiado pela Transfera.

O Campeonato Brasileiro é composto por duas provas classificatórias - a serem disputadas na sexta-feira - e por uma prova Pré-Final e uma Final, que serão realizadas no sábado. O campeão de cada uma das sete categorias em disputa será o piloto vencedor da última prova.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Brasileiro de Kart: Quebrado o recorde extra-oficial do RBC Racing


A movimentação foi grande neste dia de últimos ajustes no RCB Racing

Gabriel Casagrande (PR), da Graduados, foi o mais veloz do dia com o tempo de 51s754

Foi encerrado agora há pouco no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, região metropolitana mineira, o segundo dia de treinos livres do Campeonato Brasileiro de Kart. Pilotos e equipes reservaram para o dia de hoje os ajustes mais sensíveis e o aprimoramento das técnicas de pilotagem para a tomada de tempos que será disputada amanhã.

Nesta quarta todas as sete categorias da disputa participaram de duas sessões de treinos livres. Com dia ensolarado e temperaturas na casa dos 22ºC, as equipes tiveram hoje condições diferentes das encontradas ontem e, assim, puderam desenvolver outros tipos de acertos para os karts.

Como já havia sido previsto os tempos baixaram bastante em relação ao primeiro dia e, de forma extra-oficial, o recorde da pista foi batido. Quem estabeleceu este tempo mais veloz do dia de hoje foi o paranaense Gabriel Casagrande, da classe Graduados. Com o tempo de 51s754 ele foi o mais veloz do segundo grupo de sua categoria e surge como um dos favoritos à conquista da pole position.

Nas demais categorias as disputas pelos tempos mais velozes está bastante acirrada e difícil prever quem serão os mais velozes na definição dos grids de largada das corridas classificatórias. Lideraram a quarta e última sessão de treinos livres em suas respectivas categorias os pilotos: Allan Synthes (SP), Sênior “A”; Angelo Gabriel Vago (ES), Sênior “B”; George Neto (PR), Novatos; Alain Sisdelli (SC), Graduados “A” - Grupo 1; Lucas Nogueira (MG), Graduados “A” - Grupo 2; Marcelo Solmucci (DF), Super Sênior; Renato Júnior (RJ), Sudam Júnior e Luiz Henrique Pinheiro (MG), F-400.

Premiação extra no Brasileiro

Nos últimos dias os organizadores do Brasileiro de Kart tem anunciado alguns prêmios que serão oferecidos para os melhores classificados da categoria Graduados como treino de F-3 Sul-Americana e desconto na temporada de F-Futuro.

Nesta manhã a empresa Starling Design, especializada em pinturas especiais, firmou uma parceria com a organização do evento e oferecerá mais um prêmio. O campeão da categoria Novatos irá receber uma pintura de capacete completa, oferecida pela empresa que tem sua sede em Belo Horizonte.

Mudança nos horários traz primeiras corridas para amanhã

Diferente da programação inicial da competição nesta quinta-feira, dia 28, acontecerão as primeiras corridas desta edição do Brasileiro de Kart. Como a classe graduados teve um número de inscritos superior a 36 pilotos, serão realizadas amanhã as corridas classificatórias e de repescagem nesta classe.

As atividades terão início as oito horas, com treinos de aquecimento. As tomadas de tempos tem seu início previsto para as 10:25h.. As corridas começarão efetivamente as duas da tarde e serão apenas da categoria Graduados. A primeira prova será dos grupos AxB, BxC e AxC. A última corrida do dia será a repescagem e será realizada as 17:30hs.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

Na Bélgica, Britânico de F-3 chegará à sua sétima rodada


Em um dos autódromos mais tradicionais do mundo, que conta com uma das pistas de maior extensão da atualidade, o Campeonato Britânico de F-3 chegará neste final de semana à sua sétima rodada com as corridas válidas pela 19ª, 20ª e 21ª etapas da temporada. As disputas terão vez na Bélgica, no circuito de Spa-Francorchamps, e encerraram a fase européia do Campeonato.

Atualmente ocupando a terceira colocação no Campeonato, o piloto brasileiro Lucas Foresti (RADIEX) está muito animado para esta prova. Junto aos engenheiros da Fortec Motorsport e aos técnicos da Mercedes-Benz o piloto garante que conseguiram algumas importantes evoluções no carro desde a última corrida, disputada há duas semanas, em Paul Ricard, na França.

A pista de Spa é considerada uma das mais desafiadoras do mundo. O traçado é de altíssima velocidade e permeado por muitas curvas onde a força “G” se assemelha a de aviões de manobras acrobáticas. Dados estatísticos, baseados nas telemetrias das equipes, mostram que 71% da volta é feita com aceleração plena. Além disso, é exatamente em Spa-Francorchamps que está a curva Eau Rouge, mais famosa do automobilismo mundial, feita pelos carros de F-1 acima dos 300 km/h. Seu traçado tem atualmente quase sete quilômetros de extensão.

Alguns fatores tornarão a corrida deste final de semana bastante diferente das demais provas da temporada, a começar por sua programação, que será toda desenvolvida na quinta, sexta e sábado. Isto se deve ao fato do evento, como um todo, fazer parte da programação da lendária prova das 24 Horas de Spa, corrida de carros protótipos que terá sua largada na noite de sábado, no mesmo traçado. Além disso, também nesta rodada, o Britânico de F-3 receberá os pilotos e equipes do Troféu FIA de F-3, evento criado nesta temporada pela entidade máxima do automobilismo. Desta maneira, as três corridas do final de semana deverão receber o maior grid da temporada, com expectativa de quase 30 pilotos de 15 diferentes nacionalidades.

Estamos em um momento muito importante do Campeonato. Viemos de dois finais de semana não muito produtivos na Alemanha e França e, agora, preciso marcar o maior número de pontos possíveis para me manter ainda com chances de disputar o título. A minha diferença para reassumir a vice-liderança no Campeonato é de apenas cinco pontos, mas, meu real objetivo é conseguir diminuir este espaço para o líder e levar a disputa do título para as três rodadas finais do Campeonato, que serão disputadas em Rockingham, Donington Park e Silverstone”, finalizou o representante da RADIEX.

Confira a programação oficial do final de semana: (Horário de Brasília)

Quinta-feira - 28/07/2011
05:45 - 06:30 - Treino Livre 1
11:00 - 11:45 - Treino Livre 2

Sexta-feira - 29/07/2011
04:50 - 05:20 - Tomada de Tempos
08:15 - 08:45 - Corrida 1
11:30 - 11:50 - Corrida 2

Sábado - 30/07/2011
11:45 - 12:25 - Corrida 3

-> Atividades de pista terão live-timing através do site de Lucas: http://www.lucasforesti.com.br <-

As informações sobre competições, resultados, agenda, notícias e galerias de fotos da carreira de Lucas Foresti podem ser acessadas através da página do piloto na internet. Lá também é possível fazer contato com Foresti por meio de seu mural de recados, acesse: www.lucasforesti.com.br.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Fotos: Jakob Ebray - Divulgação

terça-feira, julho 26, 2011

Brasileiro de Kart: Encerrado primeiro dia de treinos


O goiano João Sérgio Câmara foi o mais veloz desta terça-feira

Mais de 190 pilotos treinaram nesta terça-feira

Depois de uma segunda-feira reservada a procedimentos administrativos e de verificações de equipamentos os motores roncaram para valer nesta terça-feira (26) no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano - MG, quando foram iniciados os treinos livres do 46º Campeonato Brasileiro de Kart.

Na pistas as categorias Novatos, Graduados, Sênior “A”, Sênior “B”, Super Sênior, Sudam Júnior e F-400 participaram de duas sessões de prática livre. Pilotos e equipes buscaram neste primeiro dia se adaptar ao traçado da pista mineira, bastante técnica. Seu traçado de 1.200 metros de extensão é permeado por seis curvas à direita, quatro à esquerda e três trechos de reta bem definidos. Suas características principais são de média-alta velocidade.

Vários pilotos de destaque no automobilismo nacional e internacional estão nesta fase do Campeonato Brasileiro. Alguns deles são Lucas Finger (Stock-car); Fernando Croce (GT3), Giuseppe Vecci (Stock-car); Felipe Guimarães (A1-GP), Sérgio Jimenez (GP2); Rafael Suzuki (F-3); André Nicastro (Campeão Mundial de Kart), dentre vários outros. Da F-Futuro, que atualmente é o segundo passo de um competidor no automobilismo, estão no RBC Racing Jonathan Louis (PR), Guilherme Salas(SP), Johilton Pavlak (RN), Ricardo Landucci (SP) e Felipe Donato (RS).

Como já era prevista a classe mais rápida na pista é a Graduados que, também, reúne o maior número de pilotos nesta fase, 39 ao todo. O mais veloz desta terça foi o goiano João Sérgio Câmara, que marcou o tempo de 52s293. Esta marca ainda está cera de três décimos acima do recorde oficial do circuito, pertencente ao mineiro João Pedro Archer. Porém, segundo alguns preparadores e chefes de equipe esta marca deverá ser superada até a tomada de tempos, prevista para a próxima quinta-feira.

A programação de amanhã será exatamente a mesma de hoje. Os treinos amanhã começam pontualmente às oito horas e terão seu encerramento no final da tarde, às 17:40 horas. Todas as atividades terão “live-timing” dos tempos através do site do kartódromo, disponível através do endereço www.rbcracing.com.br.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: Flávio Quick

Programa Velocidade, do dia 23 de julho, sobre o Catarinense de Automobilismo

Racing Festival volta a dar bolsa às promessas do kart

Três melhores graduados do Brasileiro receberão desconto na Fórmula Futuro Fiat em 2012

A organização do Racing Festival anunciou nesta terça-feira a renovação do programa de subsídio ao kart nacional. A exemplo do ano passado, os três melhores pilotos da categoria graduados no Campeonato Brasileiro, desde que com idade entre 15 e 20 anos, receberão descontos de respectivamente 70%, 50% e 30% para correr na Fórmula Futuro Fiat em 2012. Os campeões de sete categorias serão conhecidos neste sábado em Vespasiano (MG).

A bolsa integra o atraente pacote de prêmios oferecido pelos promotores do Racing Festival, que já garante a participação no automobilismo internacional ao campeão da temporada. "A Fórmula Futuro Fiat foi concebida exatamente para dar à garotada saída do kart a primeira oportunidade nas pistas de corrida. Nada mais natural, portanto, esta nossa preocupação em ajudar financeiramente os jovens que estão nesse momento de transição", justifica Titonio Massa, executivo da RM Racing Events, empresa responsável pelo Racing Festival.

Em 2010, o campeão Victor Franzoni, o vice Guilherme Silva e o quarto colocado Felipe Donato foram os beneficiários da iniciativa. Franzoni tornou-se o piloto mais jovem a ganhar uma prova válida por campeonato brasileiro ao vencer a segunda etapa da Fórmula Futuro Fiat em Interlagos, enquanto Silva levou a melhor na terceira, realizada em Brasília. Donato tem como ponto alto até o momento o 3º lugar nessa mesma prova.

De acordo com os dirigentes do Racing Festival, com o desconto de 70% sobre a base estimada em R$ 220 mil como custo por piloto, o melhor kartista da graduados poderá disputar a Fórmula Futuro Fiat em 2012 por apenas R$ 65 mil. Pelo regulamento da CBA, contudo, a idade mínima de 15 anos para a participação na categoria só será aceita se o piloto completar 16 antes do final da temporada.

O Racing Festival, apresentado pelo Banco Santander e Fiat, tem patrocínio da Shell, co-patrocínio da Pirelli, FPT Powertrain Technologies e Sundown Motos, apoio Sada Transportes e Iveco e realização da RM Racing Events.

Fonte: MF2 - Serviços Jornalísticos Ltda / Márcio Fonseca

Indy Lights: Brasileiro Victor Carbone viveu seu melhor final de semana e terminou em 4º no Canadá


Paulista ganhou três posições no campeonato

Em seu primeiro ano na Indy Lights, categoria de acesso à Fórmula Indy, o brasileiro Victor Carbone (Nevoni | Vitalz) disputou no último final de semana (23 e 24) a primeira rodada dupla do ano. As provas foram disputadas em Alberta, no Canadá, no Edmonton City Centre Airport. E foi o melhor final de semana do piloto na atual temporada.

Realizadas em um aeroporto, as provas válidas pela 8ª e 9ª etapa do campeonato, ofereceram a Victor Carbone - e a todos os concorrentes - um novo desafio. "A pista, um circuito misto, recebeu algumas modificações e, por isso, era nova para todos os pilotos", lembra Carbone, que em 2010 foi campeão americano da F2000 Championship Series.

Os desafios aumentaram já na sexta-feira, quando uma forte chuva fez com que todos os pilotos tivessem apenas um treino antes da tomada de tempos. Victor Carbone finalizou a tomada de tempos em 5º, mas uma penalização imposta a Gustavo Yacaman colocou o paulista em 4º no grid de largada.

Em uma prova difícil, marcada por uma forte disputa com Peter Dempsey, Carbone chegou a ocupar a 3ª posição, mas uma atitude dura de seu adversário fez com que o paulista batesse a poucas voltas do final e terminasse em 11º.

O grid da segunda corrida foi determinado pela melhor volta de cada piloto na primeira corrida e Carbone, por ter batido, obteve apenas a 8ª posição neste critério. Uma bela largada, somada a uma bela atuação, fizeram Carbone terminar a segunda corrida na 4ª posição.

O final de semana positivo encerrou-se com a conquista de três posições na tabela de classificação da Indy Lights e o piloto Nevoni | Vitalz passa a ocupar a 8ª posição. "Foi um ótimo final de semana, apesar da batida e do abandono na prova de sábado. Não fosse isso eu teria melhorado ainda mais no campeonato. Mas estou muito contente com minha atuação e o belo resultado do domingo", avalia Victor Carbone.

A Indy Lights prossegue nos dias 5, 6 e 7 de agosto, em Trois Rivieres, também no Canadá, com sua 10ª etapa. Confira os melhores momentos da primeira prova do final de semana: http://www.youtube.com/watch?v=62QCZHiZw_g.


Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Mais de 4 mil pessoas prestigiaram as “100 Milhas de São Bento do Sul”


Foi realizada no último final de semana as “100 Milhas de São Bento do Sul”, no Autódromo Lourenço Schreiner, e mais de 4 mil pessoas vibraram com os pegas e as emoções nas duas baterias realizadas no domingo.

O grande público que prestigiou o retorno de São Bento do Sul ao cenário automobilístico Catarinense saiu satisfeito com as grandes disputas e com as melhorias realizadas no Autódromo.

Para Marcelo Schreiner, um dos organizadores da prova, as “100 Milhas” superou as expectativas. “Nosso objetivo maior era trazer o público de volta à pista e mostrar pra todos que São Bento do Sul merece estar na vitrine do Automobilismo Catarinense, e não tenho a menor dúvida que esses objetivos foram atingidos. As pessoas que aqui estiveram ficaram muito felizes e satisfeitas com tudo, e para nós isso é o mais importante. Conseguimos realizar a volta do Autódromo Lourenço Schreiner em grande estilo”, disse Marcelo.

A prova também movimentou a economia da cidade, lotando hotéis, restaurantes e outros setores, gerando entretenimento e lucratividade para o município. “Recebemos ligações de donos de hotéis, pousadas, restaurantes, postos de combustíveis e outros ramos de atividade, e todos muito felizes com o aquecimento dos negócios no final de semana da corrida. Creio que o ganho para a cidade foi muito grande, tanto em termos econômicos como em imagem, e os frutos dessa prova serão colhidos por muito tempo ainda. Só temos que agradecer à Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina por ter sido parceira nessa ideia e especialmente aos pilotos, equipes e ao público que prestigiaram a corrida. Em nome do São Bento Motor Clube estendo também os agradecimentos aos nossos patrocinadores e a nossa equipe de trabalho, que se dedicou por muitos dias para reativar o Autódromo e não decepcionar quem aqui esteve”, finalizou Marcelo Schreiner.

Os 5 melhores colocados em cada bateria foram:

Fórmula Tubular/Fusca Cross/Gaiolas

1º Cleverson/Fernando Borges – Carro nº 18 – 71 voltas
2º Sílvio/Marcos Podgorski – Carro nº 7 – 69 voltas
3º Fernando/Adriano Gessner – Carro nº 46 – 64 voltas
4º Ivanio/Rodrigo/Paulinho – Carro nº 77 – 62 voltas
5º Junior Moreira/André Ivan/Eloir – Carro nº 11 – 52 voltas

Marcas

1º Christiano Bornemann – Carro nº 343 – 75 voltas
2º Dirceu Rausis/Thomas Schwartz – Carro nº 12 – 73 voltas
3º Jean Moraes/Fernando Drever – Carro nº 38 – 72 voltas
4º Adaílton Hammes/Carlos Ferreira – Carro nº 71 – 70 voltas
5º Arno Odzvani/Rui Prusse – Carro nº 13 – 68 voltas

A prova teve o patrocínio da BORDAMIX BORDADOS, NETSUI, F1 AUTOMÓVEIS, A GAZETA, SERISUL, NOVOTEL, HOTEL URUPÊS, RADIADORES TREVO, PIZZARIA NAPOLITANA, FF RACING, SENNA AUTOMOVEIS e Prefeitura Municipal de São Bento do Sul (SECRETARIA DE OBRAS), organização do São Bento Motor Clube e supervisão da FAUESC (Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina).

Texto: Francis H. Trennepohl - F2 Assessoria Esportiva
Imagem: Jimmi Torres (www.barulhodemotor.com.br)

domingo, julho 24, 2011

Hitech Racing premiará campeão brasileiro da Graduados com um dia de testes na Fórmula 3


João Leme é um dos pilotos da Hitech Racing Brazil

Premiação inédita em Brasileiros aproximará kartistas do automobilismo de alta tecnologia

Os pilotos que competirão na 2ª fase do Campeonato Brasileiro de Kart, que será disputada na próxima semana em Minas Gerais, terão mais um grande incentivo para buscar o título na categoria Graduados. O campeão da mais importante classe do kartismo nacional receberá da Hitech Racing Brazil, equipe da Fórmula 3 Sul-Americana, um dia de testes a bordo de um dos carros da equipe da categoria principal.

A premiação, inédita em um Campeonato Brasileiro, resultou da parceria entre a equipe e a Federação Mineira de Automobilismo e a RBC Preparações. "Sabemos que todo piloto quer chegar até a Fórmula 1 e testar um carro de Fórmula 3 é parte necessária e insubstituível nessa escalada", avalia Rodrigo Contin, engenheiro-chefe da Hitech Racing Brazil, braço brasileiro da inglesa Hitech Racing. "Poder oferecer uma premiação como esta para o piloto vencedor de um campeonato dificílimo como é o Brasileiro de Kart sempre foi um sonho da nossa equipe desde que chegamos aqui no Brasil. Estamos extremamente felizes por termos concretizado esta parceria para essa edição do Campeonato Brasileiro de Kart", emenda o chefe de equipe.

Um carro da Fórmula 3 Sul-Americana usa os chassis italianos Dallara F309 e motores Duratec Berta de 260 hp e alcançam a velocidade de 260 km/h. A Hitech Racing disputa o Sul-Americano na categoria com três pilotos, todos ex-kartistas: os mineiros Guilherme Silva, vencedor das três primeiras provas da temporada, e Fernando Resende, e o paulista João Leme.

"Penso que será uma grande oportunidade para o vencedor ter um contato mais direto com o automobilismo de alto nível. A Fórmula 3 Sul-Americana oferece o que há de mais moderno em termos de tecnologia em competições automobilísticas na América do Sul e o piloto da Graduados certamente tem mais um grande motivo para esforçar-se em ser campeão", finaliza Contin.

O Campeonato Brasileiro de Kart terá sua segunda fase iniciada na próxima segunda-feira (25) e encerrada no sábado (30). As disputas acontecerão no moderno Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, Grande Belo Horizonte (MG).

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Flávio Quick

sábado, julho 23, 2011

Em Minas Gerais, Brasileiro de Kart terá piloto da Stock Car


Giuseppe Vecci, que já competiu na Stock Car, Pick-up Racing, F-Chevrolet e Copa Clio disputará o nacional pela categoria Sênior “A”

Na próxima semana, entre os dias 26 e 30 de julho, os motores irão roncar alto em Minas Gerais. No Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, região metropolitana de BH, acontecerá a segunda fase do Campeonato Brasileiro de Kart 2011.

As disputas desta fase estarão restritas aos pilotos com 15 anos ou mais e, desta forma, entre as sete classes que farão parte da programação, aparecem nomes de destaque no kartismo e no próprio automobilismo brasileiro.

O goiano Giuseppe Vecci (CEMIL | FRIGORÍFICO PEIXE BRASIL | GOVERNO DE GOIÁS) irá competir na categoria Sênior “A”. Esta classe é destinada aos pilotos com idades acima de 25 anos e que carregam resultados expressivos em seus currículos.

Atualmente com 37 anos, Vecci está no automobilismo há mais de 20 anos. Em todo este tempo o piloto acumula em sua história participações em vários campeonatos de expressão no país como Stock Car, Pick-Up Racing, Copa Renault Clio, Brasileiro de Marcas e F-Chevrolet. Sem nunca ter abandonado o kart, este goiano trata os pequenos monopostos com grande entusiasmo. Suas conquistas mais recentes foram o terceiro lugar no Brasileiro de Kart de 2006, terceiro lugar na Copa Brasil de Kart de 2001 e o título do 1º Torneio Regional do Alto Paranaíba em 2008.

Após montar a equipe Vecci Racing Team, que conta com a experiência do preparador Armandinho Souza, de Goiânia, Giuseppe passou a batalhar parcerias para que pudesse retornar ao cenário do automobilismo / kartismo nacional.

Apoiado pelo Governo do Estado de Goiás o piloto fechou na última semana duas importantes parcerias que irão lhe proporcionar a participação no 46º Campeonato Brasileiro de Kart assim como em toda a temporada de kart no segunda semestre.

CEMIL

A Cooperativa Central Mineira de Laticínios - CEMIL foi fundada em 1992 e, atualmente, é a maior cooperativa de derivados do leite de Minas Gerais. Com sua política voltada para o controle de qualidade, meio ambiente e ações sociais a empresa tem crescido muito nos últimos anos e se tornou referência nacional do setor. A CEMIL, agora, entra para o mundo do automobilismo com Giuseppe Vecci e pretende, também nas competições, estar sempre em destaque.

Outra empresa que apoiará a participação de Vecci nesta competição será o Frigorífico Peixe Brasil. Com capital 100% Goiano, esta corporação tem investido um muito na economia do estado e, nos próximos meses, dará início às suas operações de exportação levando o produto do Centro-Oeste e do Brasil para os quatro cantos do mundo.

Estou muito feliz em poder disputar novamente o Campeonato Brasileiro de Kart. Esta competição tem uma importância muito grande na minha carreira e reúne, numa única semana, os principais pilotos em atividade no país. O Kartódromo RBC Racing é o palco ideal para esta disputa pois agrega todas as qualidades em termos de pista e infra-estrutura. Nosso equipamento está baseado nos chassis Birel Sudam e os motores Parilla, preparados pela Katroque Competições, de São Paulo. Treinei bastante nos últimos meses e, com o apoio de meus patrocinadores, tenho certeza que temos condições de lutar por este título”, comentou o piloto representante da CEMIL | FRIGORÍFICO PEIXE BRASIL | GOVERNO DE GOIÁS.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

João Vitor Barcelos avalia participação em seu primeiro Brasileiro de Kart






Dando continuidade em sua participação nas competições programadas para 2011, seu ano de estreia na categoria Mirim, o catarinense João Vitor Barcelos (F2J Comercial / Afinatto Eventos / I & M / Waf Rent a Car) viajou até São Paulo para a disputa da 46ª edição do Campeonato Brasileiro de Kart, o certame mais importante do kartismo no cenário nacional.

Entre os dias 12 e 16 de julho, o Kartódromo Municipal Ayrton Senna, em Interlagos, São Paulo, recebeu mais de 200 pilotos para a disputa da primeira fase do Brasileiro de Kart. A categoria Mirim, na qual João Vitor compete, reuniu 20 pilotos em busca do título nacional.

Com pouca experiência na pista paulista, e diante de toda a ansiedade natural pela estreia numa competição deste nível, o piloto catarinense usou todos os treinos livres para encontrar o melhor acerto de seu equipamento, bem como adaptar-se ao traçado. A maior dificuldade para João Vitor foi, neste momento, acostumar-se com o grande número de pilotos na pista.

A cada treino ou bateria, João Vitor Barcelos mostrava boa evolução, corrigindo detalhes no seu traçado e baixando gradativamente seu tempo de volta. As duas baterias classificatórias, além da prova Pré-Final e Final, foram um prato cheio no aprendizado do piloto catarinense, dadas as confusões nas voltas de apresentação e nas largadas, as rodadas e os toques.

João Vitor Barcelos finalizou a 46ª edição do Campeonato Brasileiro de Kart na 14ª colocação.

"A performance do João na corrida Final nos alegrou muito, ele largou melhor que nas provas anteriores, fez ultrapassagens disputando freadas, o que é muito importante para ele nesse momento", comentou Fabrício Barcelos, pai do piloto. "Mas o principal foi a melhora significativa nos tempos de volta na corrida Final, quando passou a virar na casa de 1min05s", completou Fabrício.

"Achei positiva a participação do João nesse Brasileiro de Kart, esse ano é tudo novidade para ele, em 2012 não tenho a menor dúvida que ele irá participar com uma cabeça completamente diferente, muito mais calmo. Esse ano é de aprendizado, e não de resultado", finaliza Fabrício Barcelos.

sexta-feira, julho 22, 2011

Gustavo Lima fez bom Brasileiro de Shifter e parte para a 2ª fase em busca de título


Em Belo Horizonte Gustavo competirá na Graduados e Sudam Júnior

Estreando na categoria mais rápido do kartismo brasileiro, a Shifter, o piloto Gustavo Lima (Rede Brasília de Hospitais | DMI | Grupo Acreditar | Instituto do Atleta | Diagnostik | Hospfar) disputou na última semana em Interlagos a 1ª fase do Campeonato Brasileiro de Kart. Gustavo, que enfrentou pilotos do porte de Dennis e Danilo Dirani e André Nicastro, somou importantes ensinamentos na competição.

Gustavo já havia competido com karts da Shifter, mas na divisão Júnior. Desta vez, com equipamento mais pesado, pneus diferentes e motores mais potentes, o jovem piloto enfrentava um novo desafio. Do qual saiu-se muito bem, diga-se de passagem: sempre rápido nos treinos, Lima obteve um bom 8º lugar dentre 15 pilotos na tomada de tempos.

Ao fim de uma maratona de treinos oficiais, tomada de tempos e três corridas, Gustavo Lima disputou a Final, prova que definiria o campeão brasileiro da categoria em 2011. Nas primeiras voltas da decisão Gustavo, que reside em Brasília (DF), ocupava a 8ª posição, mas um parafuso de roda quebrado esvaziou um dos pneus de seu kart e ele teve que abandonar.

"Não pensávamos em título, pois o nível dos adversários na pista era por demais elevado, queríamos apenas que o Gustavo aprendesse bastante", aponta Erickson Blun, pai de Gustavo. "E, neste aspecto, os objetivos foram plenamente atingidos. Era uma pista difícil, as provas foram duras, competitivas e equilibradas e o Gustavo fez ótimas largadas, nesta categoria sempre paradas. O Gustavo aprendeu demais, além de ter realizado o desejo de correr um Campeonato Brasileiro em Interlagos. Estamos satisfeitos", emenda.

Na próxima semana Gustavo Lima (Rede Brasília de Hospitais | DMI | Grupo Acreditar | Instituto do Atleta | Diagnostik | Hospfar) volta a disputar o Campeonato Brasileiro, agora pela segunda fase, em Belo Horizonte (MG), e em outras duas categorias. "Vou correr na Graduados e na Sudam Júnior. Os objetivos serão o título na Sudam Júnior e terminar entre os cinco primeiros na Graduados", finaliza Gustavo Lima.

O campeão brasileiro da Shifter foi o paulista Dennis Dirani, "coach" do piloto Gustavo Lima.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

Categoria Matsuyama teve bom grid na abertura da Copa Fruki / Marisul / Super Lenz / Terra Fm


Realizou-se no último final de semana, nos dias 16 e 17 de julho, no Kartódromo Municipal da cidade de Venâncio Aires, a I etapa da Copa Fruki / Marisul / Super Lenz / Terra Fm de kart. Estiveram presentes pilotos de várias cidades do RS. Mesmo com a instabilidade do clima, o dia foi de pista cheia.

A categoria com maior grid, a Pró 400 (Matsuyama), vem crescendo a cada corrida e desta vez alinhou 18 karts. Segue abaixo os resultados da categoria em suas subdivisões:

MATSUYAMA ESTREANTES
LUCIANO SILVA 22
RAFAEL BASSANI 18
DANIEL PORTELA 16
RICARDO CORTEZ 13
GABRIEL MADEIRA 13
CLAUDIOMIRO CECHIN 5

MATSUYAMA MASTER
VICTOR GOMES 20
JOSE JAIR DE PAULA 19
MARCELO CASSALI 16
AIRTON BADE 15

MATSUYAMA SPRINTER
FELIPE BETTI 22
RAFAEL JAEGER 18
ADRIANO CARBONI 15
BAYARD DE OLIVEIRA 15
CARLOS MACIEL 11
LUCIO METZDORF FILHO 11

A segunda etapa ocorrerá nos dias 13 e 14 de agosto, e a expectativa é de superação do recorde de inscritos, tanto na categoria Matsuyama, que deve passar de 20 karts, como também no geral, chegando próximo aos 70 karts - previsão de pré-inscritos na semana anterior à prova.

Veja o resultado completo da etapa no site: www.pabloracing.com.br

Texto: Felipe Betti
Cortesia da foto: Idalício Umpierre / IR Criações

Autódromo Lourenço Schreiner pronto para as 100 Milhas de São Bento do Sul


A pista já está pronta, os boxes recuperados e a área de camping com todas as instalações concluídas, agora é só esperar o final de semana chegar para conferir o show das “100 Milhas de São Bento do Sul” no Autódromo “Lourenço Schreiner”, nos próximos dias 23 e 24 de Julho.

No total já são mais de 70 carros inscritos para a prova, que será festiva e aberta para pilotos federados (filiados às Federações Estaduais) ou não, e tem como principal objetivo reativar o Autódromo e trazer novamente o público para a pista.

Serão realizadas 2 baterias: na 1ª corrida irão para a pista as Gaiolas, Fórmula Tubular e Fusca Cross, e na 2ª os carros da Marcas 1600 (Carburados ou Injetados) e TCC (Turismo Clássico Catarinense). A prova será de 75 voltas com duração de aproximadamente 2 horas cada bateria, sendo obrigatório no mínimo uma parada para reabastecimento nos boxes.

A programação prevê treinos livres e cronometrados no sábado, a partir das 12:00 horas, e no domingo a largada da 1ª bateria às 10:30 e a 2ª às 14:00 horas.

A direção do São Bento Motor Clube está oferecendo premiação em dinheiro, como forma de valorizar o evento e atrair mais pilotos, sendo que será dado R$ 500,00 para o vencedor, R$ 300,00 para o 2º colocado e R$ 200,00 para o 3º de cada categoria, além de troféus do 1º ao 5º colocados.

O regulamento da prova prevê um limite de 40 carros por categoria, e caso haja mais inscritos do que o limite, a eliminação será feita através da tomada de tempos, onde os 40 melhores classificados farão a formação do grid.

Para Marcelo Schreiner, organizador da prova, esse limite deverá ser atingido e as fortes emoções já começarão no sábado, na tomada de tempos. “Tenho certeza que passaremos dos 40 inscritos, e o público poderá acompanhar as primeiras emoções da prova já no sábado, quando os pilotos farão o melhor para classificar seus carros para a corrida”, destacou o organizador.

As melhorias feitas no Autódromo Lourenço Schreiner também serão sentidas pelo público, já que a organização da prova realizou importantes obras visando o bem estar e o conforto de quem for assistir a prova. “Buscamos priorizar, além dos pilotos e das equipes, o público que vem ao Autódromo, por isso reformamos a área de camping e o público terá a sua disposição uma excelente infraestrutura, com banheiros, churrasqueiras e luz à disposição”, finalizou Marcelo Schreiner.

Para dar maior comodidade, a área de camping também foi dividida em 2 setores: uma para as famílias e outra para os jovens, que aproveitam o final de semana para fazer festa e curtir.

Os ingressos para a área de camping custarão R$ 20,00 para sexta e sábado, e domingo, e para aqueles que comparecerão apenas no domingo o valor é de R$ 5,00.

As inscrições para a prova ainda estão abertas, tanto para pilotos que queiram participar sozinhos como para os que desejam fazer duplas ou trios, desta forma barateando as despesas da corrida, e custam R$ 250,00 por carro. Para os pilotos que não possuem filiação na FAUESC, haverá uma taxa de R$50,00 para esta prova, que tem o apoio de BORDAMIX BORDADOS, NETSUI, F1 AUTOMOVEIS, A GAZETA, SERISUL, NOVOTEL, HOTEL URUPÊS, RADIADORES TREVO,
PIZZARIA NAPOLITANA, FF RACING, SENNA AUTOMOVEIS e Prefeitura Municipal de São Bento do Sul (SECRETARIA DE OBRAS), organização do São Bento Motor Clube e supervisão da FAUESC (Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina).

O regulamento da corrida está disponível no site da FAUESC (www.fauesc.org.br).

Informações / Inscrições: corrida100milhassbs@hotmail.com / (47) 8805-4372 – com Marcelo

Texto: Francis H. Trennepohl - F2 Assessoria Esportiva
Imagem: Divulgação São Bento Motor Clube

quinta-feira, julho 21, 2011

Fernando Bueno disputou Brasileiro em Interlagos e viveu fase final complicada


Forte aprendizado foi o ponto positivo

A última semana foi de disputa do mais importante evento do kartismo nacional, o Campeonato Brasileiro, que em 2011 entrou em sua 46ª edição. As disputas de sua primeira fase foram no lendário Kartódromo de Interlagos, na zonal sul de São Paulo, e reuniram mais de 200 pilotos em oito categorias.

O paranaense Fernando Bueno (Agro Amanda | Bueno Advogados Associados) competiu na Júnior Menor, que levou à pista 32 pilotos de todo o Brasil e se revelou como segunda categoria em número de concorrentes. Extremamente competitiva e equilibrada, a Júnior Menor viu Fernando Bueno ter um belo início de campeonato, aparecendo entre os 10 primeiros nos treinos oficiais.

O bom desempenho do início competição se manteve até começar sua fase final, composta pela Pré-Final e Final. Nestas duas corridas problemas técnicos e incidentes na pista atrapalharam as pretensões do piloto curitibano, que compete na equipe comandada pelo preparador Luís Moro.

Ao fim das disputas Fernando Bueno ficou com o 27º lugar, após um incidente durante a corrida Final tê-lo feito abandonar a corrida a oito voltas do final. "O resultado não reflete o que a equipe e o Fernando fizeram neste Brasileiro. Certamente que tínhamos chances de finalizar pelo menos entre os 10 primeiros", lamenta Adelino Bueno, pai de Fernando. "Automobilismo é assim e quando menos se espera algo acontece e derruba todas nossas expectativas. Em um campeonato como esse um piloto aprende muito e neste não foi diferente: os ensinamentos foram muitos e vamos para a próxima mais fortes", encerra.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Maurício Villela

Fernando Kid volta ao pódio do Sul-Americano de F-3


Piloto mineiro conseguiu dois pódios na estreia pela equipe HiTech Racing

Neste final de semana o piloto mineiro Fernando Resende - Kid (BMG | GK Industrial) esteve no autódromo de Interlagos, em São Paulo, onde disputou a segunda rodada do Campeonato Sul-Americano de F-3.

Depois de ter ficado mais de 100 dias sem competições oficiais Kid teve como grande novidade nesta rodada a estreia pela equipe HiTech Racing, após ter conquistado o título da temporada 2010 da classe Light por outro time.

Ainda se adaptando ao estilo de trabalho da nova equipe Kid conseguiu um bom desenvolvimento ao longo do final de semana de competição. A sua participação nesta rodada começou muito conturbada devido a problemas de motor na quinta-feira. Tanto nos treinos livres como na tomada de tempos a equipe não conseguiu sanar o problema no motor do carro e, com isso, Kid fez apenas o nono tempo para a primeira corrida.

Com toda a noite de quinta-feira e mais o dia inteiro da sexta para encontrar o problema a HiTech Racing trabalhou bastante no carro de Kid e, assim, o piloto alinhou seu carro para a largada da primeira prova que aconteceu no final da tarde de sexta-feira. Após uma excelente largada o piloto logo partiu para cima dos adversários e, de forma agressiva, ganhou várias posições e finalizou a corrida com um comemorado terceiro lugar.

No sábado à tarde aconteceu a segunda prova do final de semana. O grid desta corrida foi formado pelo resultado invertido da prova da sexta-feira. Mais uma vez Kid mostrou todo o seu talento e, com ultrapassagens arrojadas conseguiu escalar o pelotão e recebeu a bandeirada na segunda colocação.

A expectativa era grande para a terceira corrida da rodada, mas a decepção se instalou ainda na volta de apresentação. O carro de Kid apresentou um problema mecânico no alinhamento para a última corrida do final de semana e, após a volta de aquecimento dos pneus, Kid recolheu seu carro para os boxes. A HiTech tentou de todas as formas recolocar o seu carro na corrida, mas, infelizmente não conseguiu e, desta maneira, Resende não conseguiu nem mesmo largar na última prova.

Apesar de não termos tido o final de semana como imaginávamos estou muito satisfeito com o empenho da equipe. Todos trabalharam unidos e não mediram esforços para me darem um carro competitivo. Infelizmente os problemas acontecem nas competições, mas tenho certeza que para as próximas etapas teremos um carro rápido o bastante para lutar pelas vitórias”, comentou o piloto de 17 anos.

Após as seis primeiras corridas do Sul-Americano de F-3 a classificação traz Fabiano Machado em primeiro com 120 pontos; Fernando KID em segundo, com 81; Guilherme Silva em terceiro, com 75; Ronaldo Freitas em quarto, com 57; Leonardo Souza em quinto, com 55 e João Leme em sexto, com 52 pontos.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Crédito das Foto: Flávio Quick

Campeonato Gaúcho de Velocidade em Pista de Terra segue em Encruzilhada do Sul


Cidade recebe a 3ª etapa do Campeonato Gaúcho de Turismo 1600 e Mini Fórmula Tubular

O final de semana será de velocidade na cidade de Encruzilhada do Sul nos dias 23 e 24 de julho, o Gaúcho das modalidades chega em sua 3ª etapa já em momentos de decisão. Na Turismo 1600, Maikon Dienstmann lidera a tabela com 115 pontos, seguido de Daniel Elias, com 73 pontos e João Dotto com 61 pontos. Já na Mini Fórmula Tubular a liderança da classe A é de Ricardo Pasquali, com 76 pontos, seguido de Clóvis Schoereder com 66 pontos e Noli Ferreira com 38. Na classe B, liderança de Rodrigo Medina com 72 pontos, seguido de Gustavo Beuren com 69 pontos e Antonio Rambor com 29 pontos.

Toda a movimentação inicia no sábado, com a realização de treinos livres. No domingo, a movimentação se inicia a partir das 8 horas da manhã. O autódromo fica no Parque de Eventos de Encruzilhada do Sul, com organização do Velocar Clube.

Fonte: Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

F-Futuro: Acidente tirou chances de primeira vitória de Felipe Donato no automobilismo


O piloto gaúcho Felipe Donato (Catelan & Cia. Ltda) participou da 3ª etapa da Fórmula Futuro Fiat, disputada em Londrina (PR) entre os dias 15 e 17 de julho. A etapa, novamente realizada em rodada dupla, foi disputada no Autódromo Ayrton Senna, um circuito desafiador e que oferece poucos pontos de ultrapassagem devido ao traçado travado e uma pista estreita.

Os treinos oficiais foram muito complicados para Donato, que não conseguiu encontrar o melhor acerto para o seu carro. Na tomada de tempos o jovem piloto, que reside em Guarani das Missões, ficou com a 7ª colocação no grid de largada, mas já virando tempos de volta muito rápidos. Isto mostrava que faltavam apenas alguns ajustes para melhorar o rendimento.

A primeira corrida, realizada no sábado (16), teve inúmeros acidentes, mas Felipe Donato conseguiu sair ileso e finalizou na 4ª colocação. No entanto, o gaúcho reclamou que o carro não estava respondendo muito bem e que seria necessário alterar seu acerto para a prova seguinte, que teria seu grid definido pela inversão dos oito primeiros na corrida anterior.

Assim, após algumas mudanças no carro e partindo da 5ª colocação, Donato tratou de atacar seus adversários em busca do melhor resultado. Passadas poucas voltas ele já ocupava a 3ª posição e passou a pressionar o 2º colocado, que estava mais lento. Nesta aproximação, no entanto, outro competidor acabou por causar um acidente, quando bateu com força no carro de Felipe Donato, arrancando seu bico e prejudicando totalmente o avanço do piloto gaúcho.

O representante da Catelan & Cia. Ltda. foi obrigado a parar no box para a troca da peça e, com isto, perdeu uma volta, o que tirou-lhe as chances de uma boa colocação. Donato recebeu a bandeirada final em 10º. O competidor que causou o acidente terminou a corrida na 2ª posição, mas depois foi punido em razão de atitude antidesportiva contra Felipe.

O prejuízo de Felipe Donato foi ainda maior se considerada a punição imposta ao primeiro colocado da prova, por queima de largada. Felipe poderia, portanto, ter sido o vencedor caso não tivesse acontecido o forte toque do oponente.

Depois de problemas nos treinos, consegui acertar o carro, principalmente para a segunda prova. Larguei em quinto e já estava em terceiro, próximo de conquistar a segunda colocação, quando aconteceu o acidente. Meu oponente foi precipitado, acabou me tirando da prova e depois foi corretamente punido”, lamenta Felipe Donato. “Tudo poderia ter sido diferente, mas acredito que não tenha sido proposital, pois tanto ele quanto eu poderíamos estar no pódio e, assim, mais próximos dos líderes no campeonato”, emenda.

Felipe Donato lamenta principalmente a chance que, teoricamente, perdeu de comemorar sua primeira vitória no automobilismo. “Infelizmente não consegui terminar a prova em que eu tinha grandes chances de vitória, porque o Guilherme Silva, que largou na ponta, também foi punido, por queimar a largada. Havia uma real chance de vitória, pois consegui acertar o carro para a segunda bateria e ainda tinha muito a evoluir naquele momento da corrida. Meu ritmo de prova estava condicionado ao segundo colocado, que vinha segurando bem a sua posição. Sem o acidente eu poderia ter subido para a 4ª colocação no campeonato e ficar próximo dos primeiros, mesmo com todos os problemas em outras corridas. Agora resta finalizar o campeonato de forma competitiva, tentar subir ao lugar mais alto do pódio e somar o maior número de pontos possíveis para melhorar na classificação”, encerra Felipe Donato.

A próxima etapa da Fórmula Futuro ocorre na metade de agosto, em Interlagos, São Paulo.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Goiano Gustavo Araújo teve um Brasileiro de Kart de superação


Na semana que passou mais de 200 pilotos de todo o país estiveram no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, São Paulo, onde foi disputada a primeira fase do Campeonato Brasileiro de Kart. Nesta que é a mais importante competição da temporada pilotos e equipes trabalharam duro e fizeram o seu melhor na busca pelo importante título nacional.

Fazendo a sua primeira temporada na categoria Cadete o piloto goiano Gustavo Araújo ( Lâmpadas AVANT | CORFIO fios e cabos | FATTOR reatores | RST Competições), atual vice-campeão Goiano, foi um dos representantes de seu estado na competição nacional. Em sua classe, que contou com quase 50 pilotos inscritos, o piloto mostrou todo o seu talento mesmo diante das várias dificuldades que enfrentou no decorrer das atividades.

Os treinos livres foram realizados em cinco sessões onde Gustavo e a equipe RST Racing puderam desenvolver todo o equipamento além do piloto conhecer o traçado. Muito dedicado o piloto seguiu à risca as orientações do preparador Ricardo Santos e, como resultado disso, foi melhorando seus tempos à cada entrada na pista.

A tomada de tempos foi realizada na quinta-feira e, sem conseguir um bom posicionamento de pista diante de concorrentes mais experientes Gustavo ficou com a 25ª posição da classificação, com o tempo de 1m02s294. Apesar da posição, este tempo conquistado foi apenas seis décimos mais lento que o conquistado pelo pole-position, mostrando assim toda a competitividade da categoria.

Na sequência do evento foram realizadas as duas corridas classificatórias. Gustavo estava tranquilo e sabia que poderia conseguir uma boa classificação. Na primeira prova classificatória, após uma boa largada, o piloto conseguiu importantes ultrapassagens e, com determinação, escalou boa parte do pelotão até receber a bandeirada de chegada no 13º lugar. A segunda classificatória foi disputada algumas horas depois e, desta vez, Araújo acabou sendo envolvido em um acidente e perdendo várias posições. Sem ter tempo para reação o piloto finalizou a corrida apenas no 25º lugar. Pela soma de pontos o piloto estava de fora das corridas Pré-Final e Final e, então, foi direcionado para a corrida de repescagem de onde sairiam os oito melhores para continuar no Campeonato. Desta vez, então, Araújo mostrou porque tem sido um dos destaques do kartismo em seu Estado e, com muita garra, manteve-se todo o tempo no primeiro pelotão e finalizou no terceiro lugar, o que, para ele, significou estar no grid de largada da Pré-Final na 31ª posição.

As duas corridas finais foram emocionantes. Com o apoio incondicional de seu pai, Willian, que também é piloto e de toda a equipe o piloto sabia que seu objetivo era o de escalar o pelotão. Em uma corrida muito disputada ele conseguiu desviar dos vários acidentes na pista e, volta a volta, conseguia superar algum adversário. Assim, ao final desta bateria, ele cruzou a linha de chegada no 24º lugar.

A última e decisiva prova aconteceu no final da manhã de sábado. Com um kart muito bem ajustado e a tranquilidade vista apenas nos pilotos já consagrados Gustavo tomou seu “cockpit” para a corrida. Em uma bateria onde demonstrou muita garra e vontade de se superar Gustavo mais uma vez ultrapassou vários concorrentes, recebeu toques, se recuperou e então recebeu a bandeirada final na 15ª posição.

Nada como um Campeonato Brasileiro para realmente preparar um piloto. As situações que o Gustavo vivenciou nesta competição, certamente, equivalem para ele muito mais que todos os treinos particulares que já fizemos até hoje. Mesmo quando ele foi para a repescagem e batalhou para voltar ao Campeonato. Nas corridas finais ele foi realmente muito competitivo e fez o que podia para ganhar posições. Talvez o resultado final, de forma bruta, pudesse ter sido melhor. Mas, em termos de aprendizado, certamente foi muito valioso para o resto da carreira que ele tem pela frente”, comentou Willian, pai do piloto.

Conheça as linhas de produtos dos apoiadores de Gustavo. Acesse: www.avantsp.com.br e www.corfio.com.br.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Fotos: Flávio Quick

James Ramos vence na estreia do novo carro na 5ª etapa da Copa Pinhais


O piloto de Blumenau James Ramos estreou seu novo carro na 5ª etapa da Copa Pinhais e conquistou a vitória

Depois de largar na 3ª posição na primeira bateria, James assumiu a liderança logo após a largada, mas acabou envolvendo-se em um incidente e foi punido com um drive-thru (passagem pelos boxes) e voltou nas posições intermediárias, fazendo uma belíssima corrida de recuperação e finalizando a primeira bateria na 5ª posição.

Na segunda bateria, realizada na manhã de domingo, James largou em 5º e partiu determinado a lutar pela vitória, e já na terceira volta assumiu a liderança e venceu espetacularmente a bateria.

Fazia muito tempo que não vencíamos em Curitiba, desde o ano passado, então foi uma vitória muito bem vinda, uma recompensa à dedicação do meu pai (e preparador) José Ramos, que trabalhou incansavelmente nos últimos meses na construção do novo carro”, disse James.

Com os resultados deste final de semana, James Ramos passou a ocupar a 4ª posição na classificação geral da Marcas “A”, com 90 pontos, e acredita que ainda dá para melhorar o carro.

O carro novo ficou muito rápido, mas precisamos encontrar um acerto de suspensão melhor e seguir na luta pelo título”, finalizou James Ramos, que tem o patrocínio da The Philippines.

Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Foto: Ingo Hofmann (www.fotolog.com/barulho_de_motor)

terça-feira, julho 19, 2011

Felipe Drugovich se consagra campeão brasileiro em Interlagos, templo do kartismo nacional


Paranaense já havia conquistado o Sul-Brasileiro em junho

Depois de ter conquistado o Campeonato Sul-Brasileiro da Super Cadete em junho, o paranaense Felipe Drugovich (Drugovich | Diesel Technic) mostrou mais uma vez ser um piloto competitivo e rápido. Na última semana ele aproveitou outra grande oportunidade e confirmou esta condição: depois de quatro corridas, sendo a última a que definia tudo, Drugovich sagrou-se campeão brasileiro da categoria Cadete no mais famoso kartódromo do Brasil, Interlagos, onde os mais importantes nomes de nosso automobilismo iniciaram suas carreiras.

O Campeonato Brasileiro de Kart, que este ano realiza sua 46ª edição, reuniu mais de 200 pilotos em Interlagos, 43 delas apenas na Cadete, a categoria de Felipe Drugovich. Desde os primeiros momentos da competição, iniciada na última terça-feira (12) o jovem piloto de Maringá se destacou, ficando sempre entre os mais rápidos nos treinos oficiais e na tomada de tempos. Nas duas provas classificatórias Drugovich terminou em 1º e 2º, adquirindo assim o direito de largar na primeira fila do grid da Pré-Final.

Outra boa atuação na Pré-Final fez com que Felipe Drugovich terminasse em 3º e garantisse esta posição na largada da Final, a que definiria o novo campeão brasileiro da Cadete. A Final, disputada no sábado (16), foi extremamente tensa e durante todas as 15 voltas Felipe Drugovich (Drugovich | Diesel Technic) esteve lutando pela vitória. Seu esforço foi recompensado e, depois de muita disputa, ele sagrou-se campeão brasileiro ao vencer a última corrida da categoria na competição.

"É claro que esta foi nossa maior alegria desde que o Felipe começou a correr de kart e isto faz pouco tempo. O Felipe tem sido extremamente rápido em todas as competições que disputa e tem obtido ótimos resultados na maioria das provas de que participa. Algumas poucas vezes os resultados ficaram abaixo do esperado, mas assim é o automobilismo", avalia Claudio Drugovich, tio de Felipe. "Desta vez tudo deu certo, ele esteve rápido o tempo todo e mereceu esta conquista, a maior até aqui em sua curta carreira. Todos trabalharam muito bem dentro de nossa equipe, a MZ Racing, e quero agradecer e parabenizar a todos", finaliza o tio de Felipe Drugovich, o novo campeão brasileiro da Cadete.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer
Foto: Claudio Reis

“Um final de semana para esquecer!”, desabafa Guilherme Silva


Piloto mineiro teve problemas nas corridas da F-3 e F-Futuro e perdeu a liderança nas duas competições

Após uma difícil decisão na semana passada com relação a escolha entre disputar a rodada da F-Futuro ou do Sul-Americano de F-3 o piloto mineiro Guilherme Silva (WESTERN DIGITAL | ELEMÍDIA) havia escolhido disputar as três corridas da F-3, em Interlagos.

Convicto de sua escolha o piloto seguiu para a capital paulista e participou das atividades de treinos livres e tomada de tempos na quinta-feira e, a primeira corrida do final de semana, na sexta. Com problemas de motor no primeiro treino, Silva completou apenas oito voltas na primeira sessão. Sua equipe optou então por trocar o propulsor, mas o tempo até a segunda sessão livre foi insuficiente e, com isso, o piloto de 17 anos não foi à pista no segundo treino. Às escuras, Silva seguiu para a tomada de tempos. Com um carro que não rendia nem perto do esperado ele fez apenas o sétimo tempo para as corridas um e três do final de semana.

Com cerca de 24 horas para ajustar o carro a equipe HiTech trabalhou durante a noite e madrugada de quinta para sexta em busca do melhor acerto para Guilherme. Na sexta-feira, então, Guilherme partiu para a corrida animado para uma prova de recuperação. Porém, a decepção começou antes da largada. Na volta de alinhamento para o grid Silva notou que o carro estava com uma temperatura muito acima do normal e informou ao time. Sem tempo para sanar o problema os técnicos da HiTech não tiveram o que fazer e o piloto largou mesmo assim. Foi uma questão de tempos até o motor super-aquecer e o piloto abandonar a corrida.

A troca de categoria no meio do final de semana

Após o péssimo resultado na corrida Silva optou então por pegar um avião e seguir rumo à Londrina onde, pela F-Futuro, teria ainda a condição de participar de dois treinos livres na manhã de sábado, tomada de tempos e as duas corridas.

Como já havia treinado bastante na pista do norte paranaense o piloto mineiro logo conseguiu se readaptar ao carro mais lento da “Futuro” e, nos dois treinos livres, por um diferença muito pequena, ficou com a segunda posição. A tomada de tempos aconteceu na sequência e Silva acabou sendo penalizado por ter cruzado a saída do box momentos após o final da sessão. Com isso ele teve de largar da 10ª posição.

Na corrida de sábado Guilherme fez uma boa largada e partiu em busca de seus concorrentes. Com poucas voltas ele já disputava a quarta posição com Guilherme Salas quando, então, os dois “xarás” acabaram se tocando e Silva acabou perdendo várias posições, caindo para o final do pelotão e terminando a prova no oitavo lugar.

A prova do domingo teve o seu grid formado pela inversão dois oito primeiros da prova de sábado e, com isso, Guilherme largou da pole. Em uma largada perfeita o mineiro seguiu na ponta e chegou a abrir quase 15 segundos para o segundo colocado, mas nas voltas finais, passou a administrar a larga vantagem e, com isso, recebeu a bandeirada da vitória com pouco mais de sete segundos de vantagem na liderança. Porém, ao chegar aos boxes, foi informado pelos comissários que havia sido penalizado com 20 segundos por queima de largada e, assim, a vitória ficou com o carioca Luir Miranda. Guilherme ficou apenas com a sexta posição na prova.

Não tenho nem o que dizer. Tudo deu errado neste final de semana. Ainda bem que não me machuquei. Realmente foi uma rodada daquelas para esquecer. Problemas mecânicos, batida e até punição. Tudo deu errado. Só me resta erguer a cabeça, me resignar e me preparar da melhor maneira possível para as próximas rodadas que estão por vir”, comentou o representante da WESTERN DIGITAL | ELEMÍDIA.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing
Foto: José Mário Dias

Pierre Sabbagh não teve um final de semana feliz na 5ª etapa da Copa Pinhais


O piloto blumenauense Pierre Sabbagh enfrentou uma série de problemas na 5ª etapa da Copa Pinhais e não conseguiu repetir o feito da etapa passada, quando venceu.

Depois de largar em 6º e ocupava a 4ª posição quando quebrou o disco de embreagem e não conseguiu completar a primeira bateria, desta forma não pontuando.

Largando em 26º na segunda bateria, Pierre fez uma prova de recuperação pensando no campeonato, e depois de ultrapassar 19 concorrentes finalizou a bateria na 7ª colocação.

Foi um final de semana muito complicado, atípico, mas conseguimos recuperar um pouco na segunda bateria e marcar mais alguns pontos”, disse o piloto.

Depois desta etapa, Pierre caiu da 5ª para a 6ª posição na classificação geral da Marcas “A”, tendo agora 85 pontos, mas o piloto acredita que seja possível recuperar na próxima etapa.

Apesar das coisas não terem acontecido como gostaríamos, e isso faz parte do automobilismo, temos certeza que na próxima etapa tudo dará certo, pois temos uma excelente equipe e um ótimo acerto do carro, o que nos permite brigar pelo título do campeonato no final da temporada”, finalizou Pierre Sabbagh, que tem o patrocínio da The Philippines e Quimby.

Texto: Francis H. Trennepohl – F2 Assessoria Esportiva
Foto: Ingo Hofmann (www.fotolog.com.br/barulho_de_motor)

Carros da Copa Classic foram destaque na Expoclassic 2011


A Copa Classic confirmou, mais uma vez, que é grande atração por onde passa.

Nos dois dias de Expoclassic, em Novo Hamburgo, o maior encontro de carro antigos em área coberta do Brasil, uma multidão aglomerou-se constantemente em volta dos carros clássicos de corrida, que foram expostos com o intuito de aproximar o público da categoria e do automobilismo em geral.

Muitas pessoas aproveitaram para tirar suas dúvidas sobre a preparação dos veículos, regulamento, formato do campeonato, entre outros, diretamente com os coordenadores e pilotos da Classic, Fabiano Zanon, Niltão Amaral e Sérgio Aguinsky. O estande da Copa Classic fez, também, a alegria das crianças, que puderam sentar ao volante dos carros para serem fotografadas.

Outra inovação foi a transmissão ao vivo via internet de vídeo, diretamente do evento, possibilitando que aqueles que não puderam comparecer tivessem uma idéia da grandiosidade da exposição.

A cobertura completa, com link para assistir à gravação dos vídeos de parte dos dois dias de evento, pode ser encontrada no site da Copa Classic RS, no endereço www.copaclassic.com.br.

Texto e foto: Niltão Amaral / Divulgação Copa Classic RS

Copa Petrobras de Marcas: Dobradinha da Carlos Alves em Interlagos – Thiago Camilo em primeiro Galid Osman em segundo


Thiago Camilo venceu a segunda corrida e Galid Osman chegou em segundo e fez a volta mais rápida

Num domingo ensolarado, com a temperatura bem elevada como num dia de verão, o Autódromo José Carlos Pace em Interlagos recebeu a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Marcas, com vitória de Valdeno Brito na primeira corrida e dobradinha da Carlos Alves Competition Team, com o primeiro lugar de Thiago Camilo e o segundo de Galid Osman, na segunda corrida.

Depois de todos os acontecimentos preocupantes e desanimadores da sexta-feira e do sábado, onde os dois carros da equipe apresentaram graves problemas elétricos, Galid Osman conseguiu apenas o nono lugar no grid de largada e Thiago Camilo ficou com o décimo tempo. Foi uma pane elétrico-eletrônica intensa, muito parecida com a que aconteceu na primeira etapa do campeonato, em Tarumã, no Rio Grande do Sul.

O experiente Carlão Alves, que correu na Stock Car por vinte anos consecutivos, não se desesperou e manteve a cabeça fria, acreditando num bom resultado no domingo. Trabalhou muito com os mecânicos para fazer um bom acerto para a corrida, embora os dois carros tivessem andado muito pouco, com poucas referências de pista.

Hoje por causa do calor, me preocupei muito mais com a temperatura dos pneus. Não mexi muito nos carros, acreditei que eles estavam bons e que nos faltou sorte na classificação. Como os nossos carros não andam de reta, eles têm que ter um ‘chão’ muito bom para compensar. Acertei na calibragem”, contou Carlão.

Na verdade a sorte da equipe voltou, tanto o Camilo como o Galid fizeram uma ótima prova e foram premiados com o primeiro e segundo lugares na corrida. Os dois estão construindo um espírito de equipe, um sempre ajuda o outro. Isso é o mais importante que está acontecendo. Em quatro corridas, ganhamos duas e estamos na liderança do torneio das equipes. Todo nosso time está de parabéns. Estou muito feliz”, concluiu Carlão Alves.

O paulistano Thiago Camilo, que é o atual líder do torneio e terminou a primeira prova em quarto, não esperava conseguir vencer neste domingo. “O meu carro é muito bom de chão, mas anda muito pouco de reta, ainda mais com esse lastro de 40 quilos. Então tenho que aproveitar tudo nas freadas e nas curvas, porque depois na reta, as coisas ficam complicadas. Eu saio quatro cinco carros na frente e quando olho novamente no retrovisor, os concorrentes estão em cima de mim”, contou Camilo.

Hoje contei com a sorte, e com a fundamental ajuda do Galid Osman, meu companheiro de equipe, porque fomos juntos pra frente um puxando o outro e ganhando posições. Estou na liderança da Stock Car e agora também do Brasileiro de Marcas, mas tenho que manter os pés no chão, conservar a humildade porque nenhum campeonato está definido. Quero agradecer ao Galid e a toda equipe por mais essa vitória“, finalizou Thiago Camilo.

Galid Osman piloto do Astra 28 fez duas ótimas corridas e subiu ao pódio por duas vezes, na primeira prova chegou em terceiro e na segunda terminou em segundo.“Hoje foi um domingo para não ser esquecido. Justamente aqui em Interlagos, subi duas vezes no pódio, que é o alvo de todo piloto. Toda nossa equipe sofreu muito na sexta e no sábado, mas hoje deu tudo certo e pudemos mostrar o potencial e a união de nosso time. O meu carro estava muito rápido e fiz uma boa largada na primeira prova, o que me garantiu o pódio“, disse Galid.

Na segunda corrida fui trocando posições com o meu parceiro Thiago Camilo e assim partimos pra cima dos ponteiros. Claro que contamos com a sorte, mas sem sorte ninguém consegue nada no automobilismo. Também fiquei muito feliz por ter feito a melhor volta da corrida e por estar agora no terceiro lugar no campeonato”, concluiu Galid.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Marcas será realizada no dia 31 de julho, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro.

Resultado da primeira corrida:
1) Valdeno Brito, Micos Racing (Chevrolet Astra) – 15 voltas, em 31min04s848
2) Juliano Moro, Auto Racing (Honda Civic) – a 1s645
3) Galid Osman Júnior, Carlos Alves Competition (Chevrolet) – a 2s627
4) Thiago Camilo, Carlos Alves Competition Team (Chevrolet) – a 3s363
5) Gustavo Martins, Amir Nasr Racing (Ford Focus) – a 5s916
6) Alceu Feldmann, FullTime Sports (Honda Civic) – a 6s382
7) Fabio Carbone, FullTime Sports (Honda Civic) – a 6s741
8) Denis Navarro, Bassani Racing (Corolla) – a 6s944
9) Chico Serra, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 7s326
10) Rodrigo Miguel, Bassani Racing (Corolla) – a 8s614
11) Henrique Assunção/Ronaldo Kastropil, Bassani Racing (Corolla) – a 13s126
12) Cristiano ‘Tigrinho’ Almeida, Auto Racing (Honda Civic) – a 22s728
13) Andersom Toso, Officer ProGP (Ford Focus) – a 23s541

Não completaram:
14) Fabio Fogaça, Officer ProGP (Ford Focus) – a 6 voltas
15) José Cordova, Amir Nasr Racing (Ford Focus) – a 6 voltas
16) Lico Kaesemodel, Micos Racing (Chevrolet Astra) – a 8 voltas
17) Daniel Serra, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 9 voltas
18) Átila Abreu, AMG Motorsport (Chevrolet Astra) – a 14 voltas
19) Thiago Marques, AMG Motorsport (Chevrolet AMG) – a 15 voltas
20) Michelle de Jesus, Bassani Racing (Corolla) – a 15 voltas
Melhor volta: Juliano Moro (Auto Racing) com 1min47s613

Resultado da segunda corrida:
1) Thiago Camilo, Carlos Alves (Chevrolet) – 16 voltas, em 27min42s119
2) Galid Osman Júnior, Carlos Alves (Chevrolet Astra) – a 0s988
3) Chico Serra, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 3s161
4) Alceu Feldmann, FullTime Sports (Honda Civic) – a 8s305
5) Thiago Marques, AMG Motorsport (Chevrolet AMG) – a 28s979
6) José Cordova, Amir Nasr Racing (Ford Focus) – a 31s411
7) Denis Navarro, Bassani Racing (Corolla) – a 1 volta

Não completaram:
8) Gustavo Martins, Amir Nasr Racing (Ford Focus) – a 4 voltas
9) Henrique Assunção/Ronaldo Kastropil, Bassani Racing (Corolla) – a 5 voltas
10) Valdeno Brito, Micos Racing (Chevrolet Astra) – a 5 voltas
11) Rodrigo Miguel, Bassani Racing (Corolla) – a 8 voltas
12) Daniel Serra, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 9 voltas
13) Lico Kaesemodel, Micos Racing (Chevrolet Astra) – a 9 voltas
14) Átila Abreu, AMG Motorsport (Chevrolet Astra) – a 10 voltas
15) Fabio Carbone, FullTime Sports (Honda Civic) – a 11 voltas
16) Andersom Toso, Officer ProGP (Ford Focus) – a 11 voltas
17) Juliano Moro, Auto Racing (Honda Civic) – a 13 voltas
18) Cristiano ‘Tigrinho’ Almeida, Auto Racing (Honda Civic) – a 13 voltas
19) Fabio Fogaça, Officer ProGP (Ford Focus) – a 15 voltas
20) Michelle de Jesus, Bassani Racing (Corolla) – a 15 voltas
Melhor volta: Galid Osman Júnior (Carlos Alves Competition Team), com 1min48s461

Campeonato de Pilotos:

1 21 Thiago Camilo 73
2 10 Alceu Feldmann 52
3 28 Galid Osman 51
4 77 Valdeno Brito 50
5 29 Daniel Serra 40
1 Thiago Marques 40
7 20 Fabio Carbone 31
8 85 Rodrigo Miguel 30
9 11 José Cordova 26
10 26 Juliano Moro 25
11 33 Chico Serra 23
12 3 Denis Navarro 17
13 5 Martins/Pinheiro 12
14 76 Wellington Justino 10
15 73 Sergio Jimenez 7
9 Andersom Toso 7
17 12 Carlos Padovan 6
18 75 Assunção/Kastrolpil 5
19 52 Átila Abreu 4
27 Cristiano de Almeida 4
72 Fábio Fogaça 4
22 71 Duda Pamplona 0
82 Willian Freire 0
30 Michelle de Jesus 0

Campeonato de equipes:
1 Carlos Alves Comp 124 pontos
2 Full Time Sports 83
3 Serra Motorsport 69
4 Micos Racing 60
5 Amir Nasr Racing 50
6 AMG Motorsport 44
7 Bassani Racing 30
8 Bassani Marcas 29
9 Auto Racing 29
10 Officer ProGP 7

Campeonato de Marcas:
1 Chevrolet 164
2 Honda 128
3 Ford 53

Fonte: PAULOVALIENGO comunicação e marketing

segunda-feira, julho 18, 2011

Arthur Leist é vice-campeão brasileiro em seu primeiro ano na Cadete


Matheus Leist teve queda de rendimento na Final e terminou em 10º

Reunindo mais de 200 pilotos de todo o Brasil, o Campeonato Brasileiro de Kart monopolizou na última semana (12 a 16) a atenção dos praticantes e entusiastas do kartismo nacional. Divididos em oito categorias, os pilotos disputaram desde a última terça-feira quatro treinos oficiais, uma tomada de tempo, duas provas classificatórias, uma Pré-Final e a Final, esta última a que revelaria oito novos campeões nacionais.

Representantes de Novo Hamburgo (RS), os irmãos Arthur e Matheus Leist (TMA Competições) foram destaque em suas categorias, respectivamente Cadete e Júnior Menor. Desde os primeiros treinos oficiais os dois meninos estiveram sempre entre os pilotos mais rápidos, fato confirmado na tomada de tempos, quando Arthur conquistou a pole entre 43 pilotos da Cadete. Matheus repetiu o desempenho de seu irmão e, entre 31 concorrentes, garantiu um lugar na primeira fila do grid de largada, em 2º.

Nas provas classificatórias o desempenho dos meninos, que integram a MZ Racing, equipe comandada pelo preparador Mazinho, se manteve em alta e, após disputarem duas corridas, ambos repetiram - agora somados os pontos obtidos - seus lugares no grid de largada para a prova Pré-Final.

Mais uma vez o ritmo dos meninos foi muito rápido, agora na Pré-Final e ambos terminaram suas corridas em segundo lugar, posição em que largariam na Final. Ao fim da corrida decisiva, Arthur Leist terminou em 2º, comemorando assim o título de vice-campeão brasileiro da Cadete, categoria em que compete há apenas seis meses. "Foi um grande feito do Arthur, já que ele conquistou o vice em uma categoria muito equilibrada e justamente a que mais pilotos reuniu neste Brasileiro", elogia José Carlos Spier, o Nico, responsável ela logística de Arthur e Matheus Leist (TMA Competições).

Matheus Leist, que largava em segundo na Final de sua categoria, perdeu algumas posições na largada e, inicialmente, esteve na briga pelo título, compondo o primeiro pelotão. No entanto, o rendimento de seu kart piorou ao longo da corrida, e o jovem piloto terminou a corrida na 10ª posição. Vice-campeão brasileiro desta mesma categoria em 2010, Matheus era forte candidato ao título este ano. "Foi uma pena, porque o Matheus acabou perdendo contato com o primeiro pelotão e não pôde lutar pelo título. Mas, em parte pelo menos, os objetivos foram atingidos, já que vimos o Matheus extremamente rápido em todo o Brasileiro", aponta Spier.

Pilotos da MZ Racing, os irmãos Arthur e Matheus Leist tiveram outra vez um equipamento bastante competitivo graças aos motores do preparador Renato Tibola e a carburação desenvolvida por Spier, no caso de Matheus. Arthur competiu com motores fornecidos pela organização. Os chassis foram acertados pela MZ, time comandado por Mazinho. "Todos, inclusive os meninos, trabalharam muito bem e os resultados, ainda que o Matheus tenha ficado em 10º, foram muito bons durante toda a semana", finaliza Spier.

Texto: KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer

Segunda etapa da Copa Santa Catarina de Automobilismo foi um sucesso em Ascurra


Largada da 1.600 Super, categoria que teve grandes disputas

Foi realizada no último final de semana a 2ª etapa da Copa Santa Catarina de Automobilismo no Autódromo Max Mohr, em Ascurra, e 62 pilotos deram um show para o público. Mais de 3 mil pessoas prestigiaram a etapa e vibraram com os ‘pegas’ na pista.

Para Júnior Baifus, um dos organizadores da prova, a 2ª etapa da Copa Santa Catarina superou as expectativas. “O público compareceu e prestigiou a etapa, assim como os pilotos e as equipes, que mostraram muita competência e habilidade, haja visto que a pista apresentava alguns pontos onde o grau de dificuldade era redobrado em função dos buracos, então temos que parabenizar quem fez o show”, disse Baifus.

Para Levi Bini Júnior, presidente do Automóvel Clube de Santa Catarina, a prioridade agora é preparar a pista para receber os pilotos do Campeonato Catarinense em Agosto.

Ficamos extremamente felizes com o público que novamente compareceu em grande número às dependências do Autódromo Max Mohr, bem como os pilotos e suas equipes, e iremos contratar uma empresa de terraplanagem para melhorar alguns pontos da pista que apresentaram problemas na compactação do solo para receber a 8ª etapa do Campeonato Catarinense nos dias 20 e 21 de agosto. Também quero agradecer aos nossos patrocinadores e a nossa equipe de trabalho, que não mediu esforços para que fizéssemos uma bela prova”, finalizou Bini.

Os 3 melhores colocados em cada categoria foram:

Mini Fórula Tubular “B”
1º Edson Luiz Pedro – Carro 46
2º Mario Cesar Vieira – Carro 77
3º Fabiano Lickmann – Carro 139

Mini Fórmula Tubular “A”
1º Jair Messias – Carro 10
2º Ronaldo Klietzke – Carro 233
3º Dair Abati – Carro 4

Fusca Cross/Gaiolas
1º Alter Torcato – Carro 33
2º Luiz Rossato – Carro 327
3º Júnior Andolhe – Carro 339

Marcas 1.600 Light (N)
1º Luiz Carlos Pereira Júnior – Gol11
2º Dirceu Vitorino – Gol 75
3º Anderson Lobo – Gol61

Marcas 1.600 Super (B)
1º Stive Tokarski – Peugeot 03
2º Reginaldo Vieira – Gol 63
3º Ricardo Teixeira – Gol 464

Stock Car
1º Charles Oliveira – Opala 66
2º Clóvis Ewald – Opala 8
3º Dirceu Andreatta – Omega 15

Turismo Clássico Catarinense (B)
1º Marcelo Pacheco – Uno 49
2º Francis H. Trennepohl – Fusca 2
3º Carlos H. Nodari – Uno 41

Turismo Clássico Catarinense (A)
1º Sido Tiedt – Gol 57
2º Fernando Rinaldi – Gol 461
3º Sandro Machado– Gol 47

A prova teve o patrocínio da ConcreMohr Express, Amorim Vedações Industriais, Elétrica Zata, Iveco Dalçóquio, Sistema Mormix e Destaco Painéis, e tem a supervisão da FAUESC (Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina).

Agora o Autódromo Max Mohr prepara-se para receber a 8ª etapa do Campeonato Catarinense de Automobilismo, que acontecerá nos dias 20 e 21 de Agosto.

Texto: Francis H. Trennepohl - F2 Assessoria Esportiva
Imagem: Jimmi Torres (www.barulhodemotor.com.br)

Lucas DiGrassi e Kartódromo Schincariol realizarão as “6 Horas de Kart”


Evento será disputado no dia 20 de agosto e contará com a presença do DiGrassi e pilotos brasileiros renomados das categorias: Formula 1, Stock – Car, Formula Truck e Formula Indy.

O mês de agosto reserva para os amantes do automobilismo nacional uma grande novidade que promete reunir as maiores feras das pistas em um grande evento. Pela primeira vez em sua história o Kartódromo Arena Schincariol, em Itu, interior de São Paulo, realizará a corrida 6 Horas de Kart.

A prova será disputada no sábado, dia 20 de agosto, e tem como padrinho o piloto de F-1 Lucas di Grassi. Com um formato diferenciado, a competição será disputada por equipes de três a seis competidores que, ao se inscreverem, receberão da organização as chaves de um box, fechado e que será sorteado pela organização do evento, que terá um kart “0”, com todo o kit de participação na prova como pneus, combustível e o motor que será usado ( preparado e equalizado para competição).

As inscrições estão limitadas a 40 times e estarão abertas dentro de alguns dias. Os equipamentos utilizados serão os chassis da marca “Thunder” e, os motores, serão os Honda, modelo GX-390 sendo todos os motores preparados e equalizados para a competição. Ao final do evento as equipes deverão devolver os propulsores sorteados para a organização, mas, os karts ficam com os respectivos times.

Nosso kartódromo tem a tradição das corridas de longa duração. No final da década de 90 realizamos por duas vezes as 24 horas de kart e, desde que assumimos a atual administração da pista estamos trabalhando para, novamente, realizarmos um evento de grandes proporções, como tudo aqui em nossa cidade. Conseguimos com o Lucas DiGrassi o apoio e o apadrinhamento da prova que, certamente, será a primeira de várias que estão por vir”, contou Eduardo Gozzano, diretor do Kartódromo Arena Schincariol.

DiGrassi, por sua vez, destacou o ineditismo da prova e comentou suas expectativas. “Os pilotos de F1 tem um intervalo em agosto, então é uma ótima oportunidade de reunir os amigos para uma corrida de kart. Com karts novos sorteados e equalizados todas as equipes vão ter chances de vencer. O evento vai ser no melhor padrão possível, numa das melhores pistas do Brasil e com pilotos das principais categorias do brasil. Por isso, sem duvida, também quero ganhar essa corrida”.

No site do Kartódromo Arena Schincariol as notícias da competição estarão sendo atualizadas regularmente. Dentro de alguns dias o regulamento completo da prova estará divulgado assim como os detalhes de inscrições.
Acesse: www.kartodromoschincariol.com.br.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing